Júlio Nascimento/PR

Depois de Pazuello, ‘Capitã Cloroquina’ vai ao STF para ficar calada na CPI

17.05.21 09:04

Após o Supremo Tribunal Federal conceder habeas corpus para que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello possa ficar em silêncio na CPI da Covid, a médica Mayra Pinheiro, que comanda a Secretaria de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, também recorreu ao STF em busca do direito de não se autoincriminar. Conhecida como “Capitã Cloroquina”, Mayra é uma das maiores entusiastas da prescrição de cloroquina e de outros remédios ineficazes contra o coronavírus. O habeas corpus ainda não foi distribuído a nenhum ministro da corte.

O depoimento da secretária está marcado para esta quinta-feira, 20. Na petição protocolada na corte, Mayra afirma que a CPI “vem impedindo o exercício da prerrogativa constitucional contra a autoincriminação, constrangendo de forma inaceitável pessoas inocentes, que sequer estão indiciadas, denunciadas ou condenadas”.

A médica citou as ameaças de prisão contra o ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten e afirmou que o advogado do ex-chefe da Secom foi impedido de se manifestar durante a sessão. Mayra alega ainda que o presidente da CPI, o senador Omar Aziz, “humilhou pública e desnecessariamente” Wajngarten.

Mayra diz na petição que tem “atuado, permanentemente, com integral respeito aos princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência” e que todos os seus atos “estão respaldados por documentos produzidos pelo Ministério da Saúde e por documentos e publicações científicas, produzidas por pesquisadores de renome nacional e internacional sobre abordagem farmacológica da doença”.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Tinha até apelido de capitã da cloroquina , agora quer todo tipo de proteção. Significa que como o “ ele manda e eu obedeço “ tinham convicção de que o que defendiam tinham culpa no cartório. Porquê nesta hora o bolso vai jogá- los aos leões.

  2. imaginei que a Mayra desejasse muito comparecer para fazer valer as suas razões, a defesa do tratamento precoce e dos fármacos que ela recomendava aos médicos do SUS com tanta energia. Sendo médico, podia ter explicado tudo o que o Bozo ñ era capaz de argumentar. Ao invés de meter a cara, ela tenta segurar primeiro um HC, igual àquele valentão do Pazuello. Triste epílogo de uma falsa guerreira

    1. O Renan está cagando para a CPI, só quer ficar em evidencia e fazer conteúdo para propagando política pessoal para ser usada em 2022. Ele fez jogo de retórica barata com o pedido de prisão, igual as bravatas retardadas de nosso Bozo que vomita ataques ideológicos diariamente, principalmente quando está rodeado de seus seguidores muares.

  3. Se ela agiu corretamente em tudo, como afirma, por que precisa de habeas corpus pra se esconder atrás do silêncio? Quem não deve, não teme!

  4. Esta cpi nao é séria. Tanto o presidente quanto o relator sao dois politicos sabidamente corruptos. Por outro lado ainda tem um Humberto Costa um petista verdadeiro subalterno do ex presidiario Lula. Ia esquecendo, ainda tem aquele senador vice presidente que é escancaradamente contra todos os atos do Presidente da Republica. cpi desacreditada pela sua parcialidade.

    1. Em política é assim que as coisas são. De um lado vc terá vários defendendo o genocídio patrocinado pelo bozismo, de outro lado você terá vários querendo fritá-los para se autopromoverem. A exceção é exatamente os imparciais que são quase raridade em se tratando de políticos. Mas quando olhamos a ficha corrida de atos e comportamentos criminosos, tanto os defensores do genocídio quanto os que se colocam como contrários, são todos sujos e emporcalhados.

  5. Qualquer cidadão tem o direito de calar-se, principalmente numa CPI de cunho eminentemente político presidida e relatada por 2 senadores que de há muito deveriam estar presos por sérios malfeitos inclusive na área da Saúde

    1. Vc está se esquecendo dos cidadãos como eu, que pagam impostos, e querem saber o porquê de não termos vacinas e um overstock de cloroquina. Ela pode ter o direito de se calar. Porém para mim, perderá a oportunidade de explicar o porquê dessa obsessão pela cloroquina. Então se ela se calar, eu concluo que a mesma não tem uma defesa lógica da cloroquina e deve responder, juntamente com o Bozo, pela tragédia que está sendo o enfrentamento da pandemia sintetizada em: falta vacina, sobra cloroquina.

    2. Quem derrubou a Dilma foi o corrupto Cunha, pq não poderíamos ver o mesmo acontecendo agora. Com relação ao direito de ficar em silêncio, acredito que quem não deve não teme. Se deseja calar-se é por saber que fez muita merda.

    1. Zezinho,Zezinho,assim você se entregou,prefere ser amigo do Renan,do Lewandowski,do Maduro..? Eu prefiro a Mayra!

  6. Esta aí é amiga do Joãozinho, aquele mesmo muar que tem um amor não correspondido pelo Takagado! Bozistas são todos iguais: ignorantes, covardes, decrépitos, sórdidos e genocidas!

    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    2. Verdade PB. Deve ser algum tipo de patologia típica de muares bozistas.

    3. Jose, na verdade tanto o Joao quanto o Taka são fissurados no Lula Comunista Barbudo. É uma tara incontrolável que eles tem pelo 9 dedos.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO