Departamento de Estado dos Estados Unidos

EUA falam em pacto regional pela Amazônia, mas não citam o Brasil

23.10.21 13:03

O secretário de Estado americano, Antony Blinken (foto), anunciou um “pacto regional para evitar o desmatamento na Amazônia”. A declaração foi dada nesta semana durante a primeira visita de Blinken à América do Sul, quando ele passou pela Colômbia e pelo Equador.

Apesar de o Brasil representar 60% de toda a área da Amazônia, Blinken não fez referência ao país. Na coletiva de imprensa, o secretário chegou a ser indagado sobre o que pensava das críticas ao desempenho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro na gestão do meio ambiente. Mas o americano se recusou a dar uma resposta.

Os Estados Unidos optaram por tomar distância. Em vez de visitar o Brasil, Blinken preferiu elogiar os esforços dos governantes vizinhos. Só o que o governo brasileiro conseguiu na semana passada foi um telefonema do secretário de Estado para o ministro de Relações Exteriores, Carlos França. Segundo o Itamaraty, os dois não falaram sobre a visita à região.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Destruíram todo o meio ambiente da América do Norte. Tem moral pra falar com o Brasil sobre esse tema? NENHUM. ADOTEM NOSSO CODIGO FLORRSTAL E JÁ UM COMEÇO. RECO.PONHAM SUAS FLORESTAS COM BASE CÓDIGO BRASILEIRO E AÍ DAR PRA CONVERSAR.

    1. Porque eles sabem que o desmatamento está sob controle.

  2. Eles já perderam muitas guerras em selva. Vão plantar as árvores nos biomas que eles europeus destruíram. Eles podem até entrar mas não sai!

  3. Humilhante para o Brasil. O Ernesto conseguiu transformar o Brasil em pária internacional, como queria. Da parte dos EUA vê-se o imperialismo e jactância habituais. Recusar diálogo com o principal país amazónico é ridículo.

  4. Biden sabe bem que o buraco agora é bem mais embaixo . mas um pacto envolvendo os 40% restantes é bom para todos . quem diria os arrogantes isteites apoiando comunazistas cucarachas . tremei Abraham Lincoln.

  5. O Brasil tem tecnologia nuclear, embora ultrapassada. Mas precisa se impor. Os americanos do norte precisam recompor e meio ambiente que eles destruíram,não cobrar dos outros. Bandidos.

  6. Bolsonaro tomou decisões com relação à pademia, ouvindo entre outros Osmar Terra, cujo intelecto é similar ao de uma ameba. O sociopata toma decisões econômicas ouvindo o Centrão, cujo compromisso com o futuro do Brasil é -100. Ele toma decisões na gestão ambiental, dando ouvindo p/ oportunistas e grileiros. Se colocarmos todos os problemas do Brasil numa folha A4, dimensionando a letra de acordo com o tamanho do problema, BOLSONARO tomará 50% da folha. Risca Bolsonaro e resolveremos os d+ 50%.

  7. O Brasil não existe mais para o mundo. É apenas um país mulambo, quebrado, que tem um presidente genocida e uma população passiva, inculta e sadomasoquista.

    1. Adrianus agora chama-se boca de lixo, kkkkkkk. Quanta mediocridade bozista!

    2. O melhor presidente do Brasil, qca.do mundo ! Bolso.22 para o bem do brasil

    3. Robozinho Globolixo, já lhe avisei: se continuar a escrever tantas asneiras, será expulso do GO.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO