Sonho interrompido

17.04.20

Ainda na semana passada, antes de Luiz Henrique Mandetta e Jair Bolsonaro acertarem a derradeira tentativa de armistício, Osmar Terra tinha tanta certeza de que seria o novo ministro que chegou a liberar pessoas de sua confiança para formar a equipe. Médicos convidados para ser secretários do ministério convidaram colegas para o time. Na segunda-feira, 6, o martelo parecia batido. Já tinha gente pronta para assumir os gabinetes em Brasília. Até que, de repente, tudo mudou. Já nesta semana, quando a relação do presidente com Mandetta voltou a piorar e o nome de Terra perdeu força na corrida, alguns dos convidados passaram a ter dúvidas se ele de fato foi convidado por Bolsonaro ou se tudo não passou de mero ato de voluntarismo.

Marcelo Camargo/Agência BrasilMarcelo Camargo/Agência BrasilOsmar Terra chegou a montar equipe para assumir a cadeira de Mandetta

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Basta entrar no Portal da Transparência - anexo o site abaixo - para ver que o Dr. Osmar está cheio de razão. Embora eu ache que nenhum político deva ser nomeado para ministérios técnicos, o médico Osmar Terra está certíssimo no que afirma com relação ao Covid19. Basta verificar que no período de 01/01 a 22/04, morreu mais gente em 2019 do quem em 2020. https://transparencia.registrocivil.org.br/especial-covid?fbclid=IwAR2573O7l-fe4kcTcISU09MnCu7KvUjAtBDlCbLP8nx_aQr3cJNoo1NoOrk

  2. Calma gente o Osmar Terra estava fazendo o que todo político faz, arrumar uma boquinha e usar a estrutura para pavimentar sua candidatura e do Onix ao governo ao senado sabe -se lá o que no RS. Acima de tudo e de todos meus intereses.

  3. Acho que o vazamento das ligações impossibilitaram o nome do ministro. Além disso, creio que acirraria mais a distância entre o planalto e o governo. Teich ao que tudo indica, foi uma escolha mais estratégica. Tem apoio da Sociedade Brasileira de Medicina. Isso significa que terá mais apoio dos médicos das secretarias de saúde que estão na pasta dos estados.😉

    1. Olá colega leitora. Obrigado pela analise lúcida, complementando a matéria.

  4. Os sonhos do Deo. OSMAR caiu por TERRA, se achou antes da hora e não teve humildade de esperar ser convidado para o cargo. De danou, dançou.

  5. este homem é puxa saco lambe botas de presidentes junto com Onix vão puxar o tapete do novo ministro, como fizeram com Mandetta

    1. Vamos ser práticos, o Deputado Osmar foi eliminado pelo telefonema dele com o Ministro Onyx , depois do vazamento, ficou politicamente inviável.

  6. Ufaa nos livramos desse. Agora o discurso do seu conterrâneo Ônix bajukando o Presidente...foi uma lição de qto um homem pode se rastejar por um mero cargo público....asco total.

  7. Vai ser nomeado secretário especial de combate à coqueluche viral. E receberá a comenda Adib Jatene, de maior infectologista do Brasil!

    1. Leia isso, e você entenderá a piada, Sophia, https://www.google.com/amp/s/www.boatos.org/saude/adib-jatene-critica-isolamento-social-coronavirus-video.html/amp Além disso, nosso quase ministro da saúde declarou em entrevista à Band que coqueluche é doença viral kkkk

    2. Adib Jatene morto em 2014 não era infectologista, era cirurgião cardiologista.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO