Adriano Machado/Crusoé

O sashimi especial do futuro chefe da Casa Civil de Bolsonaro

24.07.21 16:01

O senador Ciro Nogueira (foto) não economiza quando o assunto é gastronomia. Entre as viagens que faz pelo país a bordo do seu jatinho, abastecido com dinheiro púbico, como mostrou Crusoé, o líder do Centrão no Senado gosta de frequentar bons restaurantes, seja em Brasília, seja no seu estado, o Piauí.

Muitos dos banquetes do futuro chefe da Casa Civil de Jair Bolsonaro são bancados pelo contribuinte, por meio do reembolso com a cota parlamentar. São churrascarias, casas nordestinas e cantinas italianas. Uma das refeições chama mais atenção. Um almoço no dia 20 de outubro do ano passado, no restaurante Soho, no Pontão do Lago Sul, com vista para o Lago Paranoá.

Até a Lava Jato atingir em cheio a Odebrecht, entre 2016 e 2017, o restaurante tinha como um dos sócios formais a mulher do ex-diretor da empreiteira Claudio Melo Filho, um dos principais delatores da companhia, responsável por entregar cerca de 50 políticos, incluindo o ex-presidente Michel Temer.

Em 2019, a Polícia Federal descobriu que Claudio Melo ocultou informações em sua colaboração para beneficiar Ciro Nogueira, um dos políticos delatados pela Odebrecht. Pagamentos de 6 milhões de reais que seriam destinados a políticos do Progressistas foram integralmente direcionados por Melo ao senador e presidente do partido, o que não havia sido informado pelo delator.

Na semana passada, Crusoé revelou que Claudio Melo aparece como sócio, em uma outra empresa aberta há menos de um ano, do empresário Flávio Loureiro de Souza, amigo de Ciro Nogueira e que teria sido procurado pelo dono da firma que distribui vacinas para o Ministério da Saúde para resolver um impasse contratual com o governo de Jair Bolsonaro.

Segundo Flávio de Souza, a sociedade com Claudio Melo, considerado um dos principais lobistas de Brasília, é para investir em novos restaurantes na capital federal, algo que deve agradar, ao menos, o paladar do futuro ministro da Casa Civil do presidente Jair Bolsonaro.

Em outubro do ano passado, no restaurante Soho, Ciro Nogueira gastou 868 reais. O senador e seus acompanhantes na mesa 35 degustaram um carpaccio, tempura, urumaki de camarão, sushi de atum com foie gras e um shashimi especial de 108 reais. O banquete foi regado a vinho rose e Chardonnay. Ao menos as bebidas foram bancadas pelo senador. Os outros 555 reais da orgia gastronômica saíram dos cofres públicos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. É esse o Congresso Brasileiro! Enquanto milhões passam fome, não tem acesso à Saúde e nem à Educação de qualidade, não tem moradia, não tem segurança, nossos congressistas se entopem de camarão e vinho francês às nossas custas! É vergonhoso e revoltante! E acham pouco, querem sempre mais, cada vez mais! Empregam a família toda! Agora vem a mãe do sujeito ocupar a vaga do filho como se fosse uma dinastia!

  2. Pena que o camarão estava fresco! É tudo o que me vem à cabeça quando penso que o meu suado dinheiro foi usado para bancar o rango de sua excelência!

    1. E essa turma do exército bunda grande e gurda de tanto ficar assentamento e recebendo grandes salários graças a cumplicidade do genocida.

    2. o STF e culpado de toda desgraça desse país ,ali era pra coibir os erros dos políticos .mas ali se encobre ou se protela tudo que e de errado e danoso ao país . onde vamos parar só com esse pessoal Enriquecendo no país e nois trabalhando pra essa farra ,uma hora dará errado espero

  3. Quer viver como rei, banque do seu bolso, não tem consciência ! Eu ia xingar, mas deixe, os vermes são assim mesmo .

  4. Eu teria vergonha de publicar uma matéria desse naipe; que fortuna hein. Outras autoridades camuflam a bebida para nós pagarmos; pelo menos o senador foi honesto em retirar da conta a bebida alcoólica. Exemplo que deveria ser seguido principalmente pelo STF.

    1. Honesto?!.... Perderam a noção? Recomendo consultar dicionário.

    2. O que vale para o STF deve valer também para o Congresso e o Executivo. E elogiar a conduta de uma figura política constantemente envolvida em denúncias de corrupção (algo que envolve diretamente o seu dinheiro, o meu e o dos demais trabalhadores brasileiros) diz o suficiente sobre o seu relativismo ético.

  5. Aí já é besteirol demais. A gasolina do avião se paga com a cota parlamentar é censurável; agora o valor do jantar para 4 pessoas e com 2 garrafas vinhos por 868 reais está dentro do normal e até barato para os preços de Brasília. Não exagerem nas críticas.

    1. Este é o Brasil que deu certo, a Neverland, e sua capital, a Ilha da Fantasia, é para poucos. Eles não vão querer perder tal privilégio. O povo pode esperar pelo Brasil do futuro. Infelizmente, José, vc não conheceu Jesus Cristo ainda. Mas entendo o porquê: seu referencial de messias é uma farsa em todos os sentidos.

    2. Por falta do que publicar a revista "crusoé" tenta esse tipo de acertiva prá ver se cola. Se o PR convidar Jesus Cristo em pessoa prá assumir um ministério do governo será censurado por que multiplicou, no passado, os pães nas bodas de Canaã. Essa é o tipo de revista que adota literalmente o lema: "se há governo sou contra".

  6. Pelo amor de Deus ! O cara pode até não prestar, mas ficar procurando gasto mensal de 800 reais em restaurante pra montar uma reportagem ? Virou uma revistinha…

    1. Pague o almoço de sua excelência com o seu dinheiro! Faça uma transferência bancária usando a sua conta pessoal!

    2. Enquanto houver pessoas que acham normal um parlamentar bancar com dinheiro público um jantar de R$ 800,00, realmente não há esperança para o Brasil!

    3. Poderia até gastar mais, desde que fosse por conta própria por conta de seu trabalho, não às custa do trabalho do contribuinte Enquanto isso, aqueles 11 estão curtindo férias enquanto centenas de réus deitam e rolam.

    4. R$ 800,00 é quase 1 salário minimo no Brasil. Quantos gostariam de ter este valor para colocar comida em casa. Para muitos, principalmente na pandemia, daria para comprar pelo menos 10 cestas básicas para quem está morrendo de fome. Pobre Brasil!!!!😪😪😪🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    1. Reforma política e dos regimentos do Legislativo e JUDICIÁRIO TAMBÉM. Para isso, não votar nos mesmos de sempre. Erradicação dos políticos profissionais, que estão lá por décadas. Simples. Falamos muito.Temos que agir no VOTO. QUEM TOPA?! EU farei a minha parte.FAÇA A SUA!

  7. Este sujeito representa o que ha de pior da política, do coronelismo, do atraso, usa o manto parlamentar como um escudo interessado no poder e seus beneficios em proveito próprio. Pobre de quem elege uma figura nefasta como esta. É por isto que nosso país nunca sai do atoleiro político.

    1. sujeitinho mau elemento de condutas, cara e expressões nojentas esse ciro rasteiro!!!!

  8. O cara, que é um filho da mãe, contribuindo para esse raciocínio, o fato da sua genitora ser também sua suplente no senado, nasceu Ciro Nogueira. Quando criança a expectativa era que desse bons frutos, nozes. Mas Ciro, agora adulto é Nojeira, nos dá nojo. Bolsonaro escolher um cara desses para ser o seu principal ministro, explicita para o Brasil, o nível de podridão que chegou o seu governo miliciano. Agora são duas frentes claras, uma para nos roubar, outra militar, para nos ameaçar.

  9. Não acredito que pelo voto possamos por ordem nessa bandalha toda. A solução teria que ser um remédio forte e muito indigesto .

    1. A solução seria o povo do Brasil inteiro invadir Brasília para derrubar toda esta corja que lá existe. O Juscelino parece que construiu Brasília naquele fim de mundo de propósito pois fica muito difícil o povo do país se deslocar até lá para se manifestar. Se a capital ainda fosse no RJ quero ver se estes bandidos tripudiariam com a gente, como fazem descaradamente!

  10. O maior incomodo de ler isso é saber que por mais que eu manifeste aqui ele e seus comparsas do congresso vão fazer isso de novo amanhã depois de amanhã e depois tb. Não tem o menor escrúpulo. Vc imagina isso em qq país civilizado, o político tem avião mas vc paga a gasolina o passeio e comida do cidadão seus amigos e familiares, isso pq tb não sabe como ele comprou o avião. Essa esbórnia é tão desestimulante qto a falta de combate à COVID, tem que ter lei sem anuência corrupta do STF

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO