Gustavo Sales/Câmara dos Deputados

Com valor ainda mais alto que o inicial, governo lança edital para obra que beneficia Barros

24.10.21 15:37

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o DNIT, lançou o edital de licitação para a construção do contorno sul metropolitano de Maringá, uma obra viária milionária que vai valorizar um empreendimento imobiliário do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, do Progressistas.

A concorrência pública foi aberta inicialmente em novembro do ano passado, com valor previsto de 270 milhões de reais, mas acabou suspensa por questões técnicas. Agora, o DNIT reabriu o certame com valor estimado em 288 milhões de reais.

Desde que Jair Bolsonaro selou a união com o Centrão e entregou a liderança a Barros, o deputado vinha pressionando o presidente e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, pela liberação do edital.

Como Crusoé mostrou na edição 173, o Ministério Público Federal afirma que Ricardo Barros e sua mulher, a ex-governadora e ex-deputada federal Cida Borghetti, “se aproveitaram imoralmente de seus mandatos eletivos” para “a obtenção de vantagem patrimonial” durante suas articulações políticas para liberar recursos para a obra viária.

Além de desafogar o trânsito, a construção do conjunto de viadutos vai trazer uma exponencial valorização imobiliária de terrenos vizinhos, entre eles uma grande área onde Barros e outros empresários pretendem implantar um condomínio residencial de luxo.

Segundo o MPF, o deputado e sua mulher têm direito a 1% do total de lotes no condomínio. Em nota, o deputado Ricardo Barros atribuiu a ação ao “ativismo político do Ministério Público”. “A construção do contorno sul metropolitano vem sendo articulada junto ao governo federal desde 2009.  A destinação de recursos no orçamento federal sempre contou com o apoio unânime da bancada paranaense. É uma obra estrutural, com impacto direto em quatro municípios da região. O projeto foi alterado em relação à licitação anterior, portanto os valores são incomparáveis”, argumentou Barros. O deputado alega ainda que a ação de improbidade foi julgada improcedente na primeira instância.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Deputados sempre trabalhando a favor dos seus interesses ,esse deputado Ricardo Barros não foge à regra . Um que que não faz falta como politico representante do povo .

  2. Este país não muda, as notícias de desonestidade e manipulação são sempre as mesmas. sai governo, entra governo... até qdo???

  3. .. à falta de corrupção do "homem" tentam fabricar de seus apoiadores . se for a novidade é 1% de sobrepreço . isto fede a brinde ante os "ten per cent" praticados nos últimos vinte anos . num é Petrobrás? num é Belo Monte? num é Odebtrecht? MAS tem de manter isso?

  4. Caro Paulo , erraram o tiro mais uma vez , o plano do auxílio Brasil não foi bem recebido pela classe baixa,a inflação já comeu , ou seja ele perdeu mais simpatizantes do que ganhou, por isto a contratação da “empresa “, e a saída dele ontem com o GOGÓ Guedes, este já era!!!Enquanto ele Motociata, Lira , faz campanha para o Leite, Esteves aposta em Doria ou leite como melhor solução Terceira Via!!Ou seja Bozobosta voltará de onde nunca deveria ter saído, Rio das Pedras!!!

  5. O caldeirão do broncossauro está tão transbordante dessa subespécie marginal, que o caldo infecto já entornou e ele próprio se afoga nele. Não ficará por isso mesmo. Pode apostar, subespécie. Tal qual o marginal luladrão, publicamente, broncossauro """não sabe de nada, não viu nada, não tem nada a ver com isso e a culpa é dos demais marginais seus pares""". Mas NÓS OS DECENTES, depois de tantos reveses hediondos, sabemos agora tudo sobre causa e efeito. "Causaremos" outra coisa daqui pra frente.

    1. XISPEM COM ESSE DOENTIO CRIMINOSO VOCACIONADO PRA FORA DO PLANALTO!!!!!!!!!

    2. XISPEM COM ESSE DOENTIO CRIMINOSO VOCACIONADO PRA FORA DO PLANALTO!!!!!!!!!

  6. Até hj o Bolsonaro não desmentiu o deputado Luis Miranda, quanto a ter dito que Ricardo Barros era o líder do esquema da Covaxin. Bolsonaro também deixou o deputado paranaense, cobra do PP, como o seu líder na Câmara. Agora essa verba para uma obra q vai valorizar o patrimônio do ex-ministro do Temer, cuja mulher ganhou um cargo em Itaipu, do Bolsonaro. EU NASCI A NOITE, MAS NÃO ONTEM À NOITE. As coisas obscuras desse governo, estão ficando cada vez mais claras. Só imbecil não enxerga. Mor🇧🇷.

    1. Antônio, por favor procure o departamento de assinaturas

    2. Impressionante como alguns tem medo da verdade!! Só podem ser imbecis!! Estes sim, fogem da verdade como o Avestruz foge do perigo, metendo a cabeça para dentro do primeiro buraco que vê!! De fato a verdade doí e maltrata os Imbecis que acham que as matérias jornalísticas tem que ser favoráveis às suas cabeças!!

    3. Huuum. A bonequinha fala isso toda semana. Passa daqui criatura medíocre e degenerada. Delinquentes aqui são intrusos.

    4. Eu arranjo um assinante para substituir vc que não faz falta alguma, tchau, vai, demorou.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO