Adriano Machado/Crusoé

STF marca julgamento de ação que questiona reeleição de Maia e Alcolumbre

25.11.20 16:44

O plenário do Supremo Tribunal Federal inicia, em 4 de dezembro, o julgamento de uma ação movida pelo PTB, comandado por Roberto Jefferson, para impedir uma eventual tentativa de reeleição dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. O processo tramita sob a relatoria do ministro Gilmar Mendes.

A deliberação ocorrerá no plenário virtual. Neste modelo, os ministros têm uma semana para inserir os votos na plataforma do STF. Não há, entretanto, discussão na sede da corte ou por videoconferência.

Na ação direta de inconstitucionalidade, o PTB pede que o Supremo interprete artigos da Constituição Federal e dos regimentos internos das casas, reforçando a proibição à recondução ao cargo em uma mesma legislatura.

“Ao vedar a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente, o objetivo do legislador constituinte é claro: evitar a reeleição e a perpetuação de um indivíduo no poder, em homenagem ao princípio republicano”, argumentou a legenda.

Em manifestação entregue à corte, o procurador-geral da República, Augusto Aras, opinou que cabe exclusivamente ao Congresso a decisão sobre a possibilidade de reeleição das mesas diretoras da Câmara e do Senado.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O poder é autofágico. Se alimenta de si mesmo. Quanto mais poder, maior o desejo.Assim são os políticos daqui. O pior, esse desejo é para projetos pessoais. Não há espírito público. O país que se dane. A hipocrisia permeia as atitudes desses políticos. O Brasil está na cova, não por acaso. Somos frutos de nós mesmos. Se quisermos mudanças, teremos que partir para a nossa transformação. Reforma Política!

  2. Esses atuais presidentes da Câmara e do Senado, estão mesmo é querendo se defender com uma maior imunidade parlamentar. Esse atual STF é de lacaios. Não podemos aceitar reeleição.

  3. Sinceramente, é muita "cara de pau" desses dois "caras", visto que nem leram a Constituição Federal. O Rodrigo Maia não é de todo ruim, mas o Davi Alcolumbre é uma piada. Esse "cara" NÃO fez absolutamente NADA desde que iniciou a sua "Presidência" além de só POLITICAGEM, dando PROTEÇÃO e BENESSES para os "amiguinhos" do "Time". Chega de Sarney, Renan, Collor, Barbalho e tantos outros que só "quebram" o Brasil. É isso!

    1. Fofo o Rodrigo Botafogo Maia é GENRO DO GATO ANGORÁ e além de TB corrupto engavetou quantos pedidos de impeachment do Bolsonazifascista?E a prisão em segunda instância q não pauta nunca?

    2. Ahh é, Cesar. Então por que ele coloca para votar o FIM DO FORO PRIVILEGIADO que ele engavetou há mais de um ano? Maia é péssimo. Alcolumbre, nem preciso dizer. O cara do Amapá que nem curso superior tem. Um Estado com a população de Ribeirao Preto, mas com TRES SENADORES.

  4. ARAS, TOFFOLI, GILMAR MENDES, ALCOLUMBRE, RODRIGO MAIA e BOLSONARO: os DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO será nosso “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos!

    1. Vamos torcer para que a Adim seja julgada pelo plenário da corte, pois se julgada pela câmera a única coisa que termos certeza que irá acontecer é merda, pois é a única coisa que esses semianalfabelos da Câmera e Senado sabem fazer!

    2. Digo isso pois sou caminhoneiro e rodo por regiões remotas do Brasil que foram esquecidas pelos governos anteriores. Nunca existiu em nossa estória obras como as que estão sendo realizadas. Rodovias, pontes etc... Melhor presidente para o Brasil antes do Bolsonaro só existiu JK.

    3. Opa, opa, opa! O Bolsonaro na sua lista de curruptos não cola amigo! Bolsonaro não é farinha do mesmo saco. Essa sua desinformação não cola, lamento. E quanto ao Sérgio moro, pode até ser que venha a ser presidente, mas não na próxima eleição , pois existem inúmeras obras de infraestrutura que o Bolsonaro iniciou e com certeza irá concluir. É preciso mais um mandado para o capitão. Obras essas que incluem as obras inacabadas do és-presidiário Luís Inácio e seus asseclas. Atenciosamente,

Mais notícias
Assine
TOPO