Marcello Casal Jr/Agência BrasilPalocci com Lula no auge da era petista no poder: negócios na superfície e nas sombras

Todos os anexos de Palocci

Crusoé obteve a íntegra dos capítulos da delação premiada do ex-ministro de Lula e Dilma. Saiba o que há de novo nos relatos
04.10.19

Quarenta dias depois, policiais federais voltaram na manhã desta quinta-feira, 3, à sede do BTG Pactual, no 14º andar de um moderno edifício espelhado na avenida Faria Lima, centro financeiro de São Paulo. Estavam atrás de novos documentos que possam elucidar mais uma suspeita envolvendo o banco fundado por André Esteves. Desta vez, o vazamento de informações privilegiadas do Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom, entre os anos de 2010 e 2012, no governo Dilma Rousseff. Como na ação realizada no fim de agosto, que também bateu na casa do banqueiro, a nova investida da Lava Jato está baseada na delação premiada do ex-ministro petista Antonio Palocci, com quem Esteves mantinha uma relação de proximidade desde 2005, no governo Lula. Segundo o delator, o controlador do BTG “grampeou” o BC para conseguir de forma antecipada as alterações da taxa básica de juros, a Selic, e lucrar com operações financeiras. Seu informante, diz Palocci, era o então ministro da Fazenda, Guido Mantega.

A lista de malfeitos atribuídos por Palocci a André Esteves é tão extensa que o banqueiro “ganhou” um capítulo exclusivo na delação de Palocci. Crusoé teve acesso aos 39 anexos entregues aos investigadores em que o ex-ministro da Fazenda de Lula e da Casa Civil de Dilma elenca uma série de pagamentos ilícitos feitos a ele, ao ex-presidente petista e a campanhas do partido. Os repasses eram feitos por empresários beneficiados com medidas do governo ou contratos de bancos públicos e estatais. Em um dos capítulos, precisamente o de número 9, Palocci narra suas práticas espúrias com o banqueiro ao longo de quase dez anos e detalha como iniciou a trama dentro do Palácio do Planalto para que o Banco Central pudesse ajudar na campanha de Dilma em 2010. Ele conta que, para o esquema dar certo, era preciso tirar Henrique Meirelles do comando do BC e colocar alguém que pudesse vazar as informações ao PT. Há detalhes. Palocci diz que em 2009, quando era deputado federal, recebeu de Lula, em uma reunião à noite no Palácio da Alvorada, um pedido para comunicar Meirelles que ele seria demitido. O posto seria ocupado pelo economista Luiz Gonzaga Belluzzo. No encontro estavam presentes Mantega e o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula. O delator disse ter se manifestado contra a ideia, mas que daria o recado a Meirelles, seu indicado para o cargo em 2003.

Palocci afirma que dias após o encontro conseguiu convencer Lula a manter Meirelles até o fim do governo. Por isso, viria a ser cobrado por Mantega mais tarde, em uma reunião na sede da Caixa Econômica Federal. Era 2010. Naquele ano, André Esteves, que já havia se livrado de uma punição no Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional em 2005 com a ajuda de Palocci em troca de uma doação de 4 milhões de reais para a campanha à reeleição de Lula em 2006, procurou novamente o ex-ministro. Ofereceu dinheiro para a campanha de Dilma. A ideia era resgatar o plano frustrado do BC no ano anterior e “ser um grande parceiro” no próximo mandato petista. Segundo o delator, 7 milhões de reais do BTG abasteceram a vitoriosa campanha presidencial, dos quais 5 milhões de reais por fora. Em 1º de janeiro de 2011, Alexandre Tombini assumiu o comando do Banco Central e a trama arquitetada por Mantega e Esteves finalmente se desenrolou, conta Palocci.

O caso mais emblemático ocorreu em agosto do ano seguinte, 2011. Segundo Palocci, Tombini informou Mantega e Dilma em uma reunião que, após dois anos de alta, o BC iria reduzir a taxa Selic de 12,5% para 12%. Mantega, então, teria repassado a informação privilegiada para Esteves, antes da divulgação da decisão pelo Copom. De acordo com a delação, o BTG realizou nos dias seguintes uma série de operações no mercado financeiro obtendo lucros muito acima da média. Após as operações, o patrimônio do Fundo Bintang, administrado pelo BTG, cresceu de 20 milhões para 38 milhões de reais em menos de três meses. O ex-ministro diz que a Comissão de Valores Mobiliários, a CVM, chegou a abrir uma investigação para apurar o caso, mas não constatou irregularidades. Em contrapartida pela informação privilegiada, Esteves teria doado 9,5 milhões de reais para a campanha à reeleição de Dilma, em 2014, e repassado 10% dos lucros obtidos pelo Bintang a Lula.

André Esteves chegou a ser preso pela Lava Jato em novembro de 2015, acusado de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró — nesse caso, ele foi absolvido no ano passado. As novas suspeitas envolvendo o banqueiro vão muito além das operações no mercado financeiro. Na operação deflagrada em agosto, a Lava Jato investiga pagamento de 15 milhões de dólares por meio de um fundo que seria reservado a Lula em troca de benefícios ao BTG nos contratos das sondas do pré-sal, caso também delatado por Palocci. Esteves também teria distribuído propina, segundo o delator, para retardar a aprovação de um projeto que permitia a compra de hospitais por empresas estrangeiras até que ele fechasse a aquisição da Rede D’Or, do ramo hospitalar. Feito o negócio, depois ele mesmo pressionou para que a proposta fosse aprovada em 2015. A ideia era vender a rede com lucro bem maior a um grupo canadense.

O BTG não é o único banco mencionado por Palocci no acordo de colaboração, que foi fechado com a Polícia Federal — o Ministério Público Federal rejeitou a proposta do ex-ministro alegando fragilidade das provas. Instituições como Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Safra e Santander também são citadas em supostos pagamentos ilícitos a agentes públicos e ao PT em troca de favores dentro do governo. No caso do Safra, Palocci relata ter sido procurado, em 2008, por Joseph Safra, o dono do banco. Na conversa, o ex-ministro ouviu que o empresário havia recebido uma oferta superior a 3 bilhões de reais para o Safra vender sua participação na empresa Aracruz Celulose ao Grupo Votorantim. Apesar de Palocci ter estimulado o negócio, Safra não quis vender sua parte naquele momento. Mais tarde, por causa da crise financeira internacional de 2008, a Aracruz teve um prejuízo bilionário e Safra pediu ajuda de Palocci, que conseguiu um empréstimo de 2,4 bilhões do BNDES para o Votorantim comprar a parte do banco. Em contrapartida, Safra fez doações de 2,5 milhões de reais ao PT, em 2010, e de 5 milhões de reais, em 2014, além de repasses ao Instituto Lula.

Em outro anexo, Palocci aborda o que ele classifica como “batalha de grande porte” dos bancos para evitar perdas com ações na Justiça impetradas por cidadãos que se sentiram lesados com os planos econômicos brasileiros — entre eles, o Real. Quando esses casos começavam a chegar nas cortes superiores de Brasília, o banqueiro Pedro Moreira Salles, da família acionista do Unibanco, segundo Palocci, o procurou para tratar de uma ação de cerca de 400 milhões de reais. O caso estava relacionado com ação movida pelo banco Multiplic contra o Unibanco.

Segundo o relato do ex-ministro, o banqueiro pedia a intervenção dele junto ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva porque o caso se transformaria numa contestação ao próprio Plano Real. Palocci diz ter conversado com Lula, que indicou o então secretário para assuntos Jurídicos da Casa Civil, o atual presidente do STF, Dias Toffoli, para atuar junto com Palocci em favor dos interesses do Unibanco. “Alguns dias depois, Pedro Moreira Salles envia um longo fax para a casa de Palocci, o qual repassa o documento para Dias Toffoli que, por sua vez, vai ao STF debater a questão com os ministros, em especial com Sepúlveda Pertence, então relator da ação”, diz trecho do anexo entregue por Palocci. De acordo com ele, Pertence, após esse encontro com Dias Toffoli, suspendeu a tramitação desse processo e de vários outros relacionados ao mesmo tema. “Representou uma importante vitória para o Unibanco”, diz o anexo. Dias depois da conquista, Fernando Salles, irmão de Pedro, diz o ex-ministro, fez um convite para ele palestrar em uma das empresas da família. Antes da palestra começar, conta Palocci, Fernando disse: “Nosso convite é uma contrapartida que estamos lhe dando pelo que você fez por nossa família junto ao STF. Queremos chamá-lo aqui durante algum tempo, em agradecimento”.

Como mostrou Crusoé, a primeira busca realizada pela PF no BTG rendeu uma volume tão absurdo de informações que foram necessários sete dias para baixá-los nos sistemas dos investigadores. Agora, a íntegra dos anexos do ex-todo poderoso da área econômica nos governos do PT mostra que as investigações abertas podem criar embaraços não só para o banco, mas para outros gigantes do setor, bem como para vários personagens importantes da cena política. Resumimos, a seguir, o que disse Palocci nos principais capítulos de sua delação.

Consultoria e vantagens indevidas

Palocci revela como usou sua empresa Projeto Consultoria para receber pagamento de propina de empresas por favores prestados a elas quando era ministro da Fazenda (2003 a 2006), deputado federal (2007 a 2010), ministro da Casa Civil (2011) ou simplesmente consultor com influência no governo. Menciona repasses feitos por dez pessoas ou empresas que são detalhados nos demais anexos, como um contrato de 1,5 milhão de reais com o também ex-ministro e advogado Márcio Thomaz Bastos para ajudar a anular a Operação Castelo de Areia no STJ, em 2011.

Lula

O ex-ministro relata que Lula recebia altas cifras de propina através da empresa de palestras LILS e do Instituto Lula — e que ele, além disso, operava uma espécie de mesada em espécie de até 100 mil reais a Lula, com dinheiro repassado pela Odebrecht e pelo Banco Safra. Os pagamentos eram feitos pessoalmente ao ex-presidente ou por Branislav Kontic, assessor do ex-ministro. Palocci também lista as vantagens indevidas que Lula teria recebido da Odebrecht e da OAS por meio do triplex no Guarujá, da reforma do sítio de Atibaia, da aquisição da sede do Instituto Lula em São Paulo e de um apartamento em São Bernardo. Menciona a conta de 300 milhões de reais que a Odebrecht teria disponibilizado ao ex-presidente, cita doação de dinheiro de empresas para financiar o filme biográfico do petista e narra um repasse de 1 milhão de dólares feito pelo ex-ditador líbio Muammar Kadhafi à campanha de Lula em 2002, em uma operação cujos detalhes foram revelados por Crusoé no ano passado. O dinheiro, diz, foi depositado em uma conta do marqueteiro Duda Mendonça na Suíça.

Dilma e Ambev

Palocci diz que a gigante Ambev, por meio de dois executivos, o contratou para que ele atuasse junto ao governo para impedir ou atrasar o aumento do PIS/Cofins que incide sobre bebidas alcoólicas. Ele conta ter ajudado a empresa em três ocasiões — 2010, 2013 e 2014 — e que recebeu vantagens indevidas do grupo por intermédio de um contrato de consultoria. Segundo Palocci, Lula recebeu 350 mil reais por meio de um depósito na conta de sua empresa de palestras. Em 2014, a Ambev ainda teria doado 7,5 milhões de reais para a campanha de Dilma.

Castelo de Areia

Antonio Palocci afirma que em um encontro realizado na residência oficial de Dilma Rousseff, o ex-ministro e advogado Márcio Thomaz Bastos disse que a Camargo Corrêa iria doar 50 milhões de reais para a campanha presidencial da petista em 2010 em troca de uma ajuda do governo para “derrubar” a Operação Castelo de Areia no Superior Tribunal de Justiça. A ajuda do governo seria fomentar a indicação do então presidente do STJ, Cesar Asfor Rocha, para uma vaga no STF. A operação foi anulada em abril de 2011, mas como a indicação de Rocha ao Supremo acabou não se concretizando, a Camargo Corrêa teria pago 5 milhões de reais ao ministro. Pelo serviço prestado, Palocci recebeu 1,5 milhão de reais por meio de sua empresa de consultoria.

Casino versus Abílio Diniz

O delator afirma que recebeu uma oferta de propina de um intermediário de Abílio Diniz para conseguir a liberação de um empréstimo do BNDES que permitisse ao Grupo Pão de Açúcar comprar o Carrefour e impedir que o grupo Casino assumisse o controle acionário da empresa criada por Abílio Diniz. Palocci diz que depois descobriu que o também ex-ministro José Dirceu estava atuando em defesa do Casino para “melar” o plano do fundador do Pão de Açúcar. Segundo Palocci, Jean-Charles Naouri, presidente do Casino, teria oferecido 30 milhões de euros a Lula e o ex-presidente, depois, pediu que ele parasse de ajudar Abílio Diniz. Com a interferência de Lula, o BNDES não emprestou dinheiro ao Pão de Açúcar, segundo Palocci. Os repasses seriam feitos pelo Banco Safra. Segundo a delação, Safra repassou 2 milhões de reais para a campanha do ex-prefeito Fernando Haddad, em 2012, 10 milhões de reais para a campanha de Dilma, em 2014, e ainda fez repasses ao Instituto Lula.

Safra, Aracruz, PT e Palocci

Palocci relata que foi procurado em 2008 por Joseph Safra, dono do Banco Safra, dizendo que tinha recebido uma oferta superior a 3 bilhões de reais para vender sua participação na empresa Aracruz ao Grupo Votorantim. Apesar de Palocci ter estimulado o negócio, Safra não quis vender o ativo naquele momento. Mais tarde, por causa da crise financeira internacional de 2008, a empresa Aracruz teve prejuízo de bilhões de reais e Safra pediu ajuda de Palocci, que conseguiu um empréstimo de 2,4 bilhões do BNDES para o Votorantim comprar a parte de Safra na Aracruz. Em contrapartida, Safra fez doações de 2,5 milhões de reais ao PT em 2010 e de 5 milhões de reais em 2014, além de repasses ao Instituto Lula. Votorantim e Aracruz também doaram, juntas, 11,8 milhões ao partido.

PDG Realty

Palocci conta que recebeu 480 mil reais da PDG Realty para atuar junto ao BNDESPar, a fim de que o banco fizesse um aporte de 155 milhões de reais na empresa que o contratou em 2009, por meio da aquisição de debêntures conversíveis. Ele disse que ligou para o então presidente do BNDES, Luciano Coutinho, fazendo o pedido da PDG, que foi aceito pelo dirigente da instituição pública.

Camargo Corrêa e Petros

O delator descreve que o executivo Luiz Nascimento, da Camargo Corrêa, repassou 28 milhões de reais ao PT, ao também ex-ministro Luiz Gushiken e a Lula, via instituto, empresa de palestras e em uma conta no exterior aberta pela JBS, para que a Petros, o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, comprasse a participação de 5% da empreiteira do Itaú S/A. Segundo Palocci, o negócio foi efetivado em novembro de 2010, por mais de 1,6 bilhão de reais.

André Esteves

O ex-ministro narra uma série de pagamentos ilícitos do banqueiro fundador do BTG Pactual em troca de informações privilegiadas do Banco Central que permitissem sua empresa lucrar com operações no mercado. Segundo Palocci, o ex-ministro Guido Mantega antecipava a Esteves as decisões do Copom sobre a taxa básica de juros. Em troca, Esteves teria doado 9,5 milhões de reais para a campanha à reeleição de Dilma, em 2014, e repassado a Lula 10% dos lucros obtidos por um fundo beneficiado com as informações privilegiadas.

Refis da Crise

Palocci relata detalhes da compra da Medida Provisória 470, conhecida como o Refis da Crise, por ter instituído um programa de refinanciamento das dívidas de empresas com o governo federal. Segundo o delator, o texto da MP foi redigido por Maurício Ferro, então diretor jurídico da Odebrecht. Segundo Palocci, a empreiteira repassou 50 milhões de reais ao PT via caixa 2; Benjamin Steinbruch, da Companhia Sidergúrgica Nacional, repassou 14 milhões de reais por meio da Odebrecht; e Rubens Ometto, da Cosan, fez doações oficiais ao PT.

Carf

Palocci afirma que, no primeiro semestre de 2011, quando era ministro da Casa Civil do governo Dilma, foi procurado por um diretor da RBS que lhe pediu ajuda para resolver uma multa de 500 milhões de reais aplicada à empresa pela Receita Federal. Segundo o delator, Dilma deu sinal verde para ele entrar no circuito e resolver a questão. Palocci disse ter pedido para o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, interferir no caso e recomendado que a RBS pagasse propina aos membros do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, o Carf. Em contrapartida, “diversas intervenções midiáticas por parte da RBS foram realizadas em prol dos interesses do governo Dilma”.

Petrobras e Sete Brasil

O ex-ministro diz que a Petrobras, na gestão de Graça Foster, reduziu o preço de venda dos ativos na África de 8 bilhões de dólares para 1,5 bilhão de dólares e que 50% foram arrematados por André Esteves mediante pagamento de propina de 15 milhões de dólares, intermediada por Guido Mantega. Segundo Palocci, Esteves também interferiu para trocar o comando da Sete Brasil, a empresa de sondas do pré-sal. O delator cita ainda corrupção envolvendo contratos de publicidade da Petrobras na gestão do ex-diretor Wilson Santarosa. Um dos casos mencionados envolve um contrato de 2,6 milhões de reais para anúncios na revista IstoÉ.

Banco Panamericano

Palocci relata repasses ilícitos de 19 milhões de reais feitos ao PT pelo Grupo Silvio Santos, para que a Caixa Econômica Federal comprasse 35% do Banco Panamericano em 2009, por 739,3 milhões de reais. Depois, o ex-ministro convenceu André Esteves a comprar outra parte do Panamericano, que passou a receber aportes financeiros da Caixa.

Fernando Pimentel

Palocci menciona o pagamento de 2 milhões de reais da Camargo Corrêa à campanha do ex-governador de Minas Gerais em 2010 e o envolvimento do petista na guerra de dossiês envolvendo os tucanos Aécio Neves e José Serra na eleição presidencial daquele ano.

Gleisi Hoffmann

O ex-ministro detalha uma doação oficial de 1 milhão de reais da Camargo Corrêa à campanha da ex-ministra ao Senado, em 2010. Fala ainda de um repasse de 800 mil reais da OAS e de 2 milhões de reais entregues via caixa 2 da Odebrecht.

Carlos Zarattini

Palocci relata caixa 2 de 50 mil reais da Odebrecht para a campanha do deputado petista em 2010.

Jilmar Tatto

Um dos anexos da delação menciona um caixa 2 de 500 mil reais para o ex-deputado em 2010.

Tião Viana

Palocci narra o repasse de 1,5 milhão de reais via caixa 2 pela Odebrecht para a campanha de ex-governador do Acre em 2010.

Lindberg Farias

A Odebrecht, diz Palocci, repassou 3,2 milhões de reais via caixa 2 para a campanha de ex-senador petista.

Obstrução à Justiça

Palocci narra o plano de nomear Marcelo Navarro ministro do STJ para estancar avanço da Lava Jato e soltar Marcelo Odebrecht, em 2015. Também fala da nomeação de Lula para a Casa Civil no governo Dilma, para tentar tirar o ex-presidente da alçada da 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada pelo então juiz  Sergio Moro.

Engeform

O ex-ministro confessa ter recebido propina de 160 mil reais da Engeform por meio de sua empresa de consultoria, em 2011, para ajudar a empreiteira entrar para o clube das prestadoras de serviços da Petrobras.

Parmalat

Palocci relata que, em 2008, atuou em benefício da Parmalat para que a empresa conseguisse uma liberação de crédito do Banco do Brasil. À época, o presidente do banco era Rossano Maranhão, que havia sido indicado por ele. O ex-ministro disse ter recebido propina de 100 mil reais da Parmalat nesse caso.

Fusão Itaú-Unibanco

Palocci cita repasse de 4 milhões de reais à campanha de Dilma, em 2010, para a atuação da base governista em favor da fusão Itaú-Unibanco e para que o Banco Central aprovasse o negócio.

Banco Bradesco

O delator narra uma série de doações feitas pelo banco a campanhas do PT, em troca da defesa dos interesses da instituição no conselho de administração da Vale, como a manutenção de Roger Agnelli na presidência da empresa, e em troca de informações privilegiadas junto ao Banco Central, para que o Bradesco não perdesse dinheiro com as variações da taxa Selic. Segundo Palocci, Bradesco e a Vale repassaram mais de 53 milhões de reais ao PT entre 2002 e 2014.

Votorantim

Palocci relata que atuou para salvar o Grupo Votorantim da crise financeira, fazendo com que o Banco do Brasil comprasse 49% do Banco Votorantim — foram injetados 4,2 bilhões de reais na instituição. O delator menciona ainda sua participação na redução de multas do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cade, aplicadas ao Grupo Votorantim.

Aeroportos de Viracopos e Galeão

Palocci relata que, em 2012, a então presidente Dilma Rousseff se envolveu diretamente na concessão do aeroporto do Galeão, no Rio, para que a Odebrecht ganhasse a concessão. Segundo o delator, o edital foi direcionado para a empreiteira em troca de repasses para campanhas do PT. Ele diz que 4 milhões de reais foram pagos ao ex-ministro da Aviação Moreira Franco.

Banco do Brasil e Brasil Seguros

Palocci cita pagamentos ilícitos feitos pela seguradora Mapfre ao PT no exterior, em troca de favorecimento em negócios com a Brasil Seguros. Segundo ele, o dinheiro foi depositado na conta aberta para o partido no exterior pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS.

Luciano Coutinho

O delator descreve o papel do ex-presidente do BNDES na intermediação de caixa 2 para campanhas do PT. Segundo Palocci, ele recebia os tesoureiros do PT Edinho Silva e José de Filippi Junior e pedia contribuição eleitoral às empresas que tinham contrato com o banco em prol da manutenção dos negócios.

Fusão da Sadia com a Perdigão

Palocci relata como atuou para a liberação de um empréstimo do BNDES e para que a fusão fosse aprovada pelo Cade, em 2011. Ele menciona a participação do ex-ministro José Eduardo Cardozo, da Justiça, nas tratativas e doações de dinheiro ao PT e ao Instituto Lula.

Porto da Odebrecht, TCU e MP

O ex-ministro fala sobre como atuou dentro do governo e junto ao Tribunal de Contas da União para defender interesses da Odebrecht na aprovação da Medida Provisória 595/12, a MP dos Portos, que foi transformada em lei em 2013, beneficiando a empreiteira no terminal portuário da Embraport, em Santos.

Tributação da Bolsa de Valores

Palocci narra neste anexo que, em 2004, foi procurado pelo então presidente da BM&F, Manoel Felix Cintra Neto, que tinha interesse na redução da tributação sobre operações financeiras de ganhos sobre ações. Nos anos seguintes, Palocci diz ter editado ao menos duas medidas provisórias que iam ao encontro dos interesses de Cintra Neto. Como contrapartida, em 2006, a BM&F repassou 350 mil reais para a campanha presidencial do PT e 50 mil para a campanha do próprio Palocci à Câmara dos Deputados.

Reestruturação das Forças Armadas

Palocci aborda aqui sua atuação no programa de submarinos nucleares, o Prosub, e na compra de caças e helicópteros. No caso dos submarinos, Palocci conta que foi procurado por Marcelo Odebrecht, que reclamava dos pedidos de propina de Guido Mantega e de João Vaccari. Diz ainda que Odebrecht lhe contou ter destinado 50 milhões de reais à “parte francesa” envolvida no negócio, que seria representada pelo operador José Amaro Pinto Ramos. No caso dos caças, Palocci afirma que participou de reuniões sobre o tema, mas que ficou de fora das tratativas após deixar o governo.

Angola

Palocci conta ter sido procurado por Marcelo Odebrecht em busca de ajuda em temas relacionados ao BNDES e ao aumento nas linhas de financiamento a obras em Angola. O herdeiro da empreiteira baiana teria dito que a “boa vontade” de Palocci poderia render um “significativo valor adicional” para o PT. Palocci teria dito que não poderia ajudar, mas soube que Odebrecht estava tratando do tema com o ex-ministro Paulo Bernardo. A atuação nesse caso, segundo Palocci diz ter ouvido de Marcelo, teria resultado no comprometimento da empresa em repassar 64 milhões de reais de propina.

Assessores e funcionários

O ex-ministro aborda neste tópico a atuação de três ex-funcionários dele nos esquemas ilícitos: Branislav Kontic, Juscelino Dourado e Rogério Buratti. Além disso, cita trabalhos prestados a ele por dois motoristas, Carlos Possente e Claudio Gouveia. Possente, por exemplo, teria feito entregas para Lula e retiradas de valores no banco Safra. Gouveia, por sua vez, teria levado Dilma para se encontrar com o banqueiro André Esteves e feito entrega para Lula.

Belo Monte

Palocci narra neste anexo que foi procurado, em 2010, pelo então presidente da empreiteira Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, para que ajudasse na licitação da hidrelétrica de Belo Monte. Palocci teria dito que não poderia porque era uma área de influência de Dilma Rousseff. Azevedo conta que havia negociado uma propina de 1% do valor da obra a ser dividido entre o PT e o PMDB.

Prefeitura de Ribeirão Preto e Banco Santander

Quando era prefeito de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, Palocci diz que tratou com um então dirigente do Santander, que havia adquirido o Banespa, para manter as contas do município no banco. No anexo, diz Palocci, um diretor do banco se comprometeu a doar para o PT na campanha de 2002, quando Lula foi eleito presidente. A doação foi de 2 milhões de reais.

Qualicorp

Palocci fala sobre a relação com a empresa Qualicorp, de José Siripieri Júnior. Segundo o ex-ministro, a empresa bancou o pagamento do advogado para defender Rosemary Noronha, ex-funcionário do governo federal ligada a Lula que foi alvo da operação Porto Seguro, da PF. Além disso, Palocci contou que a empresa emprestava avião e helicóptero sempre que Lula precisava.

Unibanco e Multiplic

Nesse tópico, o ex-ministro cita sua atuação em favor do Unibanco, da família Moreira Salles, no que chamou de “batalha de grande porte” dos bancos para evitar perdas com ações na Justiça impetradas por cidadãos que se sentiram lesados com os planos econômicos brasileiros — entre eles, o Real. Quando esses casos começavam a chegar nas cortes superiores de Brasília, o banqueiro Pedro Moreira Salles, da família acionista do Unibanco, segundo Palocci, o procurou para tratar de uma ação de cerca de 400 milhões de reais. O caso estava relacionado com ação que o banco Multiplic entrou contra o Unibanco. Segundo o relato do ex-ministro, o banqueiro pedia a intervenção dele junto ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva porque o caso se transformaria numa contestação ao próprio plano Real. Palocci diz ter conversado com Lula, que indicou o então secretário para assuntos Jurídicos da Casa Civil, o atual presidente do STF, Dias Toffoli, para atuar em favor dos interesses do Unibanco.

Touchdown

Palocci relata sua atuação para que empresas próximas do governo do PT realizassem doações e financiamentos para a Touchdown, empresa de um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-ministro cita os casos da Ambev, Amil, Caoa e Mitsubishi. Os repasses, disse Palocci, eram definidos em reuniões com o ex-presidente no Instituto Lula.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. E Lula, Dilma e uma série interminável de bandidos continuam soltos! Uma nova Constituição se faz necessária, como afirmou o grande jurista Modesto Carvalhosa. Precisamos o mais breve possível, com extrema urgência, acabar com os privilégios absurdos do funcionalismo público, incluídos os dos três poderes, acabar c/ o foro privilegiado para todos os políticos e membros do Judiciário e implantar o voto distrital puro com "recall" como prega o grande jornalista do Estadão, Fernão Lara Mesquita.

  2. A lógica, no entanto, é a mesma, tanto que a Lavajato não para de tomar tiro vindo do JUDICIÁRIO que quer matá-la para os CRIMINOSOS poderem fugir. E por esta mesma razão é que o roubo das msgs se deu.

  3. A coisa realmente não é tão complexa de ser explicada, POLÍTICOS e EMPRESÁRIOS são responsáveis pela execução do assalto, enquanto o JUDICIÁRIO oferece proteção e cobertura para eles conseguirem escapar sem serem pegos. Qq um conhece esta técnica utilizada por ladrões de supermercado, geralmente nestes casos só dois CRIMINOSOS bastam. Mas, como é muito dinheiro para ser carregado no caso da corrupção, então é preciso mais gente para roubar e transportar, é mera questão operacional.

  4. É importante que se desenhe bem detalhadamente para as pessoas como a coisa toda funcionava, explicitando os componentes, as relações e a lógica por trás de todo o modus operandi dos CORRUPTOS. Não seria possível um esquema do porte do Petrolão e outros casos de corrupção sem o JUDICIÁRIO dando cobertura. Enquanto os CORRUPTOS roubam o Estado e a sociedade, o JUDICIÁRIO oferece a cobertura. Assim, os CORRUPTOS conseguem se evadir sempre e podem continuar a roubar sem serem incomodados.

  5. Não é o que aconteceu com a Castelo de Areia, não é o que estão tentando fazer com a Lavajato? Para deixar o modus operandi bem detalhado, seria bom que algum dos intermediários de JUDICIÁRIO e POLÍTICOS, JUDICIÁRIO e EMPRESÁRIOS, caísse na rede. Depois seria só bater na tecla de como a coisa toda funciona, deixando óbvio os verdadeiros motivos para a mudança da prisão em 2ª instância, soltura de Lula, suspeição de Sérgio Moro, anulação de condenações, fim da condução coercitiva e por aí vai.

  6. Com isto, o ciclo da corrupção ficaria bem claro. POLÍTICOS e CORRUPTOS se unem para saquear o Estado, mas eles tem um problema: o JUDICIÁRIO. Eles sabem que se o JUDICIÁRIO procurar, ele acha, então o que fazer? O óbvio, vão lá e chamam o JUDICIÁRIO para fazer parte dos esquemas tb. Assim, POLÍTICOS e CORRUPTOS roubam, enquanto o JUDICIÁRIO finge que investiga, só que na hora do vamos ver, ninguém nunca vai preso e a coisa é enterrada (claro que não de graça).

  7. Uma vez que os vértices já estão estabelecidos, o próximo passo lógico seria demonstrar a relação entre eles. Para isto seria necessário que se revelasse o papel dos escritórios de advocacia na coisa. Não precisaria ser nada de grande escala e alcance, mas algo que fosse irrefutável e incontestável. Por exemplo, um único escritório que fizesse a ponte entre JUDICIÁRIO, POLÍTICOS e EMPRESÁRIOS cumpriria o papel perfeitamente.

  8. Quanto maior a diversificação de favores oferecidos, mais intermediários entre o JUDICIÁRIO e os outros dois vértices do triângulo teriam que estar envolvidos. Porrete e cenoura, fechar as portas obriga os CORRUPTOS a se moverem em direção à aquelas que ainda estão "abertas". Apesar de neste momento Asfor Rocha representar um intermediário que antes fazia parte do JUDICIÁRIO, é por este último que ele chama a atenção.

  9. É mais do que óbvio que, da mesma forma que um POLÍTICO não recebe dinheiro diretamente em sua conta corrente, um magistrado muito menos. A venda e o pagamento dos favores deve se dar de maneira dissimulada e a ocultar a verdadeira natureza criminosa da transação. Considerando a extensão do câncer da corrupção e os valores transacionados, é razoável supor que seria necessária uma grande estrutura para viabilizar todas as atividades de dissimulação e ocultação.

  10. No entanto, este esquema básico serve para demonstrar exatamente que não seria possível toda a corrupção instalada no país sem a participação ativa do JUDICIÁRIO. Do contrário, a relação risco/retorno seria elevada, fazendo da corrupção uma atividade economicamente pouco atraente. No entanto, este raciocínio implica que entre JUDICIÁRIO e POLÍTICOS, JUDICIÁRIO e EMPRESÁRIOS é necessária uma intermediação, o que só poderia ser feito por advogados e escritórios de advocacia.

  11. Sem o MAU JUDICIÁRIO a MÁ POLÍTICA não poderia subsistir e se propagar. A tríade JUDICIÁRIO-POLÍTICOS-EMPRESÁRIOS é o suficiente para se entender o ciclo da corrupção, sem os EMPRESÁRIOS não haveria PROPINA para os POLÍTICOS e, se não há PROPINA para os POLÍTICOS, então o JUDICIÁRIO ficaria sem função no ciclo da corrupção. Claro que a coisa não é tão simples, pq em um SISTEMA CORRUPTO o que não falta são portas e brechas para se vender favores.

  12. Mais importante de todos esses crimes: o financiamento externo ao PT para assumir o poder em 2002. Crime que além de extinguir automaticamente esse que parece partido mas é uma ORCRIM deveria por na cadeia todos os envolvidos, a começar pelo Duda Mendonça.

  13. Uma bela radiografia dos governos petistas. Se outros tivessem coragem poderíamos chegar bem mais no passado. O Brasil está passado a limpo por Palocci.

  14. Se aqui tivesse governantes como tem em Singapura teríamos que construir muitos crematórios pra se livrar de tanto criminoso genocida!

  15. A reportagem foi muito bem feita, mas o conteúdo me causou náuseas. Pelo contido na declaração desse escroque, fica claro o porque das insistentes ações para acabar com a Operação Lava Jato. Por convicção, sempre fui contrário à pena de morte, mas pelo que tenho visto ultimamente, estou quase reformulando esse conceito.

  16. A verdade é que ao povo resta pagar a conta que grandes empresários corruptores , políticos , agentes públicos e juízes corruptos nos deixam ! Estou enojado !

  17. Alguém como Asford Rocha ou Nelson Jobim ou então peixes graúdos do judiciário de algum estado para que o CICLO DA CORRUPÇÃO possa ser verdadeiramente fechado. Ou isto ou alguma coisa do PSDB, senão a conta não fecha. A delação é didática, mas ela necessita de uma elemento de transcendência que permita ir além do PT, algo que demonstre que a corrupção não se restringia somente ao partido, mas a tudo.

  18. Fora este momento de revolta, a delação de Palocci, mesmo sem nenhum relato, demonstra que não seria possível que todo este esquema operasse sem proteção do judiciário. A gama de crimes cometidos abrange um leque amplo, como é possível que ninguém tenha visto nada? Será que em Brasília ninguém ouviu falar ou desconfiou sobre o que acontecia na Petrobras e em outras instâncias do poder público? A delação é abrangente, mas falta que ela mexa com alguém que foi parte do judiciário.

  19. Mesmo que o PSDB não consiga competir com o PT, ainda assim fica faltando alguma coisa. A delação de Palocci é boa para que não se deixe dúvida sobre o que se dá no STF e nas cortes superiores, mas apesar de todo o didatismo dela, a ausência de um coadjuvante faz com que a cantilena de perseguição dos petistas ainda tenha aderência. Não é possível que com corrupção brotando de todos os lados não saia nada que envolva os tucanos, tem que ter alguma coisa.

  20. Afinal, para que seja possível se superfaturar e pagar propina é necessário que o mecanismo de concorrência natural de uma economia de mercado seja quebrado. Na verdade, vê-se que tanto o Estado quanto o Mercado tornam-se partes de uma mesma engrenagem com um único objetivo: sustentar um grupo específico no poder. Apesar disto, ainda está faltando uma coisa: o PSDB. Apesar de ser muito bom que se demonstre a extensão e o alcance do esquema de corrupção montado pelo PT, isto não é suficiente.

  21. Uma vez que toda a economia gira em torno do Estado, basta que alguém o capture para passar a controlar toda a sociedade. Novamente, não foi o PT que criou este sistema, ele só entrou quando todas as condições já estavam criadas, coisa para a qual o próprio regime militar contribuiu. Foi anabolizando o Estado e matando a concorrência que se criou um jogo de cartas marcadas, concentrando o poder sempre nas mãos dos mesmos. O que o PT fez foi aprofundar a dependência.

  22. O CICLO DA CORRUPÇÃO tem início, meio e fim, começando com a fraude das eleições. Uma vez instalados no seio do Estado, os CORRUPTOS podem desvirtuar a máquina pública para que esta comece a operar para sempre favorecer um grupo específico, que em troca é o mesmo que financia as fraudes eleitorais. Ou seja, o Estado é o início, o meio e o fim, uma vez que ele tenha sido dominado, torna-se impossível se acabar com a corrupção, que se perpetuará.

  23. Ressalte-se que apesar de tudo, não foi o PT que criou este sistema, ele apenas o aperfeiçoou e o conduziu a seus estertores. Lula era o elemento que faltava para a sacralização do Estado, o indivíduo puro e fonte de bondade infinita, o bezerro de ouro a quem o povo deveria adorar. A delação é uma oportunidade de se demonstrar como se constrói um sistema onde todos os caminhos levam a um só lugar e a corrupção torna-se como o ar que se respira.

  24. Para proliferar, a corrupção precisa da letargia, do torpor, da inércia, do status quo, da impunidade. Sendo assim, a sociedade brasileira foi feita de refém de numa ponta pelos CORRUPTOS e na outra pelos PARASITAS, que a partir disto trabalharam de forma simbiótica para perpetuar a corrupção e os privilégios. Todo o discurso, toda a retórica foi moldada para fazer o cidadão acreditar que o Estado era a fonte da bondade, enquanto o mal era externo a este.

  25. A delação revela como a partir da fraude do pleito eleitoral, os CORRUPTOS logravam tomar posições dentro do Estado para a partir destas se apossarem da renda nacional, é um sistema extrativista e de exploração. De um lado precisavam manter o subdesenvolvimento do país para que a economia ficasse concentrada nas estatais e no poder público. Do outro, estabeleceram um regime de exploração em que utilizavam as estatais e a estrutura pública para se apossar da renda nacional.

  26. Fora o aspecto criminal, a importância da delação de Palocci está na amplitude dela e no didatismo com que se pode vislumbrar o CICLO DA CORRUPÇÃO no Brasil. Revela um sistema viciado e construído para garantir que o poder jamais saísse de uma elite dominante que tomou o Estado para si. Esta elite não incluía somente os políticos e empresários amigos, mas tb a nata do serviço público e das estatais, CORRUPTOS e PARASITAS lograram criar o sistema perfeito.

  27. Sou Sonia mãe do Douglas, então meus amigos da Cruzo é, qual o caminho a seguir, tudo comprado, qual escapatória, temos de tornar este país como um país digno de se viver, difícil né, Palocci lavou a égua, e continuamos na luta, vamos lá, ainda bem que existe jornalismo verdadeiro como vocês, o Pingo nos ís, acho que mais uns meia dúzia de jornalistas que agora independentes estão a gritar por justiça como nós, e vamos seguir e olha que vai faltar cadeia neste Brasil, começando pelo STF ???

  28. BANDIDAGEM CONTINUA SOLTA: MINISTROS, JUÍZES, POLÍTICOS E, PRINCIPALMENTE, LADRÕES DE COLARINHO! TODOS NÓS CONHECEMOS ESTES PERIGOSOS SUJEITOS!

    1. Sim, Viviane, e inclusive já mandei mensagem para a direção da revista, pedindo que reveja a política de bloqueio de conteúdo, porque a assinatura é cara, nem todos podem pagar, e na maioria das vezes tenho vontade de compartilhar o conteúdo das matérias, mas fico impedido. Ou seja, a Crusoé está ignorando solenemente a necessidade de espalharmos a verdade, pra combater a mídia esquerdopata. "Spread the Word!"

  29. E a gente vai engolir o STF querendo soltar todos esses bandidos? Temos que seguir limpando o Brasil. Apoio total ao Ministro Sérgio Moro e a Lava Jato. Não podemos deixar retroceder.

  30. Os esquerdopatas quando perceberam que não tinham competência para administrar o país (novidade) descambaram para a corrupção, gatunagem e rapinagem dos cofres públicos do país em todos os setores econômicos, como se percebe nessa denúncia e dane-se o país e os brasileiros, primeiro o meu pirão.

  31. Ou seja, um imenso balcão de negócios onde o que menos importava era o Brasil e os idiotas dos brasileiros. Isso acontece em todo o mundo, mas nessa magnitude duvido muito.

  32. O sigilo nas ações só faz com que esses fatos sejam mencionados pelos delatados como fábulas. Só acredita nisso quem vive em outro mundo. Estamos de mãos atadas com um STF conivente com a corrupção. Enojada.

  33. Matéria da Crusoé com a denúncia de Palocci é impressionante. Agora fica claro porque meio mundo e metade do universo querem acabar com moro e a Lavajato. Simplesmente tudo tinha propina, de todos os lados , e setores da economia.

  34. Tudo isso aconteceu... agora, vem à tona delação de Palocci... e em que momento estamos? COAF praticamente inoperante, Policias Judiciárias, MP e Poder Judiciário amordaçados, prestes a ser punidos por exercerem seus papéis, com a aprovação da Lei do Abuso de Autoridade... Mais importante do que tomar consciência de todos esses ocorridos nos bastidores do poder, é ter certeza que esse comportamento não será mais admitido em nosso país... masss... devido a estas novidades no cenário republicano,

    1. (...) a certeza que temos é que serão perpetradas... Devemos ficar atentos... a dita Democracia parece bastante ameaçada...

    2. (...) parece-me que a certeza que devemos ter é justamente a contrária disto... a certeza que temos hoje é que agora tudo isso poderá acontecer e sequer haverá meios disponíveis para investigar ou colher dados a respeito... Delações como essa não irão mais acontecer... E isso aconteceu agora, justamente quando o brasileiro (ou a maioria de nós) pensava em resgatar a esperança num futuro mais digno dessa nação...

  35. Era uma festa paga com o suor dos otários pagadores de impostos. Fomos , durante todo o reinado do PT, palhaços dessa corja. Pensemos em quanta infraestrutura (estradas, portos, aeroportos, etc...) hospitais, escolas, presídios poderiam ter sido construídos e nao os foram pela ganãncia desses biltres. E agora STF vai acolher a delação e promover a justiça ou vão ser cúmplices?

  36. Estarrecedor. Governo q não era governo, mas uma organização criminosa. Empresários, empreiteiras, banqueiros que não eram simples sociedades, mas eram sociedades de bandidos. Bendita Lava Jato.

    1. Eu também estou estarrecida com esses agentes criminosos.Palocci ,diante de tanta coisa que contou , merece ser perdoado .Tenho a impressão que esses relatos lavaram a alma do delator

  37. O pior que tudo isso, de uma outra forma continua a acontecer. E as forças armadas que deveria nos proteger, deve estar de conluio com tudo isso. Enquanto não mostrarmos os dentes, e a sub-raça continuar votando, nessa farsa chamada democracia, vamos eternamente ser um país de merda.

  38. Este é o legado deixado pelo regime sindical /religioso católico liderado ( ou liberado ? ) pelo Lula. O que virá após o regime Militar/Evangélico liderado por Bolsonaro ? O Papa esquece das fogueiras da Inquisição ( quando foi imposto o catolicísmo ao Mundo à ferro ( espadas dos Templários ) e à fogo ( Fogueiras do Torquemada ) e critica as " fogueirinhas " amazônicas. Que não excomungem a Crusoé por deixar-me publicar isto.

  39. E agora, vemos a campanha de tribunais superiores, congresso e mídia-lixo, para melar a Lava Jato, de graça. Ninguém está levando nada. (Me engana que eu gosto...)

  40. É ESTARRECEDORLEIAM!!!!É estarrecedor ver a falta de caráter, a canalhice desenfreada que crassou nos desgoverno ptistas bandalhas tendo início nos governos de FHC. Não é um , nem dois e nem dez....é toda a canalha de esquerda e mais o PMDB...PSDB e por aí vai. É bom o eleitor começar a ficar atento para que nas próximas eleições não ser engambelado, novamente e, trazer esta canalha de volta.

  41. Estarrecedor...Nossa sociedade está falida...Quantos empresários procuram o Governo para tratar de vantagens..não pensam em obter lucros razoáveis em benefício da Nação...Só pensam em saquear...

  42. Difícil memorizar tantos dados. Mas a matéria nos mostra claramente o tanto que Lula e o PT "faturaram" em propina, governando para bancos e empreiteiras. Os números atordoam.

  43. As delações do Palocci tem valor maior do que todos os corruptores porque sem ele nenhum roubo teria ocorrido. Foi o mentor e braço direito de todos os bandidos que passaram pelo Planalto. Vai faltar cadeia...

  44. Palocci demorou demais para concretizar a sua delação. De início deve ter pensado que Lula e a sua tropa desse um jeitinho brasileiro de tirá-lo da cadeia mas ocorreu justamente o contrário. Virou a famosa historia do Rei morto, Rei posto e caiu no esquecimento. Começou a apodrecer na cadeia e percebeu tarde demais que a PTzada tinha esquecido-o definitivamente. Agora que a ficha caiu, viu que ficou só. Só ele e as paredes do presídio e as marmitex do dia a dia...

  45. Assustador! Os Petralhas estavam em todos os lugares, isto é, no mar, na terra e no ar. Podemos ver o nascimento do monstro Toffoli, hoje é o maior supositório do STF, fazendo um ataque perfeito com o Laxante, Alex e Dowski. Viva nossos senadores!!!!!! Se a Lombriga presidente do Senado, fosse quem deveria ser, esses quarteto ia jogar bola na Papuda.

    1. Graças ao eminente ministro Gilmar Mendes, herança do corrupto FHC !!

  46. Ambev, Safra, Votorantim, BRF, Bradesco etc. O capitalismo de compadrio rolando solto. São estes os "competentes" bilionários brasileiros que defendem o Liberalismo e o Estado mínimo neste país de miseráveis.

  47. Esses políticos (PT, PMDB, PSDB, etc..) tinham tempo para tratar de assuntos do Brasil ou dedicavam todo o seu tempo com formas de arrecadar dinheiro sob a forma de propinas?

  48. O Palocci ainda não esclareceu o verdadeiro papel do seu banqueiro Rossano Maranhão neste mar de lama, principalmente falta esclarecer qual o motivo do Rossano cumular a Presidência do Safra com a nomeação de todos os diretores do BB. Isso consta do anexo? Qual anexo?

  49. É muito duro ver esse vagabundo sem vergonha do Tofolli posando de autoridade. É duro ver esse desqualificado do Alcolumbre se recusando a levar adiante o Lava Toga. É duro ser Brasileiro!

  50. Com tudo isso o vagabundo, ladrão Lula diz ser injustiçado e estar preso sem provas.Canalhice também tem limite,o também ladrão ,língua presa Palocci resolveu abrir o bico,menos mal, vai aliviar suas penas no inferno.

  51. Comprometidos Dias Töfoli, Sepúlveda Pertence(defendeu Lula no STF) aqui não é só uma pitada de malvadeza foi o saleiro inteiro.

  52. Nun a Vi tanta safadeza com esses ratos,ratazanas roubando tanto ,ainda atè hoje esses cambadas com as caras mais limpa dizendo que querem o Brasil de volta para eles,gente quanto absurdo ninguém viu só a Lava Jato,os Procuradores Dr Moro ,Dr Bretãs viram? Pelo amor de Deus.Hoje uma amiga estava dizendo que a França està apoiando esses safado por deram muito dinheiro na França.Horror,horror,vão todos pagarem.no inferno esses larápios da pior espécie.

  53. lula, dilma, pt, etc. deveriam ser extintos do Brasil. Nunca a Bandeira Nacional foi tão emporcalhada e estraçalhada. Mancha imunda que demorará muito para ser esquecida e reparada.

  54. Senhor matai por nós. Desculpe mas não vejo outra solução. Mande todas as pragas do Egito pra Brasília acho que vai faltar gafanhoto......

  55. Se tivéssemos Cortes Superiores decentes um Partido desses não poderia existir mais. Enquanto o mundo discute Inteligência Artificial, estamos condenados a essa mediocridade.

  56. Depois dessa acho que esse bandido não deveria ter benefício nenhum. meus pares, isso não tem fim, cada dia surge uma falcatrua nova. Nosso País é muito rico, isso tenho certeza.

    1. Será que não tem nada documentado para dar mais credibilidade??? Dessa forma os bandidos sempre tem escapatória

  57. NAO DUVIDEM SE AO FINAL DO JULGAMENTO DE TD ISSO, O STF DESCUBRA Q FALTOU CUMPRIR UM PROCEDIMENTO BUROCRATICO E DECIDA Q TD DELACAO ESTA CANCELADA PQ FOI DESRESPEITADO O AMPLO DIREITO DE DEFESA. E'POR ISSO Q TEM Q HAVER A LAVA TOGA.

  58. Li até a metade e deu ânsia de vomito. Tive que sair, e respirar um pouco, antes de ler o resto. Tudo isso denunciado por alguém de dentro da organização. Com certeza deve ter rastros à serem investigados. Vamos aguardar pra ver no que vai dar tudo isso. PUTA QUE PARIU

  59. independente dos personagens e do período, Palloci conta a história do Brasil desde a redemocratização. Capitalismo de quadrilha. A facilidade com q se faz negociatas no Brasil é q chama a atenção. A Lava Jato quebrou um pouco isso. Não é pra menos q todos querem voltar a condição anterior. Viva o STF q não vai deixar... hahaha

  60. Vocês ocultaram a parte em que Palocci cita o Marcelo Trindade, candidato a Governo do Estado do Rio em 2018 pelo NOVO, como intermediário da Negociação do Grupo Casino com o Ex Presidente Presidiário Lula .

  61. Um soco no estômago, acho que é essa a sensação. Os governos passados se transformaram em ninho de víboras. Desculpem a sinceridade, mas gostaria que estivéssemos na China.

    1. Quanto os (a) PGRs do período receberam para não aceitar a delação deste crápula?

  62. Ponte que Partiu! Para o Brasil e passa a régua. Quero estar vivo pra ver esse Brasil entrar em um bom caminho Valeu CRUSOÉ! Obrigado.

  63. Só por essa delação do Palocci, já seria motivo pro impeachment do ministro Toffoli não? Ele continua como advogado do PT!

  64. Emudeci! Perplexa com o que fizeram, e o pior, muitos desses ainda atuando, mostrando-se vítimas, como se nada fizeram. Entristece ter de pagar tantos impostos, ver na política eleitos por essas vias facilitadas e atuarem como atuam. Também tanto dinheiro público com tais destinos.

  65. Ou Palocci tem lugar garantido para roteirista na NETFLIX ou o Lula tá ferrado. O comunismo só pode ser um tipo de religião. Montanhas de crimes perpetrados pelo mundo, genocídios mesmo, no Brasil, roubalheira visível e palpável, aparelhamento de Estado... O que mais gente culta e inteligente ficará aferrada à essa Fé?

  66. Se não fosse a Crusoé jamais saberíamos de todas essas negociatas. A grande mídia, Rede de TV, bancos , políticos e etc , estão todos juntos para afundar com a lava jato. E o serviço sujo está sendo pelo STF que tbm tem o rabo preso com toda essa lama que acabou com o país !! Essa revista ainda é a única ilha de informações que temos acesso.

    1. Verdade, é tão bom termos uma mídia independente. O que não pode é mentir, senão perde a credibilidade. Parabéns Crusoé

  67. Só o STF não enxerga o lógico: formaram uma quadrilha para roubar o Brasil!! Esses empresários e parte da imprensa que perderam a teta tentam acabar com a lava jato. Mas, a cada dia descobrem mais roubalheiras.

  68. Estou perplexo com tanta informação,este Palocci,tinha que estar numa casta de bronze, porque o homem sabe demais, não é atoa que o PT o chutou do partido rapidinho,que a justiça cheguei todos envolvidos

  69. o que dizer? estou pasmo, 360 graus de podridão,o o Palocci é o maestro dessa ópera desde o início com a famosa carta de intenções, que acalmou o mercado e possibilitou a ascensão do Lula ao poder, um articulador genial, do mal, mas genial, reconheço, no entanto não vejo nele, malignidade diabólica, como vejo no José Dirceu, esse sim um gênio sociopata. A caixa de Pandora está aberta, só nos resta a esperança, é um processo dolorido, mas purificador, vamos aproveitar para plantar boas sementes.

  70. Dizemos com orgulho que Deus é brasileiro, e que assim, estaria no comando da nação. As evidências, no entanto, dão conta de que ele é só um vice, quem manda mesmo é o antagonista (sem ofensa ao excelente site). Como em todo pacto que faz, aí está um país que deslumbrou-se com suas ofertas, mas perdeu a alma. E agora, o que se faz com uma república viciada e alienada ao mau? Internação compulsória?

    1. Deus está no comando, e permite que o ser humano prefira o satânico príncipe maligno e ou suas próprias malignidades

  71. Embora Palocci tenha participado da quadrilha é muito positiva sua atuação para mostrar em que situação chegou nosso país, durante o Lulopetismo o ato de respirar já implicava e implica corrupção, governantes que agem desta maneira são verdadeiro genocidas pois coloca a população a um total desamparo e descaso com suas aflições, é estarrecedor perceber que executivo, legislativo , judiciário e classe empresarial estavam e estão todos envolvidos nessa imoralidade toda.

  72. É estarrecedor, não existiu nem um negócio que envolveu grandes volumes de dinheiro em que a corrupção não estivesse na alma de todos os negócios em todos os segmentos, empresarios, políticos, bancos e empresas bilionárias que desapareceram e outras que novas que surgiram tudo submerso na corrupção, desde a tão "festejada" constituição de 88, do governo FHC e quando o Lulopetismo assumiu o poder o Brasil entrou numa época de trevas que até hoje ainda encontra resistência forte para se dissipar.

  73. Continuação... do Toninho do PT, da dezena de aeronaves q misteriosamente caíram levando a bordo desafetos/empecilhos do momento para o PT... A lista eh interminável. O importante eh encher a cadeia com todos esses vagabundos, torná-los inelegíveis e extinguir o PT. E ficar de olho em todos os descendentes políticos da quadrilha, porque as organizações criminosas se reinventam...

    1. Com esse atual STF? Esquece, pq mesmo incriminadas nas 1as instâncias, os “supremos” libertam!

    2. Concordo Ricardo, e sendo uma instituição criminosa deveria ser extinta. Agora, da para perceber por que o país está no fundo do buraco! Sinceramente, não vejo solução! Roze

    3. O PT e o Lulopetismo nunca foram um partido político mas a pior organização criminosa que já existiu no Brasil, tudo o que o Palocci falou é um prólogo da história macabro desse partido, embora a política nacional após a década de 90 começou a declinar moralmente nada se aproximou do Lulopetismo.

  74. Vovó Mafalda, ISSO poderia ser um Nada Menos q Tudo, não aquela novela das estórias parciais lulopetistas q vc formulou para vitimizar o STF, atacar a Lava Jato, defender a petralhada amiga e claro, se defender de respingos , pq o ENGAVETADOR GERAL deve ter muito o q temer... E olha q não deve ter contado nem um centésimo, pq só dá pra constar na delação o q se pode provar. Precisa falar também do relacionamento com as FARC, do diálogo CABULOSO com o PCC, CV, do assassinato do Celso Daniel...

  75. O petismo tem fortuna compatível com o desastre que Lula e Dilma promoveram no Brasil 🇧🇷 Pena o COAF ter sido banido, pois a lavagem de dinheiro vai continuar e o grosso da grana ainda está sabe-se lá onde, aqui ou no exterior

    1. E é este dinheiro “escondido” não se sabe (ainda) onde que está financiando a resistência do “ancien regime”.

  76. Colaboração de Palocci está repleta de relatórios conexos e pertinentes aos fatos de conhecimento popular e de repugnância geral, como se constata... Como pode haver tanto idiota neste país, empunhando a bandeira lulo- petista e vociferando Lula Livre?

    1. Os que pregam Lula livre primeiro são os que foram diretamente beneficiados pelos roubos, ou que estão envolvidos nas maracutaias, e depois os ignorantes que insistem em defender Lula por causa de 100/200 reais do bolsa família Roze

    2. Seita e alienação fundamentam as respostas à sua pergunta. A Carta de Palocci, escrita ainda da prisão bem antes de começar a delação, deu conta de explicar tudo isto.

  77. Exausta só de ler o resumo de tanta corrupção, roubalheira. Deus, tende piedade do Brasil e dos brasileiros que passam necessidades, dos desempregados e dos que trabalham árdua e honestamente e pagam tantos impostos sem retorno para a população.

  78. É tanta roubalheira que chega a ser quase inacreditável. A gente e lê e pensa que é obra de ficção. Obra de ficção de terror !! Socorro !

  79. É imperioso mostrar provas! Caso contrário o “mártir” Lula não será condenado nunca e sua narrativa de pessoa mais honesta do Brasil voltará a nos assombrar sempre.

    1. Como um bom delator, inteligente, deve sim apresentar provas pois é nessa circunstância que os larápios se baseiam

  80. Magníficos reportagem e trabalho de investigação, parabéns! Quanto às revelações, precisam ser aceitas e lastreadas em provas, é imperioso. De resto, a repulsa.

  81. Esta ai o motivo porque o STF na figura do Ministro Gilmar Mendes, se esforça tanto para tentar criminalizar e acabar com a lava-jato. É lógico, mais dia menos dia as investigações irão ou iriam chegar neles....... Estão todos corrompidos e misturados Executivo, Legislativo e Judiciário.......

  82. Pessoal, façamos greve contra a Ambev. Financiou Dilma em 2014! Tem boas cervejas alternativas. Talvez melhores que qualquer cerveja do grupo Ambev!

    1. Se formos boicotar todos que participaram vamos ter que criar galinhas em casa e partir para o escambo

  83. Boicote à todas estas instituições envolvidas! Só tem espertalhão por aí! E ainda alguns babacas dizem por aí que são ”grandes gestores”. São grandes bandidismo e ladrões isso sim.

  84. CHOCANTE!!!! Impressionante o grau de depravação do poder público em nosso país. Explica o esforço de vários poderosos de restringir, limitar ou mesmo acabar com a Lava Jato.

  85. Meus Deus, por isso os ministros do stf estão apavorados tentando a todo o custo acabar com a LJ, pois talvez já foram delatados e está sobre segredo.

  86. Para limpar esta podridão toda em todos os poderes, somente uma intervenção militar, mas como o setor vem há muito sendo denegrido pela esquerda, o mesmo não quer assumir o gigantismo do problema!!!! Infelizmente para todos os cidadãos de bem e para o povo trabalhador brasileiro, injustamente expoliados por décadas!!!!!!

  87. Essa delação poderia ser roteiro de filme,cujo título Seria : COMO DESTRUIR UMA NAÇÃO e SER OVACIONADA POR ELA após sua destruição

  88. Como investir num país dominado pela corrupção ???? Isso ainda não mudou e existe um forte contra-ataque à Java Jato e o pacote do Sérgio Moro (congresso e STF) para que isso não mude. Quero ver quando a população brasileira vai cair na realidade e ir para as ruas com vontade.

    1. Parece que já está certa a indicação: “Le Nobel de la paix pour Lula!” . A esquerda francesa...

  89. Essa pouca vergonha a Grande mídia brasileira não mostra.Quantos do povo foram prejudicados com falta de SAUDE E SEGURANÇA E EDUCAÇÃO? Depois o STF DIGO GILMAR MENDES QUER ACABAR COM Moro? Esse é um país pobre de pessoas e politicos honrados.Que Lula chefe fique na cadeia.

  90. Observem que, no meio da quadrilha, encontramos o dignissimo senhor dias toffoli, atual magnifico presidente do stf. Não sei se rio ou se choro.

  91. Só pra lembrar, hoje é dia de São Francisco de Assis, que, infelizmente, vê sua máxima “é dando que se recebe” em favor da ORCRIM e contra o povo pobre!

  92. Causa repugnância essa roubalheira toda. O pior é que ainda existe muito mais. E tem ainda os roubos que nunca ficaremos sabendo. Esse STF protegendo seus comparsas, causa uma revolta tão imensa nas pessoas que eu, particularmente, desejo todo mal do mundo para os togados que estão acabando com a Lava Jato. Tem que fechar aquela casa de negociatas.

  93. Vocês precisam mover essa reportagem para a área pública, para o Antagonista, algum lugar que nos possibilite compartilhar. Por favor.

  94. Enquanto não houver PENA DE MORTE para corrupto e corruptor o Brasil NUNCA vai mudar! Esse câncer corrói o País desde o descobrimento.

  95. Uma aula magna de corrupção institucionalizada e rapinagem de cofre público. Parabéns esquerdopatas, nesses quesitos vcs são imbatíveis e a ORCRIM petista bilionária às custas do povo brasileiro.

  96. Leitura obrigatória e insuportável. Dá ódio. Náuseas. Revolta insana. Um desejo louco de ver toda a quadrilha, de A a Z, fuzilada. Muitos desses desgraçados malditos ainda estão soltos. Dilma é a principal. E o G.Mendes operando pra soltar o macabro Lula. Não dá pra aguentar tanto insulto. Corruptos avassaladores. Assassinos de gerações inteiras. Monstruosidade sem precedentes. Meu Deus, o que esses desgraçados fizeram conosco. Prisão perpétua é o meu sonho pra todos.

  97. Q tal implementar aqui no Brasil o q foi feito em Singapura ? Acho q só assim para colocar as coisas nos seus devido a lugares, colocar gente honesta patriota no STF, q haja somente uma casa q represente o povo, diminuição dos gastos e q haja justiça no Brasil. Aí poderemos sonhar com dias melhores para nossa pátria.

    1. Muito bem lembrado !!!!! A gente se perde no meio de tanto absurdo ! Que Deus abençoe quem segue lutando para preservar a honra !

  98. País precisa ser passado a limpo diariamente e acabar com os mitos criados pelo PT . Esteves, Jbs, eike e tantos outros empreendedores que a mídia idolatrava sai na verdade frutos da corrupção acobertada por Lula , Dilma e sua turma . Está na hora de prender a canalhada toda começando pela ex presidente e por Mantega que articulava o esquema .

  99. uma curiosidade a respeito do nome Bintang, dado ao fundo operado pelo André Esteves: significa ESTRELA na Indonésia. Todo surfista conhece a cerveja Bintang, que tem rótulo copiado da holandesa Heineken. Ambos rótulos têm uma estrela vermelha como símbolo. Mera curiosidade.

  100. Nossa !Não sobra ninguém! É roubalheira de todas as formas e para todos os gostos !Podridão! Esgoto ! Sujeira dm todos os setores e escalões ! Ser humano desprezível ! Lula canalha !Vagabundo! Pai de todos os males do país !Capeta !

  101. Eu sempre disse que se o país não tivesse a roubalheira que existe em todas as esferas do poder público, o Brasil seria um dos países mais ricos do mundo, com os melhores hospitais, melhores escolas e melhor segurança. Não é à toa que trabalhamos mais de 6 meses para pagar impostos.

  102. De dar enjoo e irritação máxima esse artigo. Essas foram as benfeitorias feitas por essa quadrilha “ PT “ que assaltou o país de todas as formas possíveis. Colocaria todos em oração pública e fuzilaria ( as balas deveriam ser pagas pelas famílias ) ou prisão perpétua de verdade nao essa que o vagabundo tem em Curitiba. O cara prefere ficar preso ao ter que trabalhar...

  103. Parabéns pela reportagem! Adoro vcs por esse motivo. Não deixam iiiiis sem pingos. Acho que não existe no mundo maior corrupção e roubo do dinheiro público do essa gang fez. Mas, agora, pelas mais do Palloci, caíram todos no colo da PF e de Moro. Se o Supremo impedir o indiciamento dessa gente, espero que não só o jipe e um soldado cheguem lá, mas tanques e muitos soldados para fechar esse tribunal cretino de exceção em que se tornaram !

  104. Uma verdadeira organização criminosa comandada pelo PT estava instalada no Brasil. Lembro-me demais quando o Procurador da República Deltan Dellagnol foi odiado, detestado e "crucificado" pela maioria da imprensa e mídia nacional, quando mostrou num power point, no Paraná, que o Lula era o "Chefe da Quadrilha" que assaltou e quebrou o País. Agora fica tudo comprovado por meio da delação premiada do "peixe graúdo" e ex-ministro da Economia Antônio Palocci que tudo é VERDADE!

    1. Exatamente, o cara era o capo dessa máfia tida. Não abriu o tempo da corrupção, ela sempre existiu, mas institucionalizou-a em uma vastidão impensável! E abriu a longa temporada de roubos que nos deixaram o Brasil nessa situação.

  105. E no final sai todo mundo gargalhando cheio de dinheiro no bolso. Se somadas todas essas quantias é um volume extraordinário que certamente está escondido em contas em paraísos fiscais. E eu honestamente recebo minha aposentadoria e r$ 998. É triste. Estou doente sobrevivo herói camente graças a ajuda de minha mulher funcionária pública que por sua vez ganha um salário miserável.

  106. Reportagem de fôlego: Ficam as perguntas: 1. Por que Dilma não está presa? Nem investigações pairam sobre ela. 2. Por que Guido Mantega não está preso? 3. Como o PT não teve cassado ainda seu registro? Por fim, minhas conclusões: 1. Lula foi o maior ladrão corrupto que o mundo já teve conhecimento. 2. O PT "trabalhou" durante anos a fio para se beneficiar de todo o sistema corrupto que envolve executivo, legislativo, judiciário, sistema bancário e grandes empresas.

  107. Lularápio, chefe da maior ORCRIM do mundo, se serviu da posição de presidente e institucionalizou a corrupção em todas as esferas do governo. Canalha, como pode ter gente que ainda defenda um bandido desta natureza? Só pode ter a mente doutrinada e certamente usufruir da roubalheira generalizada. PT nunca mais. TOUCHDOWN.

  108. Excelente reportagem, espero que a Crusoé divulgue para a leitura extra assinantes todo esse conteúdo da delação do Palocci que deve ter sido documentada e comprovada.

  109. Palocci é o verdadeiro homem-bomba!! Não tem pra ninguém, o homem é uma enciclopédia do crime de colarinho branco ambulante!

  110. Por que com todo esse volume de informações , os ministros do STF ignoram tudo isso e querem proteger o lula ladrão e nada acontece com todos os membros da quadrilha PT.

    1. Boa parte do STF está de rabo preso com tudo isso. Daí eles resolveram simpatizar com a corja corrupta dos políticos e com a OCRIM, para salvar a própria pele.

  111. "Salvei" a matéria. A Crusoé se superou nessa edição. SUGIRO ABRIR O ACESSO PÚBLICO, ora limitado aos assinantes. Quem sabe se ao lê-la, os recalcitrantes fanáticos da seita corruPTa - só os alfabetizados - ao se depararem com a narrativa fática e documentada do ex-todo poderoso "italiano" consigam retornar à racionalidade. Sabemos, de antemão que aqueles envolvidos nos roubos e negociatas, jamais admitirão a veracidade das narrativas. É PREVISÍVEL ! (inclusive os notórios "supremos").

    1. Concordo Marcelo excelente reportagem, que aliás a gente não vê em nenhum outro veículo da mídia! Roze Silva

  112. Enquanto vocês da imprensa de modo geral, não pararem de remover o passado com tudo que estamos cansados de saber e fazer uso das contribuições para o Brasil sair do caos em questão se encontra, NÃO ACRESCENTA NADA. O POVO JÁ ESTÁ SOFRIDO DEMAIS. CHEGA DE BOTAR LENHA NA FOGUEIRA.

    1. "Quem ri por último, ri atrasado!" (Millor Fernandes) Imaginemos que as eleições vão continuar e dai a importancia dos eleitores e contribuintes dessa grana roubada, estarem cientes, mesmo que saibamos, que há um grupo estranho, que vai repetir que é a LAVA JATO que colocou o BRASIL nesse caos econômico, não o tamanho do valor roubado.

    2. Tapar o sol com a peneira não vai adiantar de nada! Avestruz é que enfia a cara na terra. Tem que revelar as entranhas podres desse país sim!!, porque o povo, pagando impostos absurdos, não tem o retorno justo do seu trabalho! Basta de circo!

    3. O "passado", Maria, está mais "presente" do que nunca. Se não vier à tona será - para sempre - o "futuro". Sossega, mulher... Se você não estiver envolvida, direta ou indiretamente, nas negociatas dos notórios ladrões do país, não há motivo de preocupação da sua parte. Deixe que a lama fétida flutue.

  113. REALMENTE, TEMOS QUE FECHAR O CONGRESSO E O STF PARA PASSAR O BRASIL A LIMPO.! E PALOCCI QUE SE CUIDE COM A 'TECNICA" DO PT/-BOLCHEVISTA PARA ELIMINAR DISSIDENTES !!!

    1. Não se admirem se um dia Paloci amanhecer "suicidado",

  114. Se um país sério, sem instituições aparelhadas, pt e empresas envolvidas estariam todos os responsáveis respondendo pelos danos. Pobre Brasil. Ainda tem idiotas úteis que acha isso normal.

    1. Com esta delação os brasileiros de bem tem que sair às ruas exigir a prisão dos envolvidos neste mundo real de corrupção.A lava jato sozinha não conseguirá.

  115. Esses fatos lamentáveis e desonestos não são motivos de noticiário na grande imprensa do país.O povo brasileiro desconhece os fatos narrados.

  116. Diante de tudo que lí, não consegui ler todas, cheguei à conclusão que, com todos os atuais integrantes do Congresso e Senado, NUNCA teremos um Brasil sem corrupção. Sabemos que é impossível RENOVAR 100% destas duas casas, portanto, desisto de alimentar esperança que um dia isso aqui se torne uma República séria e do povo, sempre será dos malditos corruptos e corruptores. A vontade que teve o respeitável Janot, é a de muitos cidadãos de bem. Se cuida Gilmar, sua vez vai chegar!

  117. Inaceitável, a defesa do STF a esses ladrões!!! Fica fácil entender as decisões do Ministros Toffoli, em ações envolvendo a Febraban !!!

    1. Não! Porto de Santos mesmo... E tem coisa de arrepiar!

  118. Saquearam o Brasil, enviaram dinheiro para ditaduras e inclusive, para a França (Casino e Aviões Caça). É um show de horrores, a corrupção do PT é a assassina do Brasil! Irresignada!

  119. Isto sim é exemplo de “crime organizado”. Que quadrilha! E as cifras? Me pergunto como o Brasil aguentou este baque... Merecem prisão perpétua por todo mal causado à Nação e aos brasileiros.

  120. Depois desse lamaçal patrocinado por Palocci e o sempre presente PT Partido dos Trambiques, será que haverá neste país alguém que ignore à existência do maior escândalo de corrupção jamais visto neste planeta. Cabe lembrar que existe sim, o STF - Sistema Trapaceiro Federal.

    1. É o acórdão que Petra Costa comente em seu documentário entre Dilma e Temer...

    2. É o acórdão entre Dilma e Temer que Petra Costa comenta em seu documentário... Pobre Fausto de Sanctis!

  121. Assustadoras essas informações. Só os esquerdopatas não enxergam que esse PT não tem nada de partido político. É, na verdade, uma verdadeira organização criminosa com o objetivo de roubar o máximo possível o país e se eternizarem no poder. Num país de justiça séria já teria sido extinto e todos os ladrões presos.

  122. Conforme o Palloci, TODOS OS CHAMADOS ( pelo Lula/corrupto ) CAMPEÕES NACIONAIS, faltou o Eike Batista-o maior de todos, foram "agraciados pela benevolência", e PAGARAM GROSSAS PROPINAS, diretamente ao LADRÃO-MOR LULA (via apto no Guarujá, sítio em Atibaia, apto em São Bernardo, palestras "fajutas", Instituto Lula, terreno pro memorial, contas no exterior...). E o bandido se considera " o homem mais honesto da face da Terra "...TEM QUE APODRECER NA CADEIA, E SEM OS BENS SAQUEADOS DO POVO ...

  123. ORCRIM não perdia uma oportunidade de subtrair gigantes quantias. Não à toa, cá estamos nós contando moedinhas e povoando filas de desempregados.

  124. Se a delação do Marcelo foi a do Fim do Mundo, essa certamente é a do Fim do Universo e do Fim da Lava Jato . É sujeira demais para pouca água.

  125. Impressionante a falta de vergonha na cara destes brasileiros corruptos . O poder esta contaminado , sempre esteve . Aí vem o STF querendo anular as decisões corretas do Juiz Sérgio moro , para beneficiar os bandidos . Estamos perdidos !!

  126. Os corruptos vendem o Brasil a preço baixo, que vergonha! Banqueiros, STF, STJ, é uma grande quadrilha, me dá um nojo maior ainda dos apelidados de "guardiões da constituição", tem que fechar tudo, e a imprensa ainda privilegia esse presidiário cachaceiro, querendo solta-lo, imprensa nojenta que ajuda a roubar o país.

  127. MAS QUE MALDADE PALOCCI!!! O HOMEM MAIS HONESTO DO PAÍS, OU TALVEZ DO MUNDO, FOI CONDENADO INJUSTAMENTE, PORQUE ELE NUNCA VIU NADA, NUNCA SOUBE DE NADA, NUNCA RECEBEU NADA!!! VOCÊ DEVE ESTAR MANCOMUNADO COM MORO, EM SUSPEITO PROPÓSITO DE CONSPURCAR A PUREZA DAQUELA ALMA IMPOLUTA, QUE HEROICAMENTE VEM SUPORTANDO OS HORRORES DO CÁRCERE, OFERECENDO EM SACRIFÍCIO SUA RENUNCIA À LIBERDADE, A FIM DE SE SOLIDARIZAR AOS PRESOS MAIS POBRES!!! ELE JÁ NÃO É MAIS HUMANO!!! É UMA IDEIA!!!

  128. A questão principal: onde estão as contas por onde passaram está dinheirama toda? Ele tem que mostrar onde foi parar, só campanha? Sem isso é só conversa de comadre!

  129. Como é que essa gente continua solta ainda??? Gastando os milhões roubados?? Quando vão prender a GLEiSi????? Roubaaaaraaaam MUUUUITO!!!

  130. Parece que isto vai encrencar um pouquinho mais o Lula e um punhado de gente. Qual vai ser a desculpa do STF, que isto não foi publicado pelo IntercePT então não vale?

  131. Querem saber aonde estava a Receita Federal e o COAF nesses eventos todos milionários e em dinheiro vivo ? ? ABAFANDO OS ESQUEMAS.

    1. Uma coisa é certa , isso, com certeza a veja não mostra! 🤭

    1. Vai aparecer “SUICIDADO”. Daí vem TEORIA DA CONSPIRAÇÃO “ como casos anteriores. Estou enojado, solta Adelio pra pegar o Lula

    2. Não se o Brasil, se um dia desses Paloci amanhecer "suicidado".

    3. Celso Olha o nome do Dias Toffoli aí de novo... Vão mandar fechar a Crusoe...

    4. provavelmente,um Banco em Cuba que não vai dar informações

    5. Não tem um négocions que o Lula não receveur propina: onde sera que ele escondeu essa fortune ?

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO