Gustavo Roth / Fundação Piratini - TVE e FM Cultura"Nenhum ladrão político ia para a cadeia. Só ladrão de galinha. A cadeia estava aberta para todos os ladrões, menos os políticos"

‘O objetivo é esvaziar tudo’

Pedro Simon se indigna com os movimentos para frear as investigações contra corruptos e diz que, se a Lava Jato não continuar, será o caos
04.10.19

Pedro Simon tem 89 anos. Desses, 57 foram dedicados quase que integralmente à política. Ele foi praticamente tudo: vereador, deputado estadual, senador, ministro e governador. Uma de suas principais bandeiras ao longo da carreira foi o combate à corrupção. Por vezes, como voz solitária. Vinte anos antes da Lava Jato, por exemplo, Simon propôs a abertura de uma CPI dos Corruptores, para investigar o esquema entre políticos, campanhas e empresas que a operação viria a desnudar anos depois. Não deu certo, como era de se esperar. Naquele tempo, a cultura da impunidade ainda grassava sem maiores resistências em Brasília.

A última disputa eleitoral do gaúcho, remanescente do MDB original, foi em 2014, a pedido da então candidata presidencial Marina Silva. Simon disputou uma vaga no Senado. Ficou em terceiro lugar. A saída da vida pública, porém, não o afastou por completo da política. Recentemente, ele passou a auxiliar o partido em um projeto de reestruturação que ainda está em curso. Nesta entrevista a Crusoé, o ex-senador faz a leitura do cenário nacional – do governo ao Congresso, onde passou mais de três décadas — e se revela especialmente preocupado com o esforço para travar iniciativas anticorrupção, como a própria Lava Jato. Eis os principais trechos.

O que mudou no Congresso em relação ao período em que o sr. esteve lá?
Estou sentindo que, infelizmente, dentro e fora do Congresso está havendo como nunca antes uma tentativa de enfraquecer o combate à corrupção. Essa aprovação da lei de abuso de autoridade, que praticamente pune promotores e juízes, é um absurdo. Veja o resultado: todos eles com medo de investigar porque podem ser condenados. De repente, depois de 30 anos de ditadura, agora temos que conviver com punições por “excesso de sentença” ou por sentença equivocada. Não é à toa que magistrados estão pedindo no Supremo para que isso seja mudado, porque se sentem sem condições de julgar. Enfiaram uma faca na cabeça dos juízes e promotores. Nunca existiu isso na história do Brasil, e é muito estranho que exista agora.

E a que o sr. atribui o fato de esse movimento estar mais forte?
Há uma movimentação, algumas vezes silenciosa, e outras vezes mais exposta, contra a Lava Jato. É um movimento que parte de muita gente que está sendo atingida pelas investigações, pelos que estão sendo processados e pelos que já estão presos. De diversos partidos, com o objetivo de esvaziar tudo. De terminar com prisão após condenação em segunda instância, por exemplo, o que representará uma grande mudança para a Lava Jato.

Por quê?
Nenhum ladrão político ia para a cadeia. Só ladrão de galinha ia. Porque os ladrões políticos conseguiam adiar sempre o processo. A cadeia estava aberta para todos os ladrões, menos os políticos. Quando a Justiça passou a condená-los e eles a passaram a ir para a cadeia, mudou tudo. Hoje eles querem voltar para esse tempo.

O que a prisão e a possível soltura de Lula significam nesse processo?
A primeira coisa que querem fazer é soltar o Lula pelo seguinte: se o Lula não cumprir a pena, por que os outros também vão cumprir? A ideia é que, se o Lula for solto, por que os outros vão ser condenados? É isso o que está em jogo. A intenção é dar um alívio a toda essa gente que foi processada. É um momento muito grave esse que estamos vivendo.

Como enxerga o papel do presidente Jair Bolsonaro, que se elegeu entoando o discurso anticorrupção?
O presidente foi atingido quando investigações chegaram ao filho dele, o senador (Flávio Bolsonaro, alvo de uma investigação do Ministério Público por suposto desvio de recursos no seu gabinete quando era deputado estadual no Rio). Se bem que, com toda sinceridade, se for investigar deputado, senador, vereador, político que usou cargos e tirou dinheiro dos funcionários… A própria investigação no Rio de Janeiro envolveu muitos deputados e, no entanto, só foram para cima do senador porque ele era filho do presidente.

Gustavo Roth / Fundação Piratini - TVE e FM CulturaGustavo Roth / Fundação Piratini - TVE e FM Cultura“A primeira coisa que querem fazer é soltar o Lula pelo seguinte: se o Lula não cumprir a pena, por que os outros também vão cumprir?”
Como o sr. vê a tentativa de enfraquecer politicamente o ministro da Justiça, Sergio Moro?
Quando Bolsonaro assumiu, o Moro tinha autonomia para fazer o que tinha que ser feito. Aos poucos estão enfraquecendo o ministro e enfraquecendo o seu papel. Ele está esvaziado. Acho que está tentando ir até o seu limite.

E por que isso ocorreu?
O presidente se aborreceu.

Com o quê?
Com o Coaf, que depois foi proibido de fazer a obrigação dele (O órgão, rebatizado de Unidade de Inteligência Financeira, foi responsável pelo relatório que apontou transações suspeitas de Flávio Bolsonaro).

E o STF nisso tudo?
Tenho muitas restrições ao STF. Tem uma linha que eu respeito ali, de aprovar prisão após condenação em segunda instância. Mas hoje, na realidade que estamos vivendo, esse presidente do STF (Dias Toffoli) é uma figura muito interrogativa em relação a isso. Algumas decisões são profundamente estranhas. A gente sente que algo está mudando. Essa decisão que anula muitos processos é uma coisa delicada.

Acredita haver um esforço do Congresso e do Supremo para esvaziar a Lava Jato?
Essas decisões vão sendo tomadas em nível de Supremo e de Congresso. Esvazia-se a Lava Jato. E se acaba com prisão em segunda instância. Tudo o que ocorreu vai ser reduzido a zero. Reclamam porque o Moro falava com o procurador. Ora, ora, ora… Houve ou não houve corrupção? Houve ou não houve bandalheira? Houve ou não houve assalto a Petrobras? Essas coisas aconteceram ou não aconteceram?

Adriano MachadoAdriano Machado“Reclamam porque o Moro falava com o procurador. Ora, ora, ora… Houve ou não houve corrupção? Houve ou não houve bandalheira?”
O que os críticos da Lava Jato dizem é que a operação teria avançado o sinal em nome do combate à corrupção.
Houve um excesso aqui ou acolá? Puna-se. Mas os excessos não condenaram ninguém que não devia ser condenado, pelo amor de Deus! A esta altura, ou a gente segue com responsabilidade, fazendo com que a Lava Jato cumpra o seu papel, ou vai ser o caos. Uma grande irresponsabilidade.

O sr. crê que o Palácio do Planalto também participa do jogo para enfraquecer investigações?
Pode até acontecer. Aliás, já houve uma reunião do presidente da República com o da Câmara (Rodrigo Maia), com o do Senado (Davi Alcolumbre) e com o do STF. O fato é que a maioria do universo político, por omissão ou por ação, é favorável a esse esvaziamento da Lava Jato.

Que leitura o sr. faz do governo Bolsonaro?
Tem as coisas que estão acontecendo e tem as palavras dele. O grande problema do Bolsonaro é que ele fala demais. Você veja, na semana em que ele ficou fazendo sua última cirurgia, não aconteceu nada de polêmico. Parece que, de propósito, ele quer aguçar, instigar essa linha radical de conservadorismo. Mas, apesar disso, há coisas positivas que estão acontecendo.

Hoje o Congresso é melhor ou pior do que antes?
Mais de 30 anos se passaram desde que a democracia voltou. Nesse período, o Brasil tentou fazer reformas tributárias e a da Previdência profundas. Nunca conseguiu. De repente, agora, pelo fato de o presidente Jair Bolsonaro ser muito complicado, o Congresso parece ter uma postura diferente e avança nas reformas. A reforma da Previdência vai ser aprovada e a reforma tributária também. Aquilo que nunca tinha acontecido vai acontecer. Mas tem o aspecto negativo que é tudo sobre o que falamos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Concordo inteira mente com você ! # STFVergonhaNacional #STF saí e Lava Jatofica

  1. Tudo depende dos movimentos deles, mas quanto mais tentarem sabotar, mais estarão criando as condições para que sejam escorraçados sem piedade.

  2. Dependendo do que ocorrer, é possível se fechar o STF e o Congresso na prática sem qq intervenção militar ou coisa do tipo. Basta que os CORRUPTOS voltem para suas bases e que não consigam retornar. Com Brasília sitiada, seria só pedir a renúncia deles e uma nova Constituinte. Mesmo que eles não aceitem de cara, basta o tempo para que eles "mudem" de ideia, isto se alguns não se matarem, e se entreguem.

  3. Ainda assim, pode ser bom que se aproveite o momento e se dê um prazo para que eles deem vazão à sua corrupção, talvez até seja bom que, antes do cerco à Brasília, o combustível em Brasília já comece a escassear. Os CORRUPTOS já tem uma rota alternativa para não precisar enfrentar o Aeroporto da capital federal, mas se não tiver combustível, como é que os aviões vão reabastecer? Se os CORRUPTOS deixam Brasília no fim de semana, mas só houver a opção de voltar de carro, eles vão voltar?

  4. Para erguer uma país novo é necessário demolir este que está agora de pé. Os CORRUPTOS certamente não perceberam isto, mas são eles quem estão demolindo o que ainda resta de todo o sistema CORRUPTO que criaram e do qual se alimentaram. Que eles soltem Lula, anulem as condenações, entrem com processo de impeachment, taquem fogo no país, tudo o que eles quiserem. No entanto, se a Petrobras entrar de greve, então é cercar Brasília.

  5. A melhor forma de tirar os CORRUPTOS, especialmente do STF, é com o povo na rua. Eles tiveram 5 anos para se arrepender e confessar seus pecados, se não fizeram isto até agora e escolheram ir até as últimas consequências, então é pq para eles não havia alternativa. Bolsonaro deve se reaproximar de Sérgio Moro, pois é necessário que fique claro qual é o verdadeiro objetivo dos CORRUPTOS, mas ainda dando um tempo para qq ações coordenadas para forçar os nodos inferiores a saírem da toca.

  6. Além disto, quanto mais tiverem que passar por cima das leis e ignorar a Constituição, menos toda a corrupção deles poderá se negada. Eles já demonstraram que sua disposição para distorcer a realidade é infinita, estando limitada somente pela capacidade dos PARVOS e PARASITAS em engolir as mentiras e farsas que eles criam. Lula pode aparecer em cadeia nacional de televisão dizendo que é culpado, que mesmo assim ainda é capaz de que eles tentarão inventar alguma desculpa.

  7. Eles têm que soltar Lula pq precisam do encantador de burros, já que eles têm asco do povo, sobretudo o mais humilde, assim como têm que anular a coisa toda. No entanto, deixá-los livres não significa que o cerco não deva se fechar, principalmente na base da pirâmide, não pode haver refresco. Para que eles coloquem o carro na frente dos bois e metam os pés pelas mãos é necessário que eles se sintam livres, mas não confortáveis, quanto maior o desejo de vingança e retaliação, menos pudor terão.

    1. Encantador de burros: boa essa kkk. Mais uma para o meu dicionário político. Boa noite.

  8. Em parte acreditam nisto pq sempre lograram escapar e assim se tornaram resistentes a qq ação mais contundente, basta ver o que foi feito com a Castelo de Areia e outras operações. Se funcionou antes, pq não vai funcionar agora? Mas não há mais como voltar atrás, o mundo mudou e eles ficaram obsoletos, além de terem abusado da sorte. Mesmo assim, eles devem ser deixados livres para fazerem o que sempre fizeram e exporem toda a sua corrupção e TRAIÇÃO.

  9. Mas a tarefa é ingrata, como é que se convence um indivíduo que um câncer pode ser uma boa coisa? É disto que os CORRUPTOS estão tentando convencer o brasileiro, que a corrupção é boa para ele e o país. Fora os adoradores de Lula, que fornecem a base de sustentação de toda a podridão do sistema, ninguém minimamente inteligente cai neste tipo de conversa. Portanto, os CORRUPTOS não estão somente tentando alimentar a distopia, eles estão vivendo nela, acreditando que poderão escapar.

  10. É mais do que óbvio que o objetivo é esvaziar tudo e voltar a 2010, quando o Brasil ainda era aqueles país decolando na capa da Economist, é assim que a distopia funciona, ela precisa vender a ideia de que tudo está tudo às mil maravilhas e, se não estiver, que a culpa é de algum ente malvado que nada tem a ver com os CORRUPTOS. Agora os CORRUPTOS estão tentando de tudo para voltar no tempo e para isto precisam transformar Sérgio Moro e os procuradores de Curitiba nos vilões.

  11. Não é que em todos estes anos eles não tentaram nada contra os avanços realizados por ela, é só que suas táticas não tiveram eficácia alguma, além de que no início estavam desunidos. Mas quando começou a ficar claro que ninguém seria poupado, aí a coisa mudou de figura, ideologias foram deixadas de lado, inimizades ficaram em segundo plano e quem se odiava passou a ser amigo desde criancinha. Seria de uma ternura singela, se não fosse tudo em nome da corrupção.

  12. Mais do que combater a corrupção, a Lavajato expôs falsos heróis, destruiu toda uma narrativa mentirosa e criada para enganar a população. Deve se ressaltar que isto não é mérito só dela, os próprios CORRUPTOS exageraram na dose e foram além de todos os limites. Após todos os excessos de Lula seguidos pela estupidez de Dilma, a Lavajato avançou em terreno fértil, havia provas abundantes e os CORRUPTOS estavam em campo aberto sem nenhuma barreira ou proteção que a impedisse de avançar sobre eles.

  13. Sensato, de maneira geral, só achei estranho ele dizer que pelo fato do Bolsonaro ser complicado, por isso as reformas foram assumidas pelo Congresso, reformas essas tidas como difíceis e tentadas e não conseguidas antes. A relação está um tanto sem nexo.

    1. eu também acho estranho o suposto efeito. a reforma está se arrastando porque o presidente da Câmara está mais para corrupto que para competente. sei o toma lá dá cá, com ele não funciona.

    2. complicado para o congresso. É visto pelo congresso como um reformador e apoiador da lava jato

    3. complicado para o congresso. É visto pelo congresso como um reformador e apoiador da lava jato

    1. Admiro o Senador Pedro Simon! Acho que todos os corruptos tem que ser apanhados pela lava jato! O Bolsonaro foi eleito para melhorar o país e não para apoiar os três filhos contra o país ! Entendo que pai e mãe pensem nos filhos mas tem o direito de brigar e de botar de castigo e ests tres estão precisando!

  14. Meu caro senador ....sobrou muito pouca gente de sua estirpe...infelizmente....e parece que o povo não esta enxergando bem...ele povo teria que radicalizar....não vemos outra solução coerente....frente a essas loucuras das nossas autoridades constituídas...lamentável ....mas?????

  15. Só discurso, sem qualquer ação quando atuava na política. Gostaria de saber sobre algum projeto importante deste político, nesta longa vida pública, para o Rio Grande do Sul. Se elegeu sempre com o discurso anti-corrupção, mas nunca fez nada de concreto. Só palavras ao vento. Baita oportunista. Se alguém conhece algum projeto dele, que revele. Acorda Brasil!!!🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    1. Concordo Temos que nos impor e obrigar este pessoal a fazer pelo menos semelhante ao que queremos!

  16. Uma pena Pedro Simon não ter sido reeleito senador. Os gaúchos cometeram um erro sério. Mas parece que o brasileiro não gosta de quem combate corrupção, senão haveria uma reação forte popular para conter Toffolli, Gilmar, Maia e Alcolumbre. E agora com - parece - a aquiescência do Presidente Bolsonaro. Aí teremos a lamentar o término da Lava Jato e a liberdade de Lula. Uma pena.

    1. Também acho, infelizmente! Mas temos que ter esperança ainda temos mais de 3 anos! Muita coisa pode mudar!

    2. Tenho um respeito profundo pelo Pedro Simon e ele continua lúcido e muito ciente das aberrações para freiar o combate a corrupção e a cúpula dos três poderes, podres poderes , estão empenhadas nisso.

  17. A Lei de Abuso só se tornou necessária quando as investigações chegaram às mais altas autoridades dos 3 poderes. TODOS inclusive o Supremo de Supremo com esposa e tudo mais. No executivo indiretamente atingiu o presidente através de filhos No legislativo do presidente a inumeros deputados e senadores. Nessa situação limite, a solução para a bandidagem que tomou conta de todos os poderes, legislam para amordaçar juises e Procuradoria da Republica, acabar com a Lava Jato. Estão incomodando demais.

    1. Também acho ! Mas não sei se ainda pode aparecer um cabo um soldado e um jipe !

  18. Brilhante leitura do nosso eterno senador. O congresso deveria se espelhar em homens como este. Uma pena não ter sido eleito em 2014 para o senado, senão ele seria um grande presidente do Senado em um momento exato e necessário para país.

  19. Precisariamos ter no Congresso pelo menos uns 10 0u 15 Pedros Simon....para salvar a Patria, que está sériamente ameaçada !

  20. Aos Gauchos: na próxima eleição, em 2020, busquem renovar o Senado, elegendo um político da estirpe de Pedro Simon. Olhem para partidos renovadores que merecem uma oportunidade. Em frente!

    1. se nada for feito para frear está cafagestagem, restará, nas próximas eleições, renovação do congresso através do voto.

  21. O povo tem os politicos que merecem, nao elegeram Pedro Simon, mas elegeram Renan, Temario, Alcolumbre, Veneziano, Daniella Ribeiro, etc. Agora aguentem.

    1. Vilma, você tem toda razão! O povo deveria ter votado em deputados e Senadores novos, descomprometidos com o PT e as antigas oligarquias do Nordeste!

    2. Certíssimo ! Esta regra do Judiciário tem que ser mudada! Teriam que ser Juízes com reputação ilibada e conhecimentos meritórios, e por um prazo a ser definido ! É não indicados pelo Presidente, qualquer advogado de porta de cadeia!

    3. PEDRO SIMON deu muitos murros em ponta de faca, mas o que fazer com o eleitorado, que elege JAIR BOLSONARO pela bandeira ANTI-CORRUPCAO e para CAMARA, elege DEPUTADOS PETISTAS, ate como maior grupo entre os partidos, sendo o PT, PRO-CORRUPCAO? Los! Quem daqui consegue explicar isso? Ou vale a mesma suspeita de AECIO, qdo disputou a presidencia?

    4. SER HONESTO É OBRIGAÇÃO. CALAR É CONIVÊNCIA. 30 ANOS E NENHUMA FALA EFETIVA CONTRA CORRUPTOS NO SENADO. CAGAO DE MERDA. ENGANA OUTRO OTARIO.

  22. Esse continua merecendo nosso respeito e admiração. E não é de hoje. Trabalho sério, competente, corajoso. Quantas vezes assisti ao então senador ser cumprimentado pelo povo nas ruas de Brasília. Eu estava entre essas pessoas. Obrigada, Pedro Simon.

    1. Este homem é lúcido e digno. Tomara que volte para a política. Homens como ele, Carvalhosa e Bretas salvariam o Brasil.

  23. Execelente entrevista Senador Pedro simon Falou a verdade estamos ficando como os peixes fora da agua esse não è o brasil que eu quero viver.

  24. Pedro Simon ,como sempre,morde e assopra,nunca consegui entender esse parlamentar,ficou todos esse anos no Congresso Nacional e pouquíssimos são seus feitos.Assisti o dia que no plenário do senado, ele desmoronou Collor e também Renan.

    1. Simon junto com Paulo Brossard foram grandes paladinos nos anos de chumbo e Simon se manteve até agora. Mesmo fora do Congresso, sempre digno e honesto. Esse nunca teve rabo preso!!

    2. Adorei Pedro Simon nesse dia,ao mandar Renan calar a boca.

    1. Urutu, verde oliva e cassetete nas ruas. Acabar com essa put.....

  25. Este como muitos poucos congressistas representam a nação, parabéns por vocês trazer conteúdo desta natureza para nós leitores

  26. Sempre admirei a atuação de Pedro Simon como político. E sei que se trata de um excelente jurista. Como jurista que é, como o ex-senador vê a relação de Sérgio Mouro com os procuradores da lava jato enquanto aquele, Sérgio, atuava como Juiz do processo, considerando as interceptações divulgadas pela imprensa?

  27. É reconfortante observar a opinião de um político do calibre de Pedro Simon, que saiu da política brasileira e pode emitir uma opinião muito consistente sobre o momento atual. Concordo c tudo q ele fala, inclusive sobre o Presidente q fez, " seus acordos", p salvar o cretino do filho tbém corrupto. Clareza e coerência nas colocações.

  28. A lei se abuso de autoridade somada às decisões de ocasião do supremo levam ao descrédito da Justiça. Onde não há Justiça não há nada. Nesse embalo, vai chegar o dia de propor uma PEC para a extinção do poder judiciário.

  29. Ñ acredito q Bolsonaro venda a nação e seus propósitos pelo filho, nem acho justo uma torrente de indignidades ter o peso de um Rachid. Então, se estou enganado, se a "dona",vendada sentada passivamente em frente ao STF, ao lado de uma faixa vermelha com os dizeres "lulalivre " tem razão, só nós resta uma intervenção MILITAR. Aguardemos contudo o STM com a aplicação do ART 142 e proclamarmos uma NOVA REPÚBLICA.

  30. Ilustre que nada. Ajudou de certo modo a elaborar no congresso essa carta que de Magna nada tem. Corrupção é uma das maiores bacias detentoras da Incompetência. Só de pertencem a um partido como o MDB, onde se concentram os maiores bandidos da NAÇÃO? Artífices e parceiros PT, q foi o "testa de ferro"? Essas ORCRIMS têm q ser banidas, junto com todos os codinomes apresentados p/Odebrecht. Esta tbm tem q acabar p/falta de financiamentos. Palozzi tem q ser ouvido, Ele é Mantega trancafiados.

    1. O ex senador nunca trocou de partido, entrou no MDB quando existia somente dois , ARENA e MDB, coerência na vida politica . Quando governador enfrentou com excelência corporações que infelizmente se mantem ate hoje .

    1. Cegos de verdade não deixariam a política com contribuição ZERO, como esse incompetente deixou. Quem não tem competência ñ pode se estabelecer, senão derruba a todos. Eis o quadro q se nos apresenta? Faz me rir! Essa geração de políticos merece é prisão perpétua.

  31. Parabéns Senador, bom senso e razão!! Temos um STF e Congresso q a todo momento só quer detonar a Lava Jato. São os políticos e ministros corruptos, no STF o foco é liberar o bandido do Lula, Toffoli é o pior presidente da Instituição de todos os tempos. Não passa de um militante petista, suas ações são dignas de um medíocre, reprovado 2 vezes em concurso p/juiz. Nem formação tem porém fez carreira no PT, motivo de fazer de td p/ libertar seu protetor. CANALHA !!!

  32. eu queria saber se o senador que eu considerava de mais alto prestígio falasse como foi a sabatina do ministro Gilmar Mendes para o STF.... não vi até agora nenhum senador divulgar como de fato ocorreu (nem se o senador foi um dos que aprovou)

  33. O Pedro Simon é uma dessas joias raras que encontramos ainda no meio político e como se pode ver chegou a esta idade sem se envolver em falcatruas, o que é quase impossível neste meio...

  34. Que falta faz esse grande estadista. A renovação no Senado, nas ultimas eleições, como se vê, não adiantou muita coisa!

  35. Pedro Simon a meu ver tem absoluta razão, estamos a perigo de virar uma pitza nunca vista, quem não lembra do que acontecia no passado? o que está havendo é um retrocesso que fará muito mal ao Brasil

  36. bay bay Brasil, entreguem o que sobrou para o PT. O inferno é pequeno perto do Congresso, STF , mídia, executivo, vereadores, ou seja, do Brasil. Ainda bem que já tenho 60 anos, Deus, se é que existe, vai me liberar do pior.

  37. Que satisfação ler o senador Pedro Simon. Ele tem razão. A Lava Jato mexeu com o Leviatã político/empresarial/judicial. Podemos ter um contratempo agora, sinceramente tenho a certeza que vamos derrotar o Leviatã, mas não ainda, vai levar mais tempo.

  38. Infelizmente BOLSONARO ADERIU AO ACÓRDÃO COM MAIA ,ALCOLUMBRE E TOFFOLI .MANTENDO CORRUPTOS E LADROES NO GOVERNO ,ESVASIANDO A LAVA JATO E DEIXANDO OS FILHOTES ATACAREM OS MILITARES .OS PATRIMÔNIOS DESSE GOVERNO SÃO MORO ,GUEDES E OS MILITARES .

    1. Tem muita atitude ainda com erros.seja de qual político ou cargo for.tbm tem atitudes corretas.o ilustre político da entrevista,pode ter sido um bom político mas, nas respostas ele só colocou “panos quentes”.Se for expressar a verdade,não tem meio termo.tem que sair de cima do muro,pois é isso que acaba com o País.Auto-defesa e morder e assoprar.continuamos com o politicamente correto.

  39. E'SEMPRE BOM OUVIR UM POLITICO ETICO Q CONHECE O CONGRESSO COMO NINGUEM. A ANALISE DELE ESTA PERFEITA. TEMOS UM PRESIDENTE Q FALA BESTEIRAS DEMAIS, MAS APESAR DELE VAMOS AVANCAR. E'O Q ACHO E DEVEMOS ISSO A MORO, GUEDES, TARCISIO E TEREZA CRISTINA. O RESTO E' FRACO. O PRESIDENTE TA PREOCUPADO EM AJUDAR A FAMILIA. CALADO E' UM GENIO.

  40. Parabéns pela entrevista com Pedro Simon, político sério, coerente e com muito bom senso. Pena que não está mais em Brasília.

  41. O RS tinha representantes como Pedro Simon, Paulo Brossar e Ana Amélia Lemos... E agora ? Temos este senador profissional do PT, o Paulo Paim. Que tristeeeeeza!!!

  42. Excelente a entrevista de PEDRO SIMON! Realmente uma RESERVA MORAL dentre os políticos brasileiros. Foi o primeiro a propor um C.P.I. das GDES empreiteiras por volta do início dos anos 90! Grande PEDRO SIMON! José Roberto Fully.

  43. As investigações envolvem sim outros vermes além do filho do presidente. Mas as manchetes se referem apenas a ele porque ele é o mais cínico de todos. Além da balela da nova política

  44. Sou admiradora de sempre de PEDRO SIMON. É fantástico documentário q a TV CULTURA exibiu há anos, onde SIMON detalha sobre as Diretas já, como SARNEI foi enfiado goela abaixo e a formulação treslocada da CONSTITUIÇÃO. CRUSOÉ nos traga, por favor, esse documentário. Dizia meu professor que o conhecimento da historia, só é importante se for para não repetir os erros do passado e priorizar os acertos.

  45. Simon sempre foi um político honesto mas também sempre foi um grande apoiador do Lula e da esquerda. Sinto muito, mas me parece um tolo.

  46. O resumo da ópera é o seguinte: Antes faremos uma analogia, ao que imagino (até porque não sou autor e sequer escritor), um livro ou um filme. Se o resultado, ao que nos parece, é a falência do Brasil, nossos congressistas e os ministros do STF são os atores principais. Em detrimento disso é urgente uma reforma no legislativo e judiciário, pois mais do que nunca o final do filme se aproxima.

  47. concordo com a Amelia, teria q ir ao rádio de principalmente ao interior do país para levar a verdade ao povo. A crusoé com seus jornalista top de veria usar o rádio para difundir suas matérias.

  48. Parabéns a crusoe ao entrevistar um grande politico,o qual se fosse paulista teria meu voto de cabresto,tem seu lugar garantido nos anais do congresso.

  49. O Brasil e os políticos deveriam ouvir mais Pedro Simon. A voz de quem sabe! Tenho vergonha de nosso Congresso... Tenho muita vergonha de nossa corte suprema...

  50. O Rio Grande do Sul está nas "mãos das traças" como diria um amigo meu. Quebrou, faliu, não tem dinheiro para pagar seus servidores. Não faz investimentos. Vai de mal a pior. Esse senhor Pedro Simon foi governador desse Estado. Se pronuncia bem, faz boas colocações do ponto de vista político. Tenho muito respeito por ele, porém com o executivo de nosso Estado, foi um verdadeiro fracasso. Foi mais um dos tantos responsáveis pela atual conjuntura fracassada que vivemos. Muito papo. nenhum talento.

  51. É perfeitamente visível, claro e notório o poder das forças dos maus em defesa dos seus atos ilícitos e criminosos. Contaminou todas as camadas de todas instituições. A impressão que se tem é que querem legalizar a corrupção no Brasil e inocentar, com efeito retroativo, todos os criminosos. Já perdi a esperança de consertar este nosso país pelas vias democráticas.

  52. Já estamos no caminho do caos, senador Pedro Simon. Com o STF e o Congresso Nacional nas trevas, só nos resta desesperanças.

  53. Triste constatação : O gigante está voltando a dormir em berço esplendido, tudo voltando como era antes de 2013! O povo precisa reagir!

  54. Faltam políticos como Pedro Simon no Congresso. Estão todos apáticos ou coniventes, parece que estão tomando algum chá estranho.

  55. É de triste constatação as falas e a comprovação do esquema de corrupção generalizada nos poderes. Mais apesar de não acreditar mais na política eu creio que não conseguiram abafar a justiça.

    1. Eu tão pouco acredito mais em políticos! Acabou Roze

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO