Mais um candidato a delator

25.05.18

Um velho amigo do petista Jaques Wagner tem sido aconselhado a fazer delação premiada. Carlos Daltro aparece nas investigações da Polícia Federal como um dos responsáveis por coletar propina em nome do ex-governador baiano. Cacá, como é conhecido, era assíduo frequentador do gabinete e da casa de Jaques Wagner. Petistas conhecidos da Bahia costumavam visitá-lo regularmente, em seu apartamento, para buscar “encomendas”. Por ora, ele resiste a contar seus segredos.

Agência BrasilJaques Wagner: “encomendas” na casa de um amigo dileto do ex-ministro (Elza Fiúza/Agência Brasil)

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Com ou sem delação, com recibo assinado de sacanagem esplícita, o baiano adóóóóóra um painho para chamar de seu. Não se enganem, conduzirão esse safado ao senado.

  2. Vamos lá "Cacá"!!! Fique do lado bom da História que um dia será contada para seus filhos e netos. O Brasil agradece.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO