Divulgação

A crueldade da corrupção

A desfaçatez dos corruptos vai além da tentativa de faturar com vacinas em plena pandemia. Reunimos casos de desvios na compra de remédios para crianças com câncer e portadores de doenças raras
02.07.21

A pandemia não precisava ter ultrapassado a trágica marca de meio milhão de mortos para chocar o país. Os sucessivos desmandos cometidos por quem deveria trabalhar para salvar vidas, as teses negacionistas difundidas pelo próprio presidente da República e seus apoiadores, a propaganda de remédios ineficazes e a demora na busca por vacinas potencializaram a catástrofe e têm causado indignação em uma parcela relevante da sociedade. Mas não é só. A revolta se amplia quando à crise sanitária se soma outro flagelo bastante conhecido dos brasileiros, o da corrupção. As recentes denúncias de propina envolvendo a compra da vacina indiana Covaxin pelo Ministério da Saúde expuseram a face mais cruel desse mal: a vantagem pessoal dos poderosos em cima do sofrimento alheio.

O escândalo das vacinas não é um caso isolado. Depois de quatro anos comprando um medicamento produzido por uma empresa japonesa em parceria com um laboratório alemão, para tratar um tipo de leucemia predominante em crianças e adolescentes, em 2016 o Ministério da Saúde decidiu trocar de fornecedor. Questionava-se à época o custo elevado do remédio importado e distribuído pelo SUS, cerca de 170 dólares a unidade, e o fato de a compra ser feita sem licitação, um expediente usado para casos em que há apenas um único produto disponível ou acessível no mercado. Aparentemente a motivação era republicana, de quem está preocupado com o bom uso das verbas públicas.

Mas o que ocorreu em seguida alarmou a comunidade médico-científica. A partir de um bem-sucedido lobby, o ministério decidiu comprar um desconhecido remédio produzido por um laboratório chinês e que seria distribuído no Brasil por uma empresa sediada no Uruguai. Contrariando um parecer técnico do Departamento de Assistência Farmacêutica do ministério, a pasta autorizou a compra do medicamento de forma emergencial. O negócio era adornado por um bonito discurso de que possibilitaria uma economia significativa para o governo – o custo unitário era de 38 dólares –, mas representava um alto risco à vida dos pacientes que receberiam o remédio.

A nova fórmula destinada ao tratamento de leucemia linfóide aguda, também chamada de LLA, era considerada uma droga química, e não biológica, e não tinha licença para comercialização nem na própria China, onde os testes clínicos só haviam sido feitos em roedores e macacos. O remédio apresentava 398 substâncias contaminantes – o que era comprado antes tinha apenas três –, o que revela um elevado grau de impurezas que pode provocar complicações graves em quem o consome. A falta de evidências que garantissem a segurança e a eficácia do produto, além de dúvidas sobre a idoneidade do fabricante e do distribuidor, levaram entidades como o Conselho Federal de Medicina a acionar a Justiça.

O Ministério Público Federal investigou o caso e recomendou que o Ministério da Saúde suspendesse a distribuição do medicamento chinês e retomasse a aquisição e a distribuição do produto usado anteriormente, que era reconhecido pela Organização Mundial da Saúde e registrado em nove países, entre eles Estados Unidos, Canadá e França.

O Ministério da Saúde chegou a preparar um dossiê esclarecendo que o produto chinês era mais barato e a decisão levava ao risco de desabastecimento no SUS. Os argumentos não foram suficientes e a Justiça ordenou a retirada do remédio de circulação. Para além da discussão científica, havia uma grave suspeita de corrupção por trás da troca de produto. O contrato para a aquisição do novo medicamento foi assinado com uma empresa uruguaia que, no Brasil, tinha um escritório de fachada em Barueri, na Grande São Paulo, e era registrado em nome de duas venezuelanas. O procurador da firma era um homem que havia trabalhado para uma empresa metida em rolos na área de trens – a mesma por onde haviam passado, pouco antes, alguns dos burocratas do ministério indicados pelo Centrão que estavam chancelando o novo contrato.

Em 2017, o ministério cometeu outra barbaridade que, segundo o Ministério Público Federal, colocou em risco a vida de pacientes com doenças raras. Naquele ano, a pasta assinou um contrato de 19,9 milhões de reais para a compra de medicamentos oferecidos pela Global, que vem a ser sócia da Precisa, intermediária do atualíssimo processo de compra da vacina Covaxin. A empresa venceu a licitação, foi autorizada a receber o pagamento antecipadamente, mas nunca entregou os remédios. Assim como ocorreu com a Covaxin neste ano, o ministério pressionou a Anvisa para driblar os questionamentos da agência sobre a capacidade da empresa de entregar os medicamentos que estava oferecendo. Nas contas do MPF, a falta do remédio na rede pública ocasionada pelo rolo levou à morte de 14 pacientes, além de ter comprometido o tratamento de centenas de pessoas. Até hoje o dinheiro não foi devolvido pela Global, cujo dono, Francisco Maximiano, deverá comparecer à CPI da Covid nas próximas semanas para ser interrogado sobre o negócio da Covaxin.

Curiosamente, o ponto de interseção entre os dois casos, o da fórmula chinesa e o do remédio que a Global não entregou, é o atual líder do governo na Câmara, Ricardo Barros. No processo em que é réu por improbidade administrativa ao lado da Global de Francisco Maximiano, o deputado chegou a afirmar que aquele foi um episódio isolado “de insucesso” – o que não é verdade. A troca do medicamento japonês que era distribuído para o tratamento de crianças com leucemia pelo concorrente chinês que nem havia sido autorizado ainda pelas autoridades sanitárias também se deu no período em que Barros era ministro. Àquela altura, ele tinha como auxiliares homens de confiança de seu partido, o Progressistas, que antes haviam passado, também por indicação da legenda, por postos-chaves na CBTU, a estatal federal de trens urbanos. A corrupção, ao contrário do que as excelências fazem crer, não tem nada de abstrato. Sim, ela mata.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O dep Ricardo Barros tem muito o que explicar. O Progressistas, ex-PP, é aquele partido que, associado ao PT, protagonizou o rombo na Petrobras e outros tantos.

  2. O politico corrupto é o efeito de uma sociedade corrupta que o elege e que é a causa deste cancer chamado corrupção com a impunidade como um bonus pelas práticas ilicitas. O brasileiro é acostumado ao jeitinho, a lei de Gerson, a dar um pixuleco pro guarda não multar, a malandragem e a mentira qdo vende um carro, um objeto, etc.... Depois reclama do politico corrupto que ele elegeu, não por acaso a maioria do parlamento é de gentalha, de pilantra que está ali com um unico proposito roubar.

  3. “... empresa metida em rolos (sic) na área de trens (sic)...” —> observem o bom português! Isso não é conversa de boteco!

  4. A toxidade e letalidade da corrupção são tópicos pelos que tenho me batido há tempos, sugerindo a até implorando em blogs e canais de formadores de opinião que os efeitos deletérios da praga sejam amplamente divulgados para tentar criminalizar sua prática junto á população desinformada e alheia da verdadeira tragédia social que resulta da constante e descarada prática da corrupção em todos os níveis da administração pública de nosso país.

  5. É inacreditável que isso ocorra e ninguém é punido. Além dos recursos jogados no ralo. Até quando vamos continuar com estes desmandos? É muito triste! Parabéns Fábio Leite pela matéria.

  6. Distantes que estão, em Brasília, do Brasil de verdade, esses canalhas se esquecem que sua atitude impensada e visando somente ao lucro fácil é responsável e age diretamente na vida (ou morte) de seres humanos. Deveriam ser julgados e condenados.

  7. Portanto, é a sinuca de bico que o Brasil que as Instituições do Brasil não resolve e que deslegitima a nossa democracia. As soluções embora conhecidas são de difícil implementação: colocar os parlamentares corruptos na cadeia, saneando o Poder Legislativo e julgar os Magistrados que lhes dão proteção.

  8. Desde que formatada a CF/88 nosso sistema de governo é semi-presidencialista ou semi-parlamentarista, consequência disso, é que deslegitimação do governo representado pela figura do presidente, arrasta também a base parlamentar de apoio (deputados e senadores), impondo-se, como medida de maior custo-benefício, o impeachment do presidente.

    1. digo, de menor custo-benefício, o impeachment do presidente, que também resolve eventual participação de parlamentares nos esquemas de corrupção, como visto no Caso do Petrolão. É o melhor dos mundos, é só afastar o presidente, recompor com o novo ocupante do Palácio do Planalto o esquema de corrupção no governo e segue o baile. A Justiça ao não alcançar os parlamentares beneficiados pela corrupção, permite que o sistema político ofereça uma falsa renovação que engana o povo e a deslegitima…

  9. Congresso espúrio, altas cortes contaminadas e promiscuídas, executivo metido em negócios de famiglia, a corrupção deita e rola. O custo é nosso em dinheiro e em vidas.

    1. Como tirar estes corruptos de lá? Sem instrumentos legais , pois legislam em causa própria ?

  10. Esse Barros vem aprontando há um longo tempo. Nada acontece com este senhor. Não sei porque ele não é médico e nem entende nada de Saúde e está sempre no Ministério da Saúde. A justiça parece que nunca o alcança. Também esperar justiça no Brasil é querer demais.Mas a Esperança é última que morre. Brincar c a Saúde do povo é brincadeira p políticos.

  11. Fábio, está reportagem superou tudo; admiro todas, que são excelentes!!! Quanto entendimento ela trouxe!!! Que o Senhor Deus o abençoe e que você é os outros repórteres excelentes da Crusoé, possam continuar contribuindo para o esclarecimento de todos os assinantes!

  12. Fabio Leite , esqueceu os respiradores do consórcio Nordeste, já pagos e nunca recebidos.Esse crime além do roubo ,possivelmente deixou de salvar vidas pela sua ausência onde se precisava. Nunca mais vi vcs, repórteres , cobrarem esse fato.....sejamos justos, serenos e equitativos..... nunca vi a maioria dos seus colegas , cobrarem, nem mesmo na cpi Penoso....

    1. A corrupção só incomoda quando é praticada pelo político que não é de estimação...

    1. a corrupcao incomoda em todo momento nao so nesse governo, ou tu esqueceu que presidentes abteriores peederam seus cargos tbem, assim como esse SR. MINTO tbem devera prrder o CARGO TBEM. e sumples corruptos em qualquer momento da vida publica que cometeram crimes devem responder por seus atos, seja em qualquer nivel da vida publica.

    1. Quando existe alguém que cobra e coloca toda a sujeira que existe e não é de hoje é bastante velha lá vem o STF Gilmar Mendes e solta. E ainda por cima desmoraliza quem pensa em punir. Este país é uma vergonha em matéria de justiça. Este Ricardo Barros sempre se metendo em falcatruas e nunca foi punido. E sempre se considerando o máximo.

    1. ...vejamos.... sempre existiram os corruptos dentro de cada esfera dos Governos.....cabe ,descobrir e punir.Veja q , muitos são funcionários antigos e do quadro q fazem parte da cadeia

    1. O diabo quando quer se atualizar em maldade e corrupção, faz um pós doutorado em Brasília com nossos políticos. Quando quer se atualizar em maldade e impunidade, procura as "altas cortes" do judiciário brasileiro.

  13. Cadeia de comando leva a outra cadeia onde a chave deveria ser usada uma única vez para a entrada desse séquito de carrascos, e depois jogada fora.

  14. Os movimentos anti corrupção precisam fazer uma campanha para que as pessoas votem em pessoas honestas. Afinal quem elege o Centrão, repetidamente, é o povo. MS

    1. Verdade. Isso mesmo. São eleitos pelos cidadãos.!!!

  15. Como um Ser Humano como esses podem ser tão desprezíveis a esse ponto. Realmente o Brasil caminha de Mal a Pior. Gentalha sem Moral e Sem valores Éticos comando essa Nação. Devemos dar nossa respostas nas Urnas. Não vamos comparecer na Eleição.

  16. A única via de salvação para este país está na eleição de Eduardo Leite e seu grupo forte de gente proba, empenhada pelo bem comum e pela boa gestão da coisa pública. Se vierem com Sérgio Moro aí sim vamos ver justiça de verdade nesse país de fancarias e inverdades

  17. Este governo perdeu a moral e mostrou que era o mais do mesmo quando Bolsonaro passou a minar Sérgio Moro para aliviar a barra de seu filhinho corrupto e depois teve de se vender ao centrão que, mais uma vez, manda e assalta o país como sempre fez. Muito triste a situação do país e dos mais necessitados.

    1. Verdade, não vejo como o Brasil pode se livrar dessa Cleptocracia.

    1. Sim. Com a continuação descarada deste governo. Ou Barros não é o braço direito do Minto? MS

    2. Antônio, a única saída seria a EMFA tomar o controle da situação, porém me parece que os atuais comandantes estão se lixando para o povo e os problemas do país, curtindo suas regalias que são intocáveis.

  18. Onde se encontram os arautos da corrupção? Onde se encontra a hidra de 11 cabeças? Onde se encontra a maior ameaça à democracia, aliás uma peça de ficção do fazendão? A Crusoé deveria fazer uma cruzada contra a hidra, mas, a todo tempo se acovarda. Tornei-me assinante da Crusoé, quando foi censurada. Não tenho intenção de renovar assinatura, desde que a revista deixe de ter opção preferencial de se reportar ao Executivo.

    1. Meus aplausos à Crusoe pelo jornalismo investigativo que faz alcançando TODOS.

  19. Aah! Corrupção,não é crime hediondo, para o STF. Vingança contra Moro, colocando corruptos de alto escalão na rua. Não têm vergonha. Piores de corruptos, são aqueles que os apoiam. Inferno para os protetores de criminosos, bandidos sangue sugas do dinheiro público, matam populaçoes carentes de fome, falta de assistência, escolas, segurança. Asco! Nojo! Eca! STF

  20. Só um IRA. Pra explodir todo corrupto desse pais. Isso aqui não tem jeito. Uma sub-raça nas mãos de bandidos a séculos. Só mudaríamos um dia com muito sangue. Infelizmente essa é a realidade, triste, mais e a verdade.

  21. vocês Antagonista fala tanto em corrupção mas o Idolo de vocês hoje é o Renan Calheiros.Ele hoje é o queridinho da Imprensa Brasileira.VERGONHA NACIONAL.

    1. Mundinho, aqui ninguém tem ídolos. Quem é tido a idolatrar figuras patéticas, são os bolsonaristas e os lulistas.

  22. O país é desse jeito porque nosso judiciário é corrupto!!! Se esse país fosse sério, e prendessem esses [email protected] como fazem lá fora em países de primeiro mundo, aí a coisa entraria no eixo Outra coisa, o voto não pode ser obrigatório Esses políticos não se esforçam em nada em prol da população. Querem que o povo se exploda!!! Não estão nem ai, nem os políticos, nem o judiciário!!!

  23. Ricardo Barros, está em todas. É outro sociopata cruel e sem caráter. Independentemente de quem possa morrer para satisfazer seu objetivo de poder e dinheiro. Parasita.

  24. Não interessa a legislação: O RESPONSÁVEL POR TAMANHO DESCALABRO TEM QUE SER ENFORCADO EM PRAÇA PÚBLICA!

  25. Trabalho em hospital público há 20 anos. é sempre a mesma coisa. precisamos lutar muito, e muitas vezes perder, para usar produtos de boa qualidade para os profissionais e pacientes. Não tem dinheiro! é sempre a mesma desculpa esfarrapada. dinheiro sobrando e a parte que deveria ser destinada a bons produtos e estruturas vai no bolso desses inomináveis.

  26. Esse corrupto chamado Ricardo Barros, deveria estar na cadeia há muito tempo!! Não solto roubando como sempre fez. E pior a justiça não faz nada!!

  27. PARA ISSO FOI EXTINGUIDA A LAVA JATO E ARAS E O FICHA SUJA DO PP LIRA .foram colocados .ENGAVETARAM O FIM DO FORO PRIVILEGIADO E MENDES ,e o amigodoamigodomeupai e Kassio e agora o incrivelmente evangélico estariam lá Lara brecar o FIM DA IMPUNIDADE

  28. São monstros! Ricardo Barros é a ralé da humanidade e continua sendo eleito, abraçado a um presidente que devia habitar, com os ratos, o esgoto da sociedade.

    1. Isso mesmo, são monstros da pior espécie. Tiram vidas e esperança de pessoas comuns e trabalhadoras cono se tivessem todo o direito de fazer-lo. E o Bolsonaro, que fez isso a vida inteira com rachadinhas, é o bobolhão da corte assasina dos monstros

  29. ...exemplo: Brasil ( anvisa) aprova uso do antiviral rendesivir p algo q a OMS não preconiza....e assim são muitos países sérios

  30. O que ocorreu com os corruptos responsáveis pelo ministério da saúde em governos anteriores? Resposta simples: foram reeleitos pelo povo.

    1. E atualmente trabalham nas sombras nesse atual governo. Barros, o líder do Bozo na Câmara, é um deles, Fernando Bezerra no senado é outro. O bozismo segue operando o que foi abandonado pelo PT quando da queda da Dilma e subida do Temer. Podemos dizer que Bolsonaro pode ser considerado outra "alma mais honesta do Brasil" ao lado de Lula.

  31. o repórter fala em ..".remédios ineficazes " ... será q tem q falar, mostrar de novo q não existe,no mundo, consenso em eficiência ou não de drogas p tratar covid. Diversos trabalhos mostrar q sim, outros, q não, cabe ao profissional junto c paciente decidir. São drogas seguras, antigas. Basta Usar no tempo e dose certos. Não é pq a OMS preconiza, q tem q ser obedecida! Inúmeras vezes , ela orienta algo e algum pais ,c seus estudos, não...desde q respaldado

    1. Quanto blá blá blá, Antônio! Vc é formado em que? Os medicamentos passam por estudos randômicos e duplo-cego... sem essa de "uns acham eficazes e outros não"... Não há espeço prá achismo

    2. São remédios ineficazes sim. Se tem médicos ou cientistas q ainda defendem esses medicamentos, faz isso por dois motivos, dinheiro ou ignorância. Vc tem primeiro a sensação, depois vêm a percepção e mais adiante à concepção. E então vêm a ciência. E a ciência organizada gera o conhecimento. O conhecimento q temos hoje, q é ponto pacífico das principais autoridades no assunto de medicamentos, é q esses medicamentos são ineficazes. Osmar Terra, Nise, isso são porcarias, são astrólogos da medicina.

  32. Nossa, depois somos nós trabalhadores que somos obrigados a trabalhar cada vez mais, porque os corruptos desviam bilhões do MS, e as aposentadorias cada vez menores. Enquanto eles tomam banho regado a dólares.. que país é esse? Vagabundos.

  33. Cadeira elétrica para corruptos que prejudicam a sociedade. Já passou da hora do povo brasileiro deixar de ser bonzinho e não exigir penas mais duras para quem merece! Já sofremos muito! Basta! Já vimos que nada acaba com a corrupção! Continuamos com os piores índices de Educação, Saúde, Cultura. Não temos transporte público eficiente, não temos Segurança nas nossas cidades! O dinheiro dos nossos impostos vai para o bolso de figuras malignas, permissivas, imorais! Até quando?

  34. os EXEMPLOS EXCECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  35. A política da Crusoe é a seguinte; copia e cola toda acusação proveniente de Renan Calheiros, Omar Azis e trupe. Os fatos são investigados, constata-se que não há nada de crime grave. Daí, Crusoe, Renan, Omar e trupe se calam, não se publica a verdade e começam a procurar outra fábula …. Parabéns Crusoe pela pilantragem. Dá até pra enganar alguns leitores.

    1. Crusoé é uma ilha do jornalismo. Seus jornalistas e colunistas são profissionais respeitados. Isso se constata pelo nível dos seus leitores. Em qual outro lugar, bolsonarista e lulista ficam apenas chorando pelos cantos, procurando não serem notados? Aqui o choro é livre e o contraponto é certo.AQUI É A CRUSOÉ, VEÍCULO DE IMPRENSA, CUJA MOTIVAÇÃO, É MUDAR O BRASIL PARA MELHOR. Nós leitores, somos crias desse propósito.

    2. ... Você, Afranio, nasceu e raciocina sem acento circunflexo. ... Digita Crusoe sem o agudo. ... Sugere outras anomalias. ...

  36. Toda a corrupção já está exposta, quanta maldade ,quanta perversidade. Eleitores do Paraná, vocês estarão tendo essa oportunidade de agir aos gritos: Fora, corrupto

  37. Essa perversidade com a vida das pessoas terá um preço muito alto. A alternativa de combate a essa atrocidade poderá ser feita qdo os eleitores " demitirem" esses animais de seus postos públicos. No momento os eleitores do Paraná tem essa grande chance ou serão cúmplices. A escolha estará ,em breve, a disposição de quem tiver respeito pela vida humana: Fora corruptos.

  38. O Ricardo Barros é um velho conhecido sempre metido em rolo. se governo pagasse os U$ 45.000.000,00 nunca mais veriam o dinheiro e nem vacina.So iria aparecer mais mansooes

    1. com certeza, acabaram com a lava jato para continuarem roubando sem limites

  39. Vocês poderiam e/ou deveriam deixar essa reportagem aberta! É triste, é revoltante, mas consegue "materializar" ainda mais a maldade e os prejuízos que a corrupção causa... Parabéns pelo trabalho de vocês é admirável e bastante esclarecedor!

  40. O Brasil só muda na bomba e na bala, só quem poderia detonar as bombas e meter bala também aderiu aos corruptos. Tamo na roça!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO