Adriano Machado/Crusoé

Por que o novo chefe da PF em SP preocupa Doria

17.04.21 11:11

A nomeação do delegado Rodrigo Bartolamei para comandar a superintendência da Polícia Federal em São Paulo causou apreensão no Palácio dos Bandeirantes, onde despacham o governador João Doria e seu vice, Rodrigo Garcia.

Um dos motivos já conhecidos é o histórico do novo superintendente. Antes de assumir o cargo, o novo chefe da PF de São Paulo estava lotado no Gabinete de Segurança Institucional, o GSI, da Presidência da República — ou seja, trabalhava com o general Augusto Heleno, ministro da mais estrita confiança do presidente Jair Bolsonaro, arquirrival de Doria.

O segundo motivo da preocupação é o fato de que estão na Polícia Federal, sob a direção de um aliado de Bolsonaro em SP, uma série de inquéritos que envolvem nomes do atual governo tucano e que foram enviados à PF antes do pedido de demissão coletiva dos procuradores da extinta força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal.

Um dos alvos é o vice-governador Rodrigo Garcia, do DEM, que também é o secretário de Governo de Doria, responsável pelos principais projetos da gestão. Garcia foi acusado por um ex-diretor do Metrô de receber e distribuir propina a aliados em troca de apoio na Assembleia Legislativa, quando foi deputado e presidente da casa.

Outra investigação apura o envolvimento do secretário de Transportes, Alexandre Baldy, em possíveis irregularidades na retomada das obras da linha 6 do metrô. Baldy chegou a ser preso no ano passado acusado de fazer parte de um esquema envolvendo órgãos federais que desviava recursos da Saúde. Ele foi solto por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, e nega as acusações.

Há ainda uma série de pedidos de investigação sobre gastos com a pandemia feitos por deputados bolsonaristas ao MPF, que podem desaguar na Polícia Federal e trazer problemas para Doria, que tenta se firmar como candidato da terceira via para enfrentar Bolsonaro na eleição presidencial no ano que vem.

Aliados de Bolsonaro em São Paulo nutrem a expectativa de que o novo chefe da PF no estado dê maior celeridade às investigações envolvendo o governo tucano. A maioria delas estava no escopo da Lava Jato, que foi asfixiada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, aliado de Bolsonaro.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Lugar de criminoso é na cadeia, pena que o STF tenha um entendimento diferente quando se trata de criminoso de colarinho branco.

  2. A narrativa da esquerda pra CPI da Covid-19 contra o Governo Federal é que quem não deve não teme. Então vale também pra Dória e Garcia, quem não deve não teme.

  3. Desde quando PF aparelhada por bozista investiga alguma coisa? No final, a função de tal delegado é apenas o de proteger a família do genocida! Nada mudará!

    1. William, o Bozokid é deputeiro por São Paulo. Você não conhece nem a vida dos teus donos? Desta forma, eles cortarão a tua alfafa. Mario Bozista, o único que possui dono aqui são os Bozolulistas, o grupo a qual você pertence. Pessoas inteligentes não possuem bando dos de estimação. Como você não é gente, mas apenas um muar zurrador, então você tem que se contentar em passar o resto da vida lambendo as botas do genocida. Que vida miserável a sua!

    2. Se tiver algo contra teu patrão vão encontrar, aí você pode perder o emprego. MEDINHO neh

    3. O delegado é pra São Paulo, a família do Bolsonaro é do Rio de janeiro. Vai estudar um pouco, STF tirou os julgamentos de Curitiba pq?

    4. Ele se vende para proteger os filhos, mas gosta de aplicar a lei para os outros.

  4. A quadrilha tucana é intocável. Aécio Neves gravado mendigando propina e filmado recebendo mala de dinheiro por intermédio de seu comparsa, esta solto, eleito, dando as cartas do psdb, sob olhar cúmplice de seu padrinho FHC. Ninguém pega esses bandidos.

  5. Dória, o jogo e duro irmão. Você conhece a estirpe do Bolsonaro, anda doido para te encontrar num beco escuro em noite de chuva. Tira a calça apertada e vai de samba canção daqui pra frente. Só ter cuidado com batom.

  6. Quem não deve,não teme.MAS,será que este novo homem do Bolsonaro vai virar a artilharia da Polícia Federal TAMBÉM para a família do chefe???será???me engana que eu gosto! Nojo

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO