Será o Benedito

29.05.20

Tão logo souberam que tinha caído para Benedito Gonçalves o inquérito que resultou na Operação Placebo, aquela em que a Polícia Federal visitou dias atrás os endereços do governador Wilson Witzel, ministros do Superior Tribunal de Justiça tentaram fazer chegar a ele a ideia de que talvez o melhor seria deixar o caso para outro colega. Para além do fato de Gonçalves ser do Rio, eles lembraram que o ministro tem uma vasta teia de relacionamentos que, de alguma forma, poderia levar a questionamentos futuros sobre a sua atuação, qualquer que fosse ela, a favor ou contra Witzel. Um exemplo: Benedito, cujo nome apareceu na Lava Jato em conversas com executivos da OAS, é muito próximo de um advogado que figura entre os maiores doadores de campanha do governador.

André Dusek/Estadão ConteúdoAndré Dusek/Estadão ConteúdoO ministro Benedito Gonçalves autorizou as buscas nos endereços de Witzel

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Crusoe continua no varejo e atacado com a “pilantrisse” e parcialidade. Vão para o JN, o Bonner vai receber vocês chorando igual ao Ciro Gomes. Palhaços !

  2. O câncer dá corrupção do Rio virou metástases. A melhor solução é esperar o paciente morrer ou dar um tratamento pesado de PF com intervenção por 4 anos com um GENERAL DAQUELES COM CURSO ATÉ NO MOSSAD, CIA E ABIN.

  3. É impressionante a capacidade do Rio de eleger pessoas corruptas que destroem aquele Estado ano após ano, década após década.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO