Júlio Nascimento/PR

Lira pressiona o Senado pela aprovação da reforma do Imposto de Renda

19.10.21 18:13

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, elevou a pressão sobre o Senado pela aprovação da reforma do Imposto de Renda. A votação da PEC pelos senadores é vista como um dos requisitos para que o governo consiga recursos para inflar o Auxílio Brasil, o programa eleitoreiro de Jair Bolsonaro que substituirá o Bolsa Família. Diante da dificuldade em avançar no debate no Senado, o Planalto quer desvincular o programa social da reforma tributária.

Nesta terça-feira, 19, Lira fez críticas abertas ao Senado e ao relator da proposta na casa, Ângelo Coronel, do PSD. O senador classificou a PEC que reforma as regras do Imposto de Renda como uma peça “eleitoreira”. A crítica irritou Arthur Lira, que rebatou o senador após uma reunião com ministros do governo Bolsonaro, como o chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Lira afirmou que a votação do texto é importante para garantir “justiça social” e disse que o Senado “não quer taxar quem ganha muito e não paga nada”. Esse não é o primeiro tema que gera divergências entre Lira e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Os senadores também têm reclamado da falta de tempo para discutir os projetos oriundos da Câmara dos Deputados.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Pelo jeito o Imperador da Câmara, Arthur Lira, agora vai querer também mandar no Senado e nos Senadores. Vai entrar para a história como o pior Presidente da Câmara dos Deputados que dia e noite trabalha somente para mudar a legislação visando facilitar a vida dos corruptos. Lamentável !!!!

    1. Exatamente. Se o lira aprovou e esta pressionando é um forte indicativo de que é péssimo para o país...

  2. Briga de egos e interesses pessoais, ninguém se preocupa com o povo ou com o País. E varios comentários ideológicos que parecem ser de quem gostava da roubalheira anterior. Quando eles aprovam benefícios para eles mesmos vejo poucas críticas.

  3. Sempre a classe média que paga a conta. Quem tem conta em paraíso fiscal só paga uma vez, quando paga. O Lira só defendendo o dele e os seus.

    1. Verdade Maria, verdade. E olha que a classe média tirou a Dilmanta porque o dólar está a 3 reais. O que está faltando agora para tirar o Bozo, quando o dólar está a 6? Eu morro de rir dos bozistas. Como são muares estes muares!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO