Treta antiga

02.07.21

Não foi por acaso que Arthur Lira aconselhou Luis Miranda a “explodir” as suspeitas envolvendo a compra da Covaxin. Dentro do Progressistas, antigo PP, o presidente da Câmara tem sérias diferenças com Ricardo Barros, que viria a ser arrastado para o centro da trama logo depois. Os dois disputam espaço há tempos. Por trás da querela estão a partilha de cargos destinados ao partido e outros desentendimentos. Um deles, curiosamente, teve como personagem principal Jair Bolsonaro. Quando o então deputado Bolsonaro trocou o PP pelo PTB de Roberto Jefferson, em 2003, Lira defendeu internamente a cassação do mandato dele por infidelidade partidária. Barros capitaneou a turma favorável ao perdão e levou a melhor. Em 2018, foi a vez de Arthur Lira prevalecer em uma disputa pela poderosa Comissão Mista de Orçamento do Congresso. Ricardo Barros queria a cadeira, mas o hoje presidente da Câmara emplacou Mário Negromonte Jr., filho do ex-ministro da Cidades.

Alan Santos/PRAlan Santos/PRLira vê Ricardo Barros como concorrente

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O historiador britânico Jhon Dalberg-Acton, autor da famosa frase: "O poder tende a corromper, e o poder absoluto corrompe absolutamente, de modos que os grandes homens são quase sempre homens maus"

  2. Equanto existir na pólitica individuos como: BOLSONAROS ), LULAS e Lira ,Barros ,Pacheco E PARTE DO STF. O povo pagara´caro pelo voto errado . PAÍS DE FAZ DE CONTA>

  3. os EXEMPLOS EXCECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. Mas deram esses daí. ..Bozó vagabundo ordinário, traíra fdp

  4. A política da Crusoe é a seguinte; copia e cola toda acusação proveniente de Renan Calheiros, Omar Azis e trupe. Os fatos são investigados, constata-se que não há nada de crime grave. Daí, Crusoe, Renan, Omar e trupe se calam, não se publica a verdade e começam a procurar outra fábula …. Parabéns Crusoe pela pilantragem. Dá até pra enganar alguns leitores.

  5. Pode até ser, mas o Lira não cassará o Bozo. Simples assim! Se a população não se rebelar, o Bozismo continuará a destruir o país.

  6. As hyenas do Bananao. A única forma de afastar esse tipo de político é acabar com os privilégios. Alguns parlamentares defendem a ideia, mas tem pouco apoio. Crusoé deveria dar mais voz aos honestos para conhecermos os nomes e saber em quem podemos confiar nas próximas eleições.

    1. O único deputado federal em que confio plenamente é o Deputado KIM KATAGUIRI. Pena que ele é de São Paulo e meu domicílio eleitoral é o Rio de Janeiro. No Rio, honestamente não confio em nenhum parlamentar.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO