Pedro Ladeira/Folhapress

MPF quer que hacker da Lava Jato volte para prisão preventiva

22.02.21 21:42

O Ministério Público Federal pediu à Justiça Federal que decrete nova ordem de prisão preventiva contra Walter Delgatti Neto (foto), responsável pelo ataque hacker a contas de Telegram do ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro e de procuradores da Lava Jato.

De acordo com o MPF, Delgatti Neto descumpriu uma das medidas cautelares determinadas pela 10ª Vara da Justiça Federal ao acessar a internet. O hacker, disseram os investigadores, usou a rede do escritório de seu advogado para conceder uma entrevista via videoconferência.

O fato de Walter não ter clicado no computador para acessar a internet é desimportante, pois a decisão é clara quanto à proibição de não acessar a internet, de forma direta, ou indiretamente com a ajuda de terceiros, e que o uso de videoconferência apenas poderia ocorrer para compromisso com a Justiça. Além disso, ao longo da entrevista, Walter expõe conteúdos íntimos das vítimas dos crimes investigados e processados no bojo dessa ação penal, violando, inclusive, a Lei Geral de Proteção de Dados“, diz a peça.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. No Brasil tudo está invertido, prende-se quem apura crimes e liberta-se os que se apoderaram do dinheiro para saúde, educação dos Brasileiros.

  2. Não sei se este indivíduo tem a real noção do mal que causou ao nosso país. Deveria mofar na prisão até o último suspiro de vida.

  3. Ele achou que estava fazendo a coisa certa, pois ate o STF expos as conversas hackeadas dos procuradores ele se achou no direito de tb expor

    1. essa justiça carcomida estão se deliciando com os conteúdos hackeados, adulterados da lava-jato como num frenesí. Gilmar Mendes, o PT, dentre outros. O jogo vai virar, aguardem.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO