SergioMoro

A deficiência a ultrapassar é a da sociedade

25.09.20

No dia 21 de setembro, foi celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

As pessoas com deficiências foram, em fases diferentes da história, eliminadas, segregadas ou, por vezes, suportadas.

Superadas essas fases odiosas, a palavra de ordem é inclusão.

Pela Constituição, todos somos iguais perante a Lei. Esse princípio assegura a igualdade formal e mostra-se, por vezes, eficaz para afastar a adoção de privilégios repulsivos entre nós.

A igualdade formal, porém, é insuficiente para a promoção e efetivação dos direitos dos mais vulneráveis, entre esses os que têm algum tipo de deficiência. Para eles, são necessárias políticas públicas que lhes assegurem oportunidades e direitos iguais aos que são usufruídos pelos demais.

Nas democracias modernas, políticas sociais e a ação regulatória do estado contribuíram para minimizar as injustiças e desigualdades. Não obstante, a estrutura do estado passou a servir, cada vez mais, aos grupos e interesses mais bem organizados, em detrimento das categorias mais vulneráveis.

Nesse campo, em busca da igualdade material, surgiram as discriminações positivas pioneiras no direito norte-americano e mais tarde conhecidas em nosso direito como ações afirmativas. Elas ganharam relevância. Trata-se de mecanismos que visam concretizar a igualdade por meio de políticas compensatórias, neutralizando efeitos de discriminação ou desvantagem entre os cidadãos.

Essas ações afirmativas representam uma expressão da igualdade em sua vertente material e, embora alguns de seus aspectos possam ser controvertidos, não há dúvida de sua pertinência e de sua necessidade em relação a pessoas com deficiência.

A partir da Convenção Internacional da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, de 2006, houve uma mudança de compreensão sobre as pessoas com deficiência e a sua inclusão. O que até então era enxergado como uma limitação da capacidade de determinada classe de pessoas passou a ser entendido de maneira diferente.

O problema não são as pessoas com deficiência – nunca foi –, mas o mundo no qual elas estão inseridas, e que não está preparado para elas. São as barreiras ambientais, econômicas e sociais as causas que podem agravar ou minorar a deficiência e que devem ser enfrentadas. O conceito da deficiência passou a ser analisado a partir da interação da pessoa no meio em que se insere.

A Lei Brasileira da Inclusão surgiu em 2015 (Lei nª 13.146/2015) para implementar os compromissos internacionais assumidos pelo Brasil na Convenção.

Em tempos de ataques à Lava Jato, de incertezas quanto à pandemia, de dúvidas quanto à economia, mas de esperança para o futuro, entendi que valeria uma breve pausa para falar sobre o tema das pessoas com deficiência. Neste artigo contei com o apoio de minha esposa, advogada atuante na área e que tem meus encarecidos agradecimentos.

Sempre entendi que cada sociedade deveria ser julgada a partir do modo como trata aqueles em seu meio mais vulneráveis. Há um caminho longo para percorrer, mas a compreensão de que as deficiências que precisam ser ultrapassadas são as da própria sociedade e não as das pessoas com deficiência é um passo inicial importante. A única deficiência que podemos discriminar é a deficiência de caráter. Essa não interessa a ninguém.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O texto é muito bom, mas não empregou o vocabulário técnico adequado. Ao invés de "deficiência de caráter", dever-se-ia empregar a expressão "síndrome de conduta bolsonárica".

  2. O texto deixa evidente a preocupação do senhor Moro com todos os cidadãos. Concordo plenamente com o que foi escrito e torço para o senhor ser candidato em 2022. Precisamos mais do que nunca sair desse buraco em que nos colocaram nos últimos tempos e contar com brasileiros que consigam nivelar a discussão de país por cima.

  3. Dr. Sérgio Moro, Presidente. Aqui na minha casa o Senhor tem 03. Dr. Sérgio Moro representa os ideais iluministas: liberdade, igualdade de oportunidades e fraternidade! Parabéns, Excelência!

  4. O que mais me preocupa é a deficiência de caráter escrachada dos nossos governantes e que não é percebida pela sociedade. São sim verdadeiros heróis aqueles que lutam contra os poderosos , pois mesmo sendo batalha árdua, é o único caminho possível de mudança !

  5. Ah, Dr. Moro!... Se for verdade a sua ida para o exterior, levará minhas últimas esperanças de nosso país tornar-se sério... O jeito é ir embora também. 😔

  6. Moro como sempre foi cirúrgico, deficiente nesse país corrupto e das rachadinhas são descartados assim como todo cidadão de bem. Estava lendo matéria da Folha que sua família quer que o Sr. vá para os EUA e não se envolva com política? Faça o que for melhor Dr, esse país com essa gentalha não te merece, mais se por acaso quizer ser PR, conte com seu conterrâneo.

  7. Não acredito q a sociedade deixe de ser deficiente. O país é desigual demais. Há outras prioridades mais prementes. Mulheres, negros, homossexuais e deficientes terão a atenção q merecem daqui a séculos, principalmente com cabeças bolsonaristas no comando. Educação e habitação são necessidades mais básicas.

    1. Responsabilizando e não banalizando, na minha opinião.

  8. Moro, como sempre, tem razão. A causa de tantos dos nossos problemas é a deficiência de caráter em nossa sociedade. O artigo tocou no ponto essencial do quesito deficiência.

  9. Parabéns pelo artigo Dr. Moro. Esse assunto deveria ser pleno nos órgãos públicos. Infelizmente é esquecido, precisando ser sempre lembrado a todos os governantes.

  10. Moro, sempre admirei a sua racionalidade e o seu equilíbrio. Continue focado. Parabéns pelo artigo. Já trabalhei com política pública para deficientes e sei que por mais bem intencionadas as pessoas que querem ajudar os deficientes o nosso país deixa muito a desejar na hora da implementação de acessos básicos. Pouca fiscalização existe nesta área. Ponto sensível para ser melhorado.

    1. Fico cada vez mais impressionada com o Sr. Gostaria que fosse nosso presidente , mas exatamente por ser sua fã , admiradora , e confiar nas suas ideias , espero que não aceite nenhuma indicação, seria o fim do Sr. e de sua família. Não aceite!! Siga seu caminho, aqui não é país pra honestos ! Nossa história é cada vez mais triste , quem puder que caia fora!!

  11. Para se preocupar com o tema só mesmo pessoas de bom caráter. Infelizmente parece que muitas só se preocupam com as fake news da vida.

  12. Dr.Moro!A leveza do texto contrasta com a dramaticidade do tema.Mas o descaso com o mesmo só comprova que assunto desta gravidade não é levado a sério pelos nossos líderes(salvo eventuais decisões que possam produzir belo efeito eleitoreiro)!Continue colocando o "dedo nas feridas" deste sofrido povo que tudo e a todos sustenta e de nada se beneficia.Nãi desista!

  13. Infelizmente, como valorizamos muito a deficiência de caráter, torna-se difícil tratarmos bem os nossos outros deficientes

    1. (corretor...) 10- como brilhante e realisticamente colocado por Vossa Excelência.....

    2. 12- Especialmente oportuno, Dr. SÉRGIO FERNANDO MORO e, colaborativamente Dra. ROSÂNGELA WOLFF MORO, em meio a essa tão trágica pandemia, com tantas perdas irreparáveis de vidas, a lembrança de um tema tão relevante de preservação, proteção e potencialização da existência humana e da nossa responsabilidade conjunta sobre ela, em seus múltiplos sentidos!

    3. 11- E claro, como também brilhantemente colocou, Dr. SÉRGIO MORO, devemos pontuar, repetir e é importante reafirmá-lo sempre: não podemos ser uma sociedade deficiente e discriminatória em plurais sentidos mas, absolutamente discriminatória na única admissível intolerabilidade: o mau caráter ou a falta dele.

    4. 10- Como brilhante e realisticamente mente colocado por Vossa Excelência, os seres humanos devem ser sempre considerados, protegidos e compensados em sua diversidade, seja 'ambiental, social, jurídica ou economicamente', ainda que isso não signifique sempre ineficiência bio-tecnológica, porque a vida é em si mesma indiscriminadamente considerável sob qualquer coleção de combinações ou circunstâncias.

    5. 9- De qualquer modo, é inquestionável a sua colocação sobre a absoluta indispensabilidade de políticas públicas especiais, sobretudo para os cidadãos com deficiências ou subtrações físicas e (ou) cognitivas, já que, sob qualquer perspectiva, não somos mesmos seres de potenciais naturalmente iguais, incluídos aí até mesmo os tidos como 'normais', que têm também uma escala de eficiência muito variável por uma série de fatores.

    6. 8- Somado a esses fatos, um vasto, um inesgotável campo de trabalho, segundo vocações particularizadas, abre-se aos "biônicos", digamos carinhosamente assim, sobretudo nas áreas de engenharia mecânica, design, computação gráfica e incontáveis outras para esses cidadãos, justamente por suas experiências, compreensão e conhecimentos empíricos nas lides com limitações ou substituições biológicas. Aí a Economia dará show!

    7. 7- Normal, porque já fizemos coisa muito mais difícil como ir à Lua, por exemplo e... 'provisório', porque em breve dominaremos a técnica de auto-regeneração, como conseguem por exemplo as humildes lagartixas e outros animais quando perdem partes de seus corpos. Será um super show completo da Ciência!

    8. 6- Atualmente, sob o ponto de vista tecnológico, nem se justifica mais q todas as pessoas passem anos o tempo todo simplesmente assentadas nas cadeiras de rodas (embora as hoje sejam profusamente equipadas c/ incríveis recursos). C/ os fantásticos projetos de exo-esqueletos já viabilizados e em marcha p/ a popularização, elas podem ficar de pé ou em outras posições opcionais. Será o fim definitivo da discriminação e um show de Igualdade Social, ainda que deva sê-lo - sempre - incondicionalmente.

    9. 5- Outro exemplo prático, é o da dispensabilidade da cadeira de rodas para os que sofreram muitos tipos de amputações, já que hodiernamente próteses extremamente eficientes e, até mesmo belas e espetacularmente charmosas em sua estética de design contemporâneo, proporcionam uma eficiência tal que, os categorizam acima da eficiência biológica, vedando-lhes por exemplo a participação em eventos desportistas por ser injusta a competição com as pessoas sem subtrações biológicas.

    10. 4- Um exemplo ilustrativo, óbvio e conhecido de todos nós, é o das crianças, que, em diferentes tamanhos e diversificadas fases evolutivas, ainda assim usufruem sem problema e perfeitamente das cidades construídas em escala adulta, simplesmente porque têm equipamentos e tutoramento da sociedade.

    11. 3- Não é possível, como geralmente e muito equivocadamente proposto, adaptar as cidades inteiras à incontável diversidade de deficiências possíveis nas pessoas mas, é perfeitamente possível com a expertise tecnológica de que já dispomos, criar equipamentos que facultem aos portadores de maiores dificuldades, usarem as cidades como todo mundo, através da adequação dos equipamentos.

    12. 2- o conceito de deficiência física precisa mesmo ser revisto sob enfoques variados, até pq c/a tecnologia de q hoje dispomos, numerosos deficientes físicos (talvez mesmo a maioria) tornam-se perfeitamente *eficientes físicos*, uma vez conjugadas, somadas, compostas ou amalgamadas as características físicas c/ as tecnológicas, podendo mesmo em alguns casos, essa eficiência "biônica" superar a eficiência dos q ñ sofreram tipo algum de subtração ou diminuição da sua capacidade física ou cognitiva.

  14. Moro, permita me usar esse espaço para questionar sobre os hackers que invadiram seu celular. Se verdade for, como sugere a prisão deles, fica comprovado as mensagens descobertas, entre as quais aquela que o sr. tenta proteger o FHC, quem o senhor julga o apoio importante demais pra ser melindrado. Fico pensando, foi absurdo o revelado pelos hackers.

    1. Não entendi o raciocínio do colega: como é que a prisão de um criminoso prova que o que o foi dito pelo criminoso contra terceiros é verdadeiro? Ele pode ter sido preso por cometer o crime de invasão e ainda assim ser um mentiroso que inventou coisas contra o então juiz, concorda? Ademais, sobre FHC, o próprio dr. Sérgio Moro já explicou, o processo foi arquivado porque o crime estava prescrito e, que fique bem claro, quem determinou o arquivamento foi outro juiz - nunca é demais relembrar.

    2. kkkkkk como os aloprados conseguem subverter tudo hein... Fica implícita a lógica naquele atual momento de não mexer no vespeiro tucano, pois a frente de atuação era outra. A lava jato foi comendo pelas beiradas até chagar nos caciques, hoje vemos a cúpula do PSDB sendo pressionada pela Lava Jato e a consequente retaliação de Gilmar Mendes com seu maior aliado atualmente para sepultar de vez a mesma. Sim, Bolsonaro é o maior aliado do Gilmar atualmente. bovinos são irmãos siameses dos mortadela

  15. Belo artigo Sérgio Fernando Moro! Sabemos que a partir de 2022 o senhor será o Presidente do Brasil (mesmo que isso possa parecer impossível hoje) e tenho certeza que irás se preparar para isso no tempo certo. Um passarinho do bico azul informa que o senhor deverá retornar ao governo no próximo ano, mas com o General Hamilton Mourão como presidente. Isso irá pavimentar sua chegada como Presidente da República em Janeiro de 2023. Saúde e proteção divina para o senhor chegar lá.

  16. Parabéns pelo abalizado artigo, Dr. Moro! Concordo que precisamos discriminar a deficiência de caráter porque prejudicial a qualquer sociedade que se almeja sadia. Com a discriminação de caráter podemos ter políticos de qualidade e uma nação virtuosa.

  17. Parabéns pelo tema abordado, acalentando a todos que sofrem de alguma deficiência, levando esperança de um país melhor. Melhor administrado, mais justo, livre da pior praga no serviço público que é a corrupção. Uma pena estarmos nas maos de gente sem qualquer espírito público e caráter.

    1. Dr. Moro. Hoje entendo como o Mercanismo funciona. Hoje entendo que o Mercanismo foi dado a missão a alguém para lhe tirar de Curitiba. Mas esqueceram que vc deu coragem muitos brasileiros juiz que perderam o medo. Hoje temos muitas lavas jatos pelo Brasil. Venceremos o Mercanismo que foi criado neste país de sugar seu povo. Aqui casa vc tem quatro votos.

  18. Moro vai escrever para outro pasquim. Provocar só 220 comentários é uma vergonha. O leitor dessa revista Crusoé, que se mostrou no inicio de muita credibilidade Hoje sumiu ninguém sabe ninguém viu. Acabou quem manda hoje na imprensa seria é a revista Oeste.

    1. Difícil saber se Elói é bolsonarista ou petista kkkkkk

    2. Sr Eloi! Sua métrica não consegue atingir nenhum objetivo ...já que o Senhor não exercita o direito de "Comentar",quer ele seja de acordo,em desacordo ou "mais ou menos"! Por favor Sr.Eloi comente e não se preocupe com quantos comentam mas sim com o que comentam para que todos possamos ganhar com sua crítica e discernimento! Nossos exs e atuais líderes são referendados por mais de 50 milhões de votos....e vê o que tem acontecido?

    3. Eloi !!! mesmo concordando vc quer arrumar motivo pra reclamar. vai pro twitter. aqui a gente só lê mesmo.

    4. Tolice. A maioria dos assinantes não têm o hábito de postar, porém, muitos fizeram uma exceção no primeiro artigo do Moro. O combate à corrupção está no DNA da CRUSOE e nós, assinantes, não somos traíras. Estaremos sempre como o Moro.

    5. Coitado do colunista que viver de comentários em suas colunas... Cada bobagem!!! Eu mesmo leio sempre os colunistas mas posto pouquíssimo, tenho esta revista (poderia ser outra publicação) como material informativo, não existe obrigação do leitor em comentar em nenhuma notícia! #MOROpresidente2022

  19. Precisamos de políticas públicas para a deficiência de caráter, ou seja, leis rígidas por pessoas sérias e não deficientes, para combater a canalhada!

  20. gostaria de saber qual a opinião de Sergio Moro sobre a questão mais importante do Brasil, educação pública, como a qualidade possa atingir a educação básica.

  21. Excelente!Lúcido, coerente e humano. A deficiência de caráter é a única que devia sofrer retaliações e no entanto ainda é enaltecida por certos grupos da sociedade.

  22. Dr Sergio Moro atravessaremos esses mares revoltos e um dia haveremos de ser um país respeitável. O senhor é um ícone que incorpora e traz esperança a esse desejo.

    1. A Lava Jato nos estava dando esperança de que o Brasil finalmente entrara na rota certa, rumo ao "país respeitável" que você citou. Mas aí veio o retrocesso.

  23. Excelente. Infelizmente a deficiência de caráter é a que mais estamos vendo nos Poderes do País. Ainda bem que existem pessoas como o senhor que não nos deixam perder a esperança.

  24. A deficiência de caráter pode ser corrigida pela educação de qualidade. A começar pela formação inicial e continuada dos professores. Essa é uma missão essencial para a sociedade que queira evoluir em princípios morais que resultem em prosperidade e humanismo.

  25. Deficiência de caráter é o maior problema da maioria dos brasileiros. E não adianta dizer que é um mal dos políticos, membros do judiciário ou da elite. Pelo contrário, estas castas, são apenas uma pequena amostra da verdadeira nação.

  26. Parabéns pelo maravilhoso artigo. A lei de inclusão dos deficientes tenta amortizar os desiguais com benefícios fiscais essenciais no cotidiano dessas pessoas e de seus familiares. Por outro lado, a deficiência interior, de caráter, é, infelizmente, o mal maior que corrói a sociedade hodiernamente. Sou sua fã incondicional. Vamos para 2022.

    1. infelizmente para a deficiência de caráter não tem cura, parabéns moro! Lena

  27. .”... as deficiências que precisam ser ultrapassadas são a da própria sociedade !” Magnífico !! Disse tudo . E como as temos . Infelizmente . As físicas ,( não as excepcionais , lógico ) não obstam ao exercício da cidadania . Temos muitos exemplos disto . Mas em todo contexto , as morais , no tecido social, são as mais devastadoras .

  28. Os Estados Unidos são o país que mais demonstra respeito às pessoas portadoras de deficiência física. Em qualquer pequeno lugarejo existem equipamentos próprios para suavizar a vida dos que possuem problemas de ordem física, além das atitudes de extremo respeito e ajuda, visíveis em toda parte entre os americanos. Estamos muito distantes dessa abordagem, infelizmente. O portador sofre bullying nas ruas brasileiras e é esquecido pelos governantes quanto às facilidades para locomoção e atenção.

  29. In Moro we trust. MORO Presidente, Deltan Dallangnol no STF e Eliana Calmon no MJSP. É de pessoas desse naipe que o Brasil precisa, não de falsos salvadores da pátria, que após eleitos esquecem todas as promessas de campanha e só pensam em reeleições eternas.

  30. Deficiência de caráter campeia entre os Executivos, Altas Cortes, Congresso, Assembléias Estaduais e Câmaras Municipais, em sua grande maioria.

  31. Estou muito feliz em ver esse tema tratado com tamanha sensibilidade ,porque tenho dois filhos autistas. O importante é a mudança da sociedade, o abandono do preconceito que mostra o tamanho da ignorância.

    1. Só um estadista enxerga um problema tão relevante para o País e para todos, no seu dia a dia. Um político se preocupa com as eleições; um estadista, com o futuro das gerações.

  32. assim como a ética e a moral, o caráter vem de berço, e pelo visto, ao retrocedermos na "famíglia" não acharemos nenhum tipo vestígio disso

  33. Ótimo e bem observado!!! Aproveitando como anda a operação Spoofing na qual tentaram lhe incriminar com o roubo de mensagens. Conseguiram achar os mandantes? O Jornalista e a Manoela não estavam envolvidos? A sociedade precisa saber quem tentou desmoralizar a lava jato. Crusoé vamos por essas perguntas para a justiça responder. Bom domingo a todos.

    1. Como anda essa investigação. Alguém sabe de alguma novidade?

    2. Muito bom Dr. Moro. Verdade Pedro será que vai acabar em pizza sobre os verdadeiros culpados.

    1. Eu também gostaria, porém acho que não o verei, hoje os bolsopetistas estão em grande número, as vezes tenho a impressão que a maioria dos brasileiros só podem ser lunáticos... Defendendo um destes dois imbeciles... um ex e um atual presidente!

  34. Perfeito o que disseste “ deficiência de caráter” realmente uma expressão que resume uma parte do que a nossa sociedade pratica, infelizmente, e em grande número na classe política e jurídica.

  35. Quero muito acreditar que podemos ter uma renovação no cenário político. O critério seria procurar eleger aqueles sem a citada “deficiência de caráter “. Não é tarefa fácil pois os honestos não são valorizados em seus partidos, mais vamos tentar.

    1. Mais uma vez, obrigada CRUSOE por nos trazer os artigos do Moro.

  36. É um bom texto e um debate de relevância social. Se me permite uma sugestão, seria interessante centralizar menos no direito positivo, ou, qualquer exemplo dos EUA. É claro que é uma influencia considerável, contudo, estou pensando nos resultados, estratégias e interpretações. Temos uma longa e relevante história sobre conquistas referentes à defesa de direitos de pessoas deficientes no Brasil. Em tempo, continue firme, força Moro!

  37. Desigualdades no país não faltam. Podemos citar que somos um país das desigualdade. De todo jeito e camadas sociais.Essa é mais uma. A classe produtiva nunca viu com bons olhos essa categoria. Pelo contrário, durante muito tempo, uma camada de grande custo social. A consciência de integração social tem poucos anos de vida. Há muita mão de obra que pode ser aproveitada. Aos poucios vão fazendo parte da consciência popular. O adjetivo coitado, se transforma em substantivo.

  38. Parabéns pelo artigo ! Falou tudo numa frase: “Deficiência de caráter “ , como temos pessoas assim em nosso Brasil ! Pessoas poderiam fazer o bem para seus cidadãos , mas faltam-lhes caráter ! Triste !

  39. "A moral é o cerne da Pátria. A corrupção é o cupim da República. República suja pela corrupção impune tomba nas mãos de demagogos que, a pretexto de salvá-la, a tiranizam. Não roubar, não deixar roubar, por na cadeia quem roube, eis o primeiro mandamento da moral pública". ULYSSES GUIMARÃES, em 05/10/88 ao promulgar a Constituição de 1988. Em 2022 vamos eleger SERGIO MORO Presidente do Brasil! Pedro Geraldo

  40. Sérgio Moro sempre brilhante! Tremendamente traído e injustiçado! " Meu Deus, meu Deus, mas que bandeira é essa ,que impudente na gávea tripudia..."

  41. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  42. Muito bom. Concordo plenamente. Mas estamos evoluindo. Ao menos enxergando os deficientes e já falamos a palavra inclusão. Obrigada

  43. Parabéns pelo artigo, por ser quem é. O senhor nos fez acreditar que justiça pode existir no Brasil. Basta sabermos fazer a coisa certa pelos motivos certos. Estarei sempre do seu lado. Apesar do Bolsopetismo e dos corruptos de plantão em todas as instituições. Avante.

  44. Boa análise. Entretanto, vale enfatizar: há deficiências permanentes e transitórias. Aquelas dizem respeito a limitações físicas. Estas têm origens econômicas, culturais. Cotas são remédio para as primeiras. Bônus para quem só precisa de apoio para superá-las. No mais, a sociedade deve primar pelo mérito, pelo reconhecimento do trabalho, do esforço, da dedicação. Avante Moro!

    1. Ele tem uma biografia a zelar, ao contrário dos seus ídolos que têm um passado desonroso a esquecer.

    2. Pela quantidade de comentários acho que não sou o único que não acredita mais nesse Senhor. Respeito a opinião de todos mas minha opinião e essa.

    3. Mais um que não aprecia valores como honestidade, senso de justiça e coragem. Tipo bem comum atualmente.

  45. A informação sobre este tema tem sempre que ser apresentada, pois há em nossa sociedade pouco conhecimento sobre os diversos tipos de necessidades especiais. Falta empatia da sociedade (principalmente de alguns humoristas que deveriam nos fazer rir e muitas vezes geram revolta) para assimilar a dor e as dificuldades e também para se alegrar com as alegrias conseguidas com pequenas conquistas de pessoas com necessidades especiais.

  46. A pior deficiência do ser humano é a deficiência de caráter. Essa não tem lei que possa amenizar. Excelente artigo elevando a importância da lei para os deficientes físicos e um paralelo com a nossa sociedade.

  47. Parabéns Sérgio MORO, pelo seu texto! A conclusão é perfeita! O que deve ser segregado é a falta de caráter. (tão presente em nossos governos.)

  48. Perfeito!!! Respeito ao ser humano é fundamental, mais ainda aos que têm deficiências. Mas mal caratismo é realmente imperdoável. 👏👏👏👏

  49. Infelizmente é exatamente falta de caráter que esta faltando para a maioria dos políticos e empresários brasileiros! O Brasil é compulsório no que se refere á corrupção

  50. Muito bom. Realmente a conclusão do texto toca numa questão que afeta demais nosso país, os deficientes morais no congresso espúrio, no executivo leniente e no judiciário promíscuo.

  51. Trabalho na rede pública de saúde e tenho dó dos portadores de deficiência que demandam por esses serviços. Se os “normais” sofrem, imaginem os “especiais”. O maior vírus desse país é a corrupção. Sigo com Moro. Texto maravilhoso.

  52. Perfeito e comovente! De fato, a única deficiência que precisa ser combatida e condenada é a de caráter, que, por sinal, parece ser mais contagiosa nas esferas de Poder do que a COVID-19...

  53. Mais uma vez o cidadão MORO nos presenteia com uma coluna brilhante, num ambiente cheio de ódio e revanchismo, mostrando que a única deficiência que destroe a sociedade é a de cara ter.

  54. Dr Sergio Moro, creio que o sr tem plena consciencia da sua missão aqui neste pais. E sabe tambem que Deus nunca lhe faltara nessa verdadeira guerra que o sr tem travado, Ele lhe deu todas as armas que o sr vai precisar. Estamos torcendo pela sua vitoria , que sera a nossa tambem. Não desanime, estamos com o sr. Parabens Crusoe.

  55. Falar sobre pessoas com deficiência e suas peculiaridades é um tema comovente, que faz-se necessário a atuação conjunta e articulada das instituições, destacando o importante papel do MPE de criar mecanismo para eliminar as barreiras e promover a igualdade de condições para as pessoas com deficiência. Não é a pessoa, portanto que apresenta uma deficiência, mas a sociedade e o meio. Parabéns dr. Sergio Moro pelo artigo! Agradecemos pelo seu olhar sensível a essas causas.

  56. Moro, ótimo que comece a ensaiar ir muito além da Lavajato! É o que o Brasil espera de você! Embrenhe-se nos grandes temas nacionais, buscando a expertise dos muitos que estarão dispostos a ajudá-lo!

  57. Presidente Moro gostei da sutileza. A deficiência de caráter do atual ocupante do Palácio do Planalto é algo repulsivo para se dizer o mínimo. Parabéns pelo artigo!

  58. Na linha da excelente explanação, fica a lembrança do descumprimento quase que criminoso por parte dos municípios brasileiros da NBR 9050 - Norma de Acessibilidade, sendo o maior representante do desrespeito as calçadas e passeios de pedestres.

  59. Texto conciso e preciso. Aponta direto ao ponto nevrálgico de nossa sociedade. Precisamos de mais pessoas com caráter limpo, similar ao de Moro.

  60. Excelente lembrança do nosso querido Moro. Infelizmente o Brasil trata muito mal os desiguais, e a própria lei é negligente nesse sentido. Basta ver a dificuldade da pessoa portadora de deficiência se aposentar como tal, mesmo a ciência provando documentalmente sua deficiência, ela ainda estará a mercê da discricionariedade de um perito do INSS. Absurdos se multiplicam ainda no dia a dia dessas pessoas, a mobilidade, a comunicação e a socialização dos deficientes é um desafio a ser vencido.

  61. Dr. Moro, seus apoiadores no momento atual, pode não ser um número expressivo, porém, a sua imensa maioria é constituída de pessoas sérias/honestas. Isso significa um capital político que ninguém no Brasil possui. Esse rico capital político, o Senhor conquistou com um brilhante e corajoso trabalho na Lava Jato. Continue sua luta a favor da moralidade.

  62. A " preocupação " de Mc Namara dos idos de 60 permanece atual. A criminalidade em todas a esferas da sociedade é uma catástrofe maior para o cidadão comum do que foi o Comunísmo para o " Capitalista ". Moro reúne condições para nos guiar rumo a uma sociedade mais pacífica , mais produtiva e economicamente mais desenvolvida. Um líder sério atrai investimentos sérios. Os anos 50 e 60 foram " dourados " porque tínhamos onde trabalhar.

  63. Dr.Moro, eu e milhões votaremos em quem o senhor apoiar. Isso porque o senhor não iria conseguir governar com aquela caterva enraizada nos três poderes. Aliás, como as Mãos Limpas da Itália, demoliram a Lava Jato.

  64. De Moro Muito obrigado por pautar um assunto que demonstra o seu carácter ,do seu cuidado com os mais vulneráveis e o porquê de não ter medo de enfrentar os poderosos manipuladores que há muito elegemos para dirigir os destinos de Brasil. Nosso País ,nossas cidades e nossos serviços são a demostração cabal de como cuidamos dos mais vulneráveis e nosso líderes se preocupam Parabéns por nós lembrar

  65. Sempre coerente com seu passado, o senhor é uma voz que clama no deserto. Mas não desanime porque seu destino é a presidência!!!

  66. Muito bom o comentário entretanto deixe o comentário sobre ataques à lava jato e deficiência de caráter para temas políticos. O Sr. uma pessoa muito serena misturando um assunto tão sensível e importante misturando com propaganda política soa oportunismo o que não parece ser do seu caráter entretanto no restante a análise foi ótima.

    1. Não , a Lava - Jato deve ser sempre sempre tema em qualquer momento .Pelo que ela fez e pelo que infelizmente estão fazendo com ela. É um exemplo de como se deve exercer qualquer função , independente do tema.

    2. Pertinentes as inserções de ataques à Lava-Jato, incertezas da pandemia e dúvidas sobre a economia como marcas do nosso tempo onde o brilhante Moro luta para termos um país melhor. Na verdade, explicou que, hoje, sairia dos temas clássicos para tratar de assunto diferente no artigo. Excelente, como sempre nosso candidato à presidência em 2020.

    3. Realmente são temas diferentes, concordo com a observação.

  67. Lúcido, bem embasado e justo como sempre. O Senhor, Dr. Moro, segue merecendo o me mei respeito, a minha admiração bem como a de todo brasileiro de bem. Que Deus o guarde sempre do ataque dos corruptos e dos invejosos.

  68. Excelente artigo! Como é de extrema importância se debater sobre este tema. As pessoas com necessidades especiais deve ser tratadas por igual. A constituição diz que todos somos iguais, mas o sistema não é bem assim. O preconceito com estes mais vulneráveis é extremo e repugnante sendo que qualquer um de nós pode ocorrer de se tornar um desses, pois não sabemos o dia de amanhã. Parabéns doutor Sérgio Moro pelo maravilhoso artigo de hoje.

  69. Dr. Moro, comentei no wz e repito aqui. No filme Alamo, j. Wayne interpreta D. Crockett e em uma cena diz: "na vida há o certo é o errado, vc pode fazer um e viver, pode fazer o outro e continuar vivendo, mas sabe que está morto por dentro". O Sr. tem paz porque sempre opta por fazer o certo, o que não é habitual. Que Deus o abençoe, pois o Sr. e Dr. Deltan são joias raras, infelizmente.

  70. Muito bom artigo. Não podemos excluir os atípicos da convivência e oportunidades na sociedade. Por outro lado, a sociedade tem que aprender a conviver com estas pessoas. Assim se constrói uma sociedade forte, onde todos contribuem de sua forma.

  71. Muito bom Dr. Moro! "As deficiências que precisam ser ultrapassadas são as da própria sociedade." E como temos deficiências...

  72. No Brasil não há respeito nenhum à pessoa deficiente físico ou mental. Assim como não há respeito à criança, ao idoso, ao pobre (vide como empregados domésticos são tratados). Somos uma sociedade muito deseducada e, consequentemente, muito atrasada. Temos que educar melhor os nossos filhos ensinando-lhes a importância do respeito e do carinho pelo próximo. Só assim teremos uma sociedade melhor.

  73. Seu caráter humanista , ético e lúcido são gritantes em meio a esses políticos deficientes moralmente! Falta um Moro nos mais diversos segmentos da sociedade , aqueles que têm o poder da transformação e valorização do indivíduo excluído para o participativo e ativo em sua cidadania.Inclusão significa respeito às diversas diferenças e necessidades!!! Sociedades sem direitos básicos como educação e saúde não evoluem , discriminam ,regridem e são servos eternos de um poder totalitário e egoísta!!

  74. Não importa as mentiras que falam os Bolsonaristas e Petistas sobre Sérgio Moro. A verdade é que o ex-juiz entrou para história do país como a primeira pessoa, que junto como a Operação Lava Jato, condenou e colocou na cadeia corruptos graúdos que há décadas dilapidavam o patrimônio público. O grande anseio dos Brasileiros Honestos é que Sérgio Moro continue na vida pública e se candidate ao cargo de Presidente, pois com sua honestidade e competência poderá colaborar muito com o Brasil.

    1. Excelente postagem. Íntegro. O texto é importante.

  75. Só tenho a agradecer a este homem por sua luta admirável pela igualdade dos homens perante a justiça e a vida. Sobra-lhe o que falta à maioria dos políticos e cidadãos que os apoiam: caráter.

  76. Estive recentemente em viagem ao nordeste e moro aqui em SP. Fico assustado como as mentiras alastradas pelo gabinete do ódio trouxeram repulsa e uma má avaliação à pessoa do ministro Moro. Eu pessoalmente torço para que alguém como o Moro ocupe uma das cadeiras do senado ou da câmara como um primeiro step. Contudo será necessário reverter essa imagem mostrando a verdade. O que digamos com essa maquina de fake news não é facil.

  77. Obrigado Dr Moro pelo artigo, um grande momento de reflexão da solidariedade e humanidade, nós precisamos diante desse vírus chinês, o qual quebrou as fronteiras dos países, deixando os governantes de joelhos, aqui nas terras tupiniquim abriu às portas da corrupção para governadores e prefeitos com raríssimas exceções, tudo em prol de salvar vidas o dinheiro público ficou nos bolsos dos sanguessugas, triste e dura realidade brasileira a mesquinhez e o oportunismo dos donos do poder. MORO 2022.

  78. Moro já tem seu nome inscrito na historia como um Cidadão Exemplar, tanto nos aspectos relacionado ao carater, honradez, preocupação com o futuro do país e da sociedade todos requisitos básicos para um Presidente da República, atributos que lamentavelmente estão faltando ao atual presidente. MORO 22.

  79. Caro Sérgio.Seus textos sempre oportunos. Devo relembrá-lo a permanecer infenso às "vivandeiras" que o incensam como futuro PR. Seu destino é salvar o Brasil. Não pule etapas. Seja Senador em 2022. E agregue ao tema deste artigo uma de suas missões como senador da República. Conte com a gente. Alvaro Costa (@brasilia_urgente) no insta.

    1. Já falei sobre o nosso maior brasileiro em vários depoimentos. Agora só resta dizer viva por mts anos o Brasil agradece viva Dr MORO

  80. Moro 2022 - nosso presidente. Esperança de renovação da política nacional. No entanto, a central de indecência o famigerado CENTRÃO, vai fazer de tudo para obstruir o caminho de Sérgio Moro em sua cruzada pelo fim da impunidade. Conta com apoio eficiente da PGR e do STF.

  81. Quando vejo a idiotice dos que lhe atacam me sinto mal...me causa orgulho saber que ainda temos brasileiros honrados...#EmMoroEuConfio eu lhe desejo um monte de coisas boas...bandidos não conseguirão ofuscar seu brilho...

    1. Concordo plenamente com você Maria. #EmMoroEuConfio

  82. Dr Moro, sempre coerente e lúcido, nos apresenta, nesta coluna, seu lado mais humanista, preocupado com a inclusão digna de pessoas portadoras de deficiência na sociedade. Como médica neurologista, que lida diariamente com pessoas com deficiências variadas, este tipo de artigo é extremamente bem vindo.

  83. Todo processo de inclusão de minorias é longo e árduo, mas as novas gerações estão conseguindo avançar. Falta muito, e líderes com esse pensamento devem estar em posições de decisão. Moro 2022.

  84. Mais uma reflexão equilibrada, fundamentada, humanista, desse Enorme Brasileiro. Obrigado à Crusoé por permitir a muitos ver essa luz, nesses tempos um tanto sombrios (haverão de passar...)

  85. Infelizmente essa deficiência de caráter é a que mais vemos na nossa política. Espero muito que isso mude. O seu trabalho nos deu essa esperança, Dr Sérgio Moro.

  86. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE” é nossa resposta ao ACORDÃO de BOLSONARO com o ESTABLISHMENT! Não seremos LUDIBRIADOS com o “velho plano de MELHORAS NA ECONOMIA!” Triunfaremos!

  87. Esse é o nosso futuro presidente. As pessoas que estão, hoje, nos 3 poderes em Brasília, não sabem e/ou não possuem CARÁTER.

  88. Parabéns pelo belo artigo e agradecimentos eternos por tudo que fez pelo nosso país no combate à corrupção, Dr. Sérgio Moro.

  89. Obrigada pelo artigo. Infelizmente as políticas públicas sofrem muitos desvios antes de atender o público alvo. Programas mal elaborados, ações com desvios e erros na execução, controle social insignificante. Muito a evoluir.

  90. A pior deficiência que existe, citada nesta coluna, talvez nunca deixe de existir, ainda que tenhamos homens dignos e honrados, como o próprio autor do texto.

  91. Talvez a deficiência de caráter nunca deixe de existir, por mais que possam existir homens honrados e dignos como o nobre autor deste artigo.

  92. Sei que existem milhares de pessoas que como eu, são fãs do senhor. Não é para menos. Apesar de gostar de todos da Crusoé , aguardo com ansiedade seus artigos impecáveis. Espero que a Crusoé lance uma revista escrita, com todos seus artigos. Gostaria de guardá-los. Obrigada!

  93. As eleições municipais estão chegando, e a inclusão de pessoas com deficiência é uma pauta apenas periférica. Diogo Mainardi escreveu uma bela coluna sobre o tema ainda pela Veja, em 2003. Isso é um gigantesco custo de oportunidade que o Brasil arca, como tantos outros.

    1. Outra mensagem importante do Diogo Mainardi foi a falta de caráter que os petistas fizeram com o filho dele.

  94. Brilhante,como sempre. Realmente,o desvio de caráter é o mal que assola nosso país,e encontra-se exatamente em certo palácio,em certo congresso sob a batuta de um certo presidente que é motivo de vergonha ao nosso Brasil. Moro 2022.

  95. A deficiência de caráter tem prevalecido na política brasileira. Devemos continuar na luta para reverter essa triste realidade.

  96. Parabéns, Moro, no momento a sociedade tem que se preocupar em ultrapassar a deficiência moral, só assim a inclusão das pessoas com dificuldades especiais poderá ser celebrada de verdade. Moro/2022.

  97. Os indios costumam sacrificar os bebês com deficiência e o Estado procura evitar esta “atrocidade”. A questão da deficiência de caráter entre os indios é resolvida com uma flechada no meio do peito. Sic.

  98. Parabéns Dr. Moro e Sra. Rosangela. O sr. deve mmo se manifestar sobre todos os temas que dizem respeito ao País. Assim as pessoas vão conhecendo suas opiniões e estará forte daqui a dois anos.

  99. >> Vivendo entre "centrões" de todos os lados, é esperançoso ver lado lúcido e positivo num texto cristalino em que 'A única deficiência que podemos discriminar é a deficiência de caráter'. >>> E esta está por todos os lados, como uma pandemia. ... Muito bom, Dr. Sergio Moro e a esposa colaboradora.

  100. Valeu,esse texto nos leva a refletir quem tem uma infinita deficiência de caráter,chama-se Bolsonaro.Moro pra presidente.

    1. Parabéns , Dr Moro. Orgulho nacional . O Sr é a luz no fim do túnel para sonharmos com um país melhor .

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO