Jogando contra

25.10.19

O sentimento de corpo em Brasília não tem limites. Dias atrás, um senador chegou à Casa Civil para uma reunião com o ministro Onyx Lorenzoni e, enquanto esperava pelo início do encontro, foi abordado por uma funcionária do gabinete que lhe fez um pedido curioso. Sem cerimônia, ela pediu que o senador vote contra a reforma administrativa proposta pelo governo. Você não entendeu errado: foi um ato explícito de uma assessora do Planalto cabalando voto contra uma proposta do próprio Planalto. A campanha aberta dos servidores se dá porque a reforma tenta acabar com privilégios históricos do funcionalismo.

Agência BrasilAgência BrasilOnyx Lorenzoni: auxiliares trabalhando contra o governo

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esse é o típico brasileiro: individualista, egoista, tira Vantin de tudo e até rouba achando tudo normal. Aquele ministro tem razão: são canibais.

  2. A mais honrosa das ocupações é servir ao público e ser útil ao maior número de pessoas!!! As mordomias do alto escalão, as distorções existentes devem ser detectadas e corrigidas e os apadrinhados que ingressaram inchando a máquina demitidos , mas devem ser valorizados os servidores concursados!!!

  3. O funcionalismo publico trabalha meuito menos q a metado do q trabalhamos, pra ganhar mais do dobro e se aposentar com salario integral. Mas eles nao acham q e'privilegio. No Brasil privilegio e'aquilo q os outros recebem. Direito e'o q nos recebemos.

    1. Yenhos pós, MBA e médico aposentado do M. S. Nunca tive regalias. Trabalhei em direção de hospital no Rio de Janeiro sempre sai depois do horário. Nunca tive hora extra e nem FGTS. Servidores eleitos e colocados ou do judiciário ou do legislativo talvez tenham regalias. O pessoal do executivo....ah coitados de nós. Não venham botar a culpa em todos os servidores. Essa carapuça não me cabe. Na verdade fico puto. Chega.

    2. Estuda para concurso público. Deixa de tomar cerveja e comer carne assada, abra mão do convívio entre amigos e familiares, estuda horas por dia durante anos e se torne um servidor público.

  4. Funcionário público é assim mesmo, estes são os grandes culpados da gastança brasileira, deveríamos reduzir em 99% esta turma que não agrega valor ao país, somente tira

  5. Reforma Administrativa é necessária. Funde Senado e Câmara. De 800 plcaretas, diminui para 100 Municípios com menos de 300 mil habitantes não se sustentam. Tem que ser agrupados e com única administração 5700 prefeitos, 5700 vices, vereadores, deputados, tribunais a rodo, acessórios, etc tem que acabar, divide o país em 100 partes, cada um com um Gerentão, é preciso diminuir a máquina pública

    1. Perfeito, Elvio. Sabe quando isso acontecerá? N-U-N-C-A! O corporativismo desse atraso do Brasil é algo estarrecedor.

  6. O Congresso Nacional, o stf (com minúsculas mesmo) e grande parte dos funcionários públicos, principalmente na esfera federal, são o símbolo do atraso do Brasil. Se depender deles, o País será uma eterna republiqueta bananeira.

  7. E ainda tem gente que não pára de criticar o Governo Bolsonaro. Uma reforma moralizante da Previdência, enfrentamento ao crime, apesar de toda a oposição do Sistema, com quedas de mais de vinte porcento em crimes, incluindo homicídios, militares trabalhando pelo Brasil em tempos de paz, desejo de enfrentar as mamatas de nós, servidores públicos... Assim fica difícil.

  8. Funcionário público fedeŕ não é obrigado a ser lambe-botas do presidente de plantão. Ela pode sido inconveniente, mas não praticou nenhum ato ilegal. Se é que falou, mesmo. Esses políticos são todos mentirosos!

    1. Alguém esperaria que o funcionalismo aceitasse qualquer "sacrifício" calado?

    1. Defendendo seus interesses no horário e local de trabalho, contrariando os interesses do empregador.

    2. Não é caso pra justa causa. Apenas alguém defendendo seus interesses!

  9. A estabilidade do funcionalismo público no Brasil é mais uma incoerência que nos difere do resto do mundo. Por causa disto nossas administração pública é arcaica, ineficiente e ineficaz. A reforma precisa abranger todos os níveis federal, estadual e municipal, estendendo-se para as autarquias....

    1. Pedro Também significa isentar-se ou imunizar-se dos ataques de mais políticos. Quanto a eficiência, basta criar mecanismos de fiscalização.

    2. A estabilidade no serviço público significa: botar o burro na sombra...

    3. Concordo plenamente. Serviço público no Brasil é caro e incompetente justamente pela estabilidade e corporativismo.

  10. Tem que passar a reforma. Acabar com excesso de privilégios dessa casta, na nossa sociedade. Chega de pagarmos e sermos expoliados pelos direitos nefastos dessa categoria...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO