A decisão do presidente do Supremo, Dias Toffoli, protegeu Serra, apesar de o STF ter restringido o foro especial

Privilégio condenável

A tentativa da polícia de obter provas no gabinete de José Serra, frustrada por uma liminar de Dias Toffoli, reacende a discussão sobre o foro privilegiado, uma particularidade brasileira que só contribui para a impunidade
24.07.20
Mais notícias
Assine
TOPO