RuyGoiaba

A Biblioteca de Babel do Febeapá

17.04.20

O Brasil finalmente chegou ao improvável cruzamento entre Stanislaw Ponte Preta e Jorge Luis Borges. O festival de besteiras que assola o país (Febeapá, na sigla inventada por Ponte Preta, o alter ego do jornalista e humorista Sérgio Porto) de repente se converteu na Biblioteca de Babel do conto do grande escritor argentino: infinita, interminável, capaz de perdurar mesmo depois que a espécie humana se extinguir — o que não deve demorar muito.

A produção de burrice tornou-se caudalosa, torrencial, impossível de catalogar. Nunca dorme, e não será interrompida nem se decretarem um lockdown geral no mundo. No Brasil (mas não apenas nele), está no ar que a gente respira — denso como o de Cubatão nos áureos tempos do fumacê do polo petroquímico –, engloba do Chefe Danação aos milhões de bocas do inferno que falam pelo WhatsApp, procria e joga no mundo novas levas de gente burra, espalha-se ainda mais exponencialmente que o contágio pelo coronavírus.

Outro dia escrevi, aqui mesmo, que somos mais de 200 milhões de tudólogos, e talvez só a neurocirurgia ainda fosse uma área imune à disposição generalizada de abrir a boca para dar palpites idiotas. Pois bem, batemos na trave: hoje a internet é o reino dos infectologistas e epidemiologistas amadores, um lugar de gente que crê sinceramente que, se beber bastante água tônica, mata o coronavírus. Pior: gente que é acolhida nessa crença — ainda que seja no esquema “bater palma para maluco dançar”– em vez de moída na porrada.

Como no Bananão o exemplo vem de cima (Ivan Lessa: “o brasileiro é um povo com os pés no chão. E as mãos também”), quero citar apenas dois episódios que, sem ser o assunto principal desta semana — a brilhante ideia de trocar o ministro da Saúde e seus secretários no meio de uma pandemia –, talvez tenham sido menos notados. São dois pequenos volumes da Biblioteca de Babel do Febeapá, e o objetivo deste texto é preservá-los com carinho para os arqueólogos do ano 3020 que por acaso queiram entender por que o Brasil acabou. Eles certamente vão concluir que fizemos por merecer.

1) A “cura” do coronavírus no teste in vitro

Marcos Pontes, ex-astronauta brasileiro e garoto-propaganda de travesseiro, anunciou ter encontrado “dois remédios” que reduziriam a replicação do coronavírus em células humanas, com “eficácia de 94%” — nos testes in vitro. Um deles, revelou Luiz Henrique Mandetta depois, seria um vermífugo. Qualquer um que tenha alguma familiaridade com ciência sabe que o teste in vitro é ligeiramente diferente das condições do organismo humano: como escreveu o físico e cartunista americano Randall Munroe em sua webcomic XKCD, dar um tiro na lâmina observada in vitro também “mataria o vírus”.

Daqui a pouco aparece alguém do governo sugerindo que óleo de fígado de bacalhau acaba com o vírus e as pessoas só não tomam porque preferem morrer de corona a engolir um troço ruim daqueles. Ou seja, a culpa será nossa.

2) Os “40 milhões de testes” de Paulo Guedes

No mundo encantado de Paulo Guedes, não é preciso que os números tenham nenhuma correspondência, mesmo remota, com a realidade – o que nem seria grande problema se o campeão dos números estapafúrdios não fosse também chefe do Ministério da Economia. Um mês atrás, Guedes ainda dizia acreditar que o Brasil cresceria 2,5% em 2020, mesmo com a devastação causada pelo coronavírus nas economias do mundo todo já em pleno andamento.

E, apenas uma semana atrás, o brilhante economista afirmou a empresários ter conversado com um “amigo na Inglaterra” que criou um tal “passaporte de imunidade”: “Ele coloca disponíveis para nós, brasileiros, 40 milhões de testes [do coronavírus] por mês”. POR MÊS. Segundo um amigo radicado na Alemanha, o país de Angela Merkel, que é o que mais faz testes na Europa, consegue processar 1,5 milhão deles por mês, em mais de 100 laboratórios.

E aparentemente ninguém contesta, ninguém questiona, fica por isso mesmo — se o ministro prometesse “trocentos quaquilhões de testes”, os empresários acreditariam do mesmo jeito. É gente que faz o PIB brasileiro, com essa credulidade de criança que ainda não aprendeu a amarrar os sapatos; não é à toa que alguns deles, ou muitos, acham que o vírus é só uma gripezinha.

