Lucas Tavares/Folhapress

BNDES gasta R$ 200 mi para desestatização, mas privatiza apenas quatro empresas

26.09.21 10:04

Dados obtidos por Crusoé por meio da Lei de Acesso à Informação revelam que o BNDES gastou, entre janeiro de 2019 e agosto de 2021, um total de 207 milhões de reais com consultorias com a finalidade de privatizar mais de 100 empresas. Até agora, porém, apenas quatro pregões foram efetivados, todos de companhias do setor elétrico.

O BNDES é o responsável por contratar os estudos técnicos necessários para viabilizar os leilões e preparar as privatizações. Para cada uma das mais de 100 empresas que já foram ou estão sendo alvos de interesse de privatização, o banco contratou uma consultoria específica. Quem paga pelos estudos, inicialmente, é o próprio banco de fomento. Mas está previsto que, depois que a venda é realizada, cabe ao governo ou à vencedora do leilão reembolsar o BNDES pelos custos do processo.

Acelerar as privatizações era uma das promessas de campanha de Jair Bolsonaro. A Crusoé, o Ministério da Economia disse que o governo trabalha para que sejam privatizadas até o começo do próximo ano a Eletrobrás, os Correios, a Companhia Docas do Espírito Santo, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos e a Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre. “As privatizações vêm seguindo fluxo padrão (média de dois anos)”, informou o ministério.

Já segundo o BNDES, “a estruturação dos projetos de desestatização requer um longo período de maturação, incluindo a elaboração de estudos, aprovação por órgãos de controle, audiência pública, leilão e assinatura do contrato de concessão”. Ainda de acordo com o banco, “estima-se que esses projetos contratados entre janeiro de 2019 e agosto de 2021 serão capazes de gerar investimentos da ordem de 143 bilhões”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Se os recursos fossem investidos em projetos previamente bem escolhidos, ainda se poderia justificar, mas não é bem assim e até projetos nitidamente inconstitucionais, como o dos Correios vão seguindo e consumindo recursos públicos indevidamente. As consultorias estão no grupo dos que sempre ganham (e muito), junto aos especuladores e banqueiros, que ganham mais à frente, se o projeto for adiante. À sociedade resta pagar a conta.

  2. O Brasil tem 2 principais problemas: à corrupção e a ineficiência. Muitos assim como eu, acharam q o discurso do candidato Bolsonaro de ser um liberal na economia era verdadeiro, afinal Paulo Guedes seria o superministro. Mas a verdade é q saímos da administração petista, q é sindicalista, p/ uma gestão bolsonarista, que é corporativista. Foi trocar 6 por 1/2 dúzia. Precisamos de um Presidente q fale a verdade, q apresente um plano de governo q consiga mitigar todos os nossos gargalos. Moro 🇧🇷

    1. excelente comentário .. mas a questão é mais ampla o Estado brasileiro foi montado por uma constituição impraticável responsável pelas mazelas que enfrentamos .. chega de ideologias precisamos de um líder que saiba ver o futuro e é caminhar a nação para lá .. temos tudo só nos falta homens.

  3. a imprensa podre deveria falar nis bilhões de dólares enviados a ditadores para lamber propina que NÓS os idiotas somos obrigados a pagar .. vergonhoso isto.

    1. É isso aí Francisco onde estão as reportagens sobre essas doações porque empréstimo se recebe de volta. Concordo também que é muito gasto com consultorias mas onde estão as críticas sobre seus conteúdos e resultados.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO