Para onde irá Geraldo?

12.10.18

Após a derrota acachapante na corrida presidencial, o destino de Geraldo Alckmin está diretamente atrelado ao resultado das eleições em São Paulo. Se o seu agora desafeto João Doria vencer, Alckmin deve migrar para outro partido, provavelmente o PSB, segundo aliados. Se o ganhador for Márcio França, ele tende a ficar no PSDB para tentar a retomada dos diretórios municipal e estadual do partido, hoje controlados por Doria e pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Nessa hipótese, França deve dar uma mãozinha: a ideia é que ele convide Alckmin para uma secretaria no governo estadual.

Rovena Rosa/Agência BrasilRovena Rosa/Agência BrasilAlckmin e Doria: ex-amigos

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Torço e voto em Doria. Sua vitoria levaria o PSDB mais a direita e embalsamaria FHC, Serra e outros da esquerda. Seria o fim do que se chamou de PTUCANATO

  2. Fisiologista hipócrita. Seu discurso diverso da prática e sua estadia na bolha da velha política sepultaram este tucano do bico podre. Sorte do Brasil.

  3. O Picolé de Chuchu, que rouba merenda de criança, mostrou mesmo que é um admirador do Lula. Ficou no limbo da política igual ao seu mestre encarcerado. Pro pai do PCC, acabou.

  4. Ninguém vai investigar Alkimin? Aquele cunhado dele que o ajudava e foi estranhamente assaltado em sua mansão no Morumbi, uma fortaleza ! Como será que ficou aquela história? Terreno ricamente adubadores de dinheiro desviado!

  5. Infelizmente terá a prometida secretaria (foro). Importante é tirar o PSDB do poder. Acredito que as operações da PF, terão mais chances de garfar esta ORCRIM, mesmo com a cobertura do França/PSB . "Paulo Preto é a chave de cadeia" desta facção.

  6. Vou tapar o nariz e votar em Dória pq não consigo admitir a ideia do PSB, aliado de Lula, governar meu Estado. Espero q Doria dê uma boa guinada à direta no PSDB, chutando os velhos cabeças brancas, está na hora dessa gente ser aposentada.

  7. Pelé quando quiz encerrar escolheu o momento certo. Estava por cima. Alkiman quiz ser guloso. Se deu mal. Acabou. Será lembrado como o “ruim de voto nacional”.

  8. Irá se aposentar, rs. Foi um político de boa expressão regional, mas que se deixou iludir ao imaginar que teria a mesma força em termos nacionais. Tentou meter o bedelho na polarização Bolsonaro x PT e saiu todo chamuscado! Não teria sido tão escorraçado se mantivesse uma conduta na qual se exibiria como uma opção razoável às duas forças polarizantes. Tentou ser o que nunca foi e acabou dando um tiro no próprio pé (Luiz Carlos Galvão)

  9. Se ele for para o PSB aí teremos revelado exatamente quem ele é: o Sujeito que nunca combateu nem as quedas socialistas de FHC e nunca bateu no PT, pois são farinha do mesmo saco... Esperando pra ver !!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO