PF diz que blogueiro Allan dos Santos sugeriu ‘intervenção militar’ a ajudante de ordens de Bolsonaro

19.09.20 07:15

A Polícia Federal encontrou mensagens de Whatsapp nas quais o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos (foto) sugere a “necessidade de uma intervenção militar” ao tenente-coronel do Exército Mauro Cesar Barbosa Cid, ajudante de ordens do presidente Jair Bolsonaro.

Em depoimento prestado no dia 11 de setembro, coronel Cid foi questionado pela delegada Denisse Ribeiro sobre uma mensagem de Whatsapp que ele recebeu de Allan dos Santos em 20 de abril, um dia após a manifestação em frente ao quartel-general do Exército, em Brasília, na qual manifestantes defenderam o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.

Foi essa manifestação, da qual participou o presidente Jair Bolsonaro, que levou o ministro Alexandre de Moraes a instaurar o inquérito no STF para investigar os atos antidemocráticos. A investigação é conduzida pela delegada Denisse Ribeiro.

Durante o depoimento, a delegada afirmou que Allan dos Santos enviou a mensagem sugerindo a “necessidade de uma intervenção militar” ao coronel, que teria respondido: “Já te ligo”. Questionado se de fato ligou para o blogueiro bolsonarista, o ajudante de ordens de Bolsonaro disse acreditar que não.

Seis dias depois, em 26 de abril, Allan dos Santos enviou nova mensagem ao servidor lotado no gabinete presidencial. Na ocasião, segundo a PF, afirmava que “não via solução por vias democráticas”. O coronel, mais uma vez, teria respondido: “já te ligo”. Novamente, ele afirmou não se lembrar se ligou para o blogueiro bolsonarista.

À PF, o ajudante de ordens afirmou que manteve contato com Allan dos Santos apenas pelo Whatsapp e que o blogueiro queria que o presidente participasse do programa de entrevistas do site conservador comandado por ele. O coronel disse que filtrava as mensagens que recebia antes de repassá-la ao presidente, mas que, como eram muitas, não se recorda exatamente quais teriam sido retransmitidas ao presidente.

A delegada ainda indagou o ajudante de ordens sobre outras mensagens trocadas com o blogueiro em maio, em tom crítico ao STF e aos grupos antifascistas que protestaram contra o governo. Em uma delas, Allan dos Santos afirma: “As FFAA (Forças Armadas) precisam entrar urgentemente”. O ajudante de ordens de Bolsonaro responde: “Opa!”.

Indagado pela delegada sobre o sentido da resposta, coronel Cid afirmou que a expressão “Opa!” não estaria relacionada com a mensagem anterior. Segundo ele, se tratava apenas de uma saudação usual, como “Bom dia!”. À delegada, ele disse discordar completamente de uma possível intervenção militar no país.

O ajudante de ordens de Bolsonaro foi ouvido pela PF no mesmo dia em que prestaram depoimento dois assessores do chamado “gabinete do ódio” do Planalto. Tércio Arnaud Tomaz e José Matheus Sales negaram qualquer envolvimento na organização dos atos antidemocráticos e na disseminação de mensagens e notícias contra as instituições.

Ambos são responsáveis pela estratégia de comunicação do presidente nas redes sociais, sob a coordenação do vereador Carlos Bolsonaro. Os dois admitiram ter se reunido com o filho 02 do presidente antes de prestarem depoimento. Carluxo foi ouvido um dia antes e também negou participação nos atos antidemocráticos, além de refutar o uso de robôs ou contas falsas nas redes sociais.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Que beleza os "Conservadores" brasileiros. Criticam a Venezuela mas querem ditaduras no Brasil. São ou não são uns ignorantes fdp? Não sabem nada sobre o Conservadorismo. Não leem nada. É só um bando de idiotas, e o maior deles é Allan dos panos.

    1. Maria, essa Goiaba sua tá bichada. E goiaba bichada dá dor de barriga. Você tá misturando estação. A Venezuela é uma ditadura exercida por um tirano. O Brasil tem uma ditadura também, mas não é a do Presidente. É a ditadura do Judiciário na qual 11 PULHAS investigam, prendem e julgam. É a ditadura do Legislativo que acha que pode governar. Isso é ditadura. Não a que vc diz que queremos ou a que a esquerdalha afirma que houve entre 1964 e 1985. Aquilo foi uma Ditabranda. Vá estudar, Maria bichada

  2. Bando de cafajestes mentirosos! Todos saindo de fininho, pela tangente. E o Coronel também não sabe de nada, inocente. Coitado, tá com amnésia! Estão, QUEM organizou estes atos? QUEM os financiou? De QUEM são os dedinhos que puxam as cordinhas das marionetes? Todo mundo nega, todos são inocentes, a PF aceita as cínicas respostas e fica tudo por isso mesmo? Esse país está cada vez parecido com um CIRCO! No comando, o palhaço BOZOnaro.

  3. Desde quando alguém sugerir a intervenção militar no Brasil é crime? Tal dispositivo se encontra na nossa CF. crime são os políticos fazer leis para benefício próprio ou para livrar criminosos das jaulas. Tendo em vista tais atos antidemocráticos, quais sejam, fazer leis para benefício próprio, soltar criminosos e outros atos indígnos, eu sugiro uma intervenção militar para proteger a democracia.

    1. Desejar a morte do Presidente não é crime! Agora desejar intervenção é?

    2. Não está previsto essa intervenção aí proposta pelo Bolsonarismo que, na verdade, é GOLPE. Não vem com esse papo olaviano que aqui não cola!

    3. Huuuuum...outro que adora uma ditadura militar...Deve ser sonho erótico. Te acalma que vamos enviar um cabo para dar um jeito no teu sofrimento.

  4. Reportagem tendenciosa. OS " pecados " que essa esquerdalha podre faz contra o poder de plantão, nao merece siquer uma pequena linha , agora, quando alguém fala o que poderia ser uma medida para acabar com a farra, muitos se arvoram.

  5. Sugerir ou opinar absurdos não é crime. O que dizer quanto aos condenados libertos no aguardo de última instância (prescrição) que ofendem e invasores de terras que ameaçam?

  6. Alguns jornalistas 'sugeriram' a morte do presidente. Muitos continuam torcendo por isso. Uma centena de 'artistas' e influenciadores prega a derrubada do governo, com o apoio entusiasta de outros tantos jornalistas. Mas o problema é a imbecilidade de um blogueiro ... Vocês estão se esmerando a cada edição.

    1. Quem é o jornalista e quem é o blogueiro? O Allan dos Santos ou o Hélio Schwartsmann? Um deseja a intervenção militar (que não significa intervenção contra o povo, mas contra os canalhas do "stf" e do "congresso nacional") para que se possa limpar o Brasil da imundice. O outro deseja a morte de quem foi eleito com 58 milhões de votos. Com qual dos dois ficamos? Só quem tem mata-burro na sinapse escolhe o Hélio. Eu fico com o jornalista Allan.

    1. Kkkkkkkkkkkkkkkk. A albertinha fica nervosa quando a gente revela o segredo dela. Garotinha...você é tão medíocre, mas tão medíocre, que a única coisa que você sabe fazer é alisar gringo. Agora dá licença que vou pegar as rosquinhas das meninas danadas da tua família. Tem uma fila me esperando..beijinho boneca!

    2. Jose (sem acento, que toma no assento). Sobre esse assunto de prazer você deveria conversar com a tua esposinha. A queimação de rosca diária com o vizinho, enquanto vc defeca pelos dedos, deve estar deixando-a louca de tanto prazer. Logo logo ela nem vai querer que vc volte pra casa. Assim ela vai queimar a noite também.

    3. Kkkkkkkk. O Albertinho Cucaracha quer por que quer que os outros experimentem a razão do prazer dele. Cucaracha foguenta, se dê respeito!

    4. E você, Maria, vai fazer visita íntima pra ele. Prepara a rosca.

  7. Alberto (Belém-Pa). E pensar que o nosso dinheiro tá irrigando as contas de sujeitos da estirpe de um Allan dos Santos que pedem impunemente o golpe de estado. E o sujeito, pasmem, tem canal direto com o ajudante de ordens do presidente da República do Brasil. Está mais do que evidente o tipo de gente que esse (des)governo prioriza e representa. Este é mais um grande motivo para escorraçarmos da presidência da República o defensor de torturador, Jair Bolsonaro, nas eleições de 2022.

  8. Engraçado tem matéria é vídeo do jurista Modesto Carvalhosa dizendo que a atual corte implantou o sistema muito semelhante ao AI 5 nos dias atuais

    1. Marco, explique pra mim qual é o crime contra a Constituição? Rasgá-la a toda hora como fazem os vagabundos que estão no "stf"? Intervenção indevida dos poderes Legislativo e Judiciário no poder Executivo? Ou uma intervenção militar que acabe com os desmandos desses pulhas, limpando o "stf" e grande parte do "congresso"? O Brasil é gigante no tamanho, tem que ser gigante como País. Isso não vai acontecer enquanto essa corja lá estiver. JORNALISTAS há pouquíssimos. Blogueiros tem demais.

    2. "Jornalista" não faz apologia de crime contra a constituição. Chamá-lo de blogueiro também não concordo. É uma ofensa aos blogueiros ...

  9. O Alan e os beócios dos bozistas adoram pedir uma ditadura. Deve ser carência! Esqueçam bonequinhas, vocês não a terão. De qualquer forma, a Coreia do Norte está aceitando quadrúpedes bozistas para trabalhar nos arrozais de lá. Vocês querem ir? Oferecemos passagem..só de ida! Vamos lá bozistas, aceitem. Finalmente vocês terão a sua ditadura militar!

    1. Para evitar parcialidades, todos os que amam ditaduras deveriam ser recrutados... Tratamento isonômico aos que adoram os governos de Cuba, da Rússia, da Venezuela etc. e que deitam e rolam com turismos luxuosos às custas do seu, nosso $$$ público...

  10. Puxa que “crime” grave! Todos os dias milhares de pessoas pedem a intervenção militar. Mais uma boçalidade das otoridades Juvenal Canto

    1. Ainda bem que minha assinatura está acabando e não renovarei. Chega de notícias tendenciosas e parciais.

    2. Muito pertinente, Manuel. Tratar colega jornalista como blogueiro fica feio e depõe contra quem o faz.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO