A PF de Bolsonaro

19.10.18

Na cúpula da Polícia Federal, delegados evitam fazer apostas sobre quem Jair Bolsonaro nomeará para comandar o órgão caso saia vencedor das eleições, mas dão como certo que a escolha terá interferência direta de Fernando Francischini, um dos políticos mais próximos do presidenciável do PSL. Delegado de carreira, o atual deputado federal se elegeu no último dia 7 para a Assembleia Legislativa do Paraná.

DivulgaçãoDivulgaçãoUnidade da PF: comando em compasso de espera

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Seria bom consultar o delegado da lava- jato....aquele que depois afastaram...e também o ex- superindentente da PF que se aposentou...parece que fizeram.bom trabalho.

  2. Que escolha recaia no melhor e mais capacitado. Mas, por falar em PF, onde anda o filho do ex Diretor Geral Romeu Tuma? Os Ptralhas desconstruiram e eliminaram Tuma Júnior?

    1. O falecido Romeu Tuma nunca foi policial federal. Ele era Delegado da Policia Civil SP, e foi colocado na Direção Geral da PF por conta de uma "farsa" pelo Sarney. Seu filho também nunca foi policial federal. O filho foi colocado no Serviço de Estrangeiros da PF SP, para facilitar a vida dos "patrícios". Ao depois - tardiamente - foram todos "expurgados" e voltaram aos seus redutos.

    1. Com certeza. Infelizmente, a era THC e LULADRÃO, também, aparelharam a Polícia Federal. Mas há, sem dúvida, gente boa (sem viés ideológico comuna) para assumir a direção da PF.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO