Adriano Machado/CrusoePara o senador Alessandro Vieira, Gilmar e Toffoli devem explicações

“Vamos abrir a caixa-preta”

Autor do pedido para instalar a CPI da Lava Toga, destinada a averiguar suspeitas sobre a cúpula dos tribunais do país, o senador sergipano Alessandro Vieira acredita que a investigação vai sair do papel em breve, apesar das fortes pressões em contrário
05.04.19

Tão logo tomou posse como senador, em fevereiro, o delegado licenciado Alessandro Vieira começou a articular um movimento para investigar a cúpula do Poder Judiciário nacional. Recém-chegado a Brasília, ele deu de ombros para a pressão que, sabidamente, viria logo a seguir. Avançar sobre os tribunais é um tabu, por várias razões. Mais ainda se a ideia é que a investigação seja feita pelo Congresso, repleto de gente enrolada com processos. Mesmo assim, o senador novato prosseguiu em seu intento: instalar uma comissão parlamentar de inquérito destinada a escarafunchar suspeitas envolvendo, especialmente ministros do Supremo Tribunal Federal. Era o início da história da chamada CPI da Lava Toga. Vieira conseguiu reunir 27 assinaturas, o mínimo necessário para dar partida à comissão. Não demorou para que a reação esperada viesse: ministros do Supremo passaram a ligar para senadores que haviam assinado o pedido, para tentar convencê-los a voltar atrás. Conseguiram dobrar três deles. O pedido acabou arquivado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, sob a alegação de que já não havia mais o número mínimo necessário de apoios.

Alessandro Vieira não desistiu. Fez um novo requerimento, mais robusto, e voltou a procurar os colegas. Lançou-se pessoalmente na tarefa de coletar as assinaturas. A essa altura, integrantes do Executivo e do Legislativo haviam se somado ao Judiciário na operação para barrar a CPI. Os argumentos eram os mais diversos – iam desde a preocupação com a possibilidade de se abrir uma crise institucional até o temor de retaliações ao Congresso. Desta vez, o senador do Cidadania (ex-PPS) de Sergipe conseguiu o apoio de 29 dos 81 senadores. Mas de novo apareceram obstáculos. Davi Alcolumbre alegou que não havia fato determinado no pedido. Ignorou os 13 pontos que Alessandro Vieira listou no requerimento, desde negócios do instituto de Gilmar Mendes e transações financeiras de Dias Toffoli, presidente da Suprema Corte. Apesar do novo arquivamento, o assunto foi remetido para a Comissão de Constituição e Justiça, que examinará a decisão de Alcolumbre e, depois, deverá submeter o veredicto ao plenário. Nesta entrevista a Crusoé, Vieira se mostra esperançoso de que a investigação sairá do papel – e revela as articulações destinadas a barrar a CPI, incluindo telefonemas de ministros e de empresários que exercem influência sobre senadores.

Por que os tribunais superiores devem ser investigados?
Basicamente porque eles não têm transparência nem dão explicação para uma série de denúncias que escutamos há anos. Só o (ministro do Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes recebeu uma denúncia de impeachment com 32 acusações e ele não respondeu a nenhuma delas. Ele nunca responde. Eles sempre ignoram as denúncias e seguem manobrando na sua faixa de poder para manter tudo como está. A ideia da CPI é apurar eventuais crimes cometidos e, principalmente, fazer diagnóstico de mudanças no Judiciário que permitam  uma efetividade maior da Justiça. É uma demanda que está enraizada na sociedade. É o único poder que não foi tocado ainda. Executivo e Legislativo já foram. Agora é a hora do Judiciário.

Por que sempre é difícil investigar o Judiciário?
Você tem uma posição de altíssimo poder do Judiciário e um medo imenso de falar sobre isso na Justiça. A gente não tem praticamente nenhuma notícia sobre essa CPI, por exemplo, na Rede Globo. E temos um pedido de CPI subscrito por 29 senadores que representam mais de 53 milhões de votos diretamente.

Quem tem medo da CPI?
Aqui dentro do Congresso, muito claramente, são os parlamentares que respondem a processo, especialmente os que têm processos complicados, por corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha. Mas tem no Senado também outro grupo influenciado pela avaliação de que a CPI vai gerar uma grande crise e o país vai parar. Ora, o país já está parado. E não está parado porque tem ou não CPI. Está parado porque o Executivo não consegue montar uma base nem apresentar propostas bem pensadas para o seu trabalho. Não tem nada a ver com CPI. Então, aqui dentro tem gente com rabo preso e gente que tem medo de uma crise.

E fora?
Na sociedade, tem empresários e até jornalistas que refletem esse discurso de que se tiver CPI, não tem reforma da Previdência, e sem reforma o país quebra. E tem gente lá no Executivo que foi atemorizada por uma gestão muito incisiva do presidente do STF, Dias Toffoli (contra a CPI).

Adriano Machado/CrusoeAdriano Machado/Crusoe“Ministros do Supremo pediam a outras pessoas para pressionarem. Em vez de o ministro ligar diretamente, ele pedia para alguém que tinha influência sobre o senador ligar”
Como ocorreram as pressões sobre os senadores?
No próprio processo de coleta de assinaturas da CPI, para que não assinassem ou para que as assinaturas fossem retiradas. Dez minutos depois de protocolarmos o requerimento, recebi a visita de uma assessora parlamentar do STF que disse que vinha a mando da presidência do Supremo para verificar quais eram os nomes dos apoiadores da CPI. Ela não me pediu nem o objeto da CPI, apenas a lista. Não me pareceu uma forma de abordagem razoável.

E o sr. deu a lista?
Sim. E depois todos relataram que receberam telefonemas e pedidos para retirada de assinaturas…

Receberam telefonemas de quem?
Do Toffoli, do Gilmar. Um senador me disse que outro ministro também ligou. E os argumentos contra a CPI foram se amoldando. Primeiro, que não podia ter CPI porque juridicamente não era possível. Depois, foram mudando para a história de uma crise institucional que poderia parar o país. Em alguns casos, a movimentação era triangular. Ministros do Supremo pediam a outras pessoas para pressionarem. Em vez de o ministro ligar diretamente, ele pedia para alguém que tinha influência sobre o senador ligar. O empresário Benjamin Steinbruch, por exemplo, ligou para o Cid Gomes. Duas senadoras do PSL, Soraya (Thronicke) e Selma (Arruda) foram muito pressionadas pelo Flávio Bolsonaro. Ele não assinou a CPI. Primeiro, disse que não assinava para não comprometer o pai. E depois passou abertamente a defender que não tivesse CPI para não gerar uma crise institucional. A visão dele é a de que vai atrapalhar as reformas e causar tumulto. A pressão maior foi sobre o PSL e os novatos.

E quem liderou, internamente, o movimento contra a CPI?
As principais movimentações em contrário vieram do MDB: do (líder do partido) Eduardo Braga, do (líder do governo) Fernando Bezerra, e do próprio Renan Calheiros, que voltou à cena justamente para atacar a CPI. O PT também articulou contra a CPI. Humberto Costa, Rogério Carvalho. Mas não conseguiram sucesso em retirar assinaturas.

É uma pressão indevida?
Pelo tamanho do poder que tem o Judiciário e mais ainda sua cúpula, representada pelo Supremo Tribunal Federal, vejo como uma ameaça à democracia. Alguns dos ministros colocam o seu interesse pessoal acima dos interesses da República e da  própria Justiça. Gilmar, como eu disse, recebeu um pedido de impeachment com 32 acusações e não respondeu a nenhuma. Imagina um prefeito que recebe 32 acusações e simplesmente não responde. Qual percepção que se teria sobre ele? Há ministros que se comportam dessa forma. E agora ainda partem para a intimidação de vários parlamentares e com a faca no pescoço do governo, vinculando questões da pauta econômica e previdenciária. Questões que deveriam ser questões de Justiça passam a ser questões de boa vontade.

Adriano Machado/CrusoeAdriano Machado/Crusoe“Precisamos é de documentos, de quebras de sigilos, testemunhas que possam apontar, por exemplo, a relação entre o Gilmar Mendes, a JBS e o seu instituto”
Se a CPI sair, os srs. pretendem ficar apenas nos fatos descritos no pedido inicial ou expandir para outros casos?
Toda CPI a gente sabe como começa, mas não sabe como termina. A CPI do Brumadinho foi aberta e agora abriu aditivo para tratar de outras barragens, o que é algo razoável. Isso pode acontecer também aqui. O (jurista) Modesto Carvalhosa, por exemplo, apontou 32 fatos.

O alvo principal é o STF?
Do rol de casos tem um do TST, dois ou três do STJ e os demais são do STF. A maior parte do STF é vinculada ao ministro Gilmar Mendes por um motivo óbvio: é o ministro que mais extrapola do que é razoável para um magistrado. Faz isso de forma reiterada e cotidiana, e chega ao deboche. Hoje você tem o STF atuando politicamente. E não estou falando de ativismo judicial. O que eles fazem é decidir ou não decidir manipulando a pauta e, com isso, o tempo da política.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, tem auxiliado ou atrapalhado os defensores da instalação da CPI?
Entendo que ele tente evitar a CPI porque ela gera tumulto interno. Está sendo muito pressionado pelos senadores do PT e do MDB e veio com objetivo de pacificar a casa para aprovar pautas importantes. E essas pessoas usam isso como moeda. “Mata a CPI que nós apoiamos sua gestão aqui”, dizem. Mas, se fosse o Renan, seria muito pior porque teria o destino que tiveram todos os movimentos antissistema: a gaveta. Na presidência do Eunício (Oliveira, do MDB), foram engavetados mais de 40 pedidos de impeachment contra ministros do STF. Sem nenhuma análise.

Qual é a perspectiva hoje? A CPI sai?
A perspectiva é positiva. Vamos aguardar o parecer na CCJ e buscar apoio lá dentro. O movimento do PT e MDB é forte, contrário à CPI. Mas acredito em uma análise mais técnica na CCJ. Sigo dizendo que é questão de tempo. Acredito que ela sairá. Vamos abrir a caixa-preta do Judiciário.

O que se diz no Senado é que, se a comissão for mesmo instalada, os ministros que forem eventualmente investigados irão ignorar os chamados para prestar depoimento, por exemplo.
Ouvir o investigado é a última coisa a ser feita. Se um ministro faltar, é escolha do ministro. O que precisamos é de documentos, de quebras de sigilos, testemunhas que possam apontar, por exemplo, a relação entre o Gilmar Mendes, a JBS e o seu instituto, que até hoje não tem nenhuma resposta. Precisamos basicamente do sigilo bancário e fiscal e, em alguns casos, o telefônico. Para analisar a relação do Toffoli com o banco Mercantil não preciso do depoimento do Toffoli. Preciso de documentos.  Ouvir o Toffoli é o último ponto, e é do interesse dele. Se ele não tem interesse em explicar, não faz falta nenhuma. Com a prova material, você consegue mostrar se há uma relação que, no mínimo, não poderia ter ocorrido.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Parabéns SENADOR ALESSANDRO!!! O Brasil precisa de gente nova e com coragem para limpar esse país! Desejo muita força e não desista de brigar pelo nosso Brasil.

  2. Só abre a caixa preta se o cagão do Alcolumbre levar um pé na bunda. Mas água mole em pedra dura tanto bate até que fura.

  3. Estou acompanhando atentamente as atitudes do enobrecimento Senador, o caso raro no Brasil de coragem e honestidade. Se tivesse algum desvio de conduta a veículos como Folha de São Paulo, Uol e Sistema Globo já teriam feito imensas reportagens.

  4. Obrigado Alessandro. Hoje a Lava Toga atrai ainda mais atenção do que a Lava Jato. É irreversível. Gilmar debocha de todos há muito tempo, seu tempo está acabando. Depois, fará companhia ao nine em Curitiba. Poderão chorar juntos novamente.

  5. Parabéns, Sen. Alessandro! O povo foi às ruas e estamos juntos! Chega de abuso de autoridade no STF. Não votamos neles, não contamos com eles! Só atrapalham a verdadeira JUSTIÇA, a JUSTIÇA SOCIAL!

  6. O Brasil precisa mudar. Não é possível mantermos canalhas nos poderes. Antigamente falava-se, na época dos governos militares, que os governantes queiram o povo "burro" para ser manipulado. Hoje assistimos, entristecidos, que a ignorância aumentou.

  7. Só não entendo uma coisa: PORQUÊ você forneceu a lista? Seu poder é independente, não tinha obrigação de fazê-lo. Viu no que deu?

  8. Parabéns pela iniciativa corajosa de passar a limpo essa situação que se prolonga ha décadas na República, esse Poder não é intocável, sua atitude tem todo o meu apoio, já está na hora de darmos um rumo a Brasil.

  9. Parabéns Senador! Até que enfim um homem de valor e que dá esperança aos eleitores! Força Senador o Brasil não merece essa sujeira e podridão!!!

  10. Esta CPI seria importante mas vai apurar desmandos daqueles que se julgam intocáveis. Mas acredito que o problema tem que ser atacado na raiz mudando-se na Constituição a forma de como são escolhidos os Ministros. Tem que haver um critério puramente técnico.

  11. Parabéns Senador!!! Sou do MA, não sei se os Senadores daqui assinaram. Quem não deve não teme. Alguém tem que enfrentar este poder, esta corte(reinado vitalício).

  12. Parabéns, Senador! O Brasil anseia pela Lava Toga, assim como, por todas as investigações referentes aos poderes constituídos. Os representantes do Poder Judiciário deveriam, eles próprios, desejarem esse tipo de investigação. Se estão indo em sentido contrário, no mínimo, mancham com a sombra da dúvida, o Poder que deve ser cego, posto que imparcial, mas justo, equilibrado e, sobretudo, transparente. Siga em frente, Senador Alessandro Vieira! #QueremosLavaTogaJá!

  13. Perfeita a correlação do Parlamentar ao dizer que os 29 senadores que subscreveram o pedido de CPI representam 53 milhões de votos diretamente. É imensa a legitimidade dessa CPI. Agora, a mídia não colabora porque são empresas, visam lucro e também dependem de tráfico de influência nas Cortes para verem atendidos toda sorte de pedidos, de naturezas indenizatórias, tributárias, etc etc. Aí fica toda a população refém de um Poder que faz de tudo, menos JUSTIÇA !

  14. Bravo! Trata-se de um movimento importante. Precisa estar associado a MUDANÇA DA LEGISLAÇÃO. Os Juízes não podem ser vitalícios no cargo nem ter sigilo bancário nem tantas mordomias;não podem reajustar os próprios salários: os aumentos do judiciário e do legislativo deveram ser idênticos aos do executivo;sua permanência no cargo dev ser avaliada anualmente.Não poderiam decidir 'monocraticamente' ou nas turmas contrariando decisões do plenário.Decisões não poderiam ser reformadas s/motivo claro e

  15. Parabéns senador Alessandro Vieira. O senhor mostrou inteligência quando driblou os pontos negativos apresentados pelo Presidente Davi Alcolumbre, que eram a justificativa para barrar a CPI. É preciso exercer o direito (constitucional) que o senado tem em fiscalizar o Supremo Tribunal Federal e barrar a onipotência de alguns ministros, que se julgam inatingíveis e punir os que se envolveram com as práticas de corrupção. Vocês são os únicos com o direito de fiscalizar estes senhores.

  16. Não seria mais racional ao Senado apoiar o projeto da senadora Bia Kicis que busca revogar a chamada PEC da Bengala?? Ao mesmo tempo que não fica caracterizado o aspecto "punitivo" da ação, podendo criar um nível de turbulências inimaginável, também abre a possibilidade do STF ser renovado com a troca imediata de 4 membros.

    1. Perfeito, proativo e eficaz. CPI atrapalha. Político não sabe investigar, mesmo tendo um ex investigador no time, o time será mais forte que ele. Quem teria que investigar seria uma instituição estruturada e competente para isso, difícil neste momento. Assim a proposta de renovação do STF e manutenção dos integrantes baseada em competência e bons serviços prestados é a solução .

  17. Parabéns Senador Alessandro Vieira. Sou de SP e votei para Senadora Mara Gabrilli e exijo da Sra a mesma postura para combater a corja sindicalista dos tribunais superiores desse país.

  18. Bravo Senador Alessandro Vieira...e hoje, 07 de abril, as ruas o apoiaram muito claramente...mesmo com a mordaça da mídia e das ameaças do Toffoli...#MudaBrasil...na marra!!! E o país não vai parar !!! Porque queremos, merecemos e precisamos de um país melhor!!!!!#Lavatogasjá #PacoteAnticrimeUrgente!!!

    1. As ruas mostraram mas no fantástico só falaram que houve contra decisões do STF e não as suspeitas e a falta de confiança no STF nem usaram a palavra lava toga.

  19. Ah se tivéssemos uns 20 políticos sérios, destemidos e sem “rabo preso”, como esse, no congresso, talvez o nosso país tivesse jeito. Quero saber se os senadores do meu ES, também, assinaram essa lista, ou se estão envolvidos com a banda podre do Senado.

  20. A questão é histórica Os integrantes das mais altas casas da justiça deveriam chegar a estes postos oriundos como do topo de uma carreira exercida como juiz, e não indicados pelo executivo, o detentor do poder de indicação, mas uma eleição entre os indivíduos da area jurídica , todos que tem OAB votariam O candidato teria que ter sido juiz por X anos. O processo gera muito poder ao chefe do executivo. Quanto a CPI será que o legislativo tem a imparcialidade necessária para tal ação

  21. Tem que haver CPI sim. O país merece esta deferência. Chega de desmandos e corrupção por parte desta cúpula que só envergonha a nação.

  22. pelo visto os ministros do STF sao mais importantes ate mesmo quem os colocou la eo o congresso que os sabatinou . que pais eh esse.

  23. É imprescindível criar no Brasil um controle externo do Judiciário, como existe em outros países. Enquanto o controle do judiciário for feito por seus próprios membros, vai faltar transparência e sobrar corporativismo. Existe um controle externo da Polícia Judiciária e deve haver também do Judiciário.

  24. Tem algo de estranho neste regimento , que s espraia por todas as casas legislativas do país, que é essa autoridade do Presidente.

  25. Essa investigação ja deveria ter saído.Talvez as ruas possam ajudar.O judiciário tem que ser investigado sim,principalmente o STF.

  26. Esta deveria ser a prioridade é , certamente, valeria muito mais que um reforma da previdência.. que só atinge quem começou a trabalhar cedo e contribuiu a vida toda ..para o país e para sua aposentadoria ..formando sua reserva matemática..enquanto que milhares se aposentaram precocemente e se escondem atrás do direito adquirido que deveria ser sopesado , por um judiciário isento,ante outros princípios básicos constitucionais que asseguriam o cumprimento do papel do Estado para com a sociedade.

  27. ainda bem que está fedendo,pois assim chama atenção é a curiosidade pelo que tem guardado.Porque não se começa pelo preenchimento de listas até completar o número necessário. Senador siga em frente. José

  28. Meus cumprimentos ao Senador Vieira e aos que assinaram o pedido da CPI. Não desistam, o Brasil precisa de pessoas corajosas como vocês.

    1. Faço das palavras de Dulce as minhas palavras ! Não desista senador , com esta coragem , que poucos têm , a verdade será vislumbrada !

  29. Jornalismo isento que só mostra o acerto de ter assinado a revista Crusoé. Uma ilha mesmo no jornalismo nacional. Cada vez mais nojento e com todo o cenário enlameado do judiciário. Nós que lemos a Crusoé sabemos há tempo como funciona está gandaia de parte dos togados.

  30. Imagina o tanto de merda que esse povo faz. País de merda, povo de merda, justiça de merda. Nome Brasil. Só uma bomba atômica pra consertar essa merda.

  31. Delegado Alessandro Vieira, está a serviço do povo de todo o Brasil. Eu jamais imaginaria que poderíamos alcançar o estado da arte nesta política com estes políticos acobertando uns aos outros, veja as inconsistências, Alcolumbre e Rodrigo Maia sub Júdice no STF, e quem os ungiu às Presidências, Ônix Lorenzone, são os reflexos da velha política, tá aí a merda.

  32. Que coisa interessante! Os Ministros Toffoli e Gilmar correndo atrás de apoio para melar a CPI. Se estão seguros de que nada os comprometem, para que tamanho desespero? A máxima "quem não deve não teme" também é válida para o Judiciário, senhores Ministros.

  33. Parabéns Alessandro Vieira, assisti o vídeo do pedidos de instalação da CPI fiquei muito impressionado com a calma e a objetividade do pedido e achei que não existisse oradores dentro do Senado,vc precisa estar à frente também de outros trabalhos relevantes. Continue assim tentando nos salvar da canalhice generalizada que se instalou em todos os poderes, mas no judiciário é inominável as relações promíscua entre bandidos e togados. Lute por nós.

    1. Faço minha as suas palavras Marcelo, e parabéns ao ilustre senador, precisamos de homens assim.

  34. Du-vi-do!!! Com o Judiciário, o buraco é mais embaixo. Muito mais embaixo. Brasília fede (com todo o respeito aos brasilienses).

    1. isto mesmo, com o judiciário o buraco é mais fundo e fede, fede muito. Vamos enterrar essa vergonha do Brasil. Esse judiciário daqui parece o da Venezuela.

  35. Parabéns ao Senador Alessandro Vieira e a todos os outros que assinaram a CPI. O judiciário deve sim ser investigado e caso haja culpado que seja punido exemplarmente.

  36. O Brasil, precisa de homens de verdade! A população o apoiará, a partir do momento, que os fatos contra o STJ, Gilmar e Toffolli aparecerem.

    1. temos que ajudar a divulgar suas ações senador. Fale alto, grite, pule, faça coisas para aparecer na mídia e assim a população possa conhece lo.

  37. Alessandro Vieira (SE) não é de desistir, ainda mais quando as suspeitas de ilícitos são grandes. Ex comandante geral da polícia civil de Sergipe, contrariou "os interesses" do então governador Jackson Barreto (JB), que o exonerou após a prisão de um empresário na Operação Babel que investigou ilegalidades nas licitações da coleta de lixo em Aracaju. Alessandro concorreu ao senado e derrotou tanto o populista JB como o ex senador Valadares, oligarcas da política sergipana. À frente Senador!

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  38. TODOS estes crápulas são o "suco" de nosso povo, pelo menos daqueles que possuem 16 anos em diante que, por terem o nível ético e moral muito baixo, na hora do voto em cada eleição, elegem e reelegem estes topores que são seus semelhantes. Esqueçam os tabus de que estes trastes enganam seus eleitores. Ninguém engana ninguém. Está diretamente ligado ao nível ético e moral da maioria da população votante.

  39. O povo sem exceção tem que apoiar esta CPI, o judiciário desde a primeira instancia e principalmente as demais, são lotadas de mal feitos, pelos juízes, com venda de sentenças, demora nos trabalhos, ou o não trabalho, salários e privilégios altíssimos, tantos dos juízes como também dos funcionários, que são os piores da categoria pública

  40. Senador continue não desista. Temos que promover uma mudança ética no país e o STF tem que ser o nosso exemplo e não a nossa vergonha.

    1. Que bom, mesmo que raramente, se ter esperança de um dia melhorar. Tenho orgulho de ser Sergipano e de ver que as coisas estão mudando por aí e no nosso Brasil.

    1. Cássio eu escrevi o complemento desse comentário das 09hs33.

    2. continuando o que eu queria dizer. os planos de saúde são sem limites e consequentemente as escolas e universidades que seus filhos frequentam são particulares. Não é justo para com a população que não tem saúde e nem educação de qualidade.

    3. Sabe Cássio,o senador não precisa ter medo. Ele tem que fazer a investigação dentro da lei. trata-se do STF. Más nós povos temos que ajudar e irmos para as ruas para protestar sem baixaria. Eu não descordo quando se diz que um juiz tem que ganhar bem porque existe o risco de ele se corromper se ganhar pouco. Com o salário que. ele se recebem, com certeza eles podem sim pagar todas as suas despesas pessoais. Eu não acho justo nós contribuintes pagarmos de plano de saúde a escolas e universidade

  41. Siga em fente, senador! Tem todo o país te apoiando. As ruas estão gritando pela troca do judiciário. As maçãs podres têm que sair de lá. Não dá mais. Não há harmonia possível no país com um STF sob fortes suspeitas e desmoralizado. O povo acordou e vamos tirar os juízes do supremo (primeiramente, os três que sempre conspiram juntos) que afrontam a democracia e debocham da nossa luta contra a corrupção.

    1. Amanhã ir para as ruas em protesto contra o Supremo 👏🏻👏🏻👏🏻🇧🇷🇧🇷

  42. Parabéns senador Alessandro Vieira pela iniciativa e pela coragem! Não desista! Se não for esse ano será no seguinte. Talvez o melhor momento seja mesmo após a aprovação do fim do foro privilegiado, dos pacotes anticrime e da previdência. Lógico, se o Srs. Rodrigo Maia e Alcolumbre e os nobres deputados e senadores o fizerem ainda em 2019. A esmagadora maioria da população brasileira apoia a CPI da LAVA TOGA! Mais uma vez parabéns corajosos senadores que apoiam e assinaram esta CPI.

  43. Não desista, Senador! A população está maciçamente com vc! Precisamos abrir a caixa-preta do Judiciário, impichar, processar e prender os malfeitores para que o Brasil possa avançar! O senhor foi a melhor novidade do Senado! Vamos à luta!!!

  44. Para uma democracia ser plena não pode haver intocáveis. Em qualquer país sério esses juízes já teriam sido afastados até o fim de uma investigação federal

  45. No regime democrático o principal poder da república é o legislativo. Se ele se submete ao judiciário o estado fica travado pela usurpação de poder. Aqui vemos um judiciario que deveria de ser técnico fazendo política e legislando. Se fosse só isso tudo estaria no campo do jogo do poder. Agora se há falta de transparência, ajustes indevidos e tráfico de influência, os freios e contra pesos devem funcionar e o caminho é a CPI. Parabéns ao Grande Senador!

  46. Parabéns senador Alessandro Vieira, o Brasil é o país da impunidade justamente porque existem ministros de tribunais superiores e desembargadores que são verdadeiros bandidos e simplesmente enterram qualquer tipo de investigação. Enquanto na 1ª instância os processos andam, na 2ª e na 3ª são todos engavetados. O Brasil está com você, exigimos a operação Lava Toga urgentemente!

  47. É o desejo de milhões de brasileiros , que se investigue estes ministros. 7/4, estaremos nas ruas, em favor da Lava Toga, do projeto do Moro, que inclui a permanência da prisão em segunda instância, votação de impeachment contra Gilmar, Toffoli, Lewandowski e MAM.

  48. Parabéns ao senador Alessandro Vieira pela sua determinação e combatividade. É uma pena que eu não possa votar nele, por ele não ser do meu estado. Em membros da família Bolsonaro nunca mais eu votarei, papel nojento e asqueroso esse do sen. Flávio Bolsonaro; logicamente ele quer fazer favores e facilidades para o judiciário porque sabe que inevitavelmente precisará de favores deles, e daí uma mão lava a outra.

  49. a organicidade do Estado precisa ser repensada. Órgãos desnecessário como Justiça do Trabalho, Justiça Eleitoral e o próprio Senado (substituídas certas atribuições por um Conselho da República), poderiam ser descartados sem prejuízo algum ao cidadão, ao contrário, haveria um ganho na limpeza burocrática e nos custos da República.

    1. Perfeito. Um Estado mais objetivo, menor, eficiente e barato.

  50. Parabéns senador é pra isso que foi eleito, que história é essa que que vai atrapalhar o pais, da muito bem pra votar várias pautas, que aprendam produzir.

  51. Esse senador está de parabéns! tem futuro! pena que na Bahia tem 03 desgraças que não chegam nem no chinelo do senador sergipano.

  52. Boa entrevista. Enfim fez algo bom essa revista! Minha pergunta continua sendo: como podem senadores q pelo q se sabe ate agora, sao honestos, patroes de milhares de funcionarios(exemplo Oriovisto Guimaraes/grupo positivo/parana) se permitem estar submissos a orientaçao/achaques/demoras desnecessarias/falta de compromisso com o pais por parte de gente como esse porco alcolumbre? É so uma pergunta. Tem no minimo mais 27 na mesma situação

  53. Parabéns Senador Alessandro Vieira. O Senhor representa os anseios de muitos brasileiros "do bem". Já passou da hora de derrubarmos esta banda podre do STF. Dia 07/04, brasileiros, vamos para as ruas protestar contra os quadrilheiros do STF.

  54. Parabéns Senador, o Sr. e os outros senadores que assinaram a CPI Lava Toga tem o apoio da sociedade brasileira, não desistam, os senhores tem de expor pra sociedade a podridão desses tribunais "superiores'.

  55. É importantíssimo que o senador Alessandro e os que assinaram o pedido de CPI mantenham-se firmes pois a sociedade está na expectativa de barrarem os desmandos da gangue togada que se não tivesse o que temer não estaria intimidando os senadores. Corja nojenta.

  56. Onde passa um boi, passa uma boiada, o mais importante é que a CPI seja instaurada, as forças em contrário podem existir e atuar para impedí-la, mas quando ela vai ser instaurada é irrelevante, estão somente gastando energia para tentar evitar o inevitável. O que o povo quer é petralhada na cadeia e o fim da festa da corrupção.

  57. STF é seus comparsas no Congresso Nacional estão atrasando o Brasil. Se estes bandidos estivem afastados e atrás das grades, teríamos um outro Brasil, um País com certeza mais justo. STF é o maior inimigo do Brasil hoje.

  58. Por que pressões em contrário? Alguém querendo esconder o rabo? Só por isso se vê o quanto é necessário depurar as togas... E que isso seja para já!

    1. Mais uma vez, parabenizo o senador Alessandro Vieira e todos os 28 senadores que assinaram pela abertura da CPI da Lava Toga.

  59. Ainda bem que temos senadores que querem o bem da população brasileira. Deus abençoe muito estes 29 senadores que assinaram e especialmente o senador Alessandro Vieira que deu início a tudo! O Brasil agradece!

  60. Senador Alessandro Vieira, va em frente, o povo brasileiro conta com politicos como o senhor. Os eleitores substirtuiram muitos senadores e na proxima eleicao completaremos a faxina no senado.

  61. Que excelente iniciativa. O povo brasileiro clama e urge por uma investigação no judiciário. Um poder podre que está corroendo a nossa democracia. Desejamos que os criminosos de toga sejam desmarcarados e responsabilizados pelos seus mal feitos.

  62. Demorou para esses bandidos do colarinho branco TOGADOS irem para a cadeia fora todos eles dia 7 manifestação geral fora todos não nos representam representam seus próprios cuzes essa é a verdade

  63. Até quando os poderes constituídos brasileiros vão continuar refém do STF? Acredito que seja até a população começar a se organizar, manifestar e exigir mais efetivamente investigações, mudanças e punições para os envolvidos em falcatruas, se for o caso.

    1. O negócio é que as Assembleias Legislativas são caixas de batatas podres, espalhando podridão para todos os cantos; mesmo colocando nas caixas batatas boas, serão logo contaminadas pela lama podre. “Enquanto a sociedade ficar omissa, o políticos vão fazer o que quiserem”. O STF também! (Rsrsrs, pra não chorar).

  64. A Lava Toga não pode mais ser ignorada. Me admira que um número tão pequeno, praticamente essencial, de senadores tenha aderido. Muitos ainda fazem pouco da inteligência e da paciência do povo brasileiro.

  65. O desafio é que mais senadores honestos e corajosos, demonstrem merecer a delegação que lhes foi conferida pelo voto. Chega de corruptos, canalhas e covardes!

  66. Não nos acovardemos. Vamos fazer esta cpi. Não tem essa de chantagem c a previdencia , não. Se cedermos, sempre haverá uma chantagem. CPI lava toga JÁ! .

  67. Não nos assustemos com a atual ONDA DE ESCÂNDALOS que ‘assola o país’ (como diria o imortal Sérgio Porto, por seu impagável ‘Stanislaw Ponte Preta’ em inesquecíveis tops do jornalismo satírico do país). Tal TSUNAMI não vai amainar tão cedo e no arrastão, dia mais dia menos, coizinhas que tentam passar ainda despercebidas, como a mesada do Toffoli, o voto do tal senador 82, as origens da fortuna de Gilmar e de seu poderoso Instituto com filial em Portugal. E outras milhares de negociatas mais...

    1. Já pensaram?...um alento de ar puro, como traz um cara assim ao Congresso. Precisamos de mais gente de caráter assim, porque o que há de moleques na política nacional é um acinte ao povo trabalhador, decente, ordeiro e honesto desta nação. Este cara é um HOMEM, um espécime raríssimo no nosso mundo político.

  68. O que causa NOJO e VERGONHA não são apenas os atos "institucionais" dos juizecos Gilmar, Toffoli, Lewandowski, Marco Aurélio e Celso de Melo em afrontar a jurisprudência do Tribunal e as decisões colegiadas, atualmente seguidas pelo plagiador Alexandre de Morais. O que surpreende a todos nós brasileiros é a omissão e o silêncio obsequioso dos demais ministros Fux, Fachin, Rosa e Carmem, que demonstram submissão rasteira ao boçal beiçola. De toda a súcia subserviente exclui-se o Barroso.

    1. Deus te abençoe, proteja e ilumine nobilíssimo senador da República Federativa do Brasil!!!

  69. todo o apoio dos brasileiros de bem ao senador. estaremos fazendo nossa parte nas ruas e nas redes. E não esqueçamos de cobrir estes valentes com as nossas orações

  70. Parabéns, Senador Alessandro. O povo de bem do Brasil está com o Senhor. Lembrando que o Senador Kajuru também é destemido e vai contribuir e muito com essa CPI.

  71. Parabéns Senador (este com letra maiúscula). Se o senado tivesse pelo menos uns 50 senadores como o Senhor, este país seria completamente diferente. Mas, infelizmente, sabemos qual vai ser o destino dessa CPI: a gaveta.

  72. Quem não deve, deixa correr a CPI e, ao final dela, respirará aliviado por que tudo foi investigado e ficará declarado que nada havia. Agora, aquele que deve à Sociedade e à Moral, fará de tudo para que a investigação não ocorra. É o caso!

  73. Eu se.pre disse o ôvo da SERPENTE é o STF. Ontem mesmo aquele ministro careca partiu para cima da POLICIA Federal como sr fosse o Deus no olimpio. Mas voçês vao cair seu canalhas. A nossa honrosa policia Federal vao dar o troco. Sem essa de crise institucional. O que o povo de bem estão vendo é um poder defensores da lei protegendo bandidos. A Polícia Federal tem nosso total apoio.

  74. Parabéns Senador Precisamos expurgar esses juízes que se acham mais q o Presidente Se acham Deus e se esquecem q não passam de funcionários do povo assim como deputados senadores presidentes e outros funcionários públicos Não suportamos mais essa ditadura da toga ABS

    1. Infelizmente nós trouxas é que achamos que esses juízes são funcionários do povo. Não é assim que eles pensam! Pelo contrário muito longe de partilhar do nosso inocente pensamento. Uma lástima!

  75. Excelente. Parabéns a esse Senador. Ele com certeza não tem o rabo preso. Por outro lado, quem não deve, não teme. Qual a dificuldade em esclarecer os fatos, então onde tem fumaça tem fogo.

Mais notícias
Assine
TOPO