Reprodução

Como Navalny complicou a vida de Putin mesmo dentro da prisão

26.01.21 08:55

O opositor russo Alexei Navalny (foto) foi preso no domingo, 17. Dois dias depois, sua equipe publicou no Youtube um vídeo de quase duas horas acusando o presidente Vladimir Putin de ter construído uma mansão de 1,3 bilhão de dólares na costa do Mar Negro com dinheiro de corrupção. Em seis dias, o vídeo teve 87 milhões de visualizações — o equivalente a mais da metade da população russa.

Em sua primeira declaração pública desde que o vídeo foi ao ar, Putin se fez de desentendido. “Eu não assisti ao filme simplesmente porque eu não tenho tempo livre suficiente. Mas eu dei uma olhada nos vídeos que meus assessores trouxeram“, disse Putin. “Nada que está mostrado lá é de minha propriedade e ou nem sequer pertenceu a mim ou a pessoas próximas de mim.”

Além de obrigar Putin a ter de se explicar, o vídeo encolerizou a população e estimulou a participação nos protestos contra o presidente neste sábado, 23. Mais de 100 mil pessoas foram às ruas em diversas cidades. Foi o maior protesto nos últimos sete anos. Em um único dia, 3.650 pessoas foram detidas — um recorde no país.

A estratégia de Navalny é muito sofisticada e bem elaborada. Ele conseguiu muita visibilidade sendo criativo e usando meios alternativos. Além disso, Navalny conseguiu interpretar a insatisfação dos cidadãos russos mais escolarizados que querem mais transparência e menos abuso estatal. Eles estão insatisfeitos com a corrupção rampante no círculo da elite política e econômica que rodeia Putin“, diz o analista internacional argentino Andrés Serbin, especialista em Rússia.

Até onde irá o duelo entre os dois é algo difícil de prever. “Ainda que o presidente tenha se blindado para permanecer mais tempo no poder, ele não pode contar apenas com as forças de segurança para reprimir o povo. Putin também precisa do respaldo entre as diversas facções da oligarquia que lutam por seus interesses e influência“, diz Serbin.

Segundo o vídeo de Navalny, com legendas em inglês, a mansão construída por Putin na cidade de Gelendzhik tem 18 mil metros quadrados, o que é mais de duas vezes a área do Palácio da Alvorada, em Brasília. As informações sobre o prédio foram vazadas por funcionários que trabalharam na construção e ficaram indignados com a opulência.

Mais dados foram obtidos com o uso de drones e visitas clandestinas. Conhecida agora como “Nova Versailles”, a mansão tem campo de golfe, igreja ortodoxa, dois heliportos, um prédio para funcionários morarem, ringue de patinação, um anfiteatro semicircular ao ar livre, uma ponte de oitenta metros, um porto e um túnel que leva direto à praia. O jardim e a estufa são mantidos por quarenta jardineiros. Navalny só deve sair da prisão no dia 15 de fevereiro.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Putin pelo jeito apreendeu com o nosso condenado: nada é dele e também não sabe de nada. Só que o povo russo não é frouxo ( ou Freixo?) como o brasileiro.👀🐮

  2. Já dizia o sábio: Príncipes, governantes e generais nunca são espontaneamente liberais. Tornam-se liberais quando forçados pelos cidadãos.

    1. Desculpa mais todos os povos tem o governantes que merecem eles que o elegeram só olhar na América do Sul e mundo afora 😡😡😡😡

    2. Realmente, Mara. Cansado e desiludido porque não vê luz no fim desse túnel.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO