Agência Câmara

Câmara cobrará explicações sobre testes de Covid-19 que estão prestes a vencer

23.11.20 14:49

A comissão da Câmara que acompanha as medidas adotadas pelo governo federal para o combate ao novo coronavírus deve debater na quarta-feira, 25, o futuro de exames para a detecção da Covid-19 que estão prestes a perder a validade.

A discussão ocorrerá após, no domingo, 22, o jornal Estado de S.Paulo noticiar que Ministério da Saúde tem 6,86 milhões de testes RT-PCR que vencem em janeiro de 2021. Na reunião de quarta-feira, a pasta será representada pelo secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo de Medeiros, e pelo diretor do Departamento de Logística em Saúde do ministério, Roberto Ferreira Dias.

Em nota, o ministério confirmou a existência de testes com data de validade próxima do fim, mas não informou a quantidade de kits nessa situação. O texto diz que a pasta aguarda “estudos de estabilidade estendida para os testes que a pasta tem em estoque”.

Nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ministério enviou todo o material comprado durante a pandemia para estados e municípios e culpou os governantes. “Se algum Estado/município não utilizou deve apresentar seus motivos”, disse.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Fazer o quê se o prefeitinho soldador de portas preferiu encomendar caixões (a mando, é claro, do seu guru governador de merda) ao invés de solcitar os testes do governo federal?

  2. Sem gestão, assolados por um negacionismo estrutural e um povo extremamente cansado e oprimido pela corrupção endêmica, essa é a ponta do iceberg pandêmico. Como diz o monstro, mais uma que ele ganhou...

  3. Querem apostar como esse secretário e o outro representante do MS vão dar uma desculpa deslavada e tudo ficará por isso mesmo? O certo seria uma séria punição dos responsáveis por mortes evitáveis e nosso dinheiro jogado no LIXO! Aposto que ficará um jogo de empurra, nosso dinheiro e vidas de brasileiros jogados fora, só por birra de Bolsonaro. É isso.

  4. MAIS UM TIRO NO PE DO PRESIDENTE BOLSONARO. HAJA PE! O GENERAL POZUELO NAO ERA UM GENIO DA LOGISTICA? PORQUE TANTOS TESTES PERDENDO A VALIDADE? SERA QUE HOUVE ORDEM DE CIMA PARA NAO FAZER A DISTRIBUICAO DOS TESTES? MAS, SEGUNDO O PRESIDENTE A CULPA E DOS ESTADOS, QUE NEM SABIAM DA EXISTENCIA DESSES TESTES. QUANTA INCOMPETENCIA EM TEMPOS DE CRISE. LASTIMAVEL! E AI GENERAL? QUAL A EXPLICACAO PARA TAMANHO FURO?

    1. nosso dinheiro sendo jogado no lixo e a população sem o atendimento necessário

  5. Renato Russo já cantou o que sintetiza a atuação desse Pazzuelo: "general de 3 estrelas que fica atrás da mesa com o cu na mão". Desde o começo ficou claro que a única coisa que esse incompetente poderia oferecer para os brasileiros, após a saída dos antecessores que não compactuar, era ser um capacho.

    1. Concordo com você, Renato Russo se estivesse vivo daria gargalhadas.

  6. Isso acontece porque o ministro da saúde general PAZZO "especialista" em logistica . é o capacho paquiderme capaz de um escárnio ao povo ao qual que dizem ele deveria defender e diz sorrindo que um manda o outro obedece.

  7. Incompetência, gestão pública zero, desrespeito, enfim,, estratégia negacionista pra mascarar os números de infectados pela Covid. Isso é caso de polícia , de MPF, das Defensorias pq Comissões são piadas de péssimo gosto! Vergonha de ser brasileira!!!

    1. Êh aí Governadores e Prefeitos! o STF numa canetada interferindo no poder executivo, sentenciu que a competência para para assuntos do covid19 seria dos Governadores e Prefeitos, e que ao governo federal caberia tão semente mandar e a distribuição do dinheiro. Este mandou a importância para tal. E agora? Quem não cumpriu? Façam avaliaçõe

Mais notícias
Assine
TOPO