Mais um de olho no Supremo

09.11.18

Apareceu outro pretendente para uma das próximas vagas de ministro do Supremo Tribunal Federal. É o atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio Noronha. Sempre que pode, ele elogia Jair Bolsonaro. Recentemente, até declarou ter votado no então candidato do PSL e que o PT é o símbolo do atraso. Noronha está, na verdade, reavivando um velho sonho. Mineiro, ele contava que seria nomeado para o Supremo caso o tucano Aécio Neves, com quem mantém excelente relacionamento, tivesse vencido em 2014.

José Alberto/STJJosé Alberto/STJO ministro Noronha tem afagado o presidente eleito

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Há vários bons, como o próprio Moro, o Gebran, o Thompson Flores, o Ives Gandra Neto, etc. O Brasil está recheado de pessoas íntegras e competentes. E com perfil para o cargo. Bolsonaro poderá escolher. Tem muitas opções para o STF e demais tribunais superiores.

    1. Esse cargo, seria excelente para esse ministro, amiguinho do aético.

  2. O Senado deveria tirar fora Gilmar Mendes, Tofoli que nem é Juiz, Levandovsk (nem sei como escreve direito) precisamos de juízes que sejam sérios , o próximo Sergio Moro e um juiz do TRF4.

    1. Apoiado, Célia. Tem muita gente aí nesta turminha com rabo preso com o PT.

  3. Está provado que, quando alguém procura galgar a algum cargo por meio da política é porque não tem nenhuma capacidade moral ou técnica para exerce-lo. Isso fica ainda mais evidente quando o pretendente faz qualquer negócio para conseguir o cargo. Vira a casaca a qualquer preço e pensa que nem é notado. Vai ter muita gente agarrada no saco do Bolsonaro para poder chegar à teta. E o ubre brasileiro é do tamanho de um bonde, se alguém se lembra do seu tamanho. Hoje há muita coisa maior que o bonde

    1. Deveriam era acabar com a indicação política. Ministro do Supremo deveria ser Juiz de carreira. Pelo menos algum tempo como juiz e outro como Desembargador. Acabar com o quinto constitucional. É contraprudecente.

  4. Moro é o primeiro da fila. Duvido que se candidate à PR. Não é seu perfil. Moro no STF será infinitamente mais útil ao País. Na segunda posição correm por fora nomes mais graúdos como Bretas e Vallisney.

    1. Sem esquecer dos magistrados da 2ª e 3ª instâncias vinculados ao julgamento dos processo da OLJ. Temos uma safra muito boa de homens e mulheres merecedores do posto.

  5. A linha sucessória no STF já está definida, serão: Sérgio Fernando Moro, magistrado - juiz federal da 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, por hora. Também é escritor e professor universitário brasileiro. Indicado para o Ministério da Justiça no próximo governo Bolsonaro. É o outro será: João Pedro Gebran Neto, desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Se surgir até o final de 2022 uma terceira vaga, talvez Carmen Lúcia, aí poderá outro magistrado, de preferência de carreira.

    1. Juiz Bretãs do RJ também deveria fazer parte da lista de cotados, haja vista seu desempenho face às organizações criminosas que enfrenta naquele estado. Sem duvidas outro nome de peso.

  6. É uma excelente pessoa, ótimo Ministro, conhecedor do Direito Constitucional, e finalmente muito melhor que alguns Ministros que lá estão nomeados pelo PT e PSDB. Seria um ótimo Ministro do STF, embora no meu entender o melhor para o cargo seria o Presidente do Tribunal da 4ª Região, extremamente honesto , competente e profundo conhecedor do Direito. Este sim seria um MINISTRO que a nação brasileira espera.

  7. O presidente Bolsonaro não pode, de maneira alguma, se deixar levar pelo canto da sereia dos elogios baratos. Essas pessoas querem poder e para tanto fazem de tudo pra alcançar seus objetivos. Cuidado presidente, muito cuidados com elogios baratos que sairão caros no futuro.

    1. A turma da chaleira é enorme... o Brasil que elegeu Bolsonaro espera que ele não sucumba ao canto dessas sereias!

  8. Amigo de Aécio, não pode ser ministro. Já chega os que estão lá, esculhambando com a interpretação da constituiçaõ, conforme o cardápio do dia.

  9. Celso Mello completou 73 no dia 1°. Mais dois anos até se aposentar. Marco Aurélio está com 72. Mais três anos. Toffoli tem 50. Muita calma!

    1. Só um impeachment pra resolver o problema. Só a obstrução de justiça na 2ª turma do STF junto com o Lewandowski e o Gilmar Mendes já é suficiente.

    1. Excelentes nomes. Mas, em outros tribunais, há nomes que vêm defendendo os interesses do Brasil e contra a ORCRIM: no STJ, Félix Fischer e Hermann Benjamin, no TCU Júlio Marcelo, no TRF 4, Gebran Neto.

    1. Não é PT, mas é PSDB, amigo do Aécioooooooooooooooooooooooooooo.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO