Adriano Machado/Crusoé

Pazuello afirma que escassez de oxigênio em Manaus foi uma ‘surpresa’

18.01.21 17:35

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (foto), declarou nesta segunda-feira, 18, que o desabastecimento de oxigênio em Manaus, no Amazonas, foi uma “surpresa” para os governos federal e estadual.

O general confirmou, entretanto, que a pasta recebeu o comunicado sobre a escassez do insumo da empresa White Martins em 8 de janeiro, seis dias antes do colapso do sistema de saúde da capital amazonense.

No dia 8 de janeiro, tivemos a compreensão a partir de uma carta da White Martins de que poderia haver falta de oxigênio se não houvesse ações para que a gente mitigasse esse problema. Mas aquela foi uma surpresa tanto para o governo do estado, quanto para nós“, relatou.

De acordo com Pazuello, o “assunto oxigênio estava equilibrado pela empresa“. O ministro observou, porém, que o cenário mudou em razão da velocidade do aumento de internações de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

O consumo triplicou, quadriplicou, quintuplicou, e a empresa não conseguiu ter perna para manter o abastecimento. Esse fato nos foi comunicado, a possibilidade dele, no dia 8. No dia 9, embarquei com todos os meus secretários para Manaus, para começarmos imediatamente um trabalho de apoio“, completou.

Ao lado do ministro, o governador do Amazonas, Wilson Lima, procurou eximir o governo federal da culpa pela crise.

“Quero agradecer o emprenho de Jair Bolsonaro. Me disse que tudo o que o estado do Amazonas precisar, para ampliação da nossa rede, o governo federal vai disponibilizar esses aportes através do Ministério da Saúde e de outros ministérios. Agradecer emprenho de Eduardo Pazuello, que tem sido amigo e muito solidário com o povo do Amazonas”, disse.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Embarcou para o Amazonas para resolver o problema de oxigênio do estado com hidroxicloroquina? Esse nosso Ministro Pesadello é mesmo muito sinistro.

  2. O SUS estava alertando, em relatórios oficiais, o problema da falta de oxigênio em Manaus desde o dia 8. O Pazuello esteve em Manaus no dia 11. Agora está dizendo que ficou surpreso com a falta de Oxigênio. Isso é muita irresponsabilidade!

  3. De repente o oxigênio virou gás e se acabou. Ainda bem que não estamos em guerra e o porque contar com a expertise do general Pazuello seria suicidio

  4. Mais um festival de desculpas esfarrapadas de autoridades incompetentes, que deveriam ser sumariamente afastadas, processadas, condenadas e presas. Mas, neste Brasil...

  5. Oxigênio não acaba de um dia para outro. Cadê a logística do governador ? Dos responsáveis? O dinheiro foi pra lá em abundância ! Daqui a pouco vão dizer que o ministro é que tem que entubar os doentes !

    1. Governador bozista agiu como um bozista. Alguém esperaria algo diferente? Agora há uma nova variante manauara do vírus, que se espalhar, tal como querem os bozistas, matará mais rápido e atingirá também os mais jovens. Tudo isso acontecendo e os bozistas delinquentes ainda têm a coragem de defender o governo genocida e necrófilo. São uns seres bestiais!

  6. Nem de logística esse capacho presidencial entende. Este é mais um dos responsáveis por muitas mortes nesta pandemia. É uma vergonha para as forças armadas estarem envolvidas neste desgoverno.

    1. Comer tucunaré com farinha! Uma delícia! Esta é a única coisa que o auxiliar de genocida sabe fazet!

  7. Vendidos! Esse governador e outro corrupto que já está na mira da justiça, por isso mostra essa sua subserviência ao JB e ao "Peito de Pombo", ministro da saúde. Todoss mentem descaradamente para salvar a pele perante a opinião pública.

  8. Bolsonaro não tem condições mentais de continuar a governar o Brasil e um idiota desse ainda diz: "que ele manda e eu obedeço."

  9. Surpresa só pra ele. Desde outubro tem gente lá alertando para um.possivel caos. O propagandista de indústria farmacêutica 666 e Cia. esteve lá pra promover seu kit covid 171 e não viu nada? Ou nem se interessou em ver? Deixou lá umas amostras grátis da tralha farmacêutica e se empirulitou de volta? Claro, como iria saber?

    1. Da mesma forma como o genocida chegou na presidência! Brasileiro é tão bonzinho!

    2. Não se faz mais general como antigamente. Tem as estrelas mas não tem estatura, preparo, inteligencia, estrategia, etc...

    3. E aí pra chegar a ministro neste governo é só mostrar que aceita ser pau mandado!

  10. Vamos lá. Eles sabiam que haveria falta de oxigênio em Manaus com ouro dias de antecedência. Ao invés de mandar oxigênio para lá, ele reuniu a equipe e foi comer tucunaré na cidade. O resultado foi que dezenas de pessoas morreram asfixiadas por causa disso. Minha conclusão: o ministro, o governador bozista do Amazonas e o genocida mor deveriam ser presos imediatamente por homicídio. Há alguma falha no meu raciocínio?

    1. Crítica não. Apenas a verdade! Eu só consigo falar a verdade!

  11. Surpresa mesmo, General, é o Sr. ainda estar no comando da Saúde, depois de tantas e intermináveis demonstrações de incompetência, desconhecimento e despreparo para o cargo.

  12. Estes dias provoquei os bolsonaristas que na falta de argumentos, criticam as matérias da Crusoé, ameaçando cancelarem a assinatura da revista, que se caso o Olavo de Carvalho e o Alexandre Garcia, fizessem uma revista nos moldes da Crusoé, onde você pudesse se contrapor as matérias, eu seria assinante dessa revista. Se a Crusoé é uma ilha no jornalismo. À revista do Alexandre seria uma curva de rio, onde o lixo se acumula. Tudo isso para chegar na simbiose Pazzuelo/Lima. Unidos na culpa.

    1. Paulo, não provoque is Bozistas. Eles não tem capacidade mental para responder:).

  13. É , ele agia assim: - sentado em sua poltrona, quase dormindo, levantava a cabeça de vez em quando, e perguntava: - ainda tem cloroquina, manda pra eles. Oxigênio, pra que o ar não tem bastante? Hã, faltou oxigênio, manda um aviãozinho levar uns tubinhos, ceve ser mais que suficiente. Ainda tem cloroquina? Manda, também e leva e equipe para tratamento precoce. Pois é, assim se chegou no que se viu!

  14. Puta que Pariu! Escutar uma escrotísse de um barrabosta que nem este é foda! Pura incapacidade e incompetência! Para fazer alguma coisa com relação ao fornecimento extra de oxigênio não precisa IR para Manaus. O ministro pau mandado já ouviu falar em home office? Sabe que basta pegar o telefone ou enviar alguns emails para se tentar solucionar um assunto como este? Não? Imagino a merda que foi pros recrutas que estiveram subordinados ao sr. quando estava no exército!

  15. Muito triste!!!! Ele deveria gastar aquela energia, das entrevistas, para salvar vidas e ser um ministro da saúde. Ele é autoritário e mentiroso. Espero que Deus não tenha deixado de ser brasileiro.

  16. Contra fatos ministro não há argumento. Um sujeito que tem origem na logistica faltou na aula no dia desta disciplina. Não teve planejamento, preparo. O governador é outro sem noção do desastre que aconteceu no seu estado. Se Bolsonaro tivesse um minimo de bom senso teria demitido o Pazuello, no entanto é conivente, quem cala consente. O Brasil vai muito mal com este desgoverno.

  17. Esse senhorzinho encontra desculpas para todos seus desacertos e confusões. Os culpados são sempre os outros, nunca ele e seu mestre e dono.

  18. Inacreditável. Ele mente e esquece das coisas. Tem um vídeo dele onde diz..... vai faltar oxigênio! Antes da desgraça em Manaus..

  19. esse ministro literalmente CAGA UM BALDE para o brasil. em caso de guerra devemos entrega-lo ao inimigo como refem.

  20. ministro SANCHO PANÇA -recruta zero faz aquela pergunta de novo: PARA QUE PRESSA PRA VACINA, PRA QUE TANTA ANSIEDADE ???

    1. O governador do Amazonas agradece o “EMPRENHO” do Bolsonaro e do Pazzuello. Deve estar de gozação.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO