ReproduçãoReportagem em canal americano sobre as mortes no Brasil: para Bolsonaro, cobertura é de esquerda

Imagem despedaçada

O descontrole da epidemia de coronavírus no Brasil afeta negativamente o conceito do país no exterior e tem consequências econômicas e diplomáticas
29.05.20

Assim que entrou em uma reunião virtual na quarta-feira, 20, o engenheiro florestal Mauro Armelin, diretor-executivo da ONG Amigos da Terra, começou a escutar perguntas esquisitas. Empresários alemães do setor florestal queriam saber se ele poderia ter problemas ao se expressar. “Realmente está tudo bem com você?”, “Está sofrendo algum tipo de pressão?” e “Pode falar sem preocupações ao telefone?” foram algumas das perguntas. Caso entendesse que alguma resposta poderia colocar sua vida em perigo, Armelin poderia passar a vez, avisaram simpaticamente os alemães. “Eu estava falando da minha casa e me surpreendi. Que eu saiba, minha vida não está em risco. Percebi naquele momento que a imagem que estão fazendo do Brasil lá fora é bem pior do que eu tinha imaginado”, diz o engenheiro.

A conversa remota, na qual os estrangeiros queriam prospectar negócios por aqui (eles compram fazendas para plantio de árvores de reflorestamento), não rendeu frutos. Os alemães, informados sobre o quadro político-sanitário do país, preferiram não se arriscar por aqui. As razões: dúvidas sobre a capacidade do Brasil de fazer valer as próprias leis, o desastre no combate ao coronavírus e as barulhentas disputas entre os três poderes da República. “Os estrangeiros estão colocando em debate a nossa capacidade de agir como nação”, diz o engenheiro.

A péssima imagem do Brasil no exterior parece ter atingido seu ápice nos últimos dias, quando todos os principais jornais do mundo publicaram matérias desfavoráveis ao país. Não é para menos. O Brasil assumiu a liderança planetária em mortes registradas nas últimas 24 horas, ultrapassando os Estados Unidos. Na segunda-feira, 25, o presidente Jair Bolsonaro reagiu criticando a cobertura internacional. “A imprensa mundial é de esquerda. O (Donald) Trump sofre muito nos Estados Unidos também”, disse o presidente. Quem conhece jornais como o Financial Times e o Daily Telegraph, contudo, sabe que eles não podem ser rotulados como tal.

ReproduçãoReproduçãoEstatísticas e falas do presidente têm destaque nos jornais estrangeiros
Culpar o mensageiro pelo teor das notícias obviamente não resolve o problema de fundo. “Essa visão negativa é calcada principalmente nos fatos e nas declarações do próprio presidente Bolsonaro. Para os jornalistas, as estatísticas e as aspas de um chefe de governo obviamente são as coisas mais visíveis quando eles querem contar o que acontece em um país”, diz o analista político americano Peter Hakim, do think tank Diálogo Interamericano, em Washington. “Atualmente, há uma opinião unânime no mundo de que o Brasil está se saindo pior do que qualquer outro país em lidar com a pandemia, ao realizar uma ação descoordenada e sem base científica.”

Em outros países, os registros de contaminados e de mortes por Covid-19 estão em declínio e os governantes já iniciaram planos de reabertura. Nos gráficos comparativos, o Brasil parece ser o único em que as estatísticas ainda estão em uma curva ascendente. Tudo bem que a doença demorou um pouco mais a chegar com força por aqui. Mas nós nem sequer estamos aproveitando a vantagem do lapso temporal para aplicar as boas experiências de quem já passou pelo ponto em que estamos. A situação causou inquietação nos Estados Unidos e levou o governo de Donald Trump a proibir a entrada no país de brasileiros e outros estrangeiros com passagem recente pelo Brasil. A menos de seis meses das eleições gerais, Trump entendeu que poderia ser castigado nas urnas se ficasse impassível em relação à catástrofe brasileira.

Casa BrancaCasa BrancaPreocupação com situação no Brasil levou Trump a restringir viagens
A ineficiência das autoridades brasileiras será cobrada sobretudo em vidas. Um estudo da Universidade de Washington calcula que, até o início de agosto, em torno de 125 mil brasileiros poderão morrer de Covid-19. Além disso, haverá custos econômicos e diplomáticos. Em abril, o investimento direto no Brasil somou apenas 234 milhões de dólares, bem menos do que o registrado no mesmo mês do ano passado, quando passou de 5 bilhões de dólares. Foi o pior resultado para abril em 25 anos. Cerca de 30 bilhões de dólares deixaram o país em março e abril, o que elevou a cotação do dólar. “Todos os emergentes, como África do Sul, Turquia, Colômbia e México, sofreram com a pandemia, mas o Brasil foi mais afetado que os demais por sua dificuldade em lidar com a doença”, diz o diretor-geral para as Américas da consultoria Eurasia, Christopher Garman.

Para os investidores, o que vale é quanto a pandemia poderá desequilibrar as contas públicas. No ano passado, eles tinham comprado a promessa de que o governo brasileiro estava segurando os gastos para normalizar as contas ao longo do tempo. Desde o início do ano, a dívida pública bruta subiu de 76% para 78% do PIB. A expectativa é a de que as medidas para aliviar a crise e a queda na arrecadação de impostos empurrem essa proporção para perto dos 100%. O fator político, então, será fundamental. Se a pandemia minar a aprovação de Bolsonaro, o governo terá dificuldades para evitar uma evolução descontrolada da dívida pública no segundo semestre. “A questão não é tanto o tamanho da dívida, mas qual será a capacidade do governo, que está isolado e sendo criticado por ser ineficiente em manter a dívida em um patamar sustentável”, diz Garman.

Na frente diplomática, o país poderá ter mais dificuldades em assumir um papel de destaque. Na famosa reunião ministerial do dia 22 de abril, o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, se disse cada vez mais convencido de que o Brasil tem, hoje, condições de se sentar na mesa com “quatro, cinco, seis países” para definir a nova ordem mundial. Na visão do chanceler, assim como depois da II Guerra um punhado de potências estabeleceu qual seria a ordem que reinaria nas décadas seguintes, após a crise do coronavírus um novo time de nações se encarregaria de riscar as novas linhas, com o Brasil entre elas. “Isso me parece mais uma fantasia que o ministro criou e que só ele acredita”, diz o cientista político Anthony Pereira, diretor do Brazil Institute no King’s College, em Londres. “Não vejo qualquer evidência de que os líderes europeus tenham vontade de se sentar em uma mesa com o Brasil.”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Em tempo: Pra quem se arrependeu, como eu, de assinar esta revista, existem ainda jornalistas sérios, como o Allan dos Santos... REVISTA e o site: TERÇA LIVRE!!!

  2. A Crusoé está mesmo há muito tempo, igual às demais revistas globais...Vcs. se renderam ao verdadeiro "capitalismo". A quem interessa, denegrir ainda mais a nossa imagem. Toda a mídia se imcubi de fazê-lo. Ninguém assume que o maior carnaval da história da humanidade, foi exatamente nas maiores cidade do país! Vamos colher tais frutos, ou acham que não!???

  3. Complicada a imagem do país lá fora hein. Precisa ser feita uma campanha a favor da liberdade de expressão e de coisas boas daqui. Urgente.

  4. O Brasil tem 212.000.000 de habitantes. Vocês querem comparar o Brasil com países que tem 60.000.000? Patético! Os números do COVID-19 tem que ser comparado por casos por 100.000 habitantes. A Cruzoé realmente me enganou. Pensei que teria um jornalismo sério e de qualidade. Acabou sendo mais do mesmo.

    1. Um foto cheia de buracos vazios???? Qual governador/prefeito pagou para fazer essa porcaria?? E ainda mandar tirar a foto aérea!!?? Ridículo propagar uma fake news como essa.

  5. A imagem do Brasil lá fora infelizmente é apenas o reflexo da nossa realidade. Aqui temos um "desgoverno" que nitidamente está perdido, sem saber que rumo tomar (exceto em relação a salvar a própria pele). Negar a existência de um problema não vai fazer com que ele desapareça. Esse governo não é capaz de liderar nem reunião de condomínio, quanto mais liderar o diálogo no país.

  6. De novo esse Duda Teixeira. E te perguntar, algum país conseguiu controlar essa doença? E o Brasil tem descontrole? Minha assinatura vence em breve

    1. O lula ladrão, a dilmanta, o jean willis falando mal do Brasil no exterior. Vocês não publicaram nada a respeito. Agora vem dizer que é por causa do governo Bolsonaro. Vão ser estúpidos assim na China, o país do corona!

    2. revista desgraça vagabundo s vendido s quando assinei esse merda fui enganado me aplicaram 171 voces so publicada o terror com mentira s vão a p.q.p

    3. A minha assinatura também. Gostaria de fazer uma pergunta: será que a imagem do Brasil não está despedaçada por culpa desses governadores que, por serem contra o Presidente,ao que tudo indica, turbinam o número de mortos por Covid? Sim, porque em Minas e outros estados o número de mortes por Covid é bem menor. Pode ser que também que o Brasil esteja nessa situação porque a mídia grita por liberdade de expressão quando ela, a mídia, é censurada, mas quando o povo é, isso perde a importância?

    4. A minha assinatura também vence, graças a Deus! Apenas um aparte: será que nossa imagem não está despedaçada porque governadores irresponsáveis aumentam o número de mortes por Covid com o objetivo de dizer que o Presidente é irresponsável? Ou será que o Presidente é o culpado pelo stf se um tribunal político e abriu um processo inconstitucional? Será que o antagonista vai continuar apoiando um stf que arrastou o Mario Sabino para depor na PF?

  7. Com o Prefeito COVAS da Cidade de São Paulo, comprando 35.000 mil urnas funerárias, número superior as vitimas de todo o país e os demais Governadores e a imprensa em geral TOCANDO O TERROR na população, de manhã, de tarde e de noite, deve estar mesmo!

  8. O Brasil vai sentar sim, com o Congo, Ethiopia, Costa do Marfim e aí vai... Realmente, são esses tupinikins tresloucados de um governo desgovernado, achando que depois de tanta incompetência, ainda poderão sair por aí, como se nada de errado tivessem feito... É surreal....

  9. Deixar passar no próprio artigo que o Brasil estaria pior que outros emergentes, é um absurdo. O Brasil tem hoje 13 mortes por 100 mil hab. Os EUA tem 31 mortes por 100 mil hab. Não adianta começar com papo de falta de testes. É assim, nessa ladainha de muitos que a imagem só pode despedaçar. Então Colombia, México e Africa do Sul testam adequadamente? O que dizer de Paquistao, Indonesia e Nigéria que com mais de 200 milhoes de hab reportam números baixíssimos? Eles sim testam, né?

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  10. A imagem é resultado de inúmeras palestras de lula, jean willys, e assemelhados, e da imprensa brasileira, como Jornal Nacional que destacam numeros absolutos num país de mais de 200 milhoes de hab. A imprensa detona e culpa a Presidencia sendo que ela sabe que o controle da COVID19 está nas mãos de Governadores e Prefeitos. Quem lê e assiste reportagens brasileiras mesmo, não poderia levar imagem positiva nunca. Aqui se fala mal de Governo até quando a praia está suja.

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

    2. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

    3. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  11. Lamentável, a forma como estão vendo o nosso país no exterior . Infelizmente, o que estão vendo é realmente o que está acontecendo, não basta a pandemia, ainda temos uma crise política, sem fundamento, que só piora a situação, aumentando drasticamente o número de mortos .

  12. Lastimável a imagem projetada pelo (des)governo Bolsonaro do nosso Brasil perante as outras nações civilizadas mundo afora.

    1. Sinal amarelo para a "Crusoé". Vamos ver mais adiante se esse comentário é ou não tendencioso.

  13. Sinceramente os ativistas da Crusoé ( não são jornalistas) estão exagerando-me não falta de análise. Primeiramente ainda bem que gananciosos estratégicos decidam não comprar terras no Brasil para “reflorestamento”. Segundo vocês acham mesmo que a qui estamos com um estado policialesco? Oo são vocês ativistas fingindo de serem “jornalistas” que estão levando está imagem ao exterior

  14. Confesso que não entendi a correlação entre o título da matéria e uma responsabilização da mesma ao Presidente, quando, na verdade o que fico claro na matéria é que o exterior tem uma imagem totalmente distorcida do que vem acontecendo aqui. Por favor expliquem-se ou terei que rever o conceito que sempre tive com está revista.

  15. Faltou dizer que a má vontade da imprensa internacional é motivada por questões que nada têm a ver com a real situação do país, que aliás ela não se interessa nem um pouco. Faltou dizer que embaixadores brasileiros na Europa têm respondido às acusações infundadas da imprensa. Estamos cansados desse jornalismo meia-boca, tanto o doméstico quanto o internacional.

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  16. Parabéns “patrióticos” jornalistas brasileiros, vocês estão conseguindo. Seus filhos irão se orgulhar muito com a imagem que estão fazendo do Brasil. Parabéns.

  17. O próprio engenheiro brasileiro estranhou posição de alemães sobre a política no Brasil (porque a imprensa internacional divulga mentiras sobre o país) e a culpa da 'má imagem' do Brasil é do PR? KKKk!!!

  18. O artigo se inicia narrando falas de alemães sobre a situação política no Brasil. O interlocutor, engenheiro brasileiro, estranhou essas falas porque inverídicas (ele não sofria 'pressões'). Portanto, a culpa dessas mentiras é da imprensa internacional, não o PR. Pergunto-me porque o articulista buscou, no resto do texto, responsabilizar o PR por algo contrário ao apontado pela realidade.

  19. Admira-se que com tantos jornalistas e esquerdistas gastando seu latim lá fora para denegrir a imagem do Brasil, que ainda exista algum estrangeiro que queira aqui investir. A mesma coisa aqui dentro, o jornal agora vai até as 10 da noite e se tirarmos covid19, crise Bolsonaro, etc, sobra só o "boa noite". E este papo de que não adianta atacar o mensageiro, só se aplica nesta imprensa marrom, pois se o outro lado der um pio, é acusada de propagar fakes e tem suas casas e privacidades violadas.

  20. Quem despedaça a imagem do Brasil são vocês. A imprensa inglesa não fez isso (com mais mortes que o Brasil), nem a francesa. A imprensa brasileira tem mais ódio e inveja do Presidente eleito por 57 milhões de brasileiros que amor ao Brasil. Deplorável.

    1. os europeus não se conformam até hoje de não sermos mais colônia O eurocentrismo já era.. Que cuidem de seus problemas e nos deixem em paz!

    2. Concordo plenamente , esta revista esta se tornando uma Veja

  21. A matéria em si já começa mal pela foto e depois descamba para o padrão Globo. Acho que o nome da revista estaria mais pra "Bostoé"

  22. Nada sobre o desempenho desastroso de Trump frente à pandemia, Duda Teixeira? Pô, não tem um comentarista internacional decente nessa revista?

  23. Devemos tudo a imprensa Brasileira que vive de tragédia, e faz a contagem como se estivéssemos em uma Olimpíada. Agora já somos o 5o, agora já somos o 4o...temos um desejo imenso de sermos os piores em tudo. Em São Paulo morreram 6.500 pessoas até agora compraram 38.000 urnas funerárias....Abriram 13.000 covas...Se morreram 6.500? No Rio a mesma coisa...então nossa auto-estima é muito baixa e parece que nos orgulhamos disso. Tem um instituto prevendo 125.000 mortes com base em que cara pálidas.

  24. Estrangeiros não podem comprar terras no Brasil devido a um parecer tosco da AGU emitido no governo Lula. Essa conversa do floresteiro tá bem estranha. Agora, que a negação da pandemia e as turbulências anti-democráticas de Coronaro queimam o filme, não há dúvidas.

  25. Como poderia ser diferente se o STF, colocou nas mãos dos governadores as decisões sobre as condutas à serem aplicadas? A corrupção está ai as claras e os exageros também. Governadores de esquerda corruptos. Os estados com governadores de oposição têm mais de 80% dos casos. É muita hipocrisia da Crusoé não levar em conto o numero por mil habitantes, onde ficamos em 22º lugar e temos muitos curados.

  26. Realmente, vocês estão absolutamente certos, o maior culpado pelo mau gerenciamento das mortes pelo covid é o ministro do exterior, por isso a imagem do Brasil está tão negativa lá fora.

  27. Realmente tudo o que li só me faz reforçar a opinião que o que está faltando é capacidade de comunicação . Tanto dentro como fora do país. Como não há ninguém na mídia jogando neutro ou a favor do governo , e o governo não é hábil na forma de se comunicar, tudo que chega aqui e lá chega com viés . O Brasil está longe de ser o pior na administração da crise e vai ficar muito abaixo da maioria dos países desenvolvidos na relação mortos / milhão de habitantes. Entretanto o que se vende é o oposto.

  28. Estou entendendo nada, mas nada mesmo; Bolsonaro fala suas merdas, porém o controle do isolamento social e tudo mais relacionado ao Covid 19 não é de responsabilidade dos municípios e estados? Afinal de contas, o Brasil é um país centralizado ou uma federação? O Dória vai sair ileso desta história? Favor serem mais claros, pois a mídia é que está levando uma péssima imagem do país para fora. Isso é crime de lesa pátria!

    1. O culpado é quem divulga e cá entre nós estamos a pé de imprensa honesta neste país. Sou Bolsonaro por que ele inspira confiança e esta é minha opinião e não adianta responder meu comentário por que esse é meu e ninguém tira. Outra coisa estou saindo fora da Crusoé e antagonista. Acreditei e me dei mal.

    2. Só discordo na quantidade de crises, não é uma por semana, é uma a cada dois dias, com tendência de alta.

    3. Francamente, também não entendo essa destruição internacional do Brasil. Quer dizer, até entendo, mas colocar a culpa única e exclusivamente no mandatário é uma tremenda parcialidade. Desde que saiu o resultado das eleições o medo se instalou devido a propaganda de destruição de imagem do país lá fora. O controle de reagir contra a pandemia foi passado para estados e municípios, mas a culpa mor é passada, infelizmente, para o presidente. Até quando??..

    4. Não banque o ingênuo! Quem fala merda, quem induz a população a ir pra rua, quem diz que é só uma gripezinha, quem muda leis pra dificultar a ação dos governadores e prefeitos, quem cria crises a cada semana, quem mente e não apresenta provas do que diz é o Bolsoasno. Claro que o culpado da péssima imagem criada pro Brasil.

  29. As instituições democráticas precisam, RAPIDAMENTE, reagir com coragem e firmeza ! Do contrário, este bando de tresloucados, que infesta os palácios de Brasilia, vai nos mergulhar em uma crise dantesca ! Caminhamos para uma desgraça indescritível ! Teremos um tsunami tão grave que o caos econômico, produzido pela DilmANTA e seus petralhas, será lembrado como uma "marolinha" ! Estamos todos no mesmo barco, impedir o trágico naufrágio É DEVER do coletivo e de cada um de nós !!!

  30. É verdade que o Brasil é uma roça e está a duzentos anos,no mínimo, da civilização. Mas poderíamos estar em melhores lençois se não tivéssemos um presidente tão ignorante, tão vil. A insensatez, o desprezo do senhor Bolsonaro com as vítimas do coronavírus e suas famílias, é chocante e muito doído.

    1. Cala boca. Quem teve um Mula pra chamar de seu não tem que achar mais nada.

    2. Realmente não devemos culpar o mensageiro . Porém se o mensageiro ficar escolhendo qual mensagem e de quem , enviar . Aí sim podemos sim culpar o mensageiro . Kd a “ ilha de jornalismo “ que vcs venderam e por alguma razão mudaram de posiçao ? A Crusoe está pagando mico e voltou pra caixinha

  31. Afeta nada, só esquerdalhas que escrevem, noutros paises está tudo bem parecido com o BRASIL!!! Seus esquerdistas de uma figa!!!

    1. Essa esquerdadalha além de assaltar os cofres do Brasil ainda estão denegrindo a imagem do país, miseráveis, ladroões, canalhas.

  32. Esse Ministro de Relações Exteriores é dos mais despreparados para o cargo. Embora o PR tenha alguns bons ministros (e teve outros, que já saíram), o quadro geral é triste. Salvam-se, ainda, uns 2 ou 3. Mourão, se tiver oportunidade de governar, terá trabalho para montar equipe qualificada para governar pelo tempo restante e tentar fazer algo semelhante ao que Temer fez, ainda que também tenha tido seus próprios problemas.

    1. Mais um favorável ao grande brasileiro General Hamilton Mourão.

    2. Temos que dar a descarga nessa merda de presidente. Mas botafogo nada fará com as ruas vazias. O vírus está sustentando o jumento

  33. É triste quando um jornal que diz não fazer fake news já começa com fotos de fake news. A abertura das covas foi pq estavam morrendo tantas pessoas que não havia mais vagas ou foi só pra assustar ainda mais a população? É claro que não faltou vaga em nenhum cemitério de São Paulo, mas pq não deixar o povo histérico e roubar mais um pouco mais. Agora o repórter reproduz a foto como se estivessem morrendo centenas de milhares só em São Paulo.

    1. Chega de fanfarrão, Mourão é a solução até chegar Morão 2022

    2. Tem muitos municípios onde faz dias que não acontecem mortes por Covid. Fotos assim generalizando a situação no Brasil são um desserviço. Chega !

    3. O fato é que estão morrendo aos milhares!!! Chega de tapar o sol com a peneira, Mourão enquanto é tempo, se esse presidente continuar cairemos no colo da esquerda novamente...

Mais notícias
Assine
TOPO