Pedro Ladeira/Folhapress

CPI dá mais 15 dias para o ‘media training’ de Pazuello

04.05.21 16:11

A CPI da Covid recebeu na tarde desta terça-feira, 4, o comunicado formal sobre a suposta impossibilidade de Eduardo Pazuello (foto) comparecer presencialmente à oitiva marcada para amanhã, devido à suspeita de infecção pelo novo coronavírus. Diante do quadro, a comissão decidiu reagendar o depoimento para 19 de maio, garantindo mais 15 dias para o “media training” do ex-ministro da Saúde.

O documento foi encaminhado ao colegiado pelo secretário-geral do Exército, general Francisco Humberto Montenegro Junior. No ofício, Pazuello propôs duas saídas: a manutenção da data e do horário da audiência, desde que fosse realizada de forma remota, ou o adiamento do depoimento para “outro momento oportuno a ser definido pela própria comissão“.

O presidente da CPI, Omar Aziz, propôs o reagendamento para daqui a mais de duas semanas e teve a posição endossada pelo plenário, sem quaisquer objeções.

Conhecido pela completa falta de habilidade diante dos holofotes, Pazuello tem participado de um media training, providenciado pela FSB, empresa de assessoria e consultoria que presta serviços para o governo federal. Receoso, ele já indicava desde o fim de semana que não planejava comparecer à audiência de amanhã, segundo noticiou o jornal O Globo.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O General medroso! Passeou no shopping sem máscara e ficou com medo da CPI. Pode sair de lá preso! É nestas horas que o exército precisava tomar posição e mandar o seu representante não fugir dos compromissos!

  2. Ué, não foi ele que fez disparar nos grupos de WhatsApp o "general de 10 estrelas q fica atrás da mesa com c* na mão" em relação ao General Ramos? Quem é o general cagão agora?..rs.. visto que está se borrando todo com essa CPI.

  3. Seria bom ver o quanto esse mentiroso ficará isolado nestes quinze dias? Com certeza estará assessorado pelos amigos do PR, todos os dias terá visitas, isso pode?

  4. Assistir ao general Pazzuello neste momento é lastimoso. Uma hora o sujeito tem que ser homem e assumir às suas responsabilidades. Ninguém é exitoso em querer fugir de fatos. Fato é fato. A realidade bateu na sua bunda gorda Pazzuelo. Se nunca foi um homem de verdade, agora terá que ser. Se curvou a obediência canina, e isso causou mortes. Agora o papo é sério.

  5. Essa desculpa colou, general. General? Um general verde oliva de verdade, não corre da raia. Quero minha parte de volta dos impostos que paguei para custear seus estudos em logística. Não aprendeu nada e ainda compromete toda uma instituição, que vem perdendo o moral com a sociedade por bancar sonhos psicopatas. Assim, general, fica difícil recrutar ZEROS por aí.

  6. O GP não tinha o menor problema em contar lorotas enquanto estava na cadeira que lhe garantia foro privilegiado...agora que está diante da cobrança da fatura inventa mais essa pra fugir da "corte marcial"...fala sério!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO