Robson Fenrandes/Estadão ConteúdoPaulo Preto quis saber de astróloga se Kassab, por exemplo, é leal a ele

O operador e a astróloga

Acusado de gerir propinas para o PSDB, Paulo Preto recorreu a uma guru para saber se voltaria para a prisão. Na consulta, que ele fez questão de gravar, quis saber em quais amigos poderia confiar. O áudio foi parar nos autos da Lava Jato
18.10.19

“Corta três vezes, vamos ver o que vai sair.” A astróloga dá as cartas ao ansioso cliente sentado à sua frente e, em poucos segundos, vaticina: “Você não volta para a cadeia. Põe isso na sua cabeça, você não volta para a cadeia”.

Era novembro de 2018. Recluso em um luxuoso apartamento em São Paulo, o engenheiro de 69 anos havia chamado Maricy Vogel, a guru preferida dos famosos, para dimensionar o seu inferno astral. O nome dele: Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, signo de Peixes.

Ex-diretor da Dersa, ele já tinha sido preso duas vezes naquele ano por supostamente ameaçar uma testemunha e estava no banco dos réus acusado de desviar dinheiro público dando casas do governo a quatro empregadas da família, além de comandar um cartel de empreiteiras nas obras viárias que coordenou, como o Rodoanel, entre 2007 e 2010. Fazia dois meses que andava com uma tornozeleira eletrônica no conforto da prisão domiciliar concedida pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal.

Um mapa astral feito por Maricy custa a partir de 1.200 reais e já foi encomendado por dezenas de celebridades brasileiras, como o empresário Eike Batista. A consulta começa e Paulo Preto aciona o gravador do celular – sim, ele gravou o encontro — para registrar as previsões da numeróloga. Sua dúvida mais premente era se seria sentenciado antes de 7 de março de 2019. Nessa data ele completaria 70 anos de idade e a maior parte dos crimes pelos quais estava sendo acusado já estaria prescrita.

A sessão dura pouco mais de uma hora e o clima é de um bate-papo entre dois velhos amigos. Antes de acionar os astros, Maricy pergunta como está a filha Tatiana, também ré na ação penal das empregadas, comenta sobre um outro cliente conhecido por ambos, Eduardo Leite, ex-executivo da Camargo Corrêa também preso pela Lava Jato, e dá um recado enigmático ao engenheiro: “Você não está sozinho nessa história do Dersa (a estatal paulista de obras viárias, da qual Paulo Preto foi diretor por cinco anos)”.

“Não está sozinho em que sentido?”, indaga o ex-diretor da estatal apontado por vários delatores como operador financeiro do PSDB paulista. “Sozinho significa que tem outras pessoas ocultas, que você está quieto, não vai fazer delação, está calado. Porque se você abrir a boca muita gente vai cair também”, concluiu a astróloga (ouça ao longo desta reportagem os principais trechos).

Formada em administração de empresas com especialização em marketing, Maricy se define como autodidata em astrologia, que ela diz estudar há 40 anos. Ganhou pontos com Paulo Preto quando previu, em novembro de 2017, a vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial durante o programa do apresentador Amaury Jr., do qual participa com certa frequência.

Antes de qualquer prognóstico, a guru pergunta sobre a estratégia jurídica do engenheiro e busca informações sobre sua algoz, a juíza federal Maria Isabel do Prado, titular da 5ª Vara Criminal que daria mais adiante as sentenças do operador tucano. “Essa juíza é loira, é morena? Que cara ela tem?”, indaga Maricy.

Paulo Preto descreve a magistrada como “bipolar” e “amarga” e diz que “ela quer ser o Sergio Moro de São Paulo”. Conta que se quisesse até conseguiria um habeas corpus do ministro Ricardo Lewandowski para ficar em liberdade, mas que achava melhor não mexer no caso, para não provocar uma condenação antes de completar 70 anos.

Denise Andrade/Estadão ConteúdoDenise Andrade/Estadão ConteúdoA astróloga Maricy Vogel é conhecida por atender personalidades
“Eu não estou sofrendo com tornozeleira”, relata o engenheiro, após contar que já havia ficado dez dias na solitária do presídio de Tremembé, no interior paulista, quando foi preso pela primeira vez, em abril de 2018. Descreveu a penitenciária onde passou 35 dias como um “spa de pobre”. Lá, disse, não fazia nada. Já na prisão domiciliar, podia malhar na academia, nadar, fazer pilates e massagem.

Com as cartas na mesa, Maricy pergunta aos astros se a juíza condenaria seu cliente antes do dia 7 de março. “Ela vai dar a sentença, sim, antes do seu aniversário”, previu, apontando janeiro como o mês da condenação. Apesar do prognóstico negativo, o engenheiro podia ficar tranquilo porque ele só voltaria ao “spa de pobre” por “15 dias, no máximo”.

Paulo Preto relata então que seu advogado José Roberto Santoro, ex-procurador da República, “conhece todo mundo” no Poder Judiciário e trabalhou por quatro anos ao lado do ministro Gilmar Mendes no Palácio do Planalto, durante o governo Fernando Henrique Cardoso. A astróloga novamente o tranquiliza. “Você tem os togados todos do seu lado”, afirma, referindo-se aos ministros do STF e do STJ. Gilmar já havia soltado o engenheiro duas vezes.

A única coisa que Paulo Preto precisava fazer para se livrar do inferno astral que o rondava desde a delação do doleiro Adir Assad, em 2017, era uma doação de 69 litros de suco de uva e 69 panetones a moradores de um bairro pobre de São Paulo, como Paraisópolis, no dia 24 de dezembro, véspera de Natal.

Ante a previsão sobre a sentença, que segundo a astróloga seria suavizada para a filha Tatiana, a maior preocupação do ex-diretor da Dersa, ele aproveita para consultar os astros sobre outra inquietação. “O que você pode falar dos meus amigos que são políticos?”, pergunta ele.

O diálogo a seguir é revelador. Sem que nenhum nome seja mencionado, Maricy fala do ex-ministro Aloysio Nunes, responsável por indicar Paulo Preto para o cargo de diretor da Dersa. “É seu amigo até debaixo da água”, diz ela.

Em seguida, o engenheiro indaga: “E o Kassab?”. Referia-se a Gilberto Kassab, ex-ministro e secretário licenciado do governo João Doria. “Eu acho que é uma pessoa que tem palavra”, continua ele. Sem titubear, a astróloga confirma: “O Kassab, leal, não esquece de você”. “Ele não vai te trair.”

A relação próxima com Gilberto Kassab confidenciada pelo próprio engenheiro à numeróloga era desconhecida, mas se encaixa em uma acusação que pesa sobre ambos. Segundo a Lava Jato, parte do dinheiro que teria sido desviado das obras comandadas pelo ex-diretor da Dersa em São Paulo abasteceu o caixa 2 de Kassab quando ele disputou a reeleição a prefeito da capital, em 2008, e de seu partido, o PSD, criado em 2011. O ex-ministro diz que conheceu o operador em razão de “relações institucionais”.

Em outra pergunta à guru, desta vez sobre o futuro de seu patrimônio, Paulo Preto relata que as contas bloqueadas pela Lava Jato no Brasil só tinham 1.000 reais e que o dinheiro que guardara no exterior tinha escapado da ação dos investigadores. “Bloquearam, mas não tinha mais recurso nenhum.”

Essa história só pôde ser contada porque Maricy Vogel errou parte da sua principal previsão: Paulo Preto foi mesmo condenado antes do aniversário de 70 anos, com duas sentenças que somam mais de 172 anos de detenção, mas o vaticínio sobre o retorno dele ao “spa de pobre” foi desmentido pela realidade.

O engenheiro apontado como um dos principais operadores do PSDB está preso há 241 dias no Complexo Médico Penal de Pinhais, no Paraná, acusado de lavar dinheiro do megaesquema de corrupção montado pela Odebrecht.

Em mais uma fase das investigações, a gravação da consulta com a numeróloga foi parar nos autos da Lava Jato, que teve acesso a todos os e-mails e arquivos guardados nos celulares de Paulo Preto. Também nessa, os astros não foram muito simpáticos com o operador.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Para alterar a lógica e o comportamento dos agentes sociais, o mais importante é que os CORRUPTOS admitam seus crimes publicamente, é isto o que porá um ponto final na distopia que impera sobre o país e cuja racionalidade fajuta está entranhada no consciente coletivo, que de tão habituado à corrupção e à impunidade não é capaz de conceber que a sociedade brasileira seja capaz de funcionar sem ambas.

  2. Alguma coisa de leve, pois se há algo que Gilmar Mendes já demonstrou é que não tem escrúpulos. Se Paulo Preto tiver alguma informação que possa servir para alguma operação que obrigue Gilmar e sua rede a terem que sair de sua zona de conforto, já poderia ser o suficiente. Quanto mais eles tiverem que correr para cobrir seus rastros, mais rastros frescos estarão deixando, sobretudo se tiverem que agir de forma aberta e pública para todo o país ver.

  3. Deveria haver duas exceções a esta regra: o atentado a Bolsonaro e o roubo das msgs. Se o cenário de contágio endêmico implicaria em uma maior flexibilidade quanto à punição dos CORRUPTOS, então esta flexibilidade deveria ter limites. Se a rede anti-corrupção já estiver abarrotada, então Paulo Preto não teria grande utilidade, a não ser que ele pudesse servir de isca para dar uma provocada em Gilmar e sua rede. Neste sentido ele pode ser útil para acender algum alerta, gerar alguma preocupação.

  4. Pq alguém que já ganhava a vida trapaceando e fraudando iria deixar de fazer isto após ser preso? Para se mudar o sistema corrompido de crenças e valores que permeia o consciente coletivo da sociedade brasileira é mais importante que o escudo que impede os cidadãos (ou o grosso da sociedade) de verem a realidade como ela é seja "desligado". Portanto, neste momento, mais importante que colocar os CORRUPTOS na cadeia, é fazê-los admitir seus crimes e atos ilícitos.

  5. Mas na prática, até os CORRUPTOS têm coração e não querem ver os seus largados pelo caminho. Se a lógica do sistema não fosse CORRUPTA, então isto significaria que, qq um que fizesse o que os CORRUPTOS fizeram, iria para o xilindró sem conversa. Mas como é o oposto, colocar todo mundo na cadeia age exatamente no sentido contrário de se colocar um ponto final na distopia, pq uma vez presos, os CORRUPTOS já não têm nada a perder e resta somente apelar para a farsa e a mentira.

  6. Para se expor a distopia é necessário que os criadores e fomentadores dela venham a público revelá-la, o que só pode ser feito se eles confessarem seus erros e crimes. Mas é aí que a coisa complica, se a corrupção é endêmica, então isto tb significa que a rede de corrupção é extensa e para seduzir os CORRUPTOS não basta oferecer uma saída somente a eles, mas a todos aqueles que possuem algum laço de afetividade e amizade (apesar de que qq CORRUPTO que se preze não deveria se ater a amizades).

  7. Ao invés de se defenderem, apelam para narrativas fantasiosas que não guardam qq relação com a realidade dos fatos. Dentro deste contexto há duas implicações, a primeira é que o enfrentamento direto da corrupção é um processo moroso, pois o sistema tenta a todo custo neutralizar as "ameaças" e restabelecer a "normalidade". A segunda está na construção de uma solução que permita um golpe fatal no quadro distópico, o que só é possível com a rendição dos CORRUPTOS.

  8. Quanto mais endêmica for a corrupção, mais difícil se torna quebrar a lógica de funcionamento do SISTEMA CORRUPTO, pois as vicissitudes e vícios deste não são vistos como falhas ou defeitos, mas algo "natural". Quando é assim, os CORRUPTOS encontrarão terreno fértil para levar adiante seus esquemas espúrios e, no momento em que forem pegos, apelarem para a retórica fajuta e a distopia. Basta ver que apesar de 5 anos de Lavajato, os CORRUPTOS continuam com as mesmas táticas.

  9. Quando a corrupção e a impunidade encontram-se tão entranhadas em um sistema de crenças e valores, tal qual é o caso do Brasil, mudar o estado de coisas que reflete a lógica de operação de uma sociedade é equivalente a nadar contra a correnteza. Se a razão de um sistema é a sua razão de existir, tentar acabar com a corrupção de um SISTEMA CORRUPTO automaticamente significa tentar colocá-lo abaixo, o que obviamente implica em ir contra a sua lógica de existência.

  10. Fabio Leite, parabéns pelo texto bem humorado, que expõe até onde pode chegar o cinismo dessa canalha política. No fundo são todos cagões!

    1. Eu lí. É sensacional. Jamais esquecí. .....e o pior é que tem muita gente nessa.

  11. Espero que a Justiça recupere todo o dinheiro roubado e que o Paulo Preto não saia mais da cadeia pois a corrupção mata os mais carentes nas filas dos hospitais e condena os seus filhos ao analfabetismo funcional.

  12. Porquê os crimes prescrevem? Após determinada data o crime não é mais crime, é apenas uma notícia revoltante em algum jornal velho. As consequências do crime continuam tirando vidas ou gerando prejuízos em estradas precárias. Prescrição de crime é justiça para quem?

    1. Entre na conversa... Está mais para comédia. Mas com certas decisões judiciais tem se a impressão que o dinheiro do marginal Paulo Preto seria melhor empregado com algum elemento participante do seu processo nesta instancia.

  13. Sendo de Aquário as previsões não são boas, para se livrar das acusações deveria ter nascido sob a influência do signo Gilmariano!

  14. Só o Gilmar para soltar o Paulo Preto,com 172 anos de condenação, que expõe a Corte a esses audios vexatórios! Coisa de brasil. Se fosse Brazil seria outra coisa! Podem perguntar à numerologa Maricy!

  15. Esse artigo é prova cabal de que o STF e também o Congresso precisam de limpeza e desinfecções! Caso contrário o Brasil continuará sendo o país do futuro!

  16. É Paulo preto, pagou uma fortuna para picareta esotérica, sabendo que podia se safar com o levandowisk. Como esses imbecis conseguiram chegar aonde chegaram? Já sei. É só ser serviçal como alguns supremos que conhecemos.

  17. É cego guiando cego, Paulo Preto rouba do povo para dar dinheiro a vigarista. Como já está preso, menos mal para a sociedade. Agora temos que ter em meta o resto da tinta, e pegar Aloiso Nunes e Kassab. Eta lava jato!

  18. Fábio, como jornalista competente que é, vc sabe que só se forma conceito sobre o que se conhece. Sobre o que se desconhece só se forma pré - conceitos, vulgo PRECONCEITOS. Entre vc achar uma bobagem acreditar em artes ocultas e o compromisso de bem informar teu leitor há a distância preenchida pelo respeito a quem as pratica seriamente, com base em profundos estudos, e quem acredita e recorre a profissionais desta área. A propósito: astrologia se baseia em Mapa Astral. O Tarô usa cartas.

    1. Com todo respeito, mas não existe absolutamente nada compreensível e justificável sobre essa "astrologia", tarôlogia, etc. Tudo conversa fiada! Mentira! Estelionato! São técnicas e táticas extraídas na maior cara-de-pau das pessoas fracas de espírito. Como disse São Bento: rezem, mas trabalhem!

    2. vcs esquecem q não importa o q o taro,mãpas astrais ,videntes digam existe uma lei divina ,a lei do carma ,essa age punindo ou recompensando conforme os atos de cada um ,o prejuízo causado ,as lições a serem aprendidas assim sendo os vaticinios são apenas indicadores pobres

  19. Eu sonhei Bola de cristal, jogo de búzios, cartomante Eu sempre perguntei O que será o amanhã Como vai ser o meu destino Já desfolhei o mal-me-quer Primeiro amor de um menino E vai chegando o amanhecer Leio a mensagem zodiacal E o realejo diz Que eu serei feliz Sempre feliz Como será o amanhã Responda quem puder O que irá me acontecer O meu destino será como Deus quiser

    1. E assim a cigana leu o meu destino, ............como pode gente deste tipo ter chegado a cargo tão importante

  20. Que pena, né! Ele não tinha certeza de permanecer na impunidade e a astróloga é charlatona. Falou o que ele quis ouvir. Errou feio! Bem feito!

  21. D. Maricy Vogel, na vida o que conta são as escolhas. O abjeto Paulo Preto está pagando pelas suas más escolhas e falta de caráter. Astrologia? My ass! Oooops! My neck!

  22. A única adivinhação que dá certo dessa bruxa série 2019 é que vai ganhar uma grana do bobão que acredita que ela tenha o poder divino de adivinhar o futuro. Mas mamou na teta certa. Tem muita grana escondida com o ladrão , lá no exterior.

  23. Pelo jeito a Maricy vai furar outra previsão. Foi contundente ao dizer q o delinquente de Curitiba continuaria preso. Acho q ela não previu q o beiçola ajudaria tb os petralhas. Estou enjoada 🤮

  24. Ninguém presta nesse país mesmo!Agora quando os empresários que realmente trabalham sumirem daqui quero ver quem vai pagar esse antro de vagabundos

  25. solon Advogados de bandido é mais bandido do q o próprio constituinte. São aproveitadores das condições emocionais dos seus clientes. Por outro lado, são desfavoráveis a prisão em segundo grau, simplesmente para mamar parte dos dinheiros roubados pela clientela, para promoção de recursos. Não importando a origem dos honorarips

  26. Todo bandido idiota acredita nessas idiotices. Porque, o Idiota não consultou a guru antes de tirar proveito (roubar), dinheiro público. Se tivesse consultado previamente não estaria nesta M. Solon

  27. Foi Paulo Preto que falou do seu habeas corpus e boa hora para o Gilmar explicar o pq dessa concessão e liberar esse corrupto.

    1. Este é o nível dos que nos roubam. E nós, tão inteligentes e cultos, somos passados para trás diariamente por estes bestalhões. Toffito é uma besta quadrada e que cargo ocupa? Define os destinos do país.

  28. Está explicado porque o Gilmar Mendes e delegado Alexandre Nosferatu de Moraes mudaram de opinião sobre a prisão em 2-° instância.

  29. O Paulo Preto tem que abrir o "bico" e nos mostrar as "figuras" ocultas que estão por trás de tudo isso. Pode ter aquela malandragem usada pelos "defensores" que "lavam e esquentam" muita grana através de alguns escritórios de advocacia para posterior distribuição aos "amigos". É ver pra crer!

  30. Que vexame para a tal Muricy Vogel , é o tal " me engana que eu gosto " e ela também é a guru do Bolsonaro. Kkk

  31. É só dando risadas. Uma palhaçada atrás da outra.O anti-Cristo milagreiro ainda não chegou e não é aquele preso em Curitiba(o REI mais honesto do mundo).

  32. Gente fraca que acredita em mentiras, cujo único alvo é o dinheiro público, viciado nele como qualquer drogado consumidor de drogas proibidas.

  33. Conheço a Maricy ela é astróloga, não taróloga. A Crusoé anda de mal a pior. É muita desinformação para pouca revista.

    1. Astróloga e para ganhar mais dinheiro deve dar uma de taróloga também.Esperto é esperto em qualquer situação.

  34. Em uma corte suprema que conta com Gilmar, Toffolli, Lewandovski, Moraes, Celso de Mello, Marco Aurélio, tenho uma imensa vergonha de ser brasileiro.

  35. Essa charlatã pelo jeito anda lendo a Crusoé para fazer as suas previsões, porém não antes de conversar com os seus mentores intelectuais, a saber: GM e RL (pertencentes a ORCRIM do STF)!

    1. ... que a mais alta corte (para mim, a mais rasteira) do país está.

  36. Estou pasma! Que me perdoem os que acreditam, mas procurar “magos” para conhecer o futuro? Méo Déos! 😳 Ainda gravou! 😱

    1. Isso é prática comum para os vigaristas de Brasília. No legislativo e judiciário o que há é macumba das brabas. Conversão verdadeira a Cristo só de boca pra fora.

    1. Se ela acertar como acertou com o pai de santo "Paulo Preto Veio" então não...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO