Princípios editoriais

Abrangência

A presente política se aplica a todos os jornalistas e colaboradores editoriais da Mare Clausum.

Objetivo

Atuar na defesa da democracia representativa, da livre iniciativa, da liberdade de expressão, da transparência nos gastos públicos e dos interesses dos cidadãos na construção de um país mais justo nas oportunidades, para que cada brasileiro desenvolva as suas próprias aptidões e talentos.

Princípios Gerais

Por meio da independência financeira, a Mare Clausum produz jornalismo profissional com total liberdade editorial, na busca de notícias de interesse público.

São princípios que regem nossa atividade jornalística:

  • Honestidade nas apurações e opiniões;
  • Respeito ao cidadão;
  • O exercício da cidadania, por meio da fiscalização do poder público e de empresas com interesses no governo;
  • O estímulo ao debate e à construção de pensamento crítico sobre temas relevantes para a sociedade;
  • Promoção do respeito à diversidade e inclusão social;
  • Independência e compromisso com a luta anticorrupção.

Pesquisa e uso de dados:

  • Não é admitido plágio de qualquer natureza;
  • Não é admitido o emprego de dados fraudulentos ou sem referência à(s) fonte(s);
  • Todos os dados apresentados devem ser idôneos;

4. Autonomia e Revisão

Nossas reportagens e artigos são submetidos aos editores de nossos veículos, resguardada a autonomia jornalística, com a finalidade de garantir a veracidade e a compatibilidade com nossa Política Editorial e Compliance.

5. Retratação e Reporte

Em atenção ao nosso compromisso com a verdade, qualquer pessoa e/ou instituição comprovada e indevidamente prejudicada por fatos publicados terá o direito de retratação e/ou resposta resguardado nos termos da lei.

Eventuais erros e dúvidas devem ser informados por meio do e-mail [email protected]

Assine 7 dias grátis
TOPO