O Mané e os malandros

28.09.18

O bilionário e quase sempre ocioso estádio Mané Garrincha, em Brasília, está no centro de uma nova investigação do Ministério Público. E, desta vez, não há relação com as suspeitas de superfaturamento nem com as propinas distribuídas pelas empreiteiras que o reformaram para a Copa de 2014. Agora, os investigadores buscam esquadrinhar um esquema que estaria operando em torno dos jogos de grandes clubes do país que, sazonalmente, ocorrem na arena. Conhecidos personagens do futebol e da política local estariam pedindo dinheiro aos organizadores para viabilizar a realização das partidas e evitar, por exemplo, contratempos com órgãos de fiscalização. Ao menos um dos alvos da investigação é também ligado à cúpula da CBF.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéO Mané Garrincha, em Brasília: corruptos seguem lucrando com o estádio

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Se eles tivessem roubado construindo hospitais pelo menos a população estaria sendo beneficiada mas estádio... Talvez um presídio de segurança máxima pra onde deveriam ir eles e seus comparsas

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO