Adriano Machado/Crusoé

Ricardo Salles deixa o comando do Ministério do Meio Ambiente

23.06.21 17:15

Ricardo Salles (foto) pediu demissão do comando do Ministério do Meio Ambiente. O ato de exoneração foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União desta quarta-feira, 23. No lugar dele, entra Joaquim Álvaro Pereira Leite, que atuou como secretario da Amazônia e Serviços Ambientais.

Salles é alvo de dois inquéritos em tramitação no Supremo Tribunal Federal. Uma das apurações mira a atuação dele em um esquema de extração ilegal de madeira. No outro processo, Salles responde pela obstrução de investigações sobre desmatamento ilegal na Amazônia.

Em coletiva de imprensa, o agora ex-ministro listou ações que considera integrarem seu legado, declarou acreditar que “o Brasil avançou muito” e rebateu críticas. Salles acrescentou não ser possível que terceiros “criminalizem” ou “tentem dar caráter de infração” a opiniões e visões diferentes.

A sociedade brasileira precisa desse avanço. Nós experimentamos, ao longo desses dois anos e meio, muitas contestações sobre as medidas que foram tomadas ou planejadas, uma tentativa de dar a essas medidas um caráter de desrespeito à legislação ou à Constituição, o que não é verdade. Nós sabemos que diversas dessas medidas são importantes“, pontuou.

Entendo que o Brasil, ao longo desse ano e do ano que vem, na inserção internacional e também na agenda nacional, precisa ter uma união muito forte de interesses, anseios e esforços. Para que isso se faça da maneira mais serena possível, apresentei ao presidente meu pedido de exoneração, que foi atendido“, completou.

Na quarta-feira, 22, o presidente Jair Bolsonaro elogiou Salles publicamente. “Parabéns, Ricardo Salles. Não é fácil ocupar seu ministério. Por vezes, a herança fica apenas uma penca de processos. A gente lamenta como por vezes somos tratados por alguns poucos desse outro Poder, que é muito importante para todos nós.”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Teria ficado mais bonito se nosso presidente "anticorrupção" o houvesse demitido já há bastante tempo, para se defender das acusações que lhe pesam fora do governo. Que Deus nos ilumine a todos e um abraço fraterno em agnósticos e ateus! Namastê!

  2. Ricardo Salles desempenhou com competência e teve Coragem que adotar uma Política oposta as anteriores mas que tem o meu apoio e das lideranças ruralistas e dos verdadeiros Patriotas

    1. Aproveitando seu texto. Por dois anos o Ex-Ministro ficou a frente de um Ministério complicado e de grande referência na política interna e externa. Na minha falta de conhecimento ou limitação do mesmo. Quais foram os trabalhos realizados nessa gestão? Não é uma pergunta provocativa. Mas não entendi quais foram os projetos, trabalhos, realizado na gestão do Senhor Salles?

    2. Bem, o setor agrícola sério queria a saída do ladrão, pois eles estavam perdendo dinheiro com ele. Quem apoiava o Salles eram os grileiros, traficantes de drogas e agropicaretas. Por fim, patriota sabe escrever bem na língua mãe. Portanto, o Fernão é um traidor da pátria, pois nem pontuação sabe usar!

    3. Fernão, incrível existir gente como você, que expressa sua ignorância de forma tão clara.

  3. Alberto (Belém-Pa) O famigerado Salles nada mais é do q um pau-mandado do deletério e hipócrita Jair Bolsonaro. Engana -se quem pensa q a nefasta política ambiental do governo Bolsonaro vai mudar. Bolsonaro é o grande responsável pela devastação de nossas florestas por madeireiros, garimpeiros e grileiros. Sua política contra o meio ambiente no Brasil já é suficiente para que nunca mais o desequilibrado presidente obtenha mais um mandato de quatro anos como presidente da República.

  4. Nem tudo que este ministro fez foi ruim. Sabemos que existe muito interesse na Amazônia. Mexer com esses interesses fere muita gente. Tem que os dois lados da moeda.

    1. concordo, pelo menos uma coisa boa ele fez: pedir demissão!

  5. Demorou! Vá “passar outra boiada” em outro lugar. Já vai tarde, pois atrasou o país, no mínimo, uma década com suas atividades suspeitas.

  6. Mais uma troca. Quantos ministros indo. A porteira esta aberta. Temos tempo ainda de fazer passar mais gado desse capataz que se instaurou em Brasília. O 01, 02, 03 e 04 quem será o menino da porteira. Vamos em frente Brasil Democrático

    1. Carlos, um muar zurrou no teu comentário. Desculpe. A bichinha está transtornada com a saída do Salles. Ela está preocupada com a perda da alfafa. Zurra Joãozinho, zurra!

    2. Zezinho diarreia,já te expliquei que grileiro não é criador de grilos,deixa de ser idiota,pra você só seria boa a indicação de uma ONG estrangeira para cuidar do meio ambiente…

  7. Finalmente. Entretanto, não fiquem contentes. O Bozo colocou outro amigo dos grileiros no ministério. A tentativa de passar a boiada continua. Só teremos paz quando o delinquente do Bozo for parar na cadeia.

  8. Já vai muiiiiiito tarde e que tenha uma vida devastada e infernal, exatamente como fez com a AMAZÔNIA!!!! Não podem deixar esse marginal sair do país e, aguardemos, porque o comparsa e dono dele, ainda pode lhe arranjar algum "cabide de parasita", como fez pra tantos outros...... 😠😠😠😠😠😠😠😠😠😠 .....

    1. Claudenorzinho não entende nem de estrume,imagine de meio ambiente. É mais um idiota esquerdopata!!

    2. Me desculpe Claudenor, mas o estrume tem serventia. Serve para adubar.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO