MarioSabino

Por que é preciso sobrar brasileiro

26.03.21

Hoje, ao acordar, abri a janela em busca de São Miguel Arcanjo limpando uma espada ensanguentada e recolocando-a na bainha. Foi essa a visão que o papa Gregório teve no ano de 590, durante a procissão na qual pedia o fim da peste em Roma. Ela o levou a crer que as suas preces haviam sido atendidas, transformou a tumba do imperador Adriano em igreja e quase 1.500 anos depois os romanos podem ignorar a linda escultura do arcanjo no topo do Castel Sant’Angelo.

Como não sou papa nem santo, como Gregório, não havia arcanjo nenhum na paisagem emoldurada pela minha janela. Paisagem é uma licença poética em se tratando de São Paulo. A coisa mais etérea que avisto são guindastes em cima de um prédio de luxo, hotel incluído, que está sendo construído aqui perto. A torre mais alta terá 44 andares, disse um operário indagado por mim. Recebi várias mensagens de corretores me oferecendo apartamento lá. Não sei porque o meu nome está na lista deles, assim como não faço ideia por que fui parar na mailing list de um vendedor de apartamentos de cair o queixo em Miami. Ao verificar minhas mensagens de email, deparei com um sujeito tentando me empurrar uma unidade no Waldorf Astoria Residences, em pré-lançamento na cidade em que rico brasileiro vai tomar vacina first class contra Covid. Terá 100 andares. Cabe um monte de ricos lá dentro, servidos igualmente por um monte de pobres, tal é a quantidade de mimos a que se tem direito. O capitalismo cria riqueza, empregos e, inevitavelmente, ressentimento. Há algum ressentimento nestas linhas, mas ele é passageiro. A minha incompetência para ganhar dinheiro se combina perfeitamente com a profissão que escolhi (no caso de ser exercida com honestidade) e a falta atávica de maiores ambições materiais. Se eu chegar aos 60 anos, talvez compre um carro de verdade, para ter um objetivo realmente burguês nesta vida.

Eu derivei de São Miguel Arcanjo, mas volto a ele (já antevejo os leitores que me malham por causa da minha propensão a digressões pessoais. Ainda bem que eles nunca leram Laurence Sterne). A minha crença supersticiosa é que São Miguel Arcanjo embainhará a espada limpa de sangue quando o prédio de luxo, hotel incluído, for terminado. O problema é que a construção está rápida demais. O arcanjo já vai ter guardado a espada e os desmandos de Jair Bolsonaro permanecerão matando.

Como a desgraça brasileira requer sempre horizontes mais largos, ainda temos Lula de volta, graças ao serviço que lhe prestou o germanista Gilmar Mendes, sempre admirável pelo seu equilíbrio, elegância e apreço pelo Piauí. Para não falar do seu atributo natural, a imparcialidade como juiz. Sujeito formidável. No julgamento sobre a suspeição de Sergio Moro, convenceu-me de que o grande problema nacional é o Ministério Público, um verdadeiro soviete que precisa ser destruído. Elogiei-o por isso em O Antagonista. A imparcialidade do germanista Gilmar Mendes, sempre admirável pelo seu equilíbrio, elegância e apreço pelo Piauí, resultou em Lula elegível em 2022, e elegível como mártir numa categoria que, salvo engano, não existe na compilação da Legenda Aurea — Vidas de Santos, de Jacopo de Varazze. A categoria é a de ex-condenado. O jornalista Paolo Manzo, correspondente da revista italiana Panorama, gostou do que eu disse não sei mais onde e abriu a sua reportagem sobre o fim da Lava Jato me citando: “Até hoje existiam apenas três categorias judiciárias, os condenados, os inocentes e os que haviam cumprido pena. No Brasil, porém, inventou-se a do ex-condenado”. Mario Sabino Varazze, modestamente.

Lula chegará a 2022 como mártir do malvadão Sergio Moro, do Ministério Público soviético e das elites. Eu disse elites, mas é preciso ir devagar com o andor, Varazze. Como de hábito, Lula dará uma maneirada para não assustar muito o mercado e vender-se novamente como o presidente que fez rico ganhar rios de dinheiro, deixando de lado que foi o presidente que fez pobre afogar-se em dívidas até o pescoço, com crescimento baseado apenas em crédito. Ele já diz por aí que quer repetir a dose. Dois erros fazem um acerto lulista porque funciona eleitoralmente, apesar de escangalhar o Brasil economicamente. Quem se importa com o futuro no país do eterno presente? Milhões de brasileiros não veem a hora de voltar a fazer várias prestações de 60 meses, ter uma parcela do salário retida na fonte pelo empréstimo consignado e achar que foram promovidos à nova classe C. O importante é o brilho nos olhos dos filhos com a chegada em casa da TV de 185 mil polegadas. Quanto ao mercado, ele é como papel: acaba aceitando tudo até certo ponto. O Brasil nunca ultrapassará o certo ponto.

O povo é esse coitado útil, a imprensa trabalha freneticamente para jogar todas as trapaças e crimes de Lula no esquecimento, o germanista Gilmar Mendes, sempre admirável por seu equilíbrio, elegância e apreço pelo Piauí, continua a exercer a sua imparcialidade, o Legislativo é um covil de boas intenções: diante desse quadro, o que fazer? Como eu disse, se conseguir chegar até os 60 anos, talvez compre um carro de verdade. Posso aproveitar a onda Lula e adquirir o possante, senão em 60, em 36 prestações. É uma possibilidade cada vez mais nítida, ainda que eu tenha de vender o carro por causa da manutenção cara. Até a compra do possante em 36 prestações, posso me contentar em relembrar o tempo em que parecia que tínhamos chance. Há quase cinco anos, escrevi um artigo banal sobre ela. Lá vou eu outra vez:

“Hoje, dia 26 de agosto de 2016, uma farsa começou a ser formalmente desmontada. A farsa chamada Luiz Inácio Lula da Silva. Ele foi indiciado pela Polícia Federal por corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais, no âmbito da Lava Jato. Todos esses crimes estão conectados ao recebimento de vantagens indevidas pela OAS, uma das empreiteiras do petrolão, no caso do tríplex do Guarujá. Lula também deverá ser indiciado em relação ao sítio de Atibaia.

Indiciamento não é condenação, mas as provas contra Lula são tão robustas que será muito difícil para ele escapar de uma sentença dura. Esperava-se o indiciamento para logo depois do impeachment de Dilma Rousseff. A situação se precipitou por causa do cancelamento da delação premiada de Léo Pinheiro, por Rodrigo Janot, episódio ainda mal explicado. O que se sabe até agora é que a PF não gostou de ter sido deixada de lado nas negociações da PGR com o ex-presidente da OAS.

Não importam as circunstâncias do indiciamento, o Brasil está se livrando de Lula. Com ele, atingimos o ápice da demagogia e da corrupção nesta terra pródiga em demagogos e corruptos. 

Lula surgiu no regime militar, quando se apresentou como líder sindicalista tolerável aos generais. Na redemocratização, a esquerda o transformou em ícone revolucionário e chefe de partido. No entanto, o discurso radical que lhe fora oportuno na construção do PT revelou-se um desastre eleitoral nas campanhas presidenciais – e Lula, então, engravatou o pescoço e as palavras, para conquistar banqueiros, empresários e parte da classe média. Chegou ao Planalto por meio do que parecia ser um consenso inédito entre interesses de trabalhadores e patrões.

No poder, Lula levou às últimas consequências o assistencialismo mais rasteiro e uma política econômica que, baseada apenas em crédito farto, graças à bonança mundial, resultaria no desastre completo sob Dilma Rousseff, a criatura que escolheu para sucedê-la e autora da maior fraude fiscal já cometida no país. Como resultado, os ganhos sociais relevantes proporcionados pelo Plano Real foram parar na fila do desemprego.

No poder, Lula instituiu, para além da imaginação, a prática de comprar apoio parlamentar e financiar campanhas com dinheiro sujo. Tanto no mensalão como no petrolão, o seu partido e aliados desviaram bilhões de reais dos cofres públicos para realizar tais pagamentos.

No poder, Lula e boa parte dos seus companheiros enriqueceram por meio de contratos fraudulentos entre empreiteiras e estatais como a Petrobras, arrasada durante os anos dos governos do PT.

No poder, Lula tentou calar a imprensa independente, comprou o veneno de blogueiros e jornalistas decadentes, perseguiu profissionais que desvelavam os porões imundos do lulopetismo e cortou propaganda de veículos sérios, como a revista Veja. Com isso, minou um dos pilares da democracia que é a liberdade de imprensa.

É essa farsa que começou a ser formalmente desmontada pela PF num radioso 26 de agosto de 2016.”

Bons tempos.

Amanhã deverá subir mais um andar do prédio de luxo aqui perto de casa. Apresse-se, Bolsonaro Arcanjo. É preciso sobrar brasileiro para votar em Lula.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. texto maravilhoso, pena que poucos sao capazes de comprender tudo isso. pessoas como você, pregam, infelizmente, em terrenos estéreis. amo seus textos. obrigada

  2. Genial Mario, como sempre, obrigado queridão pela sua lucidez ! passei depressivo também os últimos dias com tantas más notícias todos os dias vindo de Brasília... mas uma coisa me deixou animado, te faço aqui uma sugestão de pauta: a última pesquisa do Ibope mostrou que quase metade dos brasileiros não querem nem Lula e nem o Bozo. ou seja, só precisamos de um nome ai na terceira via !! nem tudo está perdido. abraço

  3. Mario,!gosto muito do que vc escreve e como vc escreve . Lucidez e memória dão muito trabalho para serem mantidos, te admiro. No geral tendo a ser esperançosa, mas atualmente tá muito difícil, muito mesmo. A inversão que acontece, onde a verdade é desqualificada e a mentira adquire status de realidade tem se espalhado em vários níveis da nossa sociedade. Quando a perversão e a psicopatia se colocam como a nova ordem ,o custo pago será altíssimo,na verdade já está sendo!grata pela sua insistência

  4. Decidi reler o livro seminal do institucionalismo de Douglass North (NORTH, Douglass. Instituições, mudança institucional e desempenho econômico.)

  5. Sabino, como sempre, um escriba inteligente, objetivo e de fina ironia que dá grande prazer na leitura dos seus textos. Aqui fica - acredito ser o desejo da maioria - nossa embaixada junto a Deus para que lhe conceda viver até os 90 anos, pelo menos.

  6. Achei estranhíssimo um comentário de que”todos sabem que Moro estará inelegível e preso nas eleições de 2022” As cartas estão marcadas??? Destino selado pelo conluio PR e STF???? Não adivinham o que virá da população revoltada,muito antes dessas eleições!

    1. Infelizmente tenho que concordar com o Fernando. Martin Luther King certamente "previu" a situação dos brasileiros quando disse: "O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons". Político não tem medo de povo GRITANDO em CAIXA ALTA na internet, tem medo é de levar ovo na cara. Isso para dizer o mínimo.

    2. Não acontecerá nada, conhecemos a população brasileira. Acham que fazer um posto no Facebook, Twitter ou comentário de site já é o suficiente

  7. Óbvio que entendi a malemolência e subjetividade com o "aforismo" empregado relativo ao Kássio com K, mas o Piauí não merece ser posto no mesmo nível do celerado juiz.. feito o esclarecimento pra não parecer um "tapado"..rs apscosta-df

  8. Sabino, é imperioso fazer-lhe um reparo contundente: o que o Piauí tem de tão ruim que mereça sua comparação aos lulas ou gilmares da vida. Sugiro-lhe, com veemência, que se desculpe com nosso valoroso Estado e sua gente. Quanto ao ex-pdte, tenho provas suficientes, por ter testemunhado como agregado ao palácio do Planalto, na época, como locutor oficial da PR (era servidor da extinta Agência Nacional) que Lula, era um cabo Anselmo, preparado pelo Golbery. Era um informante do SNI. apscosta/df

    1. Sr. Álvaro, após o voto de Kássio Nunes acompanhando Fachin, o germanista Gilmar perdeu o controle e começou agredir o MP , a LV , criticando o voto de Nunes e incluiu ironias ao seu estado natal do Piauí.

    2. O Gilmar no seu iracundo discurso irritado com o Kassio com K, citou o Estado Piauí para tentar constrangê-lo, d

    3. Quem tem de se desculpar é o ministro. Eu ironizei o preconceito dele.

  9. Como sempre um prazer lê-lo! Uma única observação: não subestime o poder de São Miguel Arcanjo e sua espada vencedora, seu escudo defensor e seu manto protetor! Realmente, o presidente é um arcanjo da morte.

  10. Ter que ver o Lula na mídia, com aquele jeito de gente desclassificada, mentindo descaradamente, é de lascar. Como era bom o tempo em que ele era só ladrão. Agora, temos que aturar também o mártir. MS

  11. Eu gostaria que você soubesse o quanto aprecio os seu artigos. Você é inteligente e brilhante. Nunca, ninguém vai tirar isto de você!!! Muito obrigada, até me emociono com o que vc tem a dizer!!!!

    1. Concordo. Não são poucas as vezes que me emocionei lendo os textos , sou grande admiradora. Toda a equipe dO antagonista e crusoé com o trabalho que realizam é luz no fim do túnel , para tanta desesperança diária . Indignação em ter que consumir Gilmar, lula , Bolsonaro um congresso abarrotado de gente que nada faz em defesa da população é para piorar, uma classe jornalística vendida! Por enquanto os fatos não nos animam ... eu torço que um dia os ventos mudem !

  12. Doravante, quando vir a imagem do supremo ministro na televisão, vou sempre me lembrar que ele, Gilmar Mendes, é “sempre admirável por seu equilíbrio, elegância e apreço pelo Piauí “ Existe reconhecimento mais honroso e digno para um ministro chegado a atitudes teatrais? Parabéns, Mário Sabino.

  13. Excelente texto, como sempre. Ironia fina. Mas já está me incomodando a citação da polarização para 2022, por quase todos os jornalistas. Não devemos permitir que o que está acontecendo contamine 2022. E a Imprensa tem um papel importantíssimo nisso.

  14. O Mário escreve isso e depois vai lá no Antagonista criticar todo mundo que pode ser uma alternativa ao Lula e ao Bolsonaro por qualquer coisa. A paixão avassaladora pela ideia de Moro presidente está acabando com a sanidade do Mário. Todos sabem que Moro estará inelegível ou até preso na época das eleições.

    1. Se uma pessoa, como essa Marilene, acha que coluna de opinião é jornalismo, nem é necessário perder tempo mostrando quem é que é enganada o tempo todo e não possui uma leitura real dos fatos. E quem precisa se intitular "brasileiro de bem", é porque não é, senão nem citaria isso.

    2. Não só a sanidade do Mário, como a de todos os brasileiros de bem, é ameaçada diariamente também por gente que não tem leitura real dos fatos e acha que tem! Somos enganados o tempo todo e o bom jornalismo é forma de reverter a desgraça que vivemos. Parabéns Mário e toda equipe.

    3. Nossa, dá até vergonha estar num site em que tem alguém como esse Álvaro. A sabedoria dele é tão grande que nos envergonha. Vou guardar esse argumento para usar em todas as situações.

    4. Fernando, tu és um bosta n'água, pelo visto, mas respeite-se teu estrabismo, em nome da liberdade de expressão. apscosta/df

    5. É Fernando o Brasil é o único lugar do mundo onde: o poste mija no cachorro.

    6. Homofobia, é? Um tempinho na cadeia faria bem para repensar esses comportamentos.

    7. Fernando, você é que deve ter uma paixão avassaladora pelo Mario. Como não é correspondida, critica como mulher desprezada.

  15. Foi o Ricardo Sales que falou, mas quem esta fazendo eh o GM...aproveitando a pandemia para passar a boiada... o calculo do Fachin foi bem errado (assim espero, pq hj infelizmente, todos sao suspeitos no STF)...com pandemia para servir de desculpa para o congresso, sem as ruas, ninguem segura a ala suja do STF...

  16. Relembrando o que ele escreveu em 2016, fica mais chocante ver o que estão fazendo agora, parte da imprensa incluída, ao transformar a luta que foi travada pelos procuradores da Lava-jato com uma elite até então inimputável. Hoje falam de conversas de pessoas que tinham um inimigo formidável e precisavam ser certeiras, com indignação de vestais. A mesma indignação que falta ao lerem sobre festas e comemorações que juntam juízes de todas as instâncias com advogados de defesa.

  17. Muito obrigado Mario, por dizer claro o que é necessário, pelo menos esperneamos. Talvez seja pouco, mas o Juízo da História será impiedoso com esses canalhas, sua herança será a desonra e a vergonha de seu nome, que será evitado por seus descendentes.

  18. pausa semanal para respirar! um café sem açúcar e sua crônica... descobri que aprecio a sua arte de fazer digressões pessoais. eu sou um cidadão de classe média trabalhando em "romeófice", dessa forma tenho tempo para ler e me aborrecer com o noticiário, e ainda ficar deprimido por saber que o gilmar mendes ainda tem 10 anos de reinado. já sonhei em comprar carro novo, agora me contento com a possibilidade de comprar o carro do moro em 36 parcelas sem juros. não esqueça de respirar! abraço!

  19. no Brasil, a corrupção não é punida, é *glorificada*. Lutamos tanto, fomos pra rua, aos milhares e derrubados por carminha, q tristeza 😢😢😢

  20. Tanto trabalho da Lava Jato , tantas vitórias do Brasil para agora em 2021 desmoronar tudo. Corrupcao solta. Os velhos corruptos voltando com força total. Que triste para o Brasil e nós brasileiros

  21. Eu, como boa taubateana, tenho fé em Deus. Nem Lula nem bolsonaro! A percepção da maioria dos brasileiros é de que houve o mensalão, houve o petrolao e o chefão dessa orcrim foi Lula. E o bolsonaro usou a indignação da gente para subir juntamente com toda a familia criminosa.

  22. pausa semanal para respirar! um café sem açúcar e sua crônica... eu sou um cidadão de classe média trabalhando em romeófice, dessa forma tenho tempo para ler e me aborrecer com o noticiário , e ainda ficar deprimido por saber que o gilmar mendes ainda tem 10 anos de reinado. já sonhei em comprar carro novo, agora me contento com a possibilidade de comprar o carro usado do moro em 36 parcelas sem juros. abraço!

  23. Mario já vacinei,graças a Deus,Coronovac ,quero te dizer que no governo Lula e Dilma todos os contra cheques dos funcionários públicos vinha com descontos de 5 a 10 reais ,ninguém sabia o porquê,quem descobriu claroera encher os bolsos desse pilantras que ainda que voltar,aí vão continuar a roubar .

  24. Uma pérola de comentário. Guardarei para ler de vez em quando para não cair na armadilha do esquecimento. Dar-lhe ei o cuidado de uma planta,molhando-a diariamente, para mantê-la sempre radiante. Compartilhei essa felicidade do dia 26 de agosto de 2016. Não está fácil aguentar a indignação do dia 23 de Março deste ano. Infelizmente, o bando de abutres aumentou com o voto da ministra Cármen Lúcia. As provas comprovadas vão por lixo por capricho de uma alegada suspeição do ex juiz Sérgio Moro.

    1. Concordo inteiramente contigo! Apenas não havia lido essa crônica do Sabino de 26 de agosto de 2016. Adorei lê-la agora! Quem diria que se conseguiria mudar tanto assim, em tão pouco tempo. Que tristeza

  25. Ditadores corruptos não ligam para anseios do povo, desde que possam contar com a resguarda das FFAA (ex.: China, Rússia, Venezuela). O que eles realmente temem: protestos do povo COM APOIO MILITAR! As FFAA devem garantir que a CF não seja aniquilada por corruptos no poder! Resta saber em que lado estão os Generais.

  26. A eliminação de Moro, como candidato para PR, é primordal para facilitar a candidatura do Lula. A CF está sendo aniquilada pelo STF. Obrigação das FFAA é defender os dreitos do povo e garantir a CF! Povo na rua, pedindo intervenção! Resta saber: de que lado estão os Generais?

  27. Não vejo você falar no apoio de Fernando Henrique ao Lula desde sempre, morando até juntos, e o apoio em 2022 para a campanha gloriosa.

  28. Maravilhoso. Agora componha a versão Bolsonaro do artigo de 2016. Sugiro modestamente iniciar uma linha com “No poder, o imperador 00 libertou o filho ladrão, ressuscitou Lula e crucificou 300 mil.

  29. Mario, espero a semana para ler seu artigo, com todas as suas digressões. Estou triste com tudo isso. Não tenho seu talento para um texto tão perfeito. Só posso agradecer! E chorar pelos nossos mortos e pela injustiça cometida contra a Lava jato.

  30. Você e o Castel Sant'Angelo hoje me fizeram viajar na maionese. Larguei o Arcanjo e sua espada e fui ao encontro de outro Mario ,o Cavaradossi. Foi rápido. Já estou com você.

  31. Fico ansiando toda semana pela edição semanal desta revista e por suas digressões...uma lufada de ar fresco nessa terra estéril...

  32. É desanimador abrir a janela para conferir a presença indestrutível de um edifício de 100 andares - e tudo o que o circunda - ou abrir o dia de expectativas sobre o presente/ futuro de um país que mal se sustenta em suas estruturas arcaicas... Haja paciência para tanta adversidade, Mário!

    1. Ô meu chapa.."de certos ministros?".. tá com receios de ser atingido pelo beiçola e cia é? apscosta/df

  33. Que realidade triste Sabino. Queria ter esperanças de que o Brasil pudesse mudar e se salvar deles todos. Mas parece que está cada vez mais dificil. Mas com certeza, não vou votar em nenhum dos dois.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO