Divulgação

Amoêdo quer voltar ao comando do Novo

27.09.21 18:25

Um ano e seis meses após deixar o comando do Novo, João Amoêdo (foto) quer retornar ao posto, segundo anunciou nesta segunda-feira, 27, nas redes sociais. O empresário afirmou que enviou ao Diretório Nacional do partido no último sábado uma carta para se colocar “à disposição” para a retomada da gestão da sigla.

O posicionamento ocorre em meio a um racha no partido. Embora a legenda tenha anunciado a postura de oposição a Jair Bolsonaro em março de 2021, a bancada do Novo na Câmara e Romeu Zema, único governador eleito pela sigla, atuam de forma alinhada ao Planalto.

Fundador do partido, Amoêdo tem uma posição clara quanto ao presidente da República. Neste mês, o empresário uniu-se aos presidenciáveis Luiz Henrique Mandetta, Simone Tebet, Alessandro Vieira e João Doria e participou da manifestação organizada pelo Movimento Brasil Livre a favor do impeachment de Bolsonaro.

Em junho deste ano, Amoêdo comunicou ao Novo a desistência da candidatura ao Planalto em 2022. Agora, com o plano de retornar ao comando do partido, o empresário sonha com a reorganização de forças e a consolidação do papel da sigla na formação de uma terceira via para a disputa presidencial.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. o erro maior do NOVO foi ter aceito PASSA PANO VAN HATTEN que ja vinha de um PP. de onde menos se espera aí mesmo é qUe nao vem nada de bom . ACREDITO EM AMOEDO E EM QUEM ELE E MORO INDICAREM

  2. Será ótimo para o NOVO o retorno de Amoedo, liberal. O NOVO é o único partido capaz de viabilizar a filiação de Sérgio Moro, pois não teve político envolvido na Lava Jato. Outros políticos poderiam migrar para a legenda, exemplo: Alessandro Vieira, Tebet, Kim Kataguiri, entre outros. Precisamos de um partido com um quadro de possíveis candidatos com reputação ilibada, estudiosos, pensadores e pessoas com alta capacidade de execução.

  3. No BR e em todo mundo, qualquer instituição ou partido político que deseja se manter NOVO terá que renovar-se sempre. Uma velha raposa do MDB deixou escapar numa entrevista à um veículo de massa que “na politica, há somente porta de entrada”. O problema do NOVO está pressionando por essas contradições: Há quem deseja preservar princípios e renovar valores, como Amoedo, e quem não se importa com princípios e quer associar-se à pragmática dos valore$ em nome da velha governança.

  4. Parabéns João Amoêdo! Estamos juntos nesta luta para viabilizar uma terceira via nas Eleições de 2022. Lula e Bolsonaro representam as forças trevosas que tiranizam o Brasil.

  5. O Novo se perdeu totalmente. Cada um puxa pro lado e só vem perdendo apoio. Quem não tá satisfeito vai procurar outro partido "mais democrático". No Brasil, infelizmente partido político tem dono.

    1. Nyco Penyco, o muar mais necrófilo de todos os bozistas zurra de novo. Teu dia está chegando criatura vil.

  6. O Novo ( aquele partido ao qual me filiei ), é Joao! O resto sao bolsonaristas enrustidos e infiltrados! Quem é contra Joao Amoedo, nao é Novo!

    1. Quem defende pessoas em vez de ideias certamente não é Novo. E é o que você faz qdo dia que quem é contra ele, é contra o Novo

  7. alguém pode falar pro Amoedo que primeiro ele precisa democratizar o Novo? um partido que tem dono ,não elege democraticamente e periodicamente seus dirigentes não tem nada de novo

    1. É muito interessante ver esse João Amoedo aprendendo que política tem muito pouco a ver com ficar rico no mercado financeiro. Talvez com essa experiência ele perca um pouco da arrogância e perceba que ganhar muito dinheiro, ainda mais trabalhando em Bancos, não o torna um visionário iluminado.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO