Adriano Machado/Crusoé

Larissa, a laboratorista

A carga de trabalho foi multiplicada algumas vezes com o ritmo alucinante dos testes para diagnosticar o coronavírus, mas o que mais tem incomodado esta paulistana é a falta de abraço
08.04.20

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Que linda você, bióloga Larissa! Que senso de responsabilidade e doação ao próximo! Para mais que sua obrigação, você está deixando a família com filhinhos de dois, cinco e sete anos - auge de atenção e carinho - e se dedicando a exames de milhares de estranhos, desconhecidos, anônimos também. Deus está abençoando você e toda a sua família. Você terá sua recompensa em dias melhores e rezo a Jesus para que proteja a todos aí: família, companheiros de serviço, amigos.

  2. Que os profissionais da área lutem pelo aprimoramento da pesquisa científica no Brasil, em situação de precariedade e obsolescência, devido ao pouco caso com que foi tratada nas últimas décadas! Investimentos já!

  3. Grata por tudo que você e incansável equipe vêm fazendo por nós, brasileiros. Parabéns pelo exaustivo mas, sobretudo, brilhante trabalho, Larissa! Sinta-se abraçada por todos nós!

Mais notícias
Assine
TOPO