Tirem logo o Cristo Redentor e coloquem um Jegue Triunfante no topo do Corcovado. Até porque, ao que parece, Deus já abandonou o Brasil faz tempo.

***

A GOIABICE DA SEMANA

Estava claríssimo que esse negócio de fazer home office o tempo todo acabaria resultando numa dessas: nesta semana, no Tribunal de Justiça do Amapá, o desembargador Carmo Antônio de Souza compareceu muito à vontade, sem camisa, para a sessão virtual com seus colegas. Souza, evidentemente, não sabia que a sessão já estava no ar e correu para pôr terno e gravata. Meu medo é que um dia alguém se descuide ainda mais e deixe o ônus da prova à mostra.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisO desembargador bem à vontade antes de perceber que a sessão virtual começara

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Rui Goiaba: Sempre li tuas colunas. Gostei de muitas. Mas hoje erraste: Me parece que você olhou no espelho e resolveu achincalhar todo mundo. E está na hora da Crusoé mudar o foco: Chega de malhar o Bolsonaro e vamos começar a olhar o que estão fazendo Dória, Maia, STF et caterva. Um comentarista alertou que "isto está virando filial do brasil 247". Daqui a pouco aparece um "Lula Livre".

  2. O que mais tem é epidemiologista amador... os verdadeiros cientistas estão mais perdidos que barata em galinheiro . Fica uma lacuna. Quem sabe os pitacos acabem achando a cura.

  3. Governo quer comprar 46 milhões de testes para coronavírus, diz ministro (o novo, Nelson Teich - Folha de São Paulo de ontem). Alguma coisa deve estar errada na sua matéria. Provavelmente o viés para analisar a informação.

  4. Caro Sr Goiaba, creio que possivelmente aquele ministro ali sem camisa estava participando de uma outra live, sabe-se lá onde, e no momento em que foi convocado confundiu as coisas...

  5. Goiaba, seja justo, ético e honesto. Pode criticar até a mãe do Badanha, mas critique todos sem distinção, sem parcialidade. De outra forma os leitores vão achar que aqui é filial do 247 ou do DCM. Grato.

  6. Muito bom seu texto, como vários outros. Ele (Goiaba), ridiculariza as ações da sociedade que na sua opinião necessitam de atenção e de mudança. o '" ridendo catigat mores" bem formatado.

  7. Goiaba, devo estar com a visão desfocada, porque, enquanto os outros comentaristas acham sua coluna engraçada ou imbecil, eu achei triste. Deu-me uma tristeza profunda ler o que você escreveu. Por óbvio.

  8. sempre que um articulista metido a espertinho engraçadinho não tem o que escrever ou argumentar utiliza o velho Febeapá, serve para tudo e ai vemos com o Sergio Porto estava certo, alem de besteira executadas pelo brasileiros temos muito mais é besteiras escritas na imprensa

  9. Imaginem...imaginem por um instante Estes DATA VENIA FLEX LEX SENTADOS COM ESSAS PELANCAS SOBRE PROCESSOS, e dizendo a patuleia PIMENTABILIS ANNUS OUTREM REFRESCORUM EST

    1. Ou então: "quandum pepinus in anus est, enrrabatus gritantis sunt"... esse Goiaba perdeu completamente a graça. fui

  10. Ruy, siga com suas boas crônicas. Seus desafetos não incluem águia de Haia; apenas gavião-pega-pinto. A comédia é mais difícil que a tragédia. Aristófanes certamente levou mais porradas que Sófocles e Eurípedes juntos. Tal afirmação, porém, não parece tão óbvia em nossos dias de SARS-CoV-2. Que sucesso perene é o quadro de cientistas acuados pela Esfinge, pronta a propor-lhes um enigma, de cuja solução depende nosso futuro! Logrará o novo Édipo satisfazer o monstro com frascos de Remdesivir?

    1. Um escritor brasileiro costumava carregar sob o braço uma gramática de alemão ao circular pela cidade. Um amigo se sentiu incomodado pelo tamanho exagerado do livro, Por que transportá-lo em dias de calor, se o escritor não sabia uma única palavra de alemão? Ah, respondeu-lhe o escritor, de alemão nada sei, mas conheço bem os meus conterrâneos. Aparência é o que parece contar num país cuja população adulta abriga uns 10% de analfabetos absolutos aos quais se somam 40% de analfabetos funcionais.

  11. Besteirol com bom humor, não serve para nada mas algumas tiradas são engraçadas. Óleo de fígado de bacalhau realmente é pior que ver o botafogo posando de bom moço.

  12. É impressão minha RUY GOIABA ou vc esta com algum bicho de goiaba no cérebro? Já que vc é tão INTELIGENTE, me diga quem deveria estar na Presidência neste momento? O Carniça, Malhadad, talvez FHC ou o Sarnento? Vai responde, para eu poder me enforcar antes do apito final! Ah! Goiaba, cai na real ou então se suicida, pois teu texto não esta engraçado e nem interessante! Esta vazio de conteúdo!

    1. Parece que o gado, como todo gado, não se entende com (nem entende) o sarcasmo e a ironia. Se ofendem esse tal de mito-man e sua quadrilha. Parabens Ruy!

  13. Muita saudade do Stanislaw Ponte Preta! Esse Brasil de hoje consegue ser mais absurdamente estúpido do que o do século passado...

  14. Goiaba- amei seu rico texto! Qtas intertextualidades. O teu raciocínio me levou a ler e ao mesmo texto visualizar um filme totalmente Ionesco....Brasil _ teatro do absurdo! O Surrealismo se faz presente! Texto 10!

  15. Ótimo artigo, Goiaba. Realmente foi uma semana riquíssima em matéria de febeapá. Imagine se o Terra tivesse assumido o Ministério. Aí, sim, o besteirol seria completo.

  16. Bravo Goiaba, bravo. Sempre começo a revista por sua coluna. Hj está demais! O gênio PG e seus cálculos superlativos, costumo chamá-lo de animador de auditório p/ empresários política incorretos. Vc sabia que água tônica já era fake News no tempo da gripe espanhola e ainda tem gente que em 2020 acredita, só pode ser Bolsochavista seguidor do gabinete do ódio.

  17. Honoravel,douto,impoluto,sabio,excelentissimo...decidindo o certo e errado , enquanto da aquela coçada nos ovos. É A TERRA DE MAD MAX.

  18. Os Brasil tem a pior educação do mundo. Daí o resultado: um bando de papudos, ignorantes e rudes, que nunca leram um livro na vida e se informam por videozinhos no zap. O besteirol está garantido para sempre, até que Coronavírus os separe.

  19. Felizmente existe algum brilho e diversão (esta muito inteligente e de qualidade) nesta aldeia global, cibernética e "ciborguiana". o Festival de Besteiras Que Assolam o País, do nosso Stanislau Ponte Preta, é, evidentemente, permanente/eterno pois na nossa cultura medieval sempre haverá "ídolos" a alimentar suas edições.

  20. Esse negócio de trocar ministro no meio da crise não é bem novidade ... Vamos relembrar dos anos 80 quando a crise era econômica e o ministro que se trocava era o da fazenda.

  21. Mais um especialista em Coronavírus e cloroquina. Que bom, tem poucos em atividade. O Danação deveria tê-lo nomeado ministro da saúde.

  22. Já que sua goiabeira é bem nutrida e cheia de frutos, apresente então a goiaba sem bicho e ofereça a solução. Sua maneira desmiolada de querer tirar sarro de tudo e de todos é meio surrada. Aponte a solução, e deixe de zombar das pessoas que estão procurando uma solução. Deveras há muitas pessoas falando bobagem. Por que não aponta os desvarios e o complô que o Botafogo está mancomunando com os caciques do Dem?

  23. Jegue Triunfante... Teve um aí que já admitiu que inventava números. Coloca lá. Mas ache um pedestal mais alto, se quiser, porque DEUS não abandona nada nem ninguém. Coloca o Jegue Triunfante aonde quiseres e vamos ver em torno de qual estátua aparecem as soluções e em torno de qual os desvios de recursos. Escolhe aí outro monte ou pedestal e vai ser tipo Elias versus profetas de baal.

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  24. O Brasil uma terra abençoada por Deus, é unânime e dito por todos esse adágio, mas, porém, todavia, Deus disse, olha o povinho que vai morar lá. Começou com a colonização luso que aqui, foi deixado para explorar a terra, o nativo indolente, o negro mão de obra sem preço. Agora o lema é a lei de Gerson, levar vantagem em tudo, do compradrio, dos espertos. O nosso sistema dar garantia para fazer inversão de valores, ladrão fica solto e as pessoas de bem ficam em prisão domiciliar, até quando??

  25. Água e sabão matam o coronavírus em 20 segundos. In vitro e na pia. Pede a alguém pra avisar o astronauta brasleiro, splift (como é a onomatopeia que ilustraria a cuspida de Bento Carneiro?)

    1. Fala Goiaba,o que vc achou da peruca que honho colocou??!?

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO