Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

Ele acha que pode apagar a história

Beneficiado por uma espantosa decisão do STF, Lula volta ao jogo político posando de inocente, como se os desvios bilionários do petrolão nunca tivessem existido. Entenda o que vem pela frente
12.03.21

Tão logo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, em novembro de 2019, depois de 580 dias preso, dirigentes do PT trocaram a bandeira do “Lula livre” pela campanha “Lula inocente”, com o objetivo explícito de lançá-lo à Presidência da República em 2022. Àquela altura, o sonho petista se via nas mãos de um Supremo Tribunal Federal que ainda tinha certo pudor em minar o combate à corrupção no Brasil. Nesta semana, em uma reviravolta meteórica, a corte deu a Lula as armas que ele tanto queria. Na segunda-feira, 8, o ministro Edson Fachin surpreendeu o mundo político e jurídico ao anular todas as condenações do ex-presidente na Lava Jato, tirando o petista do rol de fichas sujas e devolvendo a ele a chance de voltar a se candidatar. A decisão, extemporânea e estranha, acelerou o movimento que Gilmar Mendes preparava havia dois anos para atingir Sergio Moro, o maior algoz do ex-presidente. Na esteira de Fachin, Gilmar desengavetou o julgamento da suspeição do ex-juiz e carregou seu voto em favor de Lula com uma seleção de mensagens roubadas da força-tarefa do Paraná para atacar os procuradores e desqualificar o magistrado que condenou o petista. Não tardou para que Lula explorasse os fatos com a narrativa que lhe convém. Em um longo discurso na quinta-feira, 10, no qual se portou como rival do presidente Jair Bolsonaro na eleição do ano que vem, o petista se disse “vítima da maior mentira jurídica” da história do Brasil e começou a difundir a mentira que ele pretende espalhar rodando o país como candidato: “Estou satisfeito que tenha sido reconhecido aquilo que os meus advogados vêm dizendo há muito tempo: o presidente é inocente”.

Lula não foi absolvido nem pela decisão de Fachin, nem pelo julgamento da suspeição de Moro na Segunda Turma do STF, que ainda não foi concluído. Fachin decidiu anular todos os atos decisórios da 13ª Vara Federal de Curitiba envolvendo os processos de Lula, inclusive as condenações por corrupção e lavagem de dinheiro nos casos do tríplex do Guarujá e do sítio de Atibaia, por considerar que o foro onde Moro atuou até 2018 não tinha competência para julgar o petista. O argumento apresentado pelo ministro foi o de que, desde 2015, o Supremo tem delimitado o alcance da Lava Jato no Paraná aos casos vinculados a desvios de dinheiro da Petrobras, e que não ficou demonstrado nas denúncias que os crimes atribuídos a Lula tinham conexão com o petrolão. Fachin determinou o envio das quatro ações penais contra o petista para a Justiça Federal de Brasília, dando ao juiz que receberá os processos por sorteio a possibilidade de decidir se convalida as provas, as denúncias e até mesmo as sentenças proferidas contra o ex-presidente na 13ª Vara de Curitiba. No dia seguinte, contudo, ao votarem pela suspeição de Moro, Gilmar e Ricardo Lewandowski defenderam a anulação de todo o caso do tríplex – que pode ser estendida aos demais processos de Lula –, por entenderem que a suposta parcialidade de Moro contaminou toda a ação desde a origem. O julgamento foi interrompido com um pedido de vista do ministro Kassio Marques, com placar de 2 a 2 — Fachin e Cármen Lúcia já tinham votado contra a suspeição de Moro em 2018, antes de Gilmar reter o recurso de Lula em seu gabinete. Agora, a tendência é que o ministro indicado por Bolsonaro vote a favor de Lula. Cármen também deve alterar seu voto.

O roteiro traçado pelas duas decisões do Supremo – a de Fachin e a que está por vir – é o da velha impunidade que reinava no Brasil pré-Lava Jato. Os crimes de Lula devem prescrever antes de um novo julgamento em Brasília. Alguns deles, como o de corrupção no tríplex, no sítio e no Instituto Lula, podem caducar já em 2022, antes mesmo da eleição presidencial — como o ex-presidente tem mais de 70 anos de idade, o prazo da prescrição cai pela metade. Lula, então, se verá livre de uma nova punição, mesmo sem ter sido inocentado como ele apregoa. Em uma canetada, o STF o livrou da Lava Jato e retirou a maior barreira para suas ambições políticas. “Eu estou muito de bem com a vida. A Lava Jato desapareceu da minha vida”, declarou o petista na quinta-feira. As decisões do Supremo, contudo, podem desencadear um efeito cascata sem precedentes, com anulação de sentenças em série, beneficiando réus condenados em duas ou até três instâncias como Lula. A tese de que a 13ª Vara de Curitiba é incompetente para julgar os casos também é usada pela defesa de João Vaccari, para tentar livrar o ex-tesoureiro do PT dos 30 processos a que ele responde na Justiça Federal do Paraná. Paralelamente, os advogados tentam acesso à íntegra das mensagens hackeadas que Lewandowski deu aos defensores de Lula para sustentar que o dirigente petista também foi vítima de um conluio entre os procuradores da força-tarefa e Sergio Moro. Estratégia semelhante já está sendo planejada pela defesa do ex-ministro José Dirceu, que tem duas condenações em Curitiba por corrupção e lavagem de dinheiro. “Não tenho dúvida que a parcialidade mostrada com Lula foi igual com José Dirceu”, disse o criminalista Roberto Podval, advogado de Dirceu, o número 2 petista que deixou a cadeia no mesmo dia que Lula, depois que o STF revogou o entendimento que previa prisão imediata para réus condenados em segunda instância.

O desejo coletivo de reproduzir os feitos obtidos pela defesa de Lula no Supremo é alimentado pelos próprios ministros Gilmar e Lewandowski, que já abriram uma brecha na Segunda Turma para o uso informal dos diálogos roubados como prova – ou como eles preferem dizer, “reforço argumentativo” –, a fim de anular sentenças proferidas por Moro, sem que a corte tenha apreciado a autenticidade e a validade jurídica das mensagens hackeadas. Como Crusoé mostrou na edição 146, em fevereiro, foi Lewandowski quem deu acesso à íntegra do material apreendido com os hackers na Operação Spoofing para os advogados de Lula, por meio de uma liminar proferida em dezembro, após uma manobra da defesa petista para tirar a análise do pedido das mãos de Fachin. Desde então, trechos das conversas privadas selecionados pelo advogado Cristiano Zanin começaram a ser juntados em um outro processo no Supremo, com acesso público, ou seja, sem nenhum sigilo. Foi com base nesses recortes das mensagens que Gilmar Mendes transformou seu longo voto pela suspeição de Sergio Moro em duros ataques ao ex-juiz e aos procuradores liderados por Deltan Dallagnol. No palanque virtual armado na corte, Gilmar rasgou a toga para afirmar que a Lava Jato é o “maior escândalo judicial da nossa história” e que Moro atuou de forma criminosa ao lado dos procuradores, com o objetivo de “inviabilizar de forma definitiva a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na vida política nacional”.

Nelson Jr/SCO/STFNelson Jr/SCO/STFAo reabilitar Lula, na prática Fachin fez as pazes com sua origem
Além de convergir com Lula no combate à Lava Jato, Gilmar também tem em comum com o petista uma desenvoltura política que sobressai perante os pares. Durante o julgamento da suspeição de Moro na terça-feira, o ministro se apresentou como “insuspeito” porque, ao contrário de Fachin, Lewandowski e Cármen Lúcia, ele não chegou ao Supremo “pelas mãos do Partido dos Trabalhadores” — foi indicado em 2002 pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. O ministro chegou a insinuar, apesar da imparcialidade que se espera de um magistrado e que ele cobra de Moro, que era apenas “adversário” do PT, e não inimigo. “Sempre soube distinguir o que é ser adversário do que é ser inimigo e tentava dizer isso aos próprios próceres do Partido dos Trabalhadores”, disse Gilmar, lembrando dos tempos em que era chamado de líder da oposição ao PT no Supremo. De fato, a inflexão de Gilmar que agora beneficia Lula coincide com o avanço da operação de combate à corrupção sobre alguns de seus muitos amigos políticos, como Aécio Neves, José Serra e Michel Temer. Antes do impeachment de Dilma Rousseff, o ministro elogiava a operação e chegou a endossar as ações de Moro, por exemplo, quando usou os áudios da conversa entre Lula e Dilma divulgados pelo juiz em 2016 para suspender a nomeação do ex-presidente como ministro da Casa Civil. A medida ajudou a precipitar o impeachment de Dilma – algo muito desejado àquela altura por Temer. Além de dar foro privilegiado a Lula, o ato era visto como a última carta de Dilma para tentar salvar seu governo. O ódio de Gilmar à Lava Jato ficou ainda mais evidente quando ele soltou no meio do julgamento sobre Moro a acusação de que há um “escândalo” que ainda não veio à tona na 7ª Vara Federal Criminal do Rio. É onde tramitam os casos da Lava Jato fluminense, com o juiz Marcelo Bretas, que já mandou prender empresários e políticos das relações de Gilmar – caso, de novo, do ex-presidente Temer.

Todo o movimento de Gilmar, que estava sendo maturado na corte enquanto a divulgação na imprensa de novos trechos das mensagens roubadas ia criando a atmosfera ideal para destruir a Lava Jato, foi precipitado pela decisão inesperada de Edson Fachin. Sem avisar nenhum colega, nem mesmo aqueles que defendem a operação, como o presidente Luiz Fux e o ministro Luís Roberto Barroso, o relator da Lava Jato anulou de forma monocrática as condenações de Lula com base em um habeas corpus que a defesa do petista tinha impetrado em novembro do ano passado — e que Fachin já tinha despachado para apreciação do plenário. Baseada em uma série de precedentes do Supremo, muitos dos quais o próprio ministro havia votado contra, a decisão foi vista por alguns analistas do Judiciário como uma tentativa de blindagem da Lava Jato. Isso porque no mesmo despacho ele tornou sem efeito outros 14 recursos de Lula. Entre eles estava exatamente o que questionava a suspeição de Moro. Em tese, essa “solução” adotada por Fachin manteria vivas as provas usadas contra o petista nas ações em Curitiba e evitaria que uma eventual decisão sobre a parcialidade do ex-juiz desencadeasse um efeito cascata em outros processos apreciados por ele, o que poderia ser enquadrado na doutrina do fruto da árvore envenenada. Mas o que aconteceu no dia seguinte, quando Gilmar decidiu ignorar a decisão de Fachin e retomar o julgamento da suspeição de Moro, suscitou dúvidas sobre a estratégia de Fachin. Se a ideia era conter Gilmar, não funcionou. Começou, então, a circular entre advogados o boato de que o relator da Lava Jato também teria aparecido nas mensagens hackeadas, o que não se provou até agora. O mistério persiste: ele tentou mesmo blindar a operação ou seria apenas um reposicionamento político do ministro, para realçar que, após quatro anos à frente da operação no Supremo, ele – que foi nomeado por Dilma e antes de virar ministro chegou a liderar manifestos em favor dela – não persegue o PT?

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéGilmar é o ponta de lança da operação contra a Lava Jato
Meia hora antes da sessão da Segunda Turma, na tarde de terça-feira, Fachin pediu a suspensão do julgamento e enviou o caso para a presidência do Supremo, buscando uma intervenção de Fux. O ministro, contudo, ouviu do presidente da corte que da forma como as coisas foram feitas, sem nenhuma conversa prévia, só restava a ele lutar com as próprias armas no colegiado presidido por Gilmar. O fato é que os desdobramentos do caso do ex-presidente Lula no Supremo nesta semana se tornaram um prato cheio para outros alvos e detratores da Lava Jato, que querem tirar proveito do momento de maior fragilidade da operação. O presidente da Câmara, Arthur Lira, por exemplo, que é aliado de Bolsonaro e já foi denunciado por corrupção no âmbito da operação, foi às redes sociais após a decisão de Fachin para dizer que Lula “pode até merecer” uma “absolvição”, mas “Moro, jamais”. Já está em curso na classe política – e aí entra um largo espectro, que vai de petistas a bolsonaristas, passando pelo Centrão de Lira e companhia – a estratégia de usar os eventuais e pontuais excessos cometidos pela Lava Jato para construir no imaginário coletivo a ideia de que o petrolão nunca existiu. O plano é colocar de pé a narrativa de que o maior escândalo de corrupção da história do país não passou de uma armação forjada pelos procuradores e por Moro, que pressionavam doleiros, empresários e políticos a delatar crimes que não aconteceram. Tudo, de preferência, acompanhado da anulação de todas as provas materiais obtidas com as quebras dos sigilos bancário, fiscal e telemático. “Há esforços, advindos de vários setores do país, de jogar por terra esse sistema de combate à corrupção que vem sendo aprimorado ao longo dos últimos 30 anos, justamente porque ele se mostrou eficiente e rompeu com a impunidade dos crimes de colarinho branco praticados pela elite política e econômica. Se isso for adiante, corremos o risco de virar um pária internacional“, afirma Fábio da Nóbrega, presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República.

Quem mais sai fortalecido da manobra em curso é o ex-presidente Lula. No discurso minuciosamente calculado na quarta-feira, o líder petista já se colocou como candidato ao Planalto, embora não tenha assumido isso abertamente, e se posicionou no polo oposto ao do atual presidente. Bateu insistentemente no “desgoverno” diante da pandemia do coronavírus, vinculou Bolsonaro às milícias por causa da política armamentista e afagou militares e o mercado dizendo que ambos foram beneficiados pelo seu governo, com investimentos nas Forças Armadas e com o aumento da renda da população. Não abandonou, porém, algumas bandeiras históricas da esquerda, como a vinculação do Banco Central ao governo e o veto a privatizações. Apesar dos ataques à Lava Jato e das críticas à imprensa, o petista tentou passar a imagem de conciliador e disse que vai rodar o país para falar com políticos para formar uma aliança que possa derrotar Bolsonaro. O cenário não poderia ser mais propício. Até antigos desafetos, como o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, elogiaram a postura. “Você não precisa gostar do Lula para entender a diferença dele para o Bolsonaro”, escreveu Maia, que deve trocar o DEM pelo PSDB. O “indulto” eleitoral conferido ao máximo chefe petista pelo Supremo fez com que o PT rebaixasse mais uma vez Fernando Haddad a plano B. Derrotado por Bolsonaro em 2018, o ex-ministro havia lançado sua pré-candidatura a 2022 no mês passado, por ordem do próprio Lula. Agora, com Lula “livre da Lava Jato”, deve ser ainda mais coadjuvante.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéMoro: a suspeição do ex-juiz tende a ser confirmada pela Segunda Turma
Dentro do PT, o plano é que Lula lidere a articulação com partidos de esquerda e de centro, mas deixe para oficializar sua candidatura no início do ano que vem. O ex-presidente prefere aguardar os desdobramentos dos seus processos da Lava Jato em Brasília e verificar como estará seu índice de rejeição nos próximos meses. A estratégia, como ele admitiu, será, sim, polarizar com Bolsonaro. “O PT não pode ter medo de polarizar. O PT tem que ter medo é de ficar esquecido”, disse. A volta de Lula ao jogo provocou reações imediatas entre os adversários. Bolsonaro, por outro lado, gostou de ter outra vez seu inimigo preferido, o que sustenta sua retórica de ameaça comunista. E deve duelar com o ex-presidente no campo populista, com a vantagem de ter hoje o poder da caneta, o que representa um risco às finanças do país. Já o governador de São Paulo, João Doria, que conseguiu emergir como antítese de Bolsonaro durante a pandemia, se viu obrigado a acelerar o plano de se viabilizar como presidenciável do PSDB ainda neste ano, para não perder terreno para Lula na oposição a Bolsonaro. Esse é também um dilema de Ciro Gomes, que voltou a trocar farpas com a cúpula petista nesta semana e pode, novamente, sucumbir diante da polarização. O apresentador Luciano Huck, por sua vez, foi cobrado por aliados a se decidir logo se abandona os vultosos contratos de publicidade e com a TV Globo para se aventurar na política, antes que a campanha violenta entre dois polos elimine a chance de um terceiro nome prosperar. Até outubro de 2022 ainda tem muito chão, mas quem não começar a arregimentar suas tropas desde agora ficará pelo caminho. Além disso, como vem dando certo o estratagema dos enrolados de sempre para apagar os escândalos de que foram parte, a tendência é que a guerra seja ainda mais suja.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A PECHA DE DESONESTO A LULA E´ SEMELHANTE A UMA TATUAGEM, AO TENTAR RETIRA-LA VOCE PODE DISFARCA-LA OU ATE TENTAR REMOVE-LA,MAS A MARCA SEMPRE FICA.

  2. Socorro, Fábio Leite! Hoje ouvi de um popular - que parecia sincero - "Se fosse o Lula, ele ficava ca metade da verba, mais nóis já tava tudo vacinado"! Socorro!

  3. Sempre acreditei muito no ministro Fachin, como substituto do (finado) Teori, relator da Lava Jato. Mesmo tendo sido indicado por Dilma, parecia independente, mas qual não foi minha decepção agora, quando ele anulou todos os processos de Lula, e ainda sozinho sem combinar ou consultar os seu pares. Triste Brasil! No próximo ano teremos LulaXBolsonaro nas urnas. E aí, em quem votaremos? Se Dória tiver peito de enfrentar as duas potências, teremos uma chance. Moro, infelizmente foi nocauteado.

  4. vamos as ruas defendeu uma chapa de união nacional : MORO/AMOEDO...e ELEIÇÕES de 4 ANOS, para "TODOS " os cargos , STF só concursados (de notório saber)

  5. Criminosos de todos os Naipes e partidos, beneficiados pela (in) justiça brasileira!!!!! Asco, repulsa, nojo, horror às condutas judiciais!!!!

  6. regredindo pelo menos 20 anos somos uma republiqueta de quinta categoria nem de banana merecemos.. e não fazemos nada apenas assistimos este filme de horror comendo pipoca

    1. A propósito, nenhuma nota da Crusoé sobre as manifestações democráticas de domingo, dia 14/03, em muitos estados, inclusive em São Paulo. Alguém explica?

  7. A Campanha deve ser: NEM bolsonaro NEM lula! Já sabemos o que deu errado! Pense, vote consciente! Há alternativas! Podemos até errar novamente mas votar no que já se sabe que dá errado será burrice demais!

  8. Será que não tem um jornalista iinteligente investigativo que descubra o que o Gilmar está escondendo?que tem motivos tem e são muitos,tenho certeza que de profeta nada ele tem e sim algo que tem que ser revelado urgente.

  9. Em 2022 só resta quebrar a urna... quando tudo está podre devemos jogar o cesto todo fora. Se fosse o Moro já estava em outro país, todo lugar sério do mundo ficaria honrado em tê-lo como residente.

  10. Neste final de semana tive acesso às entrevistas de Deltan, Marco Aurélio de Mello, do desembargador Tompson Flores e todos foram unãnimes em defender o legados da Lava Jato. Ao analisar todos os fatos propostos por todos em observância aos ditames da Constituição, a inteligência dos entrevistados, em especial do desembargador Tompson Torres, pude deduzir o quão são ridículas os personagens que habitam o STF: Lewan, Beiçola, Tofinho e Kássio com K. Não merecem o cargo que ocupam.

    1. Silvino, onde acesso essas entrevistas?

  11. Minha esperança é que o Moro, que está sem saída se candidate para presidente. Dizem que como ele não é político não vai conseguir dialogar com a Câmara e o Senado. Mas se tivermos um político como presidente pela ausência de políticos corretos teremos 4 anos perdidos do mesmo jeito. Se o Moro utilizar a máquina executiva como foi usado pelo Lula e no Bolssonaro, colocando em peças chaves concursados de carreira éticos, acredito sim em esperança por dias melhores .

  12. O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. As regras têm como objetivo proteger o investimento feito pelo Estadão na qualidade constante de seu jornalismo. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link: https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/dano-a-lava-jato-sera-maior-com-eventual-suspeicao-de-moro-do-que-com-decisao-de-fachin.

  13. Gilmar é mais perigoso que todos, inclusive do Presidente. O que Gilmar quer esconder? Cabe à imprensa investigativa trazer estes fatos ao público e, rápido.

  14. O mal que essa lamentável pessoa causa ao país não tem medida. O pior é a existência de duas classes de eleitores que seguem essa figura : os aproveitadores, que amam Paris, uma champagne ou um scotch rótulo azul, e vivem sugando milhões do Estado para satisfazer seus desejos requintados, e depois, os imbecís, que não têm nada, mas repetem irracionalmente um mantra que lhes foi ensinado. Maldição ? Pode ser.

  15. Tenho pra mim que tudo que se passa no STF deve ser submetido à censura prévia como os programas de TV, só que proibido para advogados recém formados e estudantes de direito. Como fica a cabeça desses iniciantes com as aberrações jurídicas cometidas pelos 11 togados de notável saber jurídico?

    1. Bom dia! sugiro que venha morar no R.S. Este "rapaz" tem o mesmíssimo pensamento do FHC, socialismo para quebrar todos e o estado ser o controlador de tudo; para poucos serem os eleitos.

  16. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin afirmou que a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro tem potencial para anular toda a Operação Lava Jato. Absurdo, devolve os 2 bilhões que delatores já devolveram união e peça desculpa aos ladroes

    1. Por isso as manifestações democráticas de ontem. Era uma das pautas. A propósito, nenhuma nota/ matéria da Crusoé sobre as manifestações, inclusive, muitas no estado de São Paulo.

  17. para mim, o pais está sendo destruido, os poucos avanços que conseguimos nos ultimos 30 anos estão desaparecendo: pandemia descontrolada, sistema de saude, acefalo, min. educação inoperante, riqueza ambiental sendo destruida, economia em frangalhos, muitos, muitos brasileiros morrendo de COVID19 por conta de negacionistas, e o pais se tornando um paria internacional! Onde vamos parar? Haverá um tunel no fundo do poço?

    1. tem ministros do STF é STJ que são uma vergonha! estamos todos no fundo do poço. lena

  18. O nosso STF me remete a historia do Bocage que pintou no muro do palácio "O Rei não, é gay!" Procurado para fugir do paredão pela guarda imperial, mandou um cumplice tirar a vírgula. Assim faz o STF, de acordo com suas convicções políticas. _Põe ou tira a vírgula na Constituição.

  19. Só espero que a Crusoé não abrace Bolsonaro só para combater o Lula. Por mais que possa custar caro, o certo é se posicionar contra qualquer dos dois.

    1. Ele pode até se candidatar e eventualmente vencer, mas não vai conseguir governar. O Congresso e o STF odeiam ele e não vão deixar. Infelizmente.

  20. Depois de tantos anos, milhares de depoimentos, provas...agora resolvem que não deveria ter sido no Paraná! Vão para o inferno! Isso tem nome, é safadeza! Tantas instâncias! Ahhh, temos que rever a constituição! Como assim??? Se o povo continuar a tolerar passivamente essas delinquências, iremos chorar amargamente!

  21. E pensar que fui petista! Que vergonha do compadre! E ter que contar (e pedir perdão) pra meus netos. Que ainda nem nasceram... Que Deus me ajude!!!

  22. podem até anular a Lava Jato, mas os brasileiros inteligentes sabem que a corrupção aconteceu, sabemos do mecanismo, três poderes em conluio pela impunidade. Acreditam na narrativa petista e bolsonarista a claque e seus asseclas. Precisamos de uma terceira via consistente, integra, ética e disposta a representar a população, leis anti corrupção, fim do foro privilegiado, prisão 2a instância, Ministros do STF e STJs de carreira e não indicação política, reforma administrativa e tributária.

    1. pra mim esse país que ninguém acredita é tudo culpa de alguns ministros do STF e STJ que parece mais advogados de bandidos , eles rasgar a constituição para salvar os seus . estamos todos doentes com essa política ainda temos uma pandemia que só piora um presidente Incompetente realmente estamos no fim do poço. Lena

    2. Caro amigo, nada disso será possível com o Congresso que elegemos. Enquanto essa corja estiver chumbada no Planalto nenhuma lei decente passará. Eles legislam de acordo com seus interesses.

  23. Companheiro Lula e Bizungo Bolsonaro. Se voces ou seu familiares apanharem o coronavirus serão tratados No Albert Einstein ou no Sírio-Libanes. Eu e meus familiares provavelmente num corredor de hospital. querem meu voto ???? Oncinha pintada Coelhinho peludo vão se funder...

    1. Não, Rogério, Lula vai pro Sirio, Bolsonaro vai pra hospital militar!!!!

  24. Lembrem-se, quando Bolsonaro elegeu “Joaquim Levi” ex-ministro da fazenda da Dilma, para presidente do BNDES, e este desapareceu com todas as provas dos desvios do Lulopetismo, foi exatamente para preparar o que estamos vendo hoje: NÃO EXISTEM MAIS PROVAS! Alguma dúvida se o Bolsonaro é aliado do PT?

    1. Favorável a Bolsonaro só sua caneta. A rejeição de Lula e de Bolsonaro são grandes. Precisamos de um candidato de união nacional contra o populismo de ambos, contra a mentira, contra a loucura de ambos em seus universos paralelos. Pela reconstrução nacional

    2. Agora todos conhecem as "ideias" do mito. E suas obras. Mais um estelionato eleitoral.

    3. Faz tempo que o atual presidente (com letra minúscula mesmo) dá sinais de que acredita na reedição da história da sua eleição. A história não se repete porque as condições são diversas. Naquela ocasião, Lula e o PT ajudaram a eleger Bolsonaro. Poderia ser qualquer um. Ciro Gomes, Amoedo, Alckmin. Qualquer um que fosse pra segundo turno com o poste. Agora a realidade é outra. Não é o poste.Não tem facada - não vai a nenhum debate? Uma rede de apoio de you tubers gratuita está desmantelada.

  25. A anulação do lava jato com todas suas repercussões, inclusive de perdão aos desvios realizados na Petrobras e outros malfeitos do desgoverno do PT ao financiar com milhões de dólares obras em governos esquerdista e corruptos e além disto a soltura deste maligno senhor, a que declino de dizer o nome por trazer maldição ao Brasil, representa uma prova de que o STF não é mais digno e deve ser de imediato desautorizado pelo Congresso sob pena de , caso não atue, destruir a democracia brasileira.

  26. Se Moro errou foi tentando acertar. Nos próximos 30 anos ninguém mais tentará contra a corrupção pelo exemplo da Lava Jato. Uma falácia contada mil vezes vira verdade. Moro e Dalagnol venham para os EUA que aqui continua sendo o país das oportunidades.

  27. Que falta faz um Joaquim Barbosa no STF, para se contrapor a Gilmar, desmascará-lo definitivamente e mostrar suas reais intenções, que todos já sabemos que é um conluio com o PT, para proteger os próceres do PSDB. Tipo eu protejo os meus e os seus e quero reciprocidade com os meus. Será que no STF ninguém enxerga isso, ou, também, participam desse circo de horrores, que estão sendo praticados descaradamente.

    1. Se Barbosa não tivesse se aposentado, iria morrer tal e qual Teori...

  28. Espero que a decisão do ministro Fachin vá a plenário e seja revertida. E que a estratégia do imbecil do Gilmar, advogado de bandido, Mendes não prospere, pois torço para o capacho do BolsoBurrão votar contra e a Cármem Lúcia não rever o voto, pois caso ela vote de novo, que seja para rebater os argumentos nefastos do Gilmar Malandro!!!

    1. Infelizmente, esqueça isso. Já decidiram tudo. O jogo está no fim. Perdemos de lavada. E nós não estamos fazendo nada pra pegar a bola. Nem panelas batemos. Nada.

    1. Moro é decepção porque julgou e condenou criminosos. É isso? Ele deveria ter declarado todos inocentes, ainda que as provas (que só cego não vê) dissessem o contrário. Certo? Moro e os procuradores deveriam ter usado a estratégia geral do poder: “nos deem unzinho aí e livramos logo todo o mundo”. Teria sido mais Brasil, mais barato e ninguém saberia da existência de Moro, nem de Deltan, nem de nada. Ou vc acha q sabemos de tudo?

  29. Brasileiros estes Ministros estão enganados estão fazendo escancaradamente injustiça, eu não sei onde eles querem chegar. O Brasil não suporta mais este tipo de julgamento, a incapacidade de Bolsonaro nem o descaradamente de Lula

  30. Esse bandido corrupto, ladrão, mentiroso, traidor, apátrida, etc, etc, deve voltar imediatamente para trás das grades, lugar de onde jamais poderia ter saído se vivessemos sob a égide de uma justiça verdadeiramente imparcial.

  31. Nem por um segundo o Molusco foi “inocentado”. Difícil é explicar para a maioria qual a diferença entre incompetência de juízo(que não acredito que tenha existido), e absolvição. É um disparate atrás do outro. A decisão da segunda turma em julgar s suspeição de Moro, por si só já seria uma aberração!! Mas ouvir o voto do beiçola, quase babando, de inveja e despeito, ao falar de Moro... o cara não engole que Moro é mais competente, mais famoso, mais carismático e mais bonito. Dá engulhos ouvi-lo.

    1. O pior é que merece. Pense. Vota mal, é submisso, crédulo, muito manipulável e, sobretudo, passivo. Só é valente nas redes sociais. O Paraguai está nas ruas, com máscara, protestando por seus interesses. Aqui, nem panela se bateu no dia em que o Fachin salvou a pátria em que ele e os poderosos vivem.

  32. Não duvido que Fachim percebendo a trama ordinária que se ordia na 2a turma contra Moro, deciciu preservá-lo, bem como à LavaJato. Resta saber como se comportará o pleno do STF, se convalidará essa farsa da 2a turma(do mal) ou se reabilitará, pelo menos um milímetro, a imágem tão emporcalhada do STF e aqui diga-se desde já, pelos seus próprios integrantes. De resto, acho mesmo que o Brasil não tem mais jeito, tudo voltará a ser como antes: réu mal investigado, bem defendido e nunca julgado.

  33. O Brasil vai acabar como a Venezuela ou o Mexico - terra de ninguém! Ninguém vai segurar a bandidagem, que vai se espalhar por todo o país, sob o beneplácito de Lula, que se diz “o pai dos pobres”, mas - todos sabemos - não passa de chefe de gangue que assalta os cofres públicos!

    1. Vivo há 18 anos no México , não entendi sua comparação.

    1. Bolsonaro é responsável por minar a Lava Jato. Não há inocentes nessa história. Ele faz parte do conluio. É da turma do “nossa lei assuma de tudo; nós acima de todos”.

  34. Criminoso, ladravaz do dinheiro público, ajuda, muitíssimo, filhos e parentes próximos, descarado, pretensioso, um tremendo estelionatário político, enganador dos pobres e desinformados. Usa a fome do povo carente, a seu favor. Asco profundo por ignóbil ser.

    1. o certo mesmo, seria Lula e bolsonaro na cadeia isso sim, seria o fim desta festa dos corruptos aliados do centrão !

  35. Matéria muito longa. Com o recurso da PGR agora vai para o PLENO DO STF. Se confirmarem a decisão do Facchim, AÍ O BICHO VAI PEGAR P O STF Militares estão de prontidão. Mas, cá p nós, os milicos estão numa zona de conforto tão grande, que acho difícil meterem a mão nessa cumbuca

  36. Só existe uma maneira de consertar tudo isso. Na bala. São bandidos, julgando bandidos, e soltando. Lula, como ANDRÉ do Rap, tem o mesmo valor para um STF, que se iguala a esses vermes. Infelizmente nesse país de merda, com o povo de merda e essa justiça de merda. Pode se esperar tudo. Só não esqueça retirante bandido, que qdo saiu do chilindró, sua caravana foi recebida a ovada e pedradas. Vem pra rua fazer um teste.

  37. Tudo leva a crer que a disputa será mesmo entre o genocida e o ladrão. Uma terceira opção não passa de torcida. Dória, apesar de todo o mérito de ter negociado a vacina com a China, se perdeu no propagandismo exacerbado, Huck será sempre o futuro-ex, já Marina, Ciro, Amoedo, Cabo Daciolo, Levir Fidelix, Eymael, são tão oportunistas e imediatistas quanto vendedor de bandeira de time de futebol, que só aparece no dia de jogo. Só nos resta jogar o dado que só tem dois números - 13 e 17.

    1. É por causa de cidadãos que votam em tiririca, que o Brasil esteve, está e sempre estará nessa merda.

  38. O eleitor de centro deve decidirtudo isso. mais precisa de inteligencia.Bolsonaro e lula nós já conhecemos. Não servem para este país

    1. Elvio, concordo. Difícil vai ser encontrar candidato sem essa qualificação. Que horror!

  39. Não esqueçam o efeito Dilma. Quando o STF rasgou a CF 88 e manteve seus direitos políticos mas foi massacrada nas urnas. O povo não quer corruptos nem de esquerda nem terraplanistas.

  40. Lula não é, em nenhuma hipótese, vítima de mentira jurídica. Ao contrário, é o criminoso que mais teve oportunidades de ampla defesa. Apresentou por meio de seus incontáveis advogados, centenas de recursos a cortes e tribunais. Inúmeras vezes contou com sessões inteiras de tribunais, inclusive STF, ocupando~se única e exclusivamente de seus exaustivamente comprovados crimes. E Contou com vários Ministros da Suprema Corte atuando como seus fidedignos advogados.E sua prisão foi cara e nababesca

    1. Decisão do FACHIM foi vergonhosa. Sempre fui contra ofensas ao STF, mas alguns ministros.......$&#@#$&&

    1. Verdade. A lição que o STF está dando é exemplar. Só não vai dar pra esquartejar Moro e expor as partes na praça das grandes capitais.

    1. Não vote em ladrões conhecidos. Eles vão roubar você ainda mais e rir por terem atraído vc pra armadilha. Vote em quem vc acredita que fará bom governo— ainda que o eleito, no futuro, se revele ladrão e mentiroso. Essa turma ri de nós.

    2. É preciso focar numa terceira via no primeiro turno! Não podemos deixar que o bolsopetismo tome conta do segundo turno.

  41. Acho pouco provável que a decisão do Fachin tenha sido uma estratégia, para blindar a Lava Jato. Mas também não acho plausível que ele tenha infringido pequenas derrotas aos corruptos, para ganhar crédito, e depois gastar isso numa decisão mais espinhosa. O jogo está sendo jogado. Fachin, apesar de ter sido escolhido pelo PT, ñ me parece, que vá se comportar como Gilmar Mendes, Lewandowski e Toffoli, que protegem os seus corruptos acima de tudo. Na minha opinião, ele vai oscilar nas decisões.

    1. O jogo está nos 90 minutos. Nos acréscimos, só veremos os bandidos saírem ilesos da cadeia. Depois disso: apito final. Não há prorrogação, tampouco jogo de volta. Humilhação maior que os 7x1.

    2. Palhaço Bozo, tem uma agenda oculta nisto tudo. Difícil analisar. Numa cadeia de pensamento dedutivo, tudo isso que ocorreu até aqui era o provável. Só quando tivermos uma decisão do pleno, poderemos vislumbrar qual jogo está sendo jogado.

    3. PAULO, ele precisou dar um passo atrás para ter uma oportunidade de levar a Lava Jato e o Lula para o plenário, pois a intenção dos garantistas da 2 turma era anular a Lava Jato e impedir o Moro, o resultado disso seria a absolvição do Lula de qualquer jeito. Indo para plenário o jogo fica mais pareado e a chance de anular a Lava Jato, impedir o Moro e soltar o Lula é menor.

  42. Eu só gostaria de entender uma coisa: se alguém descobre um crime através de uma escuta ilegal o áudio isso não serve como prova, correto? Agora mensagens hackeadas de maneira criminosa servem de prova em tribunal? O Brasil não é para amadores e nem íntegros....

    1. Dizem que, se a prova ilegal favorecer o réu, ela deve ser considerada. O lance é que não há perícia dessa escuta ilegal, nem dá pra fazer. Difícil saber se houve manipulação. O hacker até se passou por procurador pra conversar com os outros. Juízes e MP e partes conversam, sim. Estes últimos podem esclarecer dúvidas e caminhos. O objetivo é chegar à verdade dos fatos. Tá tudo armado pra manter a corrupção no caso atual. Na Castelo de Areia, o áudio, tido ilegal, foi anulado. Sujeira pura.

    2. Essa ilegalidade é coisa da trupe do mal aboletada da segunda turma do STF, foi para tentar reverter essa excrescência que o fachin fez essa manobra de anular o processo do Lula e tentar levar o caso para o pleno.

  43. lula deu as ferramentas (aras.mendonça,toffolli etc) para bolsonaro livrar-se e livrar lula . no futuro se lula ganha, bolsonaro está na SOMBRA, se bolsonaro ganha lula continua na SOMBRA --$$$$u$$EGADO--CHAMA-SE SIMBIOSE. OU RETROALIMENTAÇÃO OU FEEDBACK

  44. Sinceramente, eu não compro esta história que para proteger Moro e a Lava Jato, não vejo moral e ética naquele ambiente, não vejo como respeitar pessoas que se apoiam ou deixam se apoiar em atos criminosos.

    1. Fachin veio das entranhas do PT. Ficou quietinho esse tempo todo pra gente se esquecer disso, mas essa é a realidade...

    2. Ainda resta a esperança para o país que a decisão liminar de Fachin, no Plenário do STF, inclusive com a reforma do voto por ele mesmo quando decidir o mérito, seja reformada e as condenações de Lula mantidas Afora isso, meu caro, é a terra brasilis arrasada pela corrupção renascendo todo dia para novos saques do dinheiro público, tudo sob as vistas da Justiça que devia combatê-la.

  45. "Moro, o maior algoz do ex-presidente"? Moro condenou Lula a 9 anos; os 3 desembargadores aumentaram a pena para 12 anos e Moro é o "maior algoz do ex-presidente"? Isso soa como as retóricas petistas. Outro ponto: a soltura de Lula foi jogada ensaiada. Fachin agia como conservador. Bolsonaro, acabou com a Lava jato através da PGR. Gilmar e Lewamdowski agiam fazendo discursos raivosos contra os procuradores da LJ. Já o STJ abriu inquérito contra os mesmos. A soltura do Lula foi orquestrada.

    1. Jaime, não adianta gastar saliva: os ministros do STF capitaneado s por Gilmar Mendes sabem muito bem tudo disso.

  46. Que em 2022 soprem os ventos da mudança e da ética transformando este país numa imensa fogueira ardente para queimar a corrupção com Sérgio Moro presidente.

  47. É bom que seja dito : quem será mais crápula do quarteto Gilmar, Kássio, Fachin e Lewandovski ? Essa disputa é páreo duro. Entretanto, o pior deles é justamente aquele que foi desmoralizado pelo Joaquim Barbosa (lembram dele?) no julgamento do "mensalão": Lewandovski. Considerado um dos piores juízes do STF, foi esse aí quem decidiu pela divulgação do material hackeado da Lava-Jato. apscosta/df

  48. É revoltante o que o Fachin fez. Esse é um páis em que a máfia está no poder pra combater o combate ao crime. Que se lasquem todos esses miseráveis. Que morram bem rápido por causas naturais. Bandidos sórdidos.

  49. NÓS ELEITORES É QUE APAGAREMOS ESSES 2 VERMES NAS URNAS!!!! A HISTÓRIA.... JAMAIS!!!! 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 DR. SÉRGIO FERNANDO MORO PRESIDENTE DO BRASIL E SEU TIME DOS SONHOS EM 2022 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 !!!! PARA COLOCAR ESSA CATERVA TODA NA CADEIA, DEFINITIVAMENTE, NOMEANDO GENTE DECENTE NO LUGAR DA CORVOLÂNDIA!!!!

  50. Minha esperança é que um dia o Brasil se livre dos pavões do Judiciário, dos picaretas do congresso, dos energúmenos do governo e dos bêbados e ladrões da oposição. Seria pedir muito?

  51. 2022 não vote em corrupto e mate dois do coração! Fim de PT, Lula e Bolsonaro.. Vamos votar certo e acabar com estes ratos.

  52. A população brasileira nunca mais terá uma chance tão grande de matar dois ratos com uma paulada só nas próximas eleições. Fim de Lula, PT e Bolsonário tudo junto.. Vamos escolher o melhor candidato, deixando de fora os corruptos conhecidos.

  53. Como vejo, os estrategistas do PT afirmam q o Lula é inocente com base na máxima de q se é inocente até provado em contrário. Como o julgamento foi anulado desde o começo e aqui o trânsito em julgado só se dá no final da eternidade, tecnicamente ele até pode dizer q é inocente, certo? Bom, não sou formada em Direito, mas acho q tenho capacidade pra analisar esse quadro desolador...

    1. Faquim esperou até agora para livrar Lula pq sabe que os crimes vão prescrever. Não vai mais dar tempo para nada. E vão manter Moro réu até depois da eleição sabe se lá por quanto tempo. O medo maior é de Moro.

    2. O julgamento não foi anulado desde o começo. Lula não foi declarado inocente. A intenção do Fachin foi só tornar o velho criminoso, elegível pra 2022. O próprio Fachin tentou livrar Moro das garras da 2ª turma do stf, e tb tentou impedir a reunião da 2ª turma. Fux amarelou. Nesse stf não há nenhum santinho. É tudo de caso pensado. apscosta/df

  54. Quem é Rothbard?!👴🏽✅ o Fato de a maioria apoiar ou tolerar um ato de roubo não diminui a essência criminosa do ato ou sua grave injustiça.

  55. C. Chama o Sabino: estou com vontade de vomitar. A podridāo está se alastrando no Brasil com mais virulência do que o Coronavírus.

  56. O maior escândalo do século é o que o STF faz sempre: defender os bandidos e esse sistema podre e corrupto. Beiçola e sua turma são a verdadeira vergonha nacional. STF podre, VERGONHA, BANDIDOS FDP

  57. OPÇÃO PARA 2022: UM PSICOPATA NEGACIONISTA , CONTRA AS VACINAS E BURRO, OU UM LADRÃO CONDENADO, BEM FALANTE E ENGANADOR. -NENHUM DOS DOIS, JAMAIS !!! O BRASIL É MUITO MAIOR DO QUE ESSES DOIS LIXOS FÉTIDOS.

  58. Muitos defendem esta constituição, proponho a seguinte mudança: para candidatar-se à presidencia, os interessados seriam selecionados previamente em exames de competência e probidade, apenas os aprovados disputariam eleições. A mesma fórmula deveria ser aplicada nas demais funções, aí sim poderíamos imaginar um país sério, ao contrário, continuaremos convivendo com Lula, Bolsonaro e outros canalhas. A ideia é ruim ou antidemocrática?

  59. Cabral Livre, eu acredito! A elite sempre se protege. Estamos lascados em quatro. Não há futuro, não há esperança. Vou repetir meu mantra: pare de validar esse sistema podre; P A R E D E V O T A R

  60. Fa’bio, neste artigo você honra a garra dos Antagonistas pela verdade. Não ha com tirar da História do Brasil uma Verdade bem narrada com coragem e indignação. Esse episódio absurdo vale duas afirmações: o tal “mar de lama” vem desde antes de Getúlio e com todo o horror deste episódio STFiano vale uma coisa: acorda a via menos péssima (por sinal deitada em berço esplêndido junto com a mídia responsável- até agora bolsolulista e antropofagica.).

  61. Há um veredito inquestionável que por sua eficácia não pode ser revogado .Aquele que vem das urnas ! Não vamos cair nesta falácia da polarização novamente .Fora o bolsolulismo ! Os 60% dos brasileiros fora da idolatria saberão escolher um tércio à altura . Muita gente boa com perfil digno do cargo sem ser outro aventureiro ou salvador da pátria . Aprendemos a lição ! #2022 está logo ali .

  62. É um mar de lama implementado pela infâmia do stf e do congresso espúrio, o lularápio jamais deixará de ser chefe de quadrilha, o beiçola nefasto jamais deixará de ser pernóstico, o centrão=podridão jamais deixará de ser uma quadrilha. Sergio Moro jamais deixará de ser um dos raros brasileiros que ajudaram a melhorar o país, assim como outros agentes que tanto trabalharam para o espírito da Lava Jato expandir. Viva Sergio Moro, viva Lava Jato!

    1. Continuo acreditando em Moro. O crime teve um evolução exponencial e o mesmo não aconteceu com as leis. Estamos vivendo o adágio que uma mentira repetida muitas vezes...

  63. Esses políticos CORRUPTOS é uma vergonha Nacional!! Eles acham que nós somos Idiotas!! Lula e Bozo nunca mais!! Decência e competencia tem que ser nossa Bandeira!! ""MORO JÁ""

  64. Enquanto o time do mal treina a tabelinha diariamente, Fachin Fominha quis atravessar o campo minado inteiro conduzindo a bola, e foi derrubado ao chegar à àrea. Temos VAR semana que vem, para saber se os corruptos ficam com a taça fundida em ouro roubado ou não.

  65. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” O Brasil finalmente terá Um Governo Fundado no “IMPÉRIO DA LEI!” Não seremos LUDIBRIADOS com o “Velho Plano de MELHORAS na ECONOMIA!” Triunfaremos! Sir Claiton

  66. O Lula ladrão foi absolvido devido a 'mensagens roubadas'. Só faltava mais este absurdo do STF. Uma ínfima parte do roubo foi destinada a conseguir esta absolvição.

  67. Será simplesmente lamentável se, em 2022, a população for obrigada a escolher entre esses dois extremos maléficos para o País. Não precisamos disso. Há bons nomes que podem despontar e, devidamente unidos num propósito maior, mostrar que o País tem rumo sem essas duas malas. Os dois sabem se comunicar para seus públicos, é verdade. E um é mais astuto que o outro politicamente. Mas a vida e o nosso rumo como País não dependem apenas disso. Que os 60%/70% não extremistas saibam escolher em 2022!

  68. Da vontade de vomitar o país tem os políticos que merece não tenho a menor vontade de votar neste país as mesmas caras de pau este país acabou.

  69. É um mar de lamas. Instituições corrompidas defendendo seus interesses e o povo adormecido. Cenário ideal pros corruptos prosperarem. Logo chegaremos ao fundo do poço. Um louco no comando tentando livrar o filho bandido da cadeia, e no outro lado um ladrão voltando ao poder. Pouco tempo seremos uma Venezuela. Este povo miserável, inerte aos absurdos que vem ocorrendo, merece tudo que está acontecendo. Acorda Brasil!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  70. Justiça nausabeunda, alibaba e os 40 ladrões fazem festa, só a queda dos que sujam a credibilidade do STF poderá recuperar o Brasil, cadeia para todos os canalhas incrustado nos 03 poderes.

    1. Nausabeunda é sensacional kkkkkkkk.. é nausea é a b.u.n.d.a kkk

    2. Ô chapa.. é nauseabunda.. ou seja é a bunda com náusea.. sacou? apscosta/df

  71. Nem Luladrão nem BoÇalnaro. São dois imbecis larápios e que só pensam no próprio umbigo!! Pobre Brasil! Onde o povo escolhe heróis e não líderes e torce por eles como por um time de futebol. Maldita polarização!! Abaixo ao extremismo!! Temos que ter uma forte terceira opção, para acabar de vez com esta polarização estúpida que só afunda cada vez mais nosso país!

  72. forças armadas, por favor, voces vão deixar esses politicos do STF, gilmar, tofoli, fachin, kassio, lewandiwski, destruir essa nação, abrir caminho para prender os homens da lava-jato?

  73. Na minha modesta opinião, se a justiça brasileira, desde os seus primórdios, não fosse concebida apenas para proteger poderosos, não estaríamos nessa condição lamentável de párias no mundo, em TODOS os setores. Triste Brasil.

  74. Não creio na inocência do Lula, assim como não tenho a menor dúvida de que o Moro cometeu crime, atuou com parcialidade, decidiu politicamente. Ele e os procuradores formaram uma quadrilha, infelizmente. Um crime não justifica o outro. Decepção total.

    1. Meu chapa.. o velho nove dedos foi condenado em 3 instâncias..só que aqui neste arremedo de nação, um cara de toga é capaz de invalidar decisões de dezenas de seus pares, 1ª,2ª,3ª instâncias, e fica todo mundo atônito, mas calados, inertes, cumpliciados com a imoralidade. apscosta/df

    2. Ô inteligência! O criminoso foi condenado em 2 instâncias.

    3. O que você está dizendo? A sentença do triplex foi confirmada em outras duas instâncias. É de doer ver pessoas que pensam como você.

    4. Raimundo Moro não agiu politicamente. suas sentenças foram confirmadas pelo TRF 4

    5. Decepção é acreditar que muitas pessoas pensam como você. Mesmo sendo uma teoria fajuta, prefiro o juiz suspeito ao político corrupto. Acreditar nessa falácia processual, nos afasta do princípio da busca pela verdade real! O juiz suspeito pode atropelar uns poucos. O político corrupto aniquila uma nação. Moro ontem, hoje e amanhã.

  75. Além de psicopata, conforme seu colega Barroso, Beiçola firmou pacto com o diabo, tornando-se padrinho de corruptos endinheirados. O inferno será pouco para esse lixo!

  76. QUANTOS GOLPES MILITARES JA HOUVE NO BRASIL?..........AGUARDEM, O SUPREMO ESTÁ PROVOCANDO E UM NOVO CICLO SE INICIARÁ EM BREVE.

  77. O ministro Gilmar Mendes assim como outros integrantes do STF são um verdadeiro estrume que foi colocado no meio da suprema corte do país. Que soltem todos os demônios corruptos, o Brasil já foi pro saco mesmo.

  78. Lula, além de roubar e mentir, destruiu os sistemas de saúde, educação e segurança brasileiros. Nossas escolas parecem depósitos de gente. As políticas internacionais de universalidade garantem acesso, mas os 20 anos de petismo, com o entendimento ridículo de que basta colocar para dentro, passaram a trocar voto por creche. Depositam os bebês nas creches, os jovens na escolas, os doentes nas filas, os presos POBRES na cadeia. O que acontece lá não é problema, desde que filhos e companheiros

  79. Nenhuma novidade, a máfia no poder é apartidaria. Troca o capô, mas a corrupção continuará a favorecer MINISTROS e toda classe política. Assessores ... um exército de assaltantes OFICIAIS

  80. Acabei de ler o livro “A Organização” de Malu Gaspar. Ali está o Lula que só uma verdadeira justiça desnudou. Seu comando do propinoduto está sacramentado. E está sendo usado no seu retorno. Os agentes são os mesmos.

  81. Caso voltassem Stalin e Hitler, também Iriam declarar inocencia ! A solução é que o Congresso tire de cena estes Ministros desarvorados !

  82. Os advogados do PT instalado no STF, só vieram entender que Moro não tinha competência para prender o bandido chefe da ocrim após 5anos e, agora acho que querem inverter prender o juiz Moro, por ter agido contra bandidos e ladrões, categorias que eles gostam de defender

    1. Sem condições de defesa , usem a prescrição para livrar os crimes. Boa estratégia.

    2. Interessante é a qualificação das provas feita pelo STF, que no fim jogou no lixo o manancial produzido pelos órgãos de controle e hiper super mega valorizou as mensagens hackeadas dos procuradores.

  83. só lembrando que BARACK OBAMA de esquerda e homen mais bem informado do mundo disse sobre LULA em seu ultimo livro: "AS INFORMAÇOES QUE ME CHEGAVAM É QUE A CORRUPÇÃO NO PT ESTAVA NA CASA DOS BILHOES.

  84. A dupla Bozo e Lula é perfeita. Afinada na astúcia, entoa canções harmoniosas aos ouvidos dos incautos e ardilosos como ninguém. Essa dupla não engana quem tem memória. Hoje temos no Brasil 6 segmentos: lulistas, bozistas, antibozo, antilula indecisos e desanimados. Precisamos investir nesses dois últimos. Imprensa, por favor!!! Lula nunca mais! Bozo nunca mais!! Seria demais para as pessoas de bem! Quero terceira, quarta vias! Misericórdia!!!

    1. Moro entra nessa, não populista, seria a grande prova de um Brasil descente , que já aprendeu a lição da democracia madura. Não eleito , retrocesso levaria a segunda lição, mais árdua, mais anos patinando, mais corrupção , perdendo espaço de melhores oportunidades para todos. Democracia é isso, se constrói aos trancos e barrancos.

    1. Kkkkk. Vai gostar de ser roubado assim lá na Venezuela.....kkkkkkk

  85. Estou com Rodrigo Maia, não há como comparar Lula com Bolsonaro. Querer colocar os dois como iguais em polos opostos é uma simplificação grosseira e errada mesmo. Basta comparar as trajetória dos dois, as vidas dos dois.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO