Edilson Rodrigues/Agência SenadoO senador Mecias de Jesus pode se beneficiar de um acordão

Operação abafa

Os bastidores da articulação para varrer para debaixo do tapete a fraude na eleição para a presidência do Senado
05.04.19

Foi no amplo salão de tapetes azuis do Senado, em uma terça-feira de março, logo após a rotineira reunião de líderes da casa, que o senador Mecias de Jesus, com o seu 1,60 metro, abordou o corpulento líder do governo, Fernando Bezerra Coelho. “Se vai um, vão três”, disse. “Pois é, pois é, não vai ter isso, não”, respondeu Bezerra. O assunto do papo estranho era claro: a fraude na eleição para a presidência do Senado. Mecias estava incomodado por ter sido apontado, sozinho, como o responsável pelo escândalo, ocorrido diante das câmeras e com transmissão ao vivo para todo o país. E quis dar o recado diretamente a Bezerra: se o mandato dele estivesse ameaçado, outros personagens importantes daquela tarde circense no plenário também estariam complicados. Um deles é o próprio Bezerra, escalado na ocasião para ajudar no processo de votação. O outro é o senador José Maranhão, que presidia a sessão.

A ameaça de Mecias, presenciada por outros senadores, era um dos poucos lances aparentes de uma operação de bastidores que já estava em curso no Senado com o objetivo de abafar a confusão – e deixar sem punição os envolvidos. A articulação foi deflagrada no início de março, depois que os responsáveis pela apuração passaram a considerar, com base em um conjunto de imagens, a possível participação de Bezerra no episódio, juntamente com o protagonista Mecias de Jesus. Até ali, Mecias estava sozinho na história. E a expectativa era de que logo haveria uma resposta à cobrança, reverberada nas redes sociais, por punição exemplar. O corregedor, senador Roberto Rocha, falava quase diariamente sobre o andamento da investigação, embora evitasse citar nomes. Chegou a dizer que os principais suspeitos eram os últimos a terem votado, e que o responsável pela fraude teria sido um senador inexperiente.

Jefferson Rudy/Agência SenadoJefferson Rudy/Agência SenadoO esforço para abafar a investigação começou após surgirem indícios de que Bezerra participou da fraude
Mecias, até então conhecido apenas por ter sido o responsável por derrotar Romero Jucá nas eleições de 2018, estava a caminho do cadafalso. A situação mudou quando os investigadores passaram a acreditar, a partir da análise das imagens da eleição, que o senador de Roraima pode não ter agido sozinho — e tudo apontava para a participação de Bezerra, que teria sido responsável por entregar a Mecias as duas cédulas que, em seguida, ele depositaria na urna, ambas com votos em Renan Calheiros. Assim como a revelação de que Mecias era o suspeito número um, Crusoé publicou a informação sobre as desconfianças em torno do senador pernambucano. Bezerra reagiu ferozmente. Primeiro, telefonou para o repórter. “Escroto, escroto”, atacou. No Senado, ele exigiu de Rocha uma nota pública negando seu envolvimento na fraude. O corregedor tentou colocar panos quentes, e se recusou a divulgar a nota.

Foi então que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, responsável pela escolha de Bezerra como líder do governo, intercedeu. Formou-se um consenso: todos deveriam submergir e se esforçar para deixar o assunto morrer por inanição. O próprio Rocha pararia de falar, e não se esforçaria para avançar na apuração. Para se ter uma ideia, até hoje não se concretizou a anunciada remessa para a Polícia Federal das imagens reunidas pela Corregedoria – as mesmas que colocavam Mecias como suspeito número um e deixavam Bezerra também em má situação. A ideia inicial era que peritos da PF fizessem uma análise mais detida do material. O próprio Bezerra chegou a falar com o ministro da Justiça, Sergio Moro, para ajustar o auxílio da polícia. Segundo a própria PF, até hoje as imagens não foram enviadas.

Geraldo Magela/Agência SenadoGeraldo Magela/Agência SenadoA urna usada na eleição: 81 senadores, 82 votos
Alcolumbre também vinha evitando o tema. Mas no programa Roda Viva, da TV Cultura, há três semanas, foi indagado sobre as providências. Respondeu que até o final de março a investigação deveria ser finalizada. Não foi. O presidente do Senado, porém, levantou uma tese que contradizia o andamento da apuração e passaria a ser repetida todas as vezes em que, nos bastidores, ele era provocado a falar sobre a fraude: a de que as imagens seriam inconclusivas. Paralelamente a isso, ele exonerou duas servidoras que ajudavam o corregedor Roberto Rocha na investigação.

O acordão é bom para todos os envolvidos. Com ele, Davi Alcolumbre consegue evitar um levante da ala do MDB da qual Bezerra faz parte. O senador, ex-ministro de Dilma Rousseff, é ligado a Renan Calheiros, que foi derrotado por Alcolumbre na eleição para a presidência do Senado. Ficar bem com Bezerra significa acenar politicamente ao único grupo que pode ameaçar os dois anos que ele tem pela frente como presidente da Casa. Bezerra, por sua vez, se manteria na liderança do governo. Já Roberto Rocha, o corregedor, não se indisporia com ninguém e conseguiria pôr em curso, sem maiores entraves, seu projeto regional: tornar-se o principal líder de oposição ao governador do Maranhão, Flávio Dino, talvez com a ajuda do próprio MDB de Bezerra e do onipresente José Sarney. Mecias, o suspeito principal, manteria seu mandato tranquilamente.

Jonas Pereira/Agência SenadoJonas Pereira/Agência SenadoAlcolumbre: ele se vendeu como novo, mas age como os antecessores
Nesta semana, Crusoé voltou a indagar Mecias sobre sua participação na fraude. Ele não só negou como, confiante, disse que o presidente do Senado e o corregedor poderiam garantir sua inocência. “Pergunte a Davi Alcolumbre e a Roberto Rocha se tenho alguma participação nisso. Pergunte a eles”, declarou, com a certeza de que sairá ileso. Perguntas também foram enviadas a Alcolumbre e a Rocha. O presidente do Senado nem sequer respondeu. O corregedor disse que está aguardando o resultado de um inquérito aberto pela Polícia Legislativa. Perguntado em seguida sobre a previsão para a conclusão da apuração, ele silenciou. Procurada, a Polícia Legislativa pediu que as perguntas fossem feitas à assessoria do Senado, que por sua vez informou que o assunto está a cargo do corregedor. Ou seja: um empurra para o outro, e ninguém informa nada.

A falta de transparência tem incomodado alguns senadores que tentam acompanhar o desenrolar do caso, como Cid Gomes. “A turma do deixa-disso prevaleceu”, diz o senador cearense. O baiano Otto Alencar também reclama: “A investigação não sendo concluída de forma transparente deixará o Senado em situação comprometedora”. Ele compara o episódio com outro igualmente rumoroso, o da violação do painel do Senado por seu conterrâneo Antonio Carlos Magalhães e por José Roberto Arruda, em 2001, durante a votação da cassação do então senador Luiz Estevão. ACM e Arruda acabaram renunciando. Entre a revelação do envolvimento dos dois e a renúncia de ambos, três meses se passaram. Agora, dois meses após a fraude, não há nenhuma resposta. Aliás, nem o Conselho de Ética – onde a investigação deveria desaguar – foi instalado ainda. Os tapetes azuis do Senado estão precisando, mais do que nunca, da prometida faxina.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Vergonha nacional: dos 3 poderes: 2 estão manchados pela ganância, pelos interesses espúrios, pelas negociatas e tudo em nome da governabilidade.... Pobre Brasil, onde as duas casas que deveriam ser o exemplo de justiça, de caráter e de pessoas, são exemplos do que há de mais baixo, sorrateiro e escorregadio... o que dizer dessa eleição no senado? negociata feita pelos senadores e o que perdeu: sequer reclamou e nem fala sobre a investigação... o que esperar desse senado? água mole em pedra dura

  2. VERGONHOSO, ISSO A GRANDE MÍDIA NÃO COBRA A SOLUÇÃO DESSE INQUÉRITO. E VOCÊS O ANTAGONISTA VÃO CONTINUAR COBRANDO O FINAL DESTE INQUÉRITO? ESPERO QUE SIM !!!!!

  3. Vergonhosa essa operação abafa. Mas fazer o quê? Até a Crusoé participa da operação abafa quanto às manifestações ocorridas no domingo contra o STF e pela operação Lava Toga. Não podem reclamar quando tentam abafar o que vocês gostariam de destacar. A saída são as redes sociais. O único local onde você pode encontrar informação genuína. Algumas falsas, mas são fáceis de identificar. Enfim, lemos esta revista com mais descrédito que as notícias alarmantes de whatsapp.

  4. Foi visível a jogada principalmente a postur do sen. Fernando Bezerra, que nao escondeu a postura de visibilidade. O hábito faz o homem.

  5. Se tem uma forma desse lamentável episódio não cair no esquecimento (e consequente impunidade), é ele continuar sendo apontado pela mídia. Aos eleitores, cabe a obrigação de exigir dos senadores em quem votaram, o esclarecimento do caso.

  6. Sempre disse que o Congresso é o maior câncer do Brasil. A reportagem mostra como na realidade a coisa funciona. Nada a ver com o que eles falam nas mídias. Fechados em seus gabinetes é que os acertos e maracutaias se realizam verdadeiramente.

  7. Não me faz nenhum sentido, e nem posso explicar onde tudo isso começou. O poder executivo é amplamente vigiado pelos outros dois poderes. Porque cargas d'águas o legislativo e o judiciário são vigiados por eles próprios? Tem coisa muito errada nisso tudo, perdeu-se em nossa história republicana talvez, o momento em que isso fechava com maior coerência. Quem muda isso agora?????

  8. A renovação feita no senado não surtil o efeito desejado,temos que continuar na próxima vamos completar o serviço tenho fé.

  9. Estamos diante de uma traição clara aos votos dados! Conluio vergonhoso e de politica antiga! Devem cair todos os envolvidos, O compadrio acabou nas eleições! Ou concluem a investigação e ou caem fora! Já!

  10. É isso que deputados e senadores chamam de articulação politica ou seja a capacidade de fazer a sociedade se convencer que uma mentira é verdade.

  11. O povo nas ruas hoje , 07 de Abril, mostrou o que " acha" do judiciário e do legislativo...ah! E viva a lava jato!!!!!#MudaBrasil...na marra!!!!

  12. Falastrão do senador Major Olimpio, o que promete-se tem que entregar.... Foi o primeiro a declarar haver feito um.pedido de investigação e agora está com amnésia. Te juro, se não fosse meu desejo de derrubar o PT não haveria votado em você. Do contrário entraria o Suplicy.

  13. O acordão descrito no terceiro parágrafo desta matéria é um arranjo de uma organização que parte de uma fraude eleitoral para acomodar seus interesses. Destacam-se dentre vossas excelências o presidente Alcolumbre, que inicia sua gestão mostrando a cara de farsante e mentiroso. O outro é a velha raposa Fernando Bezerra (MDB) que assumiu, pasmem, a liderança do executivo no senado, mostrando do que é capaz para esconder a sujeira. O senado ainda fede à podridão de alguns de seus integrantes.

  14. Empurrar para debaixo do tapete fará Ali Baba levantar voo. É assim que a política e o jeitinho brasileiro nunca se regeneram. Mudam os personagens, mas o círculo virtuoso não se instaura. A impunidade impede a sua aderência às instituições.

  15. Fraude na votação para a presidência do senado. E pelo visto como sempre não vão punir ninguém. O que esperar de gente desse tipo, dessa falta de escrúpulos e caráter? Sempre acho que apesar de se considerarem a elite, não passam da pior escória da humanidade. Para mim são iguais a traficantes, sequestradores, assassinos, ladrões e todo tipo de criminoso. A única diferença desses é que usam terno e gravata, e acham que tem esse direito. São escória.

  16. Na próxima eleição deveremos continuar limpando o congresso. Temos que tirar esses farrapos humanos de nossa representação. Nogeira.

  17. Mecias com C? Esse já é falso de batismo... Ô, corja! Mas, na época das eleições, eu avisei: vamos votar no Senador Reguffe pra presidente do Senado! Este é um cidadão de bem, até onde se saiba! Mas, não, todo mundo resolveu apoiar esse Alcolumbre, que surgiu do nada! Deu no que deu...

  18. O cara é líder do governo que VOTEI. Não precisa dizer mais nada... Bolsonaro nos decepciona de verdade.. acordo sórdido..

  19. Parabénspela reportagem q mantem viva a chama daimpunidade q vigora no Brasil.Esse novo governo q seria da faxina da bandidagem está muito a desejar.Os crimes como entre tantos q não poderiam ser esquecidos estão mantendo o padrão da velha política.Sugiro aCrusoé q faça umalista d casos comoeste a espera d solução,entretantos d totalgravidade, para o bem estarda nação sem corrupção para q tenhamos noção d quantos casos SAEM dalista qd resolvidos.Veremos q a filanão anda e se manterão lembrados.

  20. Não façam isso!...estarão,mais uma vez,frustando a cidadania que está tentando "renovar" o congresso.Não foi maior por causa dos "currais eleitorais" mantidos a ferro e fogo em regiões mais vulneráveis.Tiro de "doze" no pé!...

  21. A promessa era de renovação no entanto os corones não importa de que idade, de atos mandatos continua a mesma podridão. Gentalga!

  22. Esses pobres seres humanos, travestidos de senadores da antiga república federativa das bananas, verão sua hora chegar porque hoje nós temos as mídias sociais para desnudá-los. Bando de safados. Deveriam ser jogados nas latas de lixo, literalmente, como fizeram na Ucrânia com os políticos. Viva o Brasil real.

  23. Temos que higienizar o Brasil, nosso Congresso, nossas Assembleias, nossas Câmaras, nosso Judiciário, ministério público e procuradorias, federais, estaduais e municipais e, ainda, nossos Executivos, no âmbito Federal, Estadual e Municipal. Bolsonaro tem, ainda, 2.820 Dias para esta limpeza.

  24. Estou me sentindo envergonhado de ser brasileiro. Não é por nada que no exterior somos olhados com desprezo quando informamos a nossa nacionalidade. É inominável a podridão de grande parte de nossas maiores autoridades. Até quando?. Me dá ânsia de vômitos.

  25. A divina parábola: "Não se coloca remendo novo em tecido velho"; "não se coloca vinho novo em odres velhos"... tudo se estraga. No caso do Senado e Câmara, corrompe-se. As boas intenções, dos novos bem-intencionados, durou pouco. E como tem sempre as exceções de praxe, os poucos que desejam evitar o mar de lama que os circunda são instados, talvez até ameaçados, a permanecer calados. Vais ser difícil depurar esta podridão-corrupção.

  26. TODOS estes crápulas são o "suco" de nosso povo, pelo menos daqueles que possuem 16 anos em diante que, por terem o nível ético e moral muito baixo, na hora do voto em cada eleição, elegem e reelegem estes topores que são seus semelhantes. Esqueçam os tabus de que estes trastes enganam seus eleitores. Ninguém engana ninguém. Está diretamente ligado ao nível ético e moral da maioria da população votante.

    1. Falou tudo, ainda mais com a doutrinação decadente nas escolas.

  27. São grupos que envergonhariam qualquer clube esportivo, qualquer associação. Infestam o Congresso e a politica brasileira, tirando desta, toda a credibilidade. Gente que em qualquer sistema politico serio seria descartada. imaginem estes tipos legislando sobre crime!

  28. E o pior é que a gente realmente esquece, eu mesmo já estava esquecendo desse assunto. Alcolumbre se prova ser farinha do mesmo saco, como seu próprio histórico já demonstrava.

  29. Alcolumbre é péssimo! Uma vergonhosa revelação de mais do mesmo. Os safados fraudadores da votação pra presidência continuam acobertados graças à conivência do presidente da Casa. Não é admissível que a fraude no Senado não chegue aos culpados. Para quem se elegeu prometendo mudanças, eis que a escandalosa fraude daquela tarde, segue engavetada com as bênçãos do presidente. Alcolumbre deveria ser denunciado pelos novatos e os fraudadores devidamente investigados e banidos da casa.

    1. O Presidente do Senado é uma fraude , concordo com tudo que foi dito.

  30. Essa cara de pau do senado cansa. Essa podridão institucionalizada cansa. Esse "corporativismo" cansa. Somos vencidos pelo cansaço, pois por maior que seja nossa indignação, a morosidade nas investigações e a certeza de impunidade destes senadores são inabaláveis. Triste país...

    1. Abaixar as portas ,todo mundo para a casa,uma economia financeira e moral...

  31. Este senado é um antro de podridão, que faz mal à saúde dos brasileiros. A doença que lá se instala, deve ser combatida pelos brasileiros de bem. Há um tumor enraizado, que deve ser extirpado para o bem do Brasil e dos brasileiros de bem.

  32. A sociedade não pode deixar barato! Esse Alcolumbre tem se mostrado tão safado quanto os seus antecessores. Kajuru, Laisier, Simone, Olímpio, o Brasil confia em vcs! Não pode esconder debaixo do tapete! As cobranças tem que ser diárias. Que se cassem os três! Não aguentamos mais tanto trambique!!!

  33. A faxina prometida pelo novo Presidente do Senado, continua não sendo feita e ficará por isto mesmo. Sem solução e sem condenação do culpado.

  34. DEMOCRACIA MILITAR. Ou saiam de cima do muro aqueles que nomeamos para a mudança radical O que queremos somente nas ruas podemos manidmfestar. Domingo próximo é dia de festa. Que os jovens abaixo de 30 anos, educados nas universidades gramscistas, se unam a nós anciãos no resgate de nossa Pátria amada Brasilis.

  35. Com Alcolumbre ao invés de Renan Calheiros, trocou-se uma raposa velha por uma nova. A nova tem menos cacife e know how nos bastidores do crime senatorial, sempre absolvido com a mesma sentença: "temos que manter a governabilidade". Mas o neófito aprende rápido ao que parece. Tem que haver pressão de todos os lados - viram novos senadores? - Viu Palácio do Planalto? O não envio das fotos à PF é sintomático. A foto da matéria, onde o bufão mostra a urna aberta, é simbólica. Um mágico em ação.

  36. Mas o MPF tem obrigação de fazer alguma coisa porque ele representa os interesses do povo. Como ele agiu no caso do assassinato da Marielle e do motorista, que determinou que a PF entrasse no caso e investigasse a investigação. Não é possível o MPF ver essa coisa completamente desavergonhada acontecer na cara da população e nas barbas do MPF e não fazer nada. É igual ao PM do Rio vendo um grupo de torcedores matando outro torcedor e não intervir para evitar o massacre. Crusoé cobre o MPF.

  37. Para que serve mesmo o Senado? Porquê precisamos de algo tão caro e ineficaz? O que aconteceria se neste País houvesse apenas um Parlamento ?

  38. David Alcolumbre quando ganhou do Renan achei que era um ganho pro país e a democracia que faria a diferença Triste constatar que é mais do mesmo. Quando será que teremos alguém na Câmara e no Senado trabalhando pra nação e não para os comparsas?????

  39. Tá tudo explicado para mim. Mecias, Bezerra e Maranhão são velhacos da pior espécie e SÃO culpados pela fraude, que jamais será revelada "em nome da eterna governabilidade" - palavra que esconde e livra os canalhas das consequências - porque provada já foi, por conta da CUMPLICIDADE do Alcolumbre . . . mais do mesmo daquela política nojenta feita por criminosos infiltrados no sistema.

    1. Inclua aí Rocha e Alcolumbre. NINGUEM pensa na instituição e só analisam perdas pessoais. Quem é cúmplice também é culpado.

  40. Certamente são os mesmos que trabalham para abafar a CPI da Lavatoga, sem dúvida que seria excelente que eles fossem "expelidos" do Senado, mas isto é pouco, melhor ainda seria que a merda toda fosse jogada no ventilador. Afinal, se isto fosse feito, independentemente de eles perderem os cargos ou não, que força eles teriam para se opor à CPI da Lavatoga? Se estiverem expostos e se moverem para abafá-la só piorarão o desgaste do Senado que terá como alternativa cassá-los.

  41. Esses vagabundos sabem que pertencem a uma instituição espúria, desmoralizada, cara e que devia ser dissolvida. Precisa começar do zero pois a renovação não atingiu aos bandidos que realmente comandam a gangue.

  42. Sao imorais e insuportaveis. Na prática a manutençao deste crime nos poroes sujos do Senado, traz a certeza de que essa prática nao cessará tao cedo. O povo cada dia mais descrente deste parlamento e cada dia mais convicto de que para o Brasil so' há uma saída. Fechar este parlamento junto com o STF e começarmos tudo de novo com uma nova constituiçao escrita por notáveis sem a presença de nenhum parlamentar.

    1. Reforma política já!!! Redução Drástica do Parlamento do Judiciário .

  43. De onde surgiu esse porco alcolumbre? E, o q acontece com os senadores q bravamente assinaram a cpi e agora se escondem sabe se la atras do q. Vcs nao tem familia a quem devam ao menos parecer honrados, ou ja estao ensinando falcatruas a eles desde o berço? É incrivel ver q parece ter ai assinaturas de homens sérios e, de repente se omitem. Gente rica q nem precisa roubar ou fazer acordos espúrios, donos de negocios com muitos funcionarios, patrões, ficam servos de um alcolumbre da vida

  44. Senado federal, só tem Canalhas PHD e pilantragem!!! Por favor antagonistas, enviem perguntas diariamente a eles... vamos vencê-los pelo cansaço.

  45. Se diante das câmaras, com transmissão para todo o Brasil, os senadores fizeram o que fizeram e continuam impunes, imaginamos o que fazem nos bastidores! É muita podridão! Uma vergonha!

  46. Não nos assustemos com a atual ONDA DE ESCÂNDALOS que ‘assola o país’ (como diria o imortal Sérgio Porto, por seu impagável ‘Stanislaw Ponte Preta’ em inesquecíveis tops do jornalismo satírico do país). Tal TSUNAMI não vai amainar tão cedo e no arrastão, dia mais dia menos, coizinhas que tentam passar ainda despercebidas, como a mesada do Toffoli, o voto do tal senador 82, as origens da fortuna de Gilmar e de seu poderoso Instituto com filial em Portugal. E outras MILHARES de negociatas mais...

  47. Esse é o problema de nosso País. Política que visa interesses de qualquer forma aos próprios políticos não importando com ética, decoro é o ranço que ainda prevalece na política: Sempre esconder a verdade, e, todos são inocentes perante a lei !

  48. Vergonha. Gostaria que a Crusoé mantivesse esse assunto em pauta e cobrasse do Senado uma resposta, para não cair no esquecimento, como muitos parecem desejar. Obrigado.

    1. Decepcionada cada vez mais com Alcolumbre. A investigação precisa apontar os responsáveis. E puní--los.

  49. Só de ler a matéria, verifica-se o nível de lixo que se tornou o Congresso Nacional. Bando de vagabundos, um tentando esconder o que o outro fez. Não é a toa que varreram mais de 60 por cento dos Senadores. Na próxima eleição o resto vai rodar também.

  50. Vai ficar muito feio mesmo para esta casa deixar este assunto sem esclarecimentos e a devida punição. Não haverá distinção entre o joio e o trigo. Vai pegar mal.

    1. Ali, praticamente, só tem joio e seria mais fácil “catar” algum grão de trigo, antes de varrer do Senado o grosso do resto, junto ao tal Alocumbre que é apenas um Renan piorado. “Aquilo” é uma eterna festa alegre, com mais de mil convidados permanentes na folha de pagamento, como funcionários públicos (da elite), para dar suporte e assessoria aos seus “82” marqueses, digo condes, digo barões; digo príncipes; digo nobres (mas nem tanto); intocáveis; soltos (=inimputáveis) e tranquilos folgazões.

    2. Não tem jeito, essa Casa Legislativa só tem atuado rápida e eficazmente quando o assunto é defender o corporativismo podre que está disseminado nas suas hordas, não menos fétidas. Esperemos que a tão propalada renovação não permita que mais esse escândalo vá para debaixo dos tapetes azuis.

    3. Já esta demonstrado que o Alcolumbre substituiu um B osta e entrou um M erda, a bandidagem permanece no $enado

Mais notícias
Assine
TOPO