Reprodução

Como as exportações empurram a recuperação da Itália

17.10.21 18:34

O PIB da Itália deve crescer 5,8% neste ano e 4,2% no ano que vem, segundo os dados atualizados do FMI. O bom desempenho é creditado, principalmente, à campanha de vacinação impulsionada pelo primeiro-ministro Mario Draghi (foto). O país já tem 70% da população totalmente imunizada contra a Covid. Desde a última sexta-feira, 15, os italianos só podem trabalhar presencialmente nos escritórios se estiverem vacinados ou mostrarem um teste negativo recente. Teatros, museus e restaurantes já exigem o comprovante.

Além da vacinação, outro fator que está ajudando a Itália é o comércio externo. No primeiro semestre deste ano, as exportações somaram 301 bilhões de dólares. O montante é 35% maior que o obtido no mesmo período do ano passado, algo esperado por causa da pandemia. Mas também é 11% maior do que o registrado antes da pandemia, no primeiro semestre de 2019.

O responsável por esse crescimento é uma política lançada ainda no governo anterior, chamada de Pacto para as Exportações. “Esse programa foi redigido após consultas com diversas associações industriais. Com o governo, eles discutiram quais seriam os meios para ajudar as empresas, sobretudo as de pequeno e médio porte, para que elas tivessem uma maior presença em mercados estrangeiros“, diz o analista Ronaldo Padovani, da Agência Italiana de Comércio, em São Paulo.

Um fundo de 1,4 bilhão de euros foi separado para financiar as companhias e promover produtos em mais de 70 países. O Pacto também ajudou a ampliar o leque de produtos vendidos. A maior fatia das exportações é composta por máquinas, componentes mecânicos, veículos e equipamentos elétricos, mas há também uma grande variedade de produtos que representam de 1% a 5% do total. “Com uma indústria variada e presente em vários mercados, a Itália tem conseguido minimizar as flutuações nos mercados“, diz Padovani.

O comércio exterior representa 55% do PIB da Itália. No Brasil, essa fatia é de 32%.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. “Forza Itália!” Que seu exemplo de recuperação desta pandemia eleve a confiança dos italianos e sirva de referência para o mundo.

  2. O Brasil teve uma queda de 3,7% em 2020 e já está vó uma recuperação de 5,2 % em 2021 ou seja já se recuperou da pandemia . Reportagem medíocre.

  3. Se esta revista fosse séria, abordaria temas sérios como este: "Facções de esquerda destroem casas populares entregues pelo governo Bolsonaro em Pernambuco". A inveja, ambição e a ganância pelo poder, determinaram a destruição de dezenas de casas, recém entregues pelo governo federal.

  4. Itália primeiro mundo, um país bem menor que o estado de Goiás, com apenas 60 milhões de habitantes e só vacinou 42 milhões de pessoas? Isso pra mim é uma baita sacanagem, o povo deveria ir pra rua e pedir a cabeça do genocida Draghi. Já o Brasil, um país destruído por governos esquerdopatas desde 1985, agora, com apenas 2 anos de governo de Direita, já vacinou 105 milhões de pessoas com a segunda dose. __ Aí, eu vaticino: MITO 2022, reeleito já em primeiro turno para otimizar tempo e cascalho.

    1. Juarez da Silva, MUAR orelhudo e doutrinado, escute! ___ O PR., é tão contra a vacina que acaba de comprar 36,2 milhões de vacinas da Janssen, aquela que é dose única. Isso significa que serão mais 36,2 milhões de brasileiros totalmente imunizados. Y otra MUAR, o PR., é contra a vacinação compulsória para aquele que assim não desejar, mas vai garantir vacina para todos, tanto que o Brasil é o 3º país que mais vacina no mundo. ___ MITO 2022, para o bem desta grande Nação.

    2. Kkkk. pinyco aloprado. Bozo é contra a vacina. nao se vacinou . Pro genocida covid é uma gripinha pra todos. Só comprou a vacina pq Doria negociou a vacina antes. Genocida e se uniu com o centrao + PT para destruir a lavajato! Fora Bozolulopetsimo Já F

  5. PODIAM FAZER ESSE PACTO AQUI NO BRASIL. UM PACTO PARA QUE POLÍTICOS PAREM DE PENSAR EM SEUS BOLSOS E QUE REALMENTE QUEIRAM ALAVANCAR O BRASIL PARA DEIXAR DE SER O ETERNO PAÍS DO FUTURO.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO