Agência Senado

Quem é Joaquim Álvaro Pereira Leite, o novo ministro do Meio Ambiente

23.06.21 18:29

Escolhido para a sucessão de Ricardo Salles por Jair Bolsonaro, Joaquim Álvaro Pereira Leite (foto) integra os quadros do Ministério do Meio Ambiente desde julho de 2019. Antes de chegar ao mais alto posto da pasta, ele exerceu o cargo de secretário da Amazônia e Serviços Ambientais por um ano e dois meses.

Formado em Administração de Empresas pela Universidade de Marília, em São Paulo, Joaquim tem ainda MBA em Executivo pelo Instituto de Ensino e Pesquisa, INSPER.

No Ministério do Meio Ambiente, Joaquim também trabalhou como diretor do Departamento Florestal. No cargo, segundo narrou no currículo disponibilizado pela pasta, atuou no “combate ao desmatamento ilegal“, na “recuperação da vegetação nativa” e no “manejo florestal sustentável

O novo ministro é ligado ao setor agropecuário — ele atuou como conselheiro da Sociedade Rural Brasileira por 23 anos, entre janeiro de 1996 e julho de 2019.

Na iniciativa privada, Joaquim ocupou os postos de diretor operacional e coordenador de auditoria da MRLP Consultoria; de diretor-geral da Neobrax; de consultor administrativo da Suplicy Cafés Especiais; e de diretor da LOT Incorporações. Entre 1991 e 2002, foi proprietário da Fazenda Alvorada, produtora de café.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Meu deus do céu! Vocês estão piorando o cabeção por causa do Bolsonaro! Q coisa em,? Kkkk bolso.22 se matem ! Porque vocês são porqueiras, e nao vao fazer falta. Garanto a vocês!

    1. Uma hora aprenderemos que temos de ficar de olhos bem abertos com todos os políticos, independente de ser de esquerda, direita, centro. No nível federal, estadual, municipal. E não esquecer que aqui, ministros do Judiciário também são políticos. Olhos sempre abertos. Não torça por políticos, vote e apoie ideias. E controle-os. De perto.

    1. Sim, foi isso o que aconteceu. Bozo só nomeará ministro quem concordar em encobrir a farra do desmatamento feito pelos grileiros de terra. É de lá que sai a grana que financia o Bozismo!

  2. Pelo andar da carruagem, o governo FAMILICIA BolsoNero, Genocida escolheu a dedo os seus asseclas, priorizando os sem caráter, corruptos, marginais, milicianos.

    1. Verdade Heloisa. O MMA é a fonte de lucro dos bozistas. É de lá que sai a grana para pagar os muares, como o Joãozinho, que disseminam fake news.

    1. Joãozinho não quer perder a alfafa paga pelos grileiros, não é muar?

    2. Boiada da qual Zezinho faz parte…muge Zezinho,muge….

    3. Concordo, José. Mais um que precisa ser vigiado com lupa.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO