Agência Senado

Servidores de agências reguladoras pedem retirada de indicação de Pacheco para ANTT

27.01.21 12:28

Representantes do Sindicato de Servidores de Agências Nacionais de Regulação enviaram uma carta ao presidente Jair Bolsonaro em que pedem a retirada da indicação de Arnaldo Silva Júnior para a direção da Agência Nacional de Transportes Terrestres, a ANTT. Como Crusoé mostrou na edição desta semana, Silva foi indicado para o cargo pelo senador Rodrigo Pacheco (foto), do DEM, candidato do Planalto para a presidência do Senado.

Ex-deputado estadual de Minas Gerais e funcionário do gabinete de Pacheco, ele não tem nenhuma experiência no setor e já foi condenado por improbidade administrativa. A lei que trata do funcionamento das agências reguladoras proíbe a indicação de pessoas com atividade partidária. Arnaldo Silva Júnior é presidente do DEM em Uberlândia.

Diante do exposto, recomendamos a retirada do nome do senhor Arnaldo Silva Junior e a indicação de um nome condizente com a legislação vigente. Esperamos desta forma contribuir para um ambiente regulatório equilibrado, de amplo reconhecimento perante o mercado e a sociedade e com isso contribuir para atração de investimentos, geração de empregos e riqueza”, diz o documento do Sindicato das Agências Reguladoras.

A indicação de Arnaldo Silva Júnior já foi aprovada pela Comissão de Infraestrutura do Senado, mas ainda não foi submetida para votação no plenário da casa.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. ISTO SIM TEM SER DENUNCIADO MESMO! É POUCA VERGONHA DESTE SENADOR INDICAR UM PESSOA SEM CAPACIDADE PARA CARGO É VERGONHA E AINDA QUE SER PRESIDENTE DO SENADO! PORQUE VCS NÃO FAZ CAMPANHA PARA UMA MULHER SER PRESIDENTE DO SENADO É MACHISMO DOS JORNALISTAS!

  2. O ÍNTEGRO PACHECO ,indicado por Bolso e pelo ENGAVETADOR DO AMAPÁ DO DEM ,mostrando a ética ,caráter e integridade inerentes 🤮

  3. Parece que condenação por improbidade administrativa ou condenado em segunda estância é pré- requisito para conseguir cargos no governo. Uma festa. Deus tá vendo. Pelo menos ele irá julgar.

    1. Bem por aí Maria. Agora já não será mais espanto se acabarmos presenciando, após as eleições presidenciais do Congresso, a indicação do Lula para o ministério da justiça. Sacramentando de vez a união de bozistas e petistas para o pleito de 2022. Pelo menos é o que já temos visto, as duas turbas de fanatiquinhos ideológicos e defensores de bandidos, se unindo no mesmo discurso de desmoralização do Dr. Moro e da operação Lava Jato. Só falta o grito de "BolsoLula Livre".

  4. Acha mesmo que o bozo vai dar ouvidos a essa carta? Ele está abertamente rifando o futuro dos brasileiros para se proteger do impeachment e não deixar que o filho corrupto seja cassado. O estelionato eleitoral sentado na cadeira presidencial não dá a mínima para a democracia, honra, honestidade e compromisso com a responsabilidade no trato da coisa pública. Não passa de um medíocre Lula da direita com seus seguidores fanáticos sequelados passando pano para suas falcatruas.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO