Adriano Machado/Crusoé

Brasil contabiliza 302 mortes e 16.207 infecções por coronavírus em 24 horas

23.11.20 18:50

O Ministério da Saúde contabilizou 302 mortes provocadas pelo novo coronavírus no Brasil ao longo das últimas 24 horas. Assim, o país atingiu a marca de 169.485 óbitos decorrentes da pandemia. As informações constam de boletim divulgado pela pasta na noite desta segunda-feira, 23.

De acordo com o balanço, entre domingo, 22, e hoje, o ministério recebeu a confirmação de 16.207 casos de Covid-19. Desde o início da crise sanitária, 6.087.608 pessoas foram diagnosticadas com a doença, das quais 5.445.095 estão recuperadas.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. ministério da saúde Anvisa puxadinho do planalto ninguém mais acredita virou reduto dos milicianos , brasil uma republiqueta das bananas

  2. Nada a comemorar mas sim, a se notar, o decréscimo da mortalidade. Torcendo para que não tenhamos a segunda onda, que seria devastadora tanto em vidas como em empregos.

    1. Caro xará, do jeito que os Bozistas andam se comportando como veículos de contaminação em massa, a segunda onda é uma certeza absoluta.

  3. A veracidade da noticia publicada pela Crusoé é ZERO! https://antigo.saude.gov.br/images/pdf/2020/October/08/Boletim-epidemiologico-COVID-34.pdf Tomem vergonha na cara.

    1. Além de ser uma criatura imunda, bestial e repugnante, a Albertinha cucaracha é também uma grande mentirosa. A idiota coloca como referência um boletim de outubro quando a Crusoé está publicando os dados de novembro. Mesmo no boletim de outubro que o demente compartilha, os gráficos mostram o Brasil como um dos países com maiores taxas de letalidade. Albertinha, deixa de passar vergonha. Você não encontrará irmãos aqui. Volte para o seu esgoto, criatura nojenta!

Mais notícias
Assine
TOPO