Sérgio Lima/Folhapress

Valdemar fala em irregularidades e pede demissão da cúpula do Banco do Nordeste, indicada por ele

27.09.21 19:06

Expoente do Centrão e presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto (foto) admitiu ver indícios de irregularidades em um contrato de aproximadamente 600 milhões de reais firmado entre o Banco do Nordeste e uma ONG. A instituição é presidida por Romildo Carneiro Rolim, indicado ao cargo pela legenda. O PL também foi o responsável por indicar parte da diretoria do banco estatal.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Valdemar declarou que foi alertado sobre o possível esquema ilícito por Jair Bolsonaro na sexta-feira à noite, por WhatsApp. O presidente do PL não identificou a ONG, tampouco quais serviços a entidade presta para o Banco do Nordeste.

Ele assegurou que, em reação, pediu aos ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira, e da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, nesta segunda-feira, 27, a demissão de Rolim e de toda a diretoria do banco. “Por uma simples razão: o Partido Liberal não pode manter diretores em um banco que encontraram uma situação dessa e não tomam providências“, justificou.

Na gravação de 2 minutos e 23 segundos, o presidente do PL disse que, logo após a mensagem de Bolsonaro, entrou em contato diretamente com Rolim. O presidente do Banco do Nordeste teria argumentado que tentou contratar uma empresa e que desistiu do acerto devido ao valor exigido pela companhia, decidindo, então, pelo negócio com a ONG.

Eu achei uma barbaridade um banco contratar uma ONG por 600 milhões de reais por ano e isso há muitos anos. Quando eles entraram no banco, já tinha esse contrato. E nós não tínhamos conhecimento. Nós não podemos ter uma ONG contratada num banco da importância do Banco do Nordeste“, disse Valdemar, no vídeo.

Crusoé pediu esclarecimentos ao Banco do Nordeste, mas não recebeu uma resposta até a última atualização desta matéria.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. alguém lembra que o sr.Waldemar foi condenado a 7 anos de cadeia por lavagem de dinheiro obrigado a devolver 1.6 milhão aos cofres públicos? num átomo virou santo? somos mesmo um país de desneniruadis vá ver todos com Alzheimer

  2. Só troca os ladroes e quadrilha, confe eleição nova, se apresenta a nova quadrilha, os que saem , fiixam as condições para sair e continuar ganhando , para não entregar o esquema !!!Só que a fonte sempre a mesma, sendo roubado o Brasil, e os brasileiros!!!

  3. PQP só tem vagabundo pra assaltar as estatais??? Porra, bota gente honesta nestas empresas em nome do povo de bem que trabalha honestamente. Chega de tanta bandalheira......

  4. Consta que essa ONG seria controlada pelo deputado José(Cueca) Guimarães que durante os governos petistas tinha grande influência no BNB. E parece que continuou a ter até agora.

    1. WALDEMAR COSTA NETO deve ter mudado p outro planeta ou talvez até outra galáxia. Que homem sério esse WALDEMAR. Tomara que ele seja o nome da quarta ou quinta via! José Roberto.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO