Adriano Machado/Crusoé

Após dizer que vai vetar fundão de R$ 5,7 bi, Bolsonaro sinaliza reajuste pela inflação

20.07.21 15:21

Pressionado por seus eleitores, que criticam a destinação de 5,7 bilhões de reais para campanhas, e por seus aliados do Congresso, que querem dinheiro para a eleição do ano que vem, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 20, que vai vetar o valor do fundão definido pelo Legislativo.

Mas Bolsonaro não deixará os candidatos na mão: ele acenou com a possibilidade de reajustar o valor distribuído com base na inflação. Com isso, os candidatos podem ter pelo menos 2,18 bilhões à disposição no ano que vem, quase 200 milhões a mais do que o valor liberado no pleito de 2020.

“Ano passado, sancionei algo parecido, mas que levou em conta a inflação do período. Não tinha como vetar, alguns queriam que eu vetasse mesmo assim. Se eu vetar, estou incurso no Artigo 85 da Constituição, que fala dos crimes de responsabilidade. Tenho que cumprir a lei”, argumentou Jair Bolsonaro, em entrevista à rádio Itatiaia.

Os parlamentares, entretanto, não receberam bem a proposta de reajustar o fundão pela inflação. A maioria sabe que será inviável manter o valor em 5,7 bilhões de reais, mas há em curso uma articulação da base governista para que o montante final chegue a 4 bilhões de reais.

“Depois de toda a fanfarronice, o presidente Bolsonaro está armando um acordão pra dobrar o valor do fundo e passar pra 4 bilhões”, comentou o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, do PL, que entrou em atrito com o presidente depois da aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias na casa.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O aumento do Fundo Eleitoral totalizando 4 bilhões ainda é muito dinheiro a ser dado aos Partidos e consequentemente , distribuídos aos políticos candidatos. Menos Presidente ...o povo brasileiro agradece.

  2. Mais uma vez acham que os brasileiros são idiotas imbecilizados . Só muito fora da realidade para não perceber as cartas marcadas , a combinação perversa , o jogo para que afinal , o Bolsonaro e a maioria dos congressistas ,saiam de bonzinhos por “vetar” e manter a exorbitância . Enquanto o resto dos mortais , morrem mesmo ... de miséria...de fome ... de falta de todo o resto . Não é pesadelo . É real

  3. 2 bi ja é escarnio clientelista . O fdp ja tinha acordado com Lira e Centrao que a Camarilha votasse 5 e ele vetaria apenas 1bi. PTPMDB & puxadinhos estão de acordo. Caladinhos...

  4. SUJEITO REPULSIVO. PARA O CENTRÃO TUDO PARA AUXILIO EMERGENCIAL MISERÁVEIS TROCADOS. FICO INDIGNADO VENDO ESSES CANALHAS GASTANDO DINHEIRO PÚBLICO COM SANTINHOS. ESSE PAÍS SÓ TEM FDP.

  5. A única atitude decente é eliminar o fundo partidário e o fundo eleitoral. partido deveria viver somente de contribuições de pessoas físicas limitadas a 1salario mínimo mensal.

    1. Não é roubado se o Rei do Gado sanciona com sua caneta BIC. Agora tem a possibilidade do Nogueira ir para a Casa Civil. Me pergunto qual o objetivo dos bovinos em continuar defendendo esse louco corrupto e assassino?

  6. Broncossauro negociará um """descontinho de 1 ou 2 bilhõezinhos""", não vetará e depois colocará a culpa num terceiro, exaaaaaatamente como faz o marginal luladrão, seu par.

  7. Estas negociatas folclóricas no parlamento são lastimáveis. Vamos abstrair. O cara fala: vamos colocar 10 bi, então o povo chora, a gente reduz para 7. Nossa, vc esqueceu q estamos numa pandemia, tem gente passando fome. Então vamos colocar 5,7 bi e fechar em 4. Assim o Bolsonaro vai poder falar, como falou no caso da Covaxin com a Precisa, O GOVERNO NEGOCIOU. A verdade no fim é q a massa famélica e ignara, "nóis", sempre ficamos de 4. Agora 4 bi para nos venderem produtos estragados: POLÍTICOS.

    1. Belo resumo da Ópera Bufa do processo legislativo brasileiro quando vota a LDO que dispõe sobre as receitas arrecadadas da população brasileira mediante impostos e as respectivas despesas que devem ser feitas para beneficiá-la. Em democracias sérias é o auge do trabalho parlamentar; aqui não passa de uma ação entre amigos. Vergonha!!

  8. Porque não reajusta o salário mínimo também!!! Eu tinha certeza absoluta que ele iria fazer isso!!! Tudo cartas marcadas!!! No congresso colocam um valor super alto Aí vem o presidente bonzinho e deixa metade do valor exorbitante!!! Era isso mesmo que todos eles queriam. E o povo toma mais uma vez!!! Fala sério!!! Quem precisa dessa democracia tão cara!!!

  9. Por que não usa está grande ideia do reajuste da inflação para o fundão para o imposto de renda pessoa física também? a esqueci os escravos do estado não pode ter vantagem só os marajás e coronéis da politica podem ter isso por que são deuses.

  10. E os servidores? Não recebem reajustes nem de inflação desde 2018.Justo que de a inflação desde 2018,pois esses previam pagar contas e a grana iria ser injetada na economia pois iam comprar,ou a esmagadora parte dos servidores iria botar naSuica?

  11. Que coisa nojenta!!!! Vá trabalhar, cambada de marginais!!!! Ah, claro, todo mundo imaginava que esse indecente iria soltar o erário pra esses crápulas seus pares!!!! Não deu outra!!!!!

  12. Que coisa nojenta!!!! Vá trabalhar, cambada de marginais!!!! Ah, claro, todo mundo imaginava que esse indecente iria soltar o erário pra esses crápulas seus pares!!!! Não deu outra!!!!!

    1. Concordo. Quem quer fazer "carreira" politica que a financie. Isso seria o justo e correto. Porém as lei são feitas por eles e para eles, em seu benefício. É tremendamente injusto pagarmos as despesas com as eleições de parasitas que não nos representam.

    1. O contribuinte não tem que pagar eleição dos deputados. O valor do fundão deveria ir para saúde, educação, saneamento e habitação.

    2. Esse início do século XXI deixará duas indeléveis marcas negativas na História: a pandemia do coronavírus e o bolsonarismo...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO