Carlos Moura/SCO/STF

Barroso conversa com Braga Netto e Lira: ‘Temos uma Constituição em vigor’

22.07.21 10:28

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, ligou nesta quinta-feira, 22, para o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e para o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. Segundo ele, “ambos desmentiram, enfaticamente, qualquer episódio de ameaça às eleições”.

“Temos uma Constituição em vigor, instituições funcionando, imprensa livre e sociedade consciente e mobilizada em favor da democracia”, disse Luís Roberto Barroso, pelas redes sociais. O ministro entrou em contato com Lira e Braga Netto depois da informação de que o general procurou um interlocutor do presidente da Câmara e, na conversa, condicionou a realização das eleições de 2022 à aprovação da PEC do voto impresso.

Barroso é contra a mudança nas regras das urnas eletrônicas e defende a segurança e a confiabilidade dos equipamentos usados nas votações. Jair Bolsonaro acusa o ministro de interferência no Legislativo, porque Barroso se reuniu com parlamentares da PEC do voto impresso.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Às críticas ao STF são justas. Mas uma coisa é certa, temos que analisar o que é mais importante para a nossa vida, e para mim, a liberdade é essencial. Então se o Bolsonaro e o general Braga Netto estão contra a MINHA LIBERDADE, e se até mesmo o MAIOR CRETINO DO BRASIL, Gilmar Mendes, estiver contra eles e pela nossa Democracia, por vezes mambembe, por culpa de caras com o GM, mesmo assim, eu estou do lado da porr* do GM, consequentemente contra o Bozo e o Braga Netto.

  2. Barroso, meu camaradinha, SE houvesse mesmo uma Constituição no Brasil LULA ainda estaria em cana e NÃO haveria fatiamento do julgamento de Dilma Rousseff. VCS rasgaram a Constituição, parceiro.

    1. Concordo Jaime, e o Bozo Guariba já teria sido afastado da presidencia e talvez até em cana tmbm. Pois matar mais de 500mil pessoas não pode ser considerado uma coisa normal.

    1. KKK seria cômico se não fosse trágico então como a corrupção já é a prática do Brasil não se Muda.

  3. O STF hoje paga por não agir contra a corrupção .Deixa a bandidagem de colarinho correr solta está dando nisso. A impunidade é inimiga da democracia

  4. Não está certo Ministro do STF fazer pressão junto a outro Poder como também não está anular com uma "canetada", 07 anos de combate à corrupção. A "sensação térmica" na sociedade é de que o primeiro golpe em nossa democracia foi dado pelo STF, incumbido que estava de preserva-la. Essa anulação e paralisia de tudo que se refere aos processos judiciais de Lula mais a resistência "suprema" ao voto impresso, está ganhando uma fisionomia feia para a estabilidade democrática. Namastê!

    1. As anulações da Lava Jato foram o grito de insatisfação do Fachin para com o grupo golpista e antidemocrático aboletado na segunda turma. Ele viu q com a indicação do "Kassio Bozolulista" e a cooptação da Carmen, estava sendo voto vencido em todos os processos da Lava Jato na 2 turma do STF. Para acabar com o circo de cartas marcadas ele chegou a conclusão q o melhor era acabar de vez com ela e seus milhares de processos em paralelo, já q o time do mal já havia fechado voto para livrar todos.

    2. Quem te disse que o Barroso fez pressão? O presidente preguiçoso faz muito pior, tenta fazer pressão no desespero, mas ainda bem que ninguém vai ceder.

  5. O general de pijama tentou um golpe, com claro apoio dos chefes das três forças. A sorte deles é que o Lyra, com medo de dar uma de Lacerda, resistiu. O assunto vazou e agora eles não tem como negar. O Bozismo é golpista. Sempre foi! Cabe à população pressionar o STF para a prisão imediata de todos os golpistas, civis e militares. Com a democracia não se brinca. Cadeia para os bozistas! Cadeia para os bozistas!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO