Paulo Marinho com Jair Bolsonaro e parte da equipe de campanha do presidente eleito: alerta no horizonte

O candidato a lobista-geral da República

Saiba quem é Paulo Marinho, o empresário carioca que já é apontado como possível fonte de problemas para o futuro governo. Ele está sempre perto de onde há poder e dinheiro. Já foi próximo até dos petistas
09.11.18

Na véspera da cassação do petista José Dirceu, em dezembro de 2005, um deputado federal que participaria da votação secreta no dia seguinte recebeu um telefonema em que o interlocutor o convidava para uma reunião que ocorreria horas depois em uma mansão no Lago Sul, em Brasília. Ao chegar, lá estavam Dirceu, Luiz Eduardo Greenhalgh, seu advogado e correligionário, e o dono da casa e autor do telefonema: o carioca Paulo Marinho, hoje um dos empresários mais próximos do presidente eleito, Jair Bolsonaro. A ideia era tentar angariar votos para impedir a iminente cassação. Marinho, amigo de Dirceu, estava empenhado na missão, que se mostraria infrutífera.

Hoje com 66 anos, o empresário que se apresenta simplesmente como “consultor” desembarcou em Brasília ainda durante o governo Lula para fazer dinheiro com a ascensão do petismo ao poder. Não demorou muito para que conseguisse se aproximar da cúpula do governo. Em especial de José Dirceu, que logo passaria a ser assíduo frequentador da casa que ele montou em uma das regiões mais exclusivas da capital. A estratégia de aproximação deu tão certo que Marinho passou a ser acionado até para tarefas de interesse do próprio PT e do governo. No auge da era Lula, por exemplo, fez contatos com empresários interessados em viabilizar o notório filme em homenagem ao ex-presidente — sim, o homem de Bolsonaro já foi um lulista empenhado.

Jeitoso, Marinho se encostou na cúpula petista no auge de sua parceria com o empresário Nelson Tanure, que o escalou para ser seu longa manus em Brasília. O polêmico Tanure, conhecido por farejar negócios que vão mal das pernas, havia acabado de arrendar a Gazeta Mercantil e o lendário Jornal do Brasil, já em sua fase final de existência. Marinho foi incumbido de representar as duas publicações em Brasília. Era um atalho inteligente para fazer chegar ao poder os interesses de ambos (depois, Tanure também se aventuraria, sem sucesso, na tentativa de recuperar a Varig).

A pretexto de representar institucionalmente os dois jornais, Marinho tinha acesso a informações, a políticos e a autoridades relevantes. Com frequência, realizava animadas recepções em sua casa. Ele ficou em Brasília de 2003 a 2006. Foi graças às relações dessa época que ele conseguiu ganhar um bom dinheiro com os negócios que representava. Com o mesmo Tanure, fez um acordo de cifras milionárias envolvendo processos nos quais a Petrobras – sim, a Petrobras – era parte.

Wilton Junior/Estadão ConteúdoWilton Junior/Estadão ConteúdoJair Bolsonaro na casa do empresário durante a campanha: Marinho foi host
Em 2005, ele fez um acerto com o parceiro pelos serviços prestados não aos jornais, mas ao estaleiro de Nelson Tanure. Marinho combinou de levar 20% do que Tanure conseguisse ganhar ao cabo de dez processos que tinha contra a Petrobras, por causa de negócios pretéritos entre a estatal e o estaleiro. Tanure e a Petrobras chegaram a um acordo pelo qual a gigante brasileira abriu mão de cobrar valores e ainda pagou ao empresário. De acordo com registros judiciais, Marinho recebeu 14 milhões de reais (o que significa que Tanure ganhou algo como 70 milhões).

A parceria virou litígio. Marinho e Tanure passaram a protagonizar disputas milionárias na Justiça. Em jogo, os valores das comissões dos negócios que fizeram juntos. Tanure alegava que Marinho levara mais do que o combinado no acerto envolvendo a Petrobras, por exemplo. Em fevereiro deste ano, o Tribunal de Justiça do Rio entendeu que os valores estavam corretos. Recentemente, os parceiros se reconciliaram e, agora, estão finalizando um acordo para pôr fim à batalha jurídica.

Em Brasília, nos tempos em que plantou os negócios que lhe renderiam as polpudas comissões, Paulo Marinho mantinha uma intensa relação com o universo político. Passaram por sua casa gente como José Sarney e Dilma Rousseff, na ocasião, respectivamente, presidente do Senado e ministra de Minas e Energia. Um dos negócios que ele intermediava era a compra da Varig. “A missão oficial dele era abrir portas para o Jornal do Brasil, mas ele sempre atuou como lobista do Tanure”, diz um conhecido de Marinho, da alta sociedade do Rio. “Sempre foi uma gazua, um homem que abre portas, com competência, jeito, charme. Ele gosta de conversar o que as pessoas gostam de ouvir.”

Passados alguns anos, Paulo Marinho afastou-se do PT para então apostar no tucano João Doria, até finalmente desembarcar no ninho de Bolsonaro. Com fama de bon vivant no Rio de Janeiro, foi se aproximando do capitão da reserva à medida que percebia que aumentavam as suas chances de se eleger presidente. Já estava colado na família quando conseguiu virar suplente de Flavio Bolsonaro, eleito senador. Ao longo da campanha, exerceu papel de destaque no comitê do hoje presidente eleito. Abriu as portas de sua mansão no Jardim Botânico para que Bolsonaro fizesse encontros políticos e gravasse ali as peças de sua propaganda, em estúdio improvisado no lugar onde antes ficavam aparelhos de musculação.

ReproduçãoReproduçãoAndré Marinho, o “tradutor”, com o pai e Bolsonaro
A relação com Bolsonaro foi construída por Gustavo Bebianno, atual vice-presidente do PSL e um dos coordenadores da campanha. Marinho e Bebianno se conheceram no escritório do famoso advogado Sérgio Bermudes, a quem o lobista chama de “amigo e irmão”. Depois, trabalharam juntos no Jornal do Brasil. O vice-presidente do PSL, que deve ser confirmado como um dos principais auxiliares de Bolsonaro no Planalto, levou Paulo Marinho para a campanha sob o argumento de que ele poderia introduzir o então candidato nas rodas do empresariado paulista e carioca e também do Judiciário. Marinho gosta de dizer que é próximo de magistrados importantes, como Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), e Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O empresário-lobista agradou tanto Bolsonaro que, com a bênção dele, foi acomodado como primeiro suplente de seu filho candidato ao Senado. Começaria ali o primeiro dos tensionamentos na campanha que devem ser transferidos para o governo. Flávio e os irmãos políticos, Eduardo, deputado federal por São Paulo, e Carlos, vereador no Rio, passaram a se incomodar com a crescente influência de Marinho e de Bebianno sobre  o seu pai. Todos negam, por óbvio, que haja conflitos relevantes. Mas os filhos de Bolsonaro detestaram, por exemplo, quando André, filho de Paulo Marinho, se anunciou na imprensa como o intérprete da conversa telefônica que o presidente eleito teve com Donald Trump. No dia da eleição , Bebianno declarou à imprensa que o diálogo fora traduzido por André Marinho, um youtuber de 24 anos que sonha com carreira política. Três dias depois, Carlos Bolsonaro rebateu a versão no Twitter: “Quem traduziu a conversa entre Bolsonaro e Trump jamais foi a pessoa mencionada, mas outra que fez de coração e quis somente ajudar”. Saia justa.

A própria suplência de Paulo Marinho na chapa de Flávio Bolsonaro não foi bem recebida pelos filhos. Ainda mais com a ideia colocada em circulação por Gustavo Bebianno de que Marinho gostaria de assumir a vaga no Senado. Segundo essa versão, Marinho quer o cargo para ter mais liberdade de circular por Brasília. Afinal, sem posição na estrutura oficial, será mais difícil explicar visitas frequentes ao Planalto e reuniões com interessados em assuntos do governo. Flavio Bolsonaro não admite abrir passagem para Marinho assumir sua cadeira no Senado. Apesar dos entreveros, a dupla Bebianno-Marinho segue com prestígio junto ao presidente eleito. E, por ora, Marinho continua como consultor no Rio, onde atua em negociações de empresas e imóveis. Ele nega ter interesse em cargos (leia entrevista).

O receio em certas rodas em Brasília e no Rio é o de que um filme já passado na história recente se repita: o do empresário próximo ao núcleo do poder cujos lobbies e transações se transformam depois em crise política. Foi assim com Paulo César Farias, o arrecadador de campanha de Fernando Collor em 1989. Foi assim com Marcos Valério de Souza, o gerenciador de contas de publicidade que deu origem ao mensalão no governo Lula em 2005.

ReproduçãoCom o ministro Salomão, do STJ: laços com o Judiciário ajudaram na aproximação com Bolsonaro
Marinho é um personagem conhecido da sociedade carioca por seu jeito de se aproximar de quem tem dinheiro e poder. Não é visto com bons olhos em certos endereços da Vieira Souto e Delfim Moreira. Recentemente, fez chegar ao comando do Grupo Globo que poderia promover a aproximação da família Marinho — da qual não é parente — com Bolsonaro. Não foi levado a sério. A família não nutre simpatia por ele. No passado, Paulo Marinho aproveitava a coincidência do sobrenome para abrir caminhos no Rio. Os Marinho da Globo souberam. E, claro, não gostaram.

O candidato a despachante do futuro governo — ou a lobista-geral da República — sempre usou com eficiência o seu dom de seduzir. Antes de apoiar Bolsonaro, seu favorito para o posto de presidente da República era João Doria, como já foi dito, de quem é amigo e para quem chegou a promover jantares com o objetivo de alavancar apoios. André, seu filho multitarefas, é presidente do Lide Futuro Rio de Janeiro, o braço jovem da organização empresarial que fez a fama do tucano paulista. Paulo Marinho também é figura frequente no gabinete do prefeito do Rio, Marcelo Crivella. O prefeito é ligado à igreja Universal, do bispo Edir Macedo, que apoiou Bolsonaro na campanha e que controla o PRB, partido que já aderiu ao futuro governo. Marinho vê na proximidade de Bolsonaro e Crivella um atalho para amplificar seus negócios na área de turismo no Rio. Até aqui, a estratégia tem dado certo. Seu outro filho, Danyel, conseguiu entrar na sociedade que irá construir uma roda-gigante na cidade. Paulo Marinho articula com Crivella um projeto de revitalização do Jardim de Alá, um parque encravado entre Ipanema e Leblon, uma das mais nobres áreas da capital fluminense.

Embora ele atue em tantas frentes ao mesmo tempo, dificilmente o nome de Paulo Marinho aparece em seus negócios. Sua declaração de bens apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral soma apenas 752 mil reais, um valor baixo a se considerar o seu padrão de vida. No TSE, aliás, está registrado que ele não tem curso superior. A faculdade dele é a da vida.

Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoCom Maitê Proença: Paulo Marinho sempre procurou estar perto dos holofotes
A entrada de Marinho nas altas rodas ocorreu no final dos anos 1970, quando era um playboy que aproveitava as suas relações com empresários, políticos e mulheres famosas para impulsionar a carreira. No meio político, Moreira Franco, atual ministro de Minas e Energia, foi um dos primeiros de quem ele se aproximou. Foi logo depois que Moreira se elegeu governador, em 1986. Os dois viraram desafetos e não se falam há muito tempo. E também não revelam o motivo do rompimento.

No campo dos negócios propriamente ditos, o padrinho de Paulo Marinho foi Ronaldo Xavier de Lima, à época casado com Marta Rocha, ex-miss Brasil. Lima o convidou para dar expediente na sua companhia de seguros quando Marinho tinha apenas 14 anos de idade. Depois, trabalhou com o empresário Roberto Medina, criador do Rock in Rio. Ele costuma dizer que foi o fracasso econômico de seu pai, que perdeu dinheiro após desavenças com um sócio e obrigou a família a mudar-se de Ipanema para um pequeno apartamento em Copacabana, que o tornou obcecado por ganhar dinheiro.

Paulo Marinho, no entanto, só virou figura carimbada mesmo nas colunas sociais depois de se casar com a esplêndida Odile Rubirosa, viúva do playboy dominicano Porfírio Rubirosa. Morou com ela em Paris, período em que foi apresentado ao jet set internacional. Depois da separação, casou-se com a também atriz Maitê Proença, com quem tem uma filha. Foi ele, inclusive, que negociou com a Playboy o cachê de Maitê quando ela topou posar para a revista, em 1982. Separaram-se depois de doze anos. “Paulo é pai de minha filha. Fomos apaixonados há trinta anos e continuamos amigos. É amigo dos amigos, e é um homem bom”, limitou-se a dizer Maitê Proença a Crusoé, ao ser indagada sobre o ex-marido.

Em dezembro do mesmo ano do ensaio com a então mulher de Paulo Marinho, a Playboy colocava em sua capa a apresentadora Xuxa Meneghel. E Marinho, ávido por holofotes, era o entrevistado daquela edição. Na ocasião, ele sintetizou a sua obsessão por dinheiro. “Algumas vezes, logo que a gente acabava o ato sexual (com Odile), eu corria pro telefone para resolver algum negócio”, afirmou. Hoje, Marinho garante que sabe separar interesses. A ver.

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Agora entendi o mote da aproximação e atuação junto ao Presidente eleito. Bom saber de fonte confiável. Fiquemos antenados.

  2. Presidente Bolsonaro: cuidado com os infiltrados!!! PC Farias... Zé Dirceu...M.U.I.T.O CUIDADO. E também com os agregados da própria família. TUDO será explorado E vigiado.

  3. Preocupante esta aproximação ! Contatos como este denigrem a imagem de Bolsonaro e os filhos tem razão em estarem irritados! Espero que ele leia Crusoe e saiba que quem votou nele pode deixar de apoiá-lo se se tornar um novo Lula deslumbrado pelo poder!

  4. Triste ver que Bolsonaro está caindo no encantamento de sujeitos como esse. Essa é a receita para a repetição de governos medíocres como tivemos. Agora está explicado o nome de M. Proença para o Meio Ambiente. Bizarro.

  5. Governadores com Pires não! Ocorre que diversos, estão dentro dessa maracutaia de concederem anistias fabulosas e agora nós é que estamos pagando!

  6. Esse tal de Lula, ainda quer que acreditemos que éle é a pessoa mais inocente nestes imensos "causos " de falcatruas que todos brasileiros estão pagando!

  7. Esperamos que nosso presidente Bolsonaro, não se deixe levar por uma pessoa que por estes relatos que acredito serem verídicos; é extremamente perigoso!

    1. Concordo com o missivista Daniel: Paulo Marinho é um clone de Paulo César Farias (in memoriam) com Marcos Valério de Souza, que podem implodir o Governo JAIR BOLSONARO!!! Jamais pagaria pra ver tamanha desgraça que isso causaria ao País!!

  8. Acho que esse Marinho não passa de um oportunista e que está sempre a pular de galho em galho. Acho que Bolsonaro deve afastar-se dele imediatamentee, Isso me cheira a truta.

  9. Enfrentei muitos perrengues pra justificar meu voto em Bolsonaro; espero, portanto não ter que passar pelo constrangimento de ter feito a escolha errada.

  10. E a mesmice de sempre. Um lobista, dois lobistas, etc. Ser lobista é profissão? Aqui é , e nos EUA existem firmas especializadas que acompanham a aprovação de projetos no Senado e Câmara. Ganham para isto. Ocorre que o Tanure pega as coisas em dificuldades e ajuda a quebraram, claro se beneficiando. Foi assim com a Varig., Gazeta Mercantil e outras. Especializou-se junto com o Lobista de plantão em massas falidas. O cuidado com ele tem de ser grande porque boas qualidades ele não as possui.

  11. Bom se o SR MARINHO reúne toda essa gama de afinidades e competências até é bom ter por perto, senão tbm é interessante, é preciso conhecer o mal para poder enfrentar.

  12. O Bolsonaro tinha mais era que ouvir seus filhos. Tá na cara que essa figura vai ser o novo PC Farias. pelo sim ou pelo não, o melhor é se afastar de gente desse tipo. O risco é grande e iminente...

  13. Desconcertante a aproximação do presidente Bolsonaro com uma personalidade destas. É necessário??? DAQUI DE BAIXO NÃO ENTENDO!!!!

  14. Para mim não é novidade nenhuma em se tratando de Bolsonaro. Trata-se de notório farsante e populista que faz vídeos querendo passar imagem de cidadão comum, tendo como cenário mangueira enroladas no fundo do quintal, roupa desalinhada, prato com farelos em cima da mesa. Bem ao estilo Jânio Quadros.

  15. Mais do mesmo, um populista que chega ao poder no Brasil com a imagem de salvador da pátria porém usando das mesmas práticas de quem ele acusava de ser o grande causador de todos o males do país . Foi assim com Collor, Lula e pelo visto será com Bolsonaro. Novela das 8. Mudam-se os tempos e os personagens, são não muda o enredo, que ao contrário das novelas nunca teve um final feliz. Aguardemos...

  16. A reportagem é clara e direta. Alguém vai se arrepender quando for tarde. Duas máximas populares atravessam os anos: "Quem anda com porco come farelo" e "Quem tem nariz de porco, rabo de porco, ronco de porco e não é porco só pode ser porcA". Será que o nosso Zero UM, conhece a fábula do escorpião que pediu carona ao sapo para atravessar o rio? Vendilhão, corrupto, interesseiro, invejoso e lesa pátria, NÃO TEM CURA. Ponto finalizando, "dize-me com quem andas que dir-te-ei quem és".

  17. Essa tradição do suplente de senador ser um empresário, que entendo ser bem obscura e costumeiramente o grande financiador do candidato ao senado. Agora com essa lei de financiamento político sendo somente possível doações de pessoas física, poderia ser complementado a reportagem para quem e quanto foram os valores doados. Poderia fazer uma matéria complementar.

  18. Vendo a foto dele mais jovem ao lado de Maitê Proença, lembrei perfeitamente do bom vivant dos anos 70 ... rodeado de flashes e belas mulheres, pelo visto seguiu carreira, não alterando muito o estilo de vida . Complicado .. Bolsonaro a partir do dia 1 de janeiro vai ter q se proteger de determinadas situações e determinadas companhias , pq será um telhado de vidro, com muito gente esperando um pqno deslize pra ataca lo, todo cuidado será pouco !!!! Atenção recobrada !

  19. Estou cmeçando sentir o cheiro de desapontamento e podridāo do Lula e sua turma logo após a primeira eleiçao. Havia muita esperança e deu no q deu. Se Bolsonaro nao entender q nao pode ser empreiteiro de carrapatos entāo acabou antes de começar. Até agora unica coisa certa foi Moro o resto uma droga.

    1. Eu também achei que foi mais uma matéria para nos alertar de um possível problema.

    2. nada disso, fatos, fatos, tem que estar antenado e saber das coisas.

  20. Cabe a jair BOLSONARO, que tem milhões de seguidores, dar ouvidos aos milhões de "espiões" que agora passam a atuar em seu favor para o bem do Brasil, incluindo aqui a Crusoé, peça chave para esmiuçar o enclave dos espertalhões que querem tirar seu quinhão no novo governo. As informações sobre o lobo já foram passadas. Agora é armar a defesa contra esse personagem incipiente, cujas garras podem ser mortais. Conversa mole é veneno mortal.

  21. Não gostei. Vou prestar muita atenção, não aceito mais ser enganada, não tenho tempo para o que é desnecessário. Para mim, se Temer for indicado para embaixada da Itália, a luz vermelha se acenderá.

  22. É lamentável que o Presidente da República possa cair com tanta facilidade no canto da sereia , a despeito da experiência de 27 anos que tem como congressista.

  23. Esse tipo de relação com o novo presidente me preocupa. No entanto, Entendo ser necessário se ter uma visão dos empresários dentro do governo. Mas com cobra venenosa não se brinca.

  24. Ou seja, o cara é praticamente um João Dória sem ter concorrido a cargo político. Cuidado com esse sujeito, Presidente Bolsonaro.

  25. Bolsonaro conviveu 27 anos com os maiores ladrões sujos do Brasil. Poderia estar milionário. Não seria agora como homem maduro e humilde que o faria. Não tenho o menor receio.

  26. Bolsonaro soube conviver com a sujeira do Congresso durante 27 anos sem jamais se sujar. Não será agora, homem maduro e humilde que mudaria sua maneira de ser. Não tenho o menor receio

    1. Devemos dar ao presidente o tempo que ele precisa para se armar. Nós, os 55 milhões de brasileiros que acreditamos nele e o colocamos no poder para consertar este país do mal que a esquerda lhe fez devemos, mais do que nunca, nos mantermos vigilantes e continuar na luta junto dele(BOLSONARO), para que consiga ir tirando do meio do caminho os "pedrugulhosmarinhos" que vão aparecer daqui para frente. Bora, juntos!

    2. Não é esse o problema. Gente que adora o poder é capaz de tudo, inclusive de espalhar microfones e câmeras em locais que oferece para realizações de reuniões importantes, por exemplo. É um perigo...

    3. Pode crer!!! Também não tenho receio, sinto que ele quer fazer sim, muito pelo Brasil!!! Tomara que consiga!!! Torço por nós!!!

  27. Escrevo estas palavras acima dos 206 comentários já publicados a respeito. Constato, inclusive, alguns arrependidos no voto ao Bolsonaro. Pessoal, creio está havendo uma injustificada antecipação! Caramba, a impressão que fica é a de que o governo Bolsonaro já acabou sem mesmo ter começado! Arrepender-se do voto por causa de uma reportagem? Poxa, nunca testemunhei tamanha fragilidade. Pessoal, eu tenho uma fórmula: não exijam santidade do Bolsonaro! Ele deve saber o que faz.

    1. Concordo plenamente com vc, parece que elegeram Deus, ele precisa saber para precaver-se, estar com o suplente de seu filho não quer dizer que vai colocá-lo no seu staff, lembrar que foi Bebiano quem levou o cara até Bolsonaro

  28. 171 de carteirinha e de longa data. Uma decepção que seja bagageirado por Bolsonaro. Não faz sentido. É a antítese do seu discurso. Preocupa.

    1. Ah pessoas de pouca fé! Se 27 anos de conduta honesta e toda a campanha e pós campanha não te convenceram, esqueça. Nada prestará pra vc porque essa pessoa não existe.

  29. Dizia meu pai..."lagartixa sabe em que pau bate a cabeça". ..tudo depende da flexibilidade do rabo da lagartixa...L.Tadeu kd vc?

  30. Bolsonaro, Bolsonaro, absorva bem a mensagem desta matéria. Seja sábio, esse tipo de pessoa não pode trazer bem algum a seu governo. Oportunistas a busca de fama e dinheiro é sinônimo do que você ocorre na política: o toma lá dá cá pernicioso. Liberte-se enquanto é tempo. Esta revista é digna de crédito. Sai fora de bajuladores, sempre. O povão está de seu lado.

  31. E não é só ele. Há muita gente, da mais variada "categoria" que apoiou o Bolsonaro e ele não vai deixá-los para trás. Tem que arrumar algum jeito de acomodá-los. É a política. Diga-me com quem andas e te direi quem és. O fi-lo porque qui-lo não existe mais. Para mim, por enquanto, o Bolsonaro está perdidaço. Como se dizia na gíria, antigamente: não cheira nem fede. Espero que melhore com o tempo, porque, embora tenha anulado meu voto, ele vai governar para todos. A esperança não morre nunca.

  32. Ao que tudo indica, mais um parasita profissional..... Cuidado Bolsonaro, a vitória dá sono..... esse tipo só quer dinheiro e fama, não querem poder. Estar proximo dele já é suficiente para os seus propósitos . Mas pode fazer estragos.

  33. Não votei o Bolsonaro para vê-lo se do manipulado por dois interesseiros : Bebbiano e Paulo Marinho. Crítico mesmo. Não sou militância cega a nem a petezada

  34. Espero que a equipe de Bolsonaro e ele próprio não se deixem levar pela mãos de oportunistas. Que saiba, com a sua franqueza e simplicidade ,que já começam a se tornar peculiares , a imprimir uma marca de eficiência e saiba se aproveitar destes lobbies em benefício de todos nós.

  35. Preocupante, muito preocupante. Será que eu já vi esse filme antes???Decepcionada com isso, pois sou ingênua...Ou babaca?

  36. Me parece que os filhos do Bolsonaro tem muito mais juízo e faro do que querem fazer parecer certos setores da imprensa. Inclusive aqui no antagonista e Crusoé.

  37. Bom dia. Na minha opinião, ao ler a matéria, cheguei à conclusão de que este cidadão e seus sócios ao se aproximarem de empresas pré falimentares, não tinham como interesse principal a administração e/ou a recuperação delas. Tal qual um abutre que fareja uma carcaça e a sobrevoa a procura de restos de carne, assumiam as empresas que tinham processos não recebidos. com seus amigos no judiciário conseguiam pareceres favoráveis para o recebimento de tais créditos. Os "abutres" brigaram pelo butim

  38. Boy de luxo, náo tem escolaridade, servical de ricos, buscava picolé pro Ronaldo Xavier de Lima na praia, sem nenhum amor próprio, se aproximou de Zózimo Barroso do Amaral e tinha uma lábia com a mocas da Hípica, Country, Regines, Bateau, náo bebe, tinha essa vantagem em cima dos babacas bebados, e falam de um tal de pé de mesa!! tá aí um resumo de maschera buffa. Sarta fora Capita!!

    1. Não são oportunistas, são amigos. Democracia é isso aí, mudam as carinhas mudam os amigos. E uns não mudam nunca. Todos correndo para OS BANCOS DOS AMIGOS.

  39. O mundo é hipócrita. Um governo de virtuosos só existe na cabeça de um sonhador. É querer demais que a extraordinária massa de mamadores de ocasião e ávidos por dinheiro não se aproxime de um homem modesto e bem intencionado que por seu desempenho na campanha hoje tem holofotes e atenção do Brasil 24 horas por dia. A ameaça de tomada de espaço é clara, mas, para evitar a dupla Collor-PC reeditada, basta aplicar o remédio que João Batista Figueiredo prescreveu para Aureliano Chaves.

  40. um lobista que já foi sócio do ban/dido Ze Dirceu, trabalhou com corrupto-mor do Congresso José Sarney e atuou no desgoverno da 'mulher sapiens' Dilma. E ainda o filho de Bolsonaro eleito senador Flávio escolhe o sujeito como seu suplente? Acho que fui ludibriado nesta eleição.

  41. Acho bom que Bolsonaro fique bem esperto! Bolsonaro é uma pessoa do bem e deve se cuidar muito para não ser engolido pelas velhas e oportunistas raposas. Abra bem os olhos Capitão!

  42. Bolsonaro já tem experiência suficiente para saber que a vereda política é um campo minado. Muitos vão serpenteando no silêncio, e trazem veneno em suas intenções. Que o Capitão tenha discernimento!

  43. Queria saber o que o TSE está fazendo em relação à violação das urnas e só agora soubemos atraves da publicação do site tecnomundo (informações fornecidas pelos hackers) -

  44. Porque voces tão antenados não publicaram nada sobre a invasão das urnas eletronicas antes da eleições? Está tudo no site www.tecnomundo.com.br

  45. Imaginar que ao lado do bolsonaro só têm pessoas de bem é muita ingenuidade. Importante ele ter discernimento para não cair nas ciladas dos “ espertos “

  46. Gostaria perguntar : imagino que um ou varios colaboradores do presidente Bolsonaro lêem a Crusoé, e vêem sempre os programas do Antagonista na YouTube. Podem me garantir ? Abraços.um assinante novo.Parabens a toda a equipe pelo excelente trabalho

  47. olha, é muito preocupante. Não sabia nem.da existência dessa pessoa. suplente do filho de Bolsonaro!!! Aí aí aí. Capitão não vá nos decepcionar.

  48. Só digo algo...Se não der certo Agora?? DESISTO!! Estou começando a desanimar..Muitas notícias desanimadoras... É tanto dinheiro, tanto dinheiro e a culpa é da previdência..Vejo pessoas com mais saúde do que eu recebendo bolsa família..STF na farra em NY + 16%..sei lá

  49. Espero que o Bolsonaro leia esta matéria. Cruzoe, colem um chip neste "coelhinho esperto". Deve fazer parte da turma da "Lei de Gerson" - gostam de levar vantagem em tudo - lembram-se?

  50. sempre citado pelo colunista social quando casado com a sra. Odile Rubirosa Marinho , o Ibrahim chamava-o de Paulo "coelho"Marinho, porque fazia tudo muito rapidinho !

  51. o texto não se lembrou de comentar que o sr. Paulo era muito amigo e muito ligado ao colunista social Ibrahim Sued, que vivia citando-o na coluna social com sua mulher Odile Rubirosa Marinho. O Ibrahim chamava-o na colulna social de Paulo "coelho"Marinho, porque fazia tudo muito rapidinho!

    1. Concordo plenamente, opção bem mais saudável que, infelizmente, não pegou por não apoiar, primeiro armas e, no final bíblias, bem coerente...

  52. Péssimo sinal. Estaria o Capitão se deixando seduzir pelo poder, trilhando o mesmo caminho do verme presidiário? Espero que não. Vamos aguardar.

    1. Tânia, os filhos do Bolsonaro têm que abrir os olhos do Pai. Pela matéria acima já está claro que os filhos do Capitão já estão com as barbas de molho. Acredito que os Generais também estão de olho no Marinho.

  53. Pelo que estou avaliando, o futuro Presidente pode ser menos prejudicado pelos Marinhos (da Globo) do que o Marinho que ardilosamente se aproximou dele. Gente que já foi chegado a José Dirceu, Dilma Rousseff, ... Será que a bomba relógio do próximo escândalo da Era Bolsonaro já está acionada? Já basta pra torrar a paciência e aumentar a desconfiança dos eleitores do Capitão o complicado Onyx Lorenzoni e sua forte influência na equipe do futuro governo.

  54. Mais um “alpinista político” tentando “colar” na onda Bolsonaro. Já chega a Joice Hasselmann, o Major Olímpio e outros, são todos “ovos de serpente”. Bolsonaro, diga-me com quem tu andas, e te direi quem tu és, ou se transformou...

    1. O poder corrompe, pois traz muito dinheiro. Espero não medecepcionar com Bolsonaro, pois é a última esperança do povo.

    1. Ele, o tal marinho, não imagina quantos olhos verdes oliva estão nele 24 horas por dia!!!

  55. Espero que o velho ditado "diz-me com andas que eu te direi quem és" não venha a se confirmar no presente caso. Parabéns pelo levantamento histórico do personagem alvo.

  56. Nosso Presidente precisa tomar cuidado com esses oportunistas de ocasião. Será que alguém (Militares) está cuidando disso? Estou começando a me preocupar.

  57. VAMOS:LAVAR A ROUPA SUJA": O ANTAGONISTA, EM UMA PEQUENA NOTA, ALERTOU PARA A POSSIBILIDADE DO TEMER ASSUMIR ALGUM CARGO, NO GOVERNO B17, AFIM MANTER O FORO PRIVILEGIADO...!!!??? AGUARDO COMENTÁRIOS.!!!

  58. O cara é habilidoso, sabe como agradar e tirar proveito de pessoas influentes. Esse é um dos maiores desafios do presidente: separar o joio do trigo para não trair os eleitores.

    1. Os ministérios já estão recebendo politicos para comandá-los Não era esse o trato

  59. O sujeito parece ser bastante perigoso por sua biografia. Assim, basta o futuro presidente Bolsonaro solicitar a seus assessores que mantenham o elemento a distância dele a fim de evitar maiores danos à sua imagem.

    1. MUITO COMPLICADO ESTE INÍCIO, QUE, ESTÁ OBSCURO... O PROMWRIDO POR JAIR FOI A DISTÂNCIA DESTES CANALHAS PÚBLICOS, SOCIAIS, POLÍTICOS...

    2. MUITO COMPLICADO ESTE INÍCIO, QUE, ESTÁ OBSCURO... O PROMWRIDO POR JAIR FOI A DISTÂNCIA DESTES CANALHAS PÚBLICOS, SOCIAIS, POLÍTICOS...

  60. esse é o típico cara que nunca perde, almeja poder pelos outros, é um parasita ! me entristece saber que todos os políticos que chegaram ao poder tem relação com esse tipo de gente !

  61. NÃO CONSIGO ACEITAR O "DESCULPADO" CAIXA DOIS, ONYX LORENZONI, FAZENDO PARTE DESTA EQUIPE DE GOVERNO JAIR BOLSONARO. USOU CAIXA DOIS, FOI, É, E, SERÁ, SEMPRE, "CORRUPTO".!!!! NUNCA MAIS, DESAPARECERÁ ESTE DESLIZE, INACEITÁVEL. NÃO FOI ISSO QUE JAIR PROMETEU.... JÁ, NÃO BASTA O "INDECIFRÁVEL" PAULO GUEDES... SE, CONTINUAR, ASSIM, PODERÁ HAVER CONVITE PARA GILMAR MENDES...!!! NÃO QUERO AFIRMAR ...."QUE JÁ VI ESTE FILME".

    1. Sai daí infiltrado, e desliga esse caps, aprende a escrever na internet.

  62. Sem receber nenhum cargo o Marinho vai fazer aquilo que sabe, lobby. Se fizer lobby honestamente tudo bem, o problema é o tal de honestamente.

    1. A desconfiança não é no capitão, é nos urubus que o rodeiam!!! Mas, não precisam temer, para quem não sabe, os generais ao seu redor não estão dormindo!!!

    2. Concordo, plenamente... Estou iniciando certa desconfiança no Capitão... Será que, ainda, não será, desta vez.???

  63. Li o texto e não vi sinal nenhum de bandidagem. Bolsonaro só vai agradar alguns ou muitos da maldita imprensa se fizer seu governo no céu, deixem o homem trabalhar, ele está fazendo o que ninguém fez, Pudera eu ter a expertise de Paulo Marinho para fazer articulações que me façam enriquecer sem bandidagem como a do PT, PSDB,PP e por aí vai. Bolsonaro já provou a que veio, ele é calejado, sabe onde pisa e até onde pode ir. É difícil demais entender isto?

  64. Não julgo dessa forma. Eu mesmo acreditei no Lula em 2006, na Dilma 2010 e 2014. Hoje tenho nojo, mas isso me faz concluir que as pessoas são propensas à mudança. Não vejo como mau caráter um grande empresário se aproximar dos governantes, a não ser que se envolva nos esquemas de corrupção. A pergunta que se faz no momento é: Existe forte indício de envolvimento em esquemas de corrupção e ou lavagem de dinheiro por parte do empresário? Quando tiver, eu vou concordar com o teor da matéria.

    1. Pelo "Curricilulum" dele, já, basta... Será que, será necessário colorir...

  65. Eu acredito que devemos fazer uma manifestação contra o aumento do supremo e a ação deletéria de figuras carimbadas do governo Temmer. É mais Importatten do que Paulo Marinho neste momento.

  66. Excelente matéria. Bolsonaro precisa pesquisar e "investigar" com lupa cada um que se aproxima dele. Tem muito oportunista querendo se passar por gente boa. Espero que a família Bolsonaro tenha acesso a esta reportagem.

    1. Também concordo. Estas figuras estão na contramão do prometido em campanha, incluído o Onyx que recebeu dinheiro de forma ilegal.

  67. Definitivamente é uma pessoa pouco confiável. Creio que o Bolsonaro deve ficar longe. Entretanto, entendo que o presidente eleito não é exatamente uma inocente colegial e sabe separar joio do trigo.

  68. Cuidado com essa serpente, presidente Bolsonaro. Seus filhos já perceberam o tipo do cidadão. O senhor não precisa desse tipo de pessoa ao seu lado.

    1. Definitivamente, uma serpente no ninho. É tudo o que o presidente eleito precisa evitar,.

    1. Melhor ainda: anfitrião. Para que esse anglicismo besta, né?

  69. Crusoé, perdoe-me, mas gastar uma capa da revista com esse assunto não me parece inteligente. Com tantos assuntos muito mais importantes pululando a formação do novo governo, a escolha dessa reportagem é equivocada. Não entro no mérito ser o conteúdo verdadeiro ou não, mas entendo que não é o assunto pelo qual os leitores estão sequiosos.

    1. Concordo com a CRUSOÉ, desempenhando sua magna função, tempestivamente... Aprofunde o conteúdo da reportagem, pois, precisamos "esgotar" o assunto " Paulo Marinho", que, está mais para cafetão de globais, fúteis, que, para assessor de JAIR. O caso é muito sério, grave, pois, está infiltrado na família. PÉSSIMO COMEÇO...!!!

    2. Assunto irrelevante para os grandes problemas que o país precisa debater com urgência. Não tem sentido ser um antecipador de tragédias para parecer conhecedor profundo do quadro político e lobista nacional. Beira a presunção!

  70. Figurinha carimbada,os filhos estão atentos,Bolsonaro vai ter que prestar muita atenção nas pessoas que tentarão se aproximar pra tirar proveito,com general Heleno e Mouro na retaguarda não será fácil,graças a Deus não teremos outro Paulo Farias

    1. O Heleno e o Mourão tem logo que blindar o Capitão, servindo-lhe como reais chefes de gabinete. Não deixem estes pulhas criarem assinhas. Foi eleito sem eles, governe sem eles.

    1. Excelente matéria. O importante é que as informações estão aí para conhecimento e ações do Presidente Bolsonaro e sua equipe, antecipadamente. Agir com sabedoria e responsabilidade. Desejo e espero que não se afaste dos princípios e compromissos de sua campanha. Quem andar fora da linha, arcará com as consequências.

    2. Tb espero q ela leia a Crozoé; é fique atento. Votamos nele porque não havia nenhum compromisso com partido ou empresário. Por favor, não nos decepcione!

  71. Espero que o Presidente Eleito leia integralmente este texto e se fixe na interpretação didática presente nas entrelinhas. Nível "laranja" disparado.

    1. Excelente matéria. O mais importante desse artigo e entrevistas, é que a Crusoé está antecipando o perfil dos colaboradores, empresários, pessoas próximas ao nosso presidente eleito. Portanto, está com ele e seus principais líderes, de fazer as escolhas certas e não vacilar na hora de decidir. Quem assumir responsabilidades, saberá das consequências de andar fora da linha. Desejo e espero que o nosso Presidente Bolsonaro não se afaste dos princípios que nortearam sua campanha.

  72. Espero que Bolsonaro esteja atento e saiba usar do discernimento com pessoas como Paulo Marinho. Esta é a segunda situação que me incomoda durante a transição, a primeira foi uma entrevista que ouvi com Flávio Bolsonaro, que deu a entender que até com crápulas como Renan Calheiros haveria de se conversar para a escolha da Presidência do Senado. O que motivou a expressiva votação em Jair Bolsonaro foi justamente a crença na quebra de "paradigmas" pouco ortodoxos na política brasileira. Atenção!

    1. També, concordo, ou, melhor, EXIJO CUMPRIMENTO DOS PILARRS DA CAMPANHA....

  73. Sabe qual o nosso papel ? Após ler essa matéria , ir no Twitter dizer que estamos de olhos abertos sobre tal pessoa que sempre lambe quem está no poder! Apesar de achar que o filho é um ótimo imitador de Trump e Bolsonaro no YouTube!

  74. Inconcebível. O Presidente Bolsonaro não pode ter ao lado uma figura como essa. Que seja afastado, Marinho e o filho, o mais rápido possível. Não se dá munição ao inimigo.

  75. Marinho é um trambiqueiro de primeira. “Limpou” Odile Rubirosa e trará graves problemas para Bolsonaro. Se soubesse de seu envolvimento teria votado em branco. Não há no Rio quem não conheça sua fama. Será o PC Faria de Bolsonaro! Uma lástima!

  76. Conheço esse tipo de gente. Brasília está infestada deles. São aqueles que grudam no poder, seja ele qual for. Eu os chamo de “cortesãos profissionais”. São o exemplo vivo do fisiologismo e amoralidade. Bebianno e Magno Malta serão um problemão pro Bolsonaro lidar. Amigos e arrimos de campanha, não parecem ter posição no governo que ele pretende ter. E são fonte de constrangimentos, sempre trazendo “amigos” estranhos e posturas idem...

  77. Cuidado, B17, com os abutres. Eles são assim. Chegam de mansinho, mas fazem uma bagunça danada. Fica esperto e espanta esse daí de perto de você.

  78. Como o lobby é uma pratica recorrente em todos os níveis e setores por que não se torna uma profissão como é nós EEUU? Não seria melhor? Afinal existem muitos Marinhos em municípios e governos. Como funciona nos EEUU? Daria certo aqui? Seria uma boa reportagem.

    1. Exato. Todo banco de desenvolvimento pode ter como slogan "O BANCO DOS AMIGOS". O relacionamento entre políticos e empresários, as duas profissões mais antigas do mundo, NUNCA será regulamentada no Brasil.

  79. Eu gostaria de saber em que lugar no mundo não há gente dessa natureza... O poder tem como companhia as más companhias. Caberá ao novo presidente saber se desvencilhar desse toma lá dá cá que sempre houve nas rodas de poder. Pessoas como esse Paulo Marinho são perigosas!!!!

  80. Capitáo , o sr tem um barril de Nitroglicerina pura, uma Bomba de Neutrons, prontinha pra lhe ferrar, pelo amor de Deus, é uma furada. Esse cara é um boneco...daqueles filmes de terror, sabe?

  81. Esse Marinho oportunista de outros tantos carnavais não encaixa no perfil Bolsonaro. Nós eleitores de direita, do Brasil de bem não aceitamos isso. Capitão terá que eliminar esse distoante de seu convívio e extirpa-lo para não macular a todos nós que lutamos juntos por tanto tempo contra a sujeira canhota.

  82. Se for tudo isso, pode-se intitulá-lo de mosca do poder. Hum... Creio que, nesse caso, não vai dar muito certo. Está lidando com um presidente que não conhece muito bem o terreno pantanoso do Jet Set. Bolsonaro é do baixo clero, casado com uma jovem, bela, mas da periferia, religioso, acredita em símbolos que não confere com o ex-playboy. Vai dar errado na primeira curva. Não alcança....

    1. Quero dizer. Acredita em símbolos que não conferem com os do ex-playboy...

  83. Olha, escutei o áudio sobre a vida desse tal de Marinho. É nitroglicerina pura. Minha OPINIÃO. Bolsonaro deve se afastar desse cara imediatamente e definitivamente. Será que Bolsonaro é tão ingênuo assim ? E se deixar envolver com um sujeito com esse perfil ? Custo a acreditar. Estou ficando preocupado. Será que vamos nos decepcionar mais uma vez ?

  84. Agora sim uma notícia que me fez preocupar.... Realmente NÃO GOSTEI disso... O B17 vai ter que entender que ele não está lidando com o mesmo eleitorado do Lulla, do "lado de cá" não criamos ídolos intocáveis....

  85. Tipos como esse enfocado lobista constituem ameaças desmoralizantes ao governo Bolsonaro. Ou são afastados dos negócios com o estado, ou este permanece aparelho de "velhos" interesses patrimonialistas sob mando de não tão "novos" operadores das falcatruas contra as burras do povo.

  86. Para se livrar de futuros problemas, basta que o presidente, como um dos primeiros atos, publique circular para todos os órgãos do governo em que deixa claro e taxativo que o "amigo" não está autorizado a traficar influência em seu nome. Ponto final.

  87. Ótimo artigo! Crusoé sempre sendo pontual, a notícia certa na hora certa. Parabéns! Onde tem dinheiro, chove oportunistas e puxa saco, Bolsonaro tem que ser muito esperto e centrado para não cair no canto da sereia.

    1. Está certo Cezar, agora basta saber quem será mais esperto neste jogo de interesses.

    2. Sim, mas na prática ele já caiu na lábia deste cara pois se ele já é até suplente de senador do filho do Bolsonaro? Se ele não abriu o olho ainda com um cara destes é porque tá fazendo o gênero "me engana que eu gosto!"

  88. "Amigos são todos eles Como aves de arribação Se faz bom tempo, eles vem... Se faz mau tempo, eles vão..." (Soares da Cunha)

  89. Maravilhosa matéria! Sou um entusiasta do novo governo, mas espero uma imprensa assim: livre e investigativa. Ao contrário do que possam pensar os idiotas, essa matéria é uma ajuda e tanto ao próximo governo. Depois não digam que eu não avisei. Rss

  90. Esse é antigo na farrupa. Não sabia que estava no QG do Bolsonaro. Se ficar vai ser problema e, aconselho menos cariocas na corte-bolsonariante. _---- Bela e pertinente reportagem ----

  91. É certo que uma facada não te matou capitão, mas certos tipos de tumores são mais traiçoeiros que o Adélio. Fique atento.

  92. Se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder. (Abraham Lincoln). Agora é a hora de sabermos até onde o discurso vira prática.

  93. Jair Bolsonaro não é bobo e nem ingênuo. Precisa, infelizmente, destes “lobistas” para percorrer na lama de 13 anos do PT até conseguir limpar o que conseguir. Torçamos para que, embora com ressalvas, a parceria seja frutífera para o povo.

    1. Eu diria: torçamos para que ele descarte essa "parceria" o quanto antes. Há empresários honestos e dignos da confiança de quem afirmou, insistentemente, que não se aliaria a pessoas desonestas.

  94. Nem tudo são flores na futura República bolsonariana. Espero que ele (Bolsonaro), consiga separar o joio do trigo em situações importantes.

  95. well well! A Crusoé não dedicaria uma reportagem de capa se o assunto não tivesse relevância, assim acredito! Atenção Presidente! Sempre alerta!!

  96. Eu JÁ vejo por um lado positivo. A pessoa tem trânsito, conhecimento,fairplay,bem sucedido, age como um diplomata (sabe ouvir e dizer o que querem ouvir ). É usar todos esses atributos a favor e mantê -lo sob vigilância. Tp. o Cunha,serviu ao seu papel estratégico. Compara-lo a PC Farias e outros , já vislumbro um pouco de 'terrir'

  97. Hum...cheiro de merda no ar...que não seja mais uma decepção para o povo que jogou as fichas em que se disse "ponto fora da curva do congresso"...

    1. Presidente Bolsonaro, o Brasil já viu esse filme, corte na raiz, não vá mais a casa desse Marinho fake e coloque o Bebiano fora do governo, seus filhos têm razão, seus eleitores querem o diferente, e esse lobby deve ser varrido da política.

  98. Bolsonaro trate de não nos decepcionar! Não somos petistas: não temos bandido de estimação. E Flávio Bolsonaro não se afaste do Senado jamais. Resumindo, os brasileiros estão esperando de Bolsonaro que sinalize claramente a contenção das asas de Bebianno e de Marinho. Espera-se que os comentários dos leitores de Crusoé sejam considerados.

    1. Muito bem lembrado Maria. Não vamos passar s mão desde o começo.

  99. Estamos com sorte. Tudo converge para o bem, para a esperança. O que podemos tirar de ultra-positivo desta reportagem, é que A SOCIEDADE TEM QUE DISCUTIR ESTA QUESTÃO DE SUPLÊNCIA DE SENADOR. Porque isto? Prá isto? Que o novo Presidente saiba politicamente fazer chegar ao parlamento um Projeto para ELIMINAR esta suplência, para que a sociedade não fique refém dessa sacanagem. Nas mídias sociais iniciaremos um processo para que a Lei seja alterada o quanto antes.

    1. Concordo e como comentei, acho que é interesse estudar a possibilidade de fazer como nos EEUU onde o lobista é uma profissão, pq tenho muitos marinhos em municípios e governos estaduais.

    2. Perfeito! Absurdo votar num candidato sem saber quem será seu substituto. Nunca vi se divulgar, junto ao nome do candidato, o do suplente.

  100. Curioso, né? Ontem, Maitê Proença declarou apoio a Jair Bolsonaro, na contra mão da maioria dos globais. Não deve ser interesse não... Imagina...

    1. Concordo perfeitamente! Parabéns a Crusoe por este tipo de reportagens. Teríamos estes detalhes, através de outros meios de comunicação, somente depois dos problemas resultantes destes tipos de “parceria”.

  101. É impressionante como o poder tem a característica de atrair bajuladores e interesseiros, nem sempre para o bem. Mas fica o ensinamento de Deus: Pv 20:6 Assentando-se o rei no trono do juízo, com os seus olhos dissipa todo mal.

  102. Em se tratando de Poder, é impressionante como se repete essa característica de atrair bajuladores e interesseiros, muitas vezes oportunistas. Assentando-se o rei no trono do juízo, com os seus olhos dissipa todo mal.

  103. Paulo Marinho, com essa biografia, não é persona grata, pois só visa dinheiro e poder. Pula de galho em galho, conforme a ocasião. Não segue uma linha, mira onde pode conseguir seus intentos. Está se lixando para os problemas reais que o Brasil enfrenta que, acredito, são mote do governo Bolsonaro, ou seja, solucioná-los. Essa proximidade dos dois está diametralmente oposta nesse sentido.

    1. mais ou menos diferente...onde estava o Malta ontem na hora de defender nossos interesses e votar contra a palhaçada do aumento do STF? O querido não conpareceu...era matéria da maior relevância para o país e o governo Bolsonaroque vai herdar este pepino.....esta gente é toda muito cara de pau.....

    2. O Magno e o "Onix" sempre estiveram com o Bolsonaro, a história dos dois é completamente diferente desse Sr.

  104. Espero que o Bolsonaro não acabe ficando comprometido, um dos fatores que levaram o eleitorado a confiar foi o fato de aparentemente não ter o rabo preso.

    1. Seria prudente saber mais da trajetória do Magno Malta para não cometer injustiça.

    1. Uma pena que já tenha começado mal... Tomara que não seja outro governo Collor Já vivemos este filme...

    2. Esse Marinho é um conhecido pilantra. Cheira mal. Devia levar um pontapé.

Mais notícias
Assine
TOPO