Marcos Oliveira/Agência Senado

Juiz de SP pede ao STF acesso à delação de ex-dono da Qualicorp que cita Serra

26.02.21 07:15

O juiz Marco Antonio Martin Vargas, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, pediu ao Supremo Tribunal Federal o compartilhamento do acordo de colaboração em que o empresário José Seripieri Filho, fundador da Qualicorp, delata o senador José Serra (foto), do PSDB.

O objetivo é que o depoimento e eventuais provas apresentadas por Seripieri no STF sejam usadas na ação movida pelo Ministério Público Eleitoral contra o tucano pelo suposto recebimento de 5 milhões de reais da Qualicorp, via caixa dois, na campanha de 2014, quando ele se elegeu ao Senado.

Serra virou réu na Justiça Eleitoral em novembro de passado, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e caixa dois, junto com Seripieri, após ter sido delatado por outros ex-diretores da Qualicorp. A denúncia foi recebida pelo juiz horas depois de o ministro Gilmar Mendes devolver o caso para a primeira instância eleitoral, no dia em que o crime de caixa dois prescreveria.

No final de 2020, o próprio fundador da Qualicorp, que chegou a ser preso em julho pela Polícia Federal, assinou um acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República no qual revela pagamentos ilícitos a Serra e outros políticos graúdos, como o senador Renan Calheiros, do MDB, e o deputado Aécio Neves, do PSDB.

O acordo, que está sob sigilo, foi homologado pelo ministro Luís Roberto Barroso e é considerado mais um elemento importante de prova contra o senador tucano. Na delação que baseou a denúncia na Justiça Eleitoral, Serra é acusado de ter recebido os pagamentos ilícitos da Qualicorp por meio de um contrato fictício assinado com um suposto operador do tucano e apresentando notas fiscais frias. Serra nega as acusações.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Eu lembro uma entrevista do Serra na Globo dizendo que todas as economias dele estavam depositadas em caderneta de poupança. A entrevista, tendenciosa, pois era realizada no Mercado Municipal de São Paulo onde o Serra dizia que o seu pai teve uma banca de venda de verduras e com o que ganhava sustentou a família. Na época da entrevista ele era pré candidato a governador e escolhido foi eleito.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO