Mineto/Futura Press/Folhapress

‘Aqui não há foco em nova eleição, mas em vacinação’, diz Doria

29.11.20 20:38

Ao discursar em comemoração à vitória de Bruno Covas na disputa pela reeleição, o governador de São Paulo, João Doria, defendeu o “equilíbrio, a capacidade de gestão e a eficiência”.

“Bruno construiu sua vitória com seu programa de governo e sua própria trajetória. Foi meu sucessor e conduziu com eficiência, com foco. Foi brilhante, foi guerreiro, sério e dedicado”, afirmou Doria.

O governador de São Paulo ainda mandou um recado ao presidente Jair Bolsonaro, dizendo que “aqui não tem negacionismo”. A prioridade, de acordo com Doria, será a vacinação. “Aqui não há foco em nova eleição, mas em vacinação.”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Tais palavras estão registradas em cartório? Fonte? Nem assimilei tais declarações, não se escreve o que ele diz. Vejo para 2022 uma disputa absolutamente medíocre, com nomes de fazer corar um tomate... será possível? Como eu gostaria de ter nascido no pequeno e “entediante” Uruguai... quem sabe ainda dá tempo de ir pra lá?

  2. Dória chamando o Bozo para uma briga. Como o Bozo é covarde, fugirá! A missão mais importante do Bozo nos próximos dois anos é salvar a família. Duvido que ele saia candidato. Na verdade ele já está procurando uma anistia, tal como o Temer!

    1. Verdade Alessandro. Se fosse hoje, o Bozo pularia fora e diria que estava cumprindo a promessa de campanha de não tentar reeleição.

    2. Também acho que o Tenente Pipoca desiste da reeleição vendo que sua aprovação está caindo pelas tabelas. A questão na cabeça do Napoleão de hospício agora deve ser: MINIMIZAR DANOS, em outras palavras, criar um ambiente de proteção para si e sua prole inútil, comedora de filé. Pode ser que o bacurau ainda nos deixe como legado outra eleição plebiscitária na qual ele ressuscite o Partido do Mensalão. Elle é Messias, consegue ressuscitar os mortos...

  3. Se o negócio era eleição, ele estava no lugar errado? O ele acha que somos um bando de babaca? Collor era o Rei do Marketing! Caiu!!!! Seu merchan e sua equipe não vão descolar tua imagem do Bolsonaro. Essa palhaçada de vacina obrigatória e chamar o capitão para arena. E o trouxa vai! O STF entregou o país nas mãos de governadores e prefeitos e vcs estão adorando, roubando, desviando, locupletando e outros artigos menos votados. Dória vc não se reelege Não será presidente!!! Segue o baile!

  4. Se ele aparecesse a seu lado seu escroto, acho que o Boulos ganharia, foi escolhido o menos pior. Nunca vou perdoar o Boulos por me fazer votar no Covas. Ainda com essa Vachina ideia fixa cara, como vc é inconveniente e chato Papagaio de Pirata..

  5. Doria, não adianta querer te distanciar do Bozo. Tu ajudou eleger-lo e isso nunca será esquecido. Tu pegou no saco imundo dele, daí tuas mãos estão impregnadas pela pestilência que deve exarar. Não adianta nem álcool gel, estás imundo como ele.

    1. Dória! , Bruno Covas não venceu o 2º turno, quem venceu foi a falta de opção, Covas até que é um bom menino, mas não para administrar um município da envergadura da Cid de SP. Márcio França tem o pontecial para tal, mas está no partido errado, por outro lado não chegou ao 2º turno. Márcio França! Troque de partido imediatemente, seu partido é um entrave para seus planos de carreira na politica nacional. Desembarque desta agremiação.

    2. tentaram ferrar o doria com o bolsoboulos mais quebraram a cara kkk

    3. É o suficiente para derrotar o jumento corrupto traíra fdp

Mais notícias
Assine
TOPO