Roberto Casimiro /Fotoarena/FolhapressFHC: ele tenta segurar o ímpeto dos aliados para que não queimem a largada

O fiador da ‘alternativa’

Entre Luciano Huck, João Doria e o gaúcho Eduardo Leite, FHC tenta mediar disputas e exercer o papel de árbitro na definição do candidato do centro para 2022
13.12.19

A palavra conciliação assume uma coloração nostálgica quando associada ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. No início da década de 1990, quando ainda exercitava a habilidade de costurar apoios improváveis, FHC recomendou aos tucanos mais refratários a uma aliança com o PFL a obra Um Estadista no Império, de Joaquim Nabuco. Trata-se de um tratado sobre a política conciliadora do polêmico Marquês do Paraná, ex-primeiro ministro do Brasil Imperial responsável pela estabilidade do reinado de D. Pedro II. Convencer a ala tucana mais à esquerda a digerir a união com os liberais do PFL não foi uma tarefa trivial, mas deu certo. Agora, quase três décadas depois, o ex-presidente avoca para si uma missão não menos complexa: a de construir uma candidatura de consenso no espectro político de centro para as eleições presidenciais de 2022.

Na quarta-feira, 11, FHC começou a ler o livro This Blessed Plot, Britain and Europe from Churchill to Blair, de Hugo Young, ex-comentarista político do jornal The Guardian. É um relato da ambivalência britânica em relação à integração europeia desde o pós-guerra. “A Grã-Bretanha lutou para conciliar o passado que ela não podia esquecer com o futuro que não podia evitar”, escreve Young. O livro, evidentemente, não guarda relação com a política brasileira nem com os partidos daqui. Mas esse pode ser exatamente o caminho para os políticos de centro, se quiserem obter êxito eleitoral daqui a três anos: saber conciliar um passado que não pode ser deixado para trás com o futuro inevitável, qual seja, ou eles se unem ou morrem na praia de novo.

Ao contrário do PSDB e do antigo PFL, o bloco que se convencionou chamar de “centro democrático progressista” pode até convergir nas ideias — a maioria se declara liberal na economia e nos costumes. A questão, nesse caso, é harmonizar interesses políticos e pessoais. Não são poucos. O governador de São Paulo, João Doria, trabalha com afinco para ser o candidato do PSDB. Como ele acha que controla o partido, espera que os tucanos marchem com ele. Ainda sem legenda, mas assediado por mais de uma, o empresário e apresentador Luciano Huck cada vez se preocupa menos em esconder almoços, jantares e encontros para discutir uma possível candidatura. Já o governador do Rio Grande do Sul, o tucano Eduardo Leite, embora neófito na política, apresentou-se recentemente para o jogo — como Huck, incensado por FHC.

Pedro Ladeira/FolhapressPedro Ladeira/FolhapressDoria com Leite em reunião do PSDB: estresse contornado
O desafio primário de Fernando Henrique é resolver os problemas domésticos. Um episódio ilustrativo de sua atuação no sentido de tentar equilibrar os pratos no PSDB ocorreu na semana passada. Não satisfeito com os movimentos do colega Eduardo Leite, Doria havia concedido uma entrevista dizendo que o partido não deveria fazer “testes” em 2022. “Experiência é importante”, afirmou. No sábado, 7, durante o Congresso do PSDB, Leite e Doria dividiram os holofotes. Chamado ao palco, o governador foi recebido pela plateia sob gritos de “Eduardo 2022″. Na sequência, foi a vez de Doria ser aclamado como futuro candidato a presidente: “Brasil pra frente, Doria presidente”, entoaram tucanos. Apesar da troca de afagos públicos, regada a elogios mútuos, instalou-se um clima de disputa no ar. No domingo, 8, FHC convocou Doria para um encontro em sua casa em Higienópolis. Na conversa, agiu como algodão entre cristais. “Ninguém ganha eleição, nem ganha o poder, que é importante para o Brasil, sozinho. É juntos”, disse, ao fim do bate-papo. Segundo aliados, depois do encontro com o ex-presidente, Doria mudou o estado de ânimo. Se antes demonstrava certo incômodo com a desenvoltura de Eduardo Leite, passou a trabalhar a fim de atraí-lo a sua órbita política. Agora, ele está jogando pesado em outra frente: para eleger o líder do PSDB na Câmara.

Em reuniões com líderes e dirigentes partidários, FHC tem dito que os partidos interessados em marcar diferenças em relação a PT e Bolsonaro devem ser enérgicos o bastante de modo a não emitir sinais de fraqueza no jogo sucessório, mas cautelosos o suficiente para não conferir pressa na escolha do candidato, expondo-o prematuramente. Por isso, ao mesmo tempo que lança hipóteses eleitorais no tabuleiro do xadrez político, ele trabalha nos bastidores para impedir que se assanhem antes da hora – e cometam harakiri, o ritual japonês de autodestruição. Dentro do que sempre chamou de a “utopia do possível”, o ex-presidente defende o lançamento da candidatura até o segundo semestre de 2021, se possível por consenso.

No trabalho de acomodar posições aparentemente inconciliáveis, o objetivo de FHC é não reeditar 2018, quando a pulverização de candidaturas minou as chances das siglas de centro de alcançar o segundo turno. O risco de o filme se repetir é real. Segundo as últimas pesquisas, Bolsonaro se solidifica no patamar de 33%, com viés de alta caso os bons auspícios da economia se confirmem. Já o PT, a despeito das sérias dificuldades para aglutinar a esquerda, permanece no nível histórico de 29%. Ou seja, se o centro democrático não conseguir apresentar à sociedade um nome dotado de musculatura eleitoral e densidade política em condições de disputar a eleição de igual para igual com Bolsonaro e o PT, restará pavimentada de novo e mais uma vez a estrada para a polarização.

O ex-presidente não está sozinho na empreitada de unir as legendas de centro. Auxiliam FHC nomes como o presidente do Cidadania, Roberto Freire, o ex-governador Paulo Hartung, o economista Armínio Fraga, o ex-ministro Raul Jungmann, o empresário Guilherme Leal e o publicitário Nizan Guanaes. Recentemente, foi incorporado ao time o ex-ministro da Fazenda Pedro Malan. Em artigo publicado no jornal O Estado de S.Paulo, Malan discorreu sobre o que chamou de “ousadia da moderação”. “Saídas deverão sempre passar pelo diálogo franco, pela resolução de diferenças e conflitos via soluções de compromisso, sem a famosa escolha binária entre o ‘nós e eles’ que tanto mal causou e vem causando ao país”, escreveu.

Frederico Brasil/Futura Press/FolhapressFrederico Brasil/Futura Press/FolhapressFHC nutre simpatia pelo projeto de Huck
Cada componente exerce um papel no grupo. Enquanto cabe a FHC a articulação política, com a ajuda de Freire e Hartung, Armínio fica responsável por coordenar grupos de estudos nas áreas de Saúde, Educação, Previdência e Segurança, com os quais o futuro candidato deve estar alinhado. Já Nizan cuida das estratégias de comunicação. O busílis é que o coração de parte expressiva desse grupo já bate por um candidato: Luciano Huck.

Em 2018, Huck esteve próximo de concorrer. Quase assinou a ficha de filiação do PPS, hoje Cidadania. Sempre muito perto de movimentos de renovação, passou a contratar pesquisas de opinião e a circular com mais assiduidade no meio político. Ele e a mulher, Angélica, recuaram quando perceberam que o noticiário político é bem distinto daquele tradicionalmente dedicado às celebridades de TV. Enquanto um exibe a dolce vita do casal estrelado, o outro é uma máquina de moer: revira a vida do político de cima a baixo e busca uma face que ninguém normalmente gosta de expor aos raios solares. O que mudou de lá para cá é o que Huck classifica intramuros de “chamamento”. “Muitos políticos começaram a bater à porta argumentando que ele seria o único capaz de quebrar a polarização. E ele passou a acreditar nisso”, afirmou a Crusoé um integrante do grupo.

Embora aparentemente disposto a seguir adiante com a candidatura, Huck ainda não bateu o martelo. Sabe que a entrada na política pode representar um ponto de não retorno, como se atravessasse um rubicão pessoal. Por isso, ele tende a ir como se diz na gíria: “só na boa”. Ou seja, quer entrar no jogo se tiver quase certeza de que vai chegar lá. Como isso é quase impossível no atual quadro político, quer no mínimo mitigar os riscos. Falta, porém, combinar com os russos — no caso, os aspirantes ao Planalto das demais legendas — de que ele será o nome certo na hora certa. No PSDB, comenta-se que Doria só abriria mão se uma outra candidatura se impusesse politicamente de maneira irrefutável. Fernando Henrique tece ressalvas: “Huck é uma celebridade. Ainda precisa mostrar que é capaz de ser um líder político”, diz. FHC é amigo da família de Huck, acredita que o apresentador midiático tenha aderência no eleitorado, penetração no Nordeste, mas sabe que política é mesmo como nuvem. E ela se moverá muito até às vésperas do ano eleitoral.

Além disso, assim como os atuais postulantes ao Planalto, o personagem principal do livro de Joaquim Nabuco, aquele recomendado por FHC aos tucanos na década de 1990, não era livre de idiossincrasias. Honório Hermeto Carneiro Leão, o Marquês do Paraná, dizia que conciliação era “o sossego do espírito, a calma das paixões”. Mas nem sempre ele conseguiu serenar as suas. Diz a história que Leão era incapaz de conter seus instintos mais primitivos ao lidar com uma prima de primeiro grau, com quem acabou casando. Acusado de enriquecimento ilícito, usou uma justificativa à la João Alves: teria acertado duas vezes na loteria. Aí há mais uma convergência com a tarefa de FHC. Na atual circunstância, unir o centro é quase como acertar na loteria.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. FHC precisa primeiro explicar as compras de voto e de CPIs em seu governo, medidas que o PT seguiu e expandiu, depois o patrimônio dele. Professor, senador e presidente que tem fazendas, apartamentos de mais de 5 milhões etc., etc etc , deveria primeiro explicar depois opinar

  2. Com toda sinceridade que me é possível, só de ler que um cara como este Huck quer ser presidente do Brasil, me dá vontade de vomitar!

  3. Portanto, a formação de um CENTRO POLÍTICO trata-se muito mais de uma questão de disposição do que de falta de perspectivas. E antes das eleições presidenciais tem as eleições municipais.

  4. Assim, havendo um centro de massa de verdade, ele deveria ter não um, mas dois ou três candidatos, pois em condições normais isto significaria que iriam um candidato dos extremos e um de centro para o segundo turno, ao invés de dois candidatos dos extremos. Nesta situação, o centro irrevogavelmente exerceria um papel moderador, pois seria difícil que o candidato de centro ou de um dos extremos ganhasse sem compor com o restante dos partidos de centro que não foram para o 2º turno.

  5. Mas isto só seria verdade se realmente houvesse um centro de massa que desse estabilidade ao sistema político (ou ponto de equilíbrio, pensando-se em um pêndulo invertido). Do contrário, o pêndulo sempre dependeria de algum fenômeno extraordinário para se mover de um dos extremos para o outro, sem qq incentivo para estacionar no centro em algum momento. Em termos de candidatura, com 3 ou 4 partidos fortes no centro, eles sempre desidratariam os candidatos dos extremos.

  6. O PT tem em seu nome o maior peso para um partido à esquerda, representar os trabalhadores. Se houvesse espaço para somente um outro partido forte na esquerda, haveria pelo menos PDT e PSB disputando este posto, com PC do B por fora. A questão é que cada um deles carrega seu próprio peso simbólico que acaba por inviabilizar fusões partidárias (a história e a tradição às vezes são um empecilho para a estratégia). Sempre que o pêndulo político oscilasse, um dos extremos tenderia mais ao centro.

  7. Talvez mantendo a sigla MDB em virtude do simbolismo histórico tendo um tucano como mascote. O resto do Centrão tb pode se fundir, formando um centro de massa bem mais coeso e que desta vez poderia se focar mais em andar com as forças sociais, ao invés de tentarem se locupletar. Quem mais teria problema neste processo seria a esquerda, pois a direita não existe, o que praticamente deixa o caminho livre para Bolsonaro fundar um partido só seu que seja hegemônico à direita.

  8. Na hipótese mais favorável, o sistema partidário hj conta com mais que o dobro de partidos. No mundo dos negócios a fusão de empresas é uma forma de se obter sinergias e ganhar escala, não há pq esta lógica não valer para o sistema partidário brasileiro. Fala-se de fusão DEM/PSL e ela faz todo o sentido do ponto de vista ideológico e programático. O PSDB nasceu de uma costela do MDB e em tese seria de esquerda, mas enquanto partidos de centro não seria irracional que ambos se unissem.

  9. Considerando que o sistema partidário brasileiro é completamente disfuncional e fragmentado, fica difícil se falar de um centro coeso. Quantos partidos deveria ter um sistema político democrático para funcionar dentro de uma normalidade esperada? Certamente não mais do que dez. Se o sistema fosse concebido de forma a ter no máximo três ou quatro partidos de centro fortes, com outros 4 de esquerda e direita (2 para cada lado), com um ou outro satélite, não haveria mais do que 15 partidos.

  10. Enquanto Lula domava o povo, eles o chantageavam para que a máquina não fosse emperrada, era a relação de conveniência e cumplicidade perfeita que parecia que perduraria por décadas. Mas quando as forças políticas se afastam das forças sociais, estas caminham por vontade própria e em algum momento o processo de distanciamento será inevitável: a DISTOPIA atinge seu limite máximo. Cada sociedade tem um limite e a brasileira atingiu o seu depois de anos de corrupção desenfreada.

  11. Ressaltando que o processo não começou com eles, mas foi levado aos seus estertores, com base na cooptação pura e simples aliada à retórica divisionista, aquilo que deveria ser o centro virou uma geleia disforme e anódina. Além disto, o processo foi mais fácil pq não existia um polo verdadeiro ao que seria a esquerda, sendo que o que era chamado de direita não passava de uma centro-direita, quando muito isto. Se foi ruim para a sociedade, para os CORRUPTOS foram tempos áureos.

  12. Se o centro fosse separado em dois, uma centro direita e uma centro esquerda, isto quer dizer que quando o pêndulo tendesse mais para um dos extremos, que a centro direita e esquerda funcionariam como uma espécie de suavizador do processo, atraindo elementos do extremo perdedor mais para o centro exatamente para contrabalancear o movimento. Se tal hipótese já era precária antes de Lula e do PT, a partir deles isto simplesmente evaporou.

  13. De acordo com estas, o pêndulo poderia oscilar ora para a direita, ora para a esquerda, mas sempre teria um centro de massa para o qual tenderia. O problema no Brasil é que o centro de massa em anos anteriores foi cooptado pela corrupção e simplesmente deu uma banana para a sociedade. Ademais, a partir do momento que o centro de massa deixa de exercer seu papel de fiel da balança, resumindo-se a ser cooptado por um dos extremos, a sociedade sempre penderá para um destes.

  14. Além destes extremos, o movimento oscilatório de um pêndulo tb conta com um centro de massa, que é para onde o pêndulo tende caso não haja nenhuma força agindo de forma a levá-lo para um dos extremos. As forças políticas estão sempre tentando mover o pêndulo para o seu lado, mas em uma democracia genuína, o que efetivamente permite que uma determinada força política se imponha são as forças sociais atuando no bojo da sociedade.

  15. Pelas leis da física newtoniana só pode se esperar que um pêndulo se mova ao longo de um eixo específico após lhe ser aplicada uma força específica. Na política o eixo nem sempre permanece imutável, mas quando ele muda, todo o resto é obrigado a mudar com ele. Sendo assim, fora algum evento extraordinário ou fenomenal, pode-se esperar que o pêndulo político venha sempre a oscilar entre dois extremos que são determinados pelas forças sociais.

  16. Todo mundo quer o poder, mas depois que o consegue não sabe o que fazer com ele. Sobretudo, pq quanto mais o sujeito faz o diabo para chegar no topo, mais refém do "acaso" ele se torna, continua fazendo o diabo para não perder o poder e torcendo para a coisa não desmoronar. Olha Maduro na Venezuela, 6 anos atrás ele não estava na fria que estava metido agora, mas deve ter feito o diabo para entrar nela e agora faz o diabo para não "congelar" no frio polar.

  17. FHC o grande responsável pela eleição de Lula. À época quis dar uma de isentão sem (apararentemente ) usar a máquina pra eleger seu sucessor e apoiou Lula. O resto da história já sabemos...

  18. O Brasil precisa de paz e harmonia para resolver os seus problemas, vejo nesse time qualificado liderado por Fernando Henrique uma grande luz no fim do túnel. Chega de agressões entre brasileiros, como diz um antigo provérbio : "A virtude está no caminho do meio "

    1. Evandro, tu tá de "saca", não tá não? Fala sério, irmão!?! FHC, meio???

  19. Fernando Henrique foi um Presidente importante porque não saiu do bolso do colete de ninguém. Sua história política começou na década de 50 e , além da participação nos grandes movimentos foi Professor Universitário. Lamento que o PSDB não tenha um outro FHC para apresentar como candidato. Já era um político experiente e respeitado por todos antes de ser Presidente. Não temos ninguém com esse perfil para enfrentar Bolsonaro em 2022.

    1. Esse cara foi o único responsável pela eleição do MOLUSCO eneadactilo

  20. FHC, o cara que planou o terreno para o luladrão. Sabem o que o FHC fazia nos governos militares? Ele escondia os coitadinhos dos terroristas, que assaltavam bancos, sequestravam e matavam. Ele era tão bonzinho, caridoso afinal, a cambada só queriam implantar o comunismo e fazer o povo escravo. Só isso, simples assim. Bão este cara, né?

    1. Com o privilegio de ser bem nascido, o pai foi avisado de que o filho FHC estava visado e ai... tchau Brasil.

  21. Pelo que pude perceber pelos comentários abaixo, o FHC não consegue mediar nem briga dos próprios netos. E eu também acho que o PSDB já era.

  22. O FHC é suspeitíssimo e pernicioso. Lembrem-se que, na década de 1990, propôs aliança com o Lula. Em 2018, conclamou meio envergonhado para que os eleitores tucanos votassem no Haddad no segundo turno da eleição presidencial. Ele tem dna petista, embora não seja carnívoro como todo petista.

  23. O PSDB não aprende nunca! E não entendeu, ainda, porque foi ignorado por seus eleitores tradicionais. E foi ignorado porque, como diz Luiz Felipe Pondé, é muito chique para enfrentar o PT, partido este que adora quando o tucanos vem com o patuá de que é preciso acabar com a polarização entre petismo e centro direita. Por falar em polarização, inventaram que ela é ruim para o País. Não é não! Ela existe nos Estados Unidos e na Inglaterra e só fortalece a democracia.

  24. O Fernando Henrique devia cuidar dos netos. O tempo dele já passou e apostar no Huck e coisa de gaga. O Huck não está com essa bola toda

    1. FHC, foi fiador também da própria reeleição e construído como ótimo personagem pela Globo, quando esta era referência.

  25. FHC é o maior enganador de nossa política recente. Com esse mimimi de centro, apoiou até o fim a candidatura de Aécio Neves, um dos grandes corruptos do PSDB. FHC socialista de carteirinha, continua enganando seus ex eleitores.

  26. Esse Eduardo Leite tem tentado aplicar uma agenda reformista aqui no RS, mas pouco conseguiu até agora, mal consegue apoio da própria base. Não vejo a menor condição dele ser opção, o PSDB passaria outra vergonha igual na última eleição com a milionária campanha do Alckmin naufragando.

  27. Uai,como diz o mineiro,Nizan Guanaes não trabalha pra políticos,ou estou enganada,pelo menos foi o que disse quando da enrascada que se meteu Duda Mendonça. Mudanças a parte,vamos ao que interessa,Huck, o Rodrigo Faro da Globo,pensa que governar é animar auditório e fazer pobre chorar? Dória falou demais,se tivesse terminado seu mandato de prefeito teria mais credibilidade,aliás só foi eleito governados porque pegou carona com Bolsonaro. Quem vier pelo PT,só assinará o atestado de óbito.

    1. Se DÓRIA disputar a reeleição para Governo de São Paulo, com outro fã do Petismo, ganhará de novo, como ganhou do FRANÇA. Essa é a estratégia que DÓRIA deve buscar, para não passar a faixa SP. Já para o BRASIL, já está montada a Equipe (19 Ministros com DNA-Gestor testado e aprovado) para revesamento na Presidencia do BR, com Manutenção da Equipe de MINISTROS, que tem resultado satisfatoriamente aprovado.

  28. Com o "incrível" Huck , quem mais vai prosperar no Brasil, será a Rede Globo, com a volta de contratos publicitários bilionários com o governo. Mas isso não acontecerá, tenho certeza.

  29. FHC vá para Venezuela escrever ou dar palpite por lá. Ali você encontrará o país tão sonhado por você, Lula, Ciro e tantos outros da sua espécie.

  30. Hoje ter um fiador do esquerdopata como o Fernando Henrique é ir para o buraco na certa. Vejam os prováveis candidatos do PSDB para as futuras eleições... é de chorar de rir...

  31. Este babaca deste velho FHC , nogento e ladrão também , a lava jato tem que chegar nele também. porque este urubu roubou mais que o PT é sua corja . Até me altera a pressão quando vejo este infame , ele deveria ter ido no lugar de dona Rute, A Mariza e A Rute, Deu um piripaque nelas e se escafederam, quando descobriram que viviam tantos anos com dois bandidos e ladrões dos mais refinados e não sabiam .

    1. As duas primeiras damas desrespeitadas pelos primeiros damos.

  32. Sobre o sr FHC apoiando legalização de entorpecentes e projetos desse Luciano só posso dizer uma coisa: "loucura, loucura, loucura"!!! kkkk

  33. Nada que envolva FHC e Roberto Freire pode ser ignorado. São dois faróis de lucidez no universo de escuridão da esquerda atual. Os nomes - todos! - é que são horríveis.

    1. FHC farol de lucidez?! Dele presidente tivemos aprovação continuada, acabou c/ todo entusiasmo de professores e alunos maduros. Classes ganharam clima oba oba, todos iam passar independente das notas, tinha q se achar algum mérito. "Poxa este aluno veio um dia no ano, isto já denota interesse. Aprova!" Como ex-presidente, bandeira da maconha. Cigarro liberado; acabou c/o cancer de pulmão? Convida FHC a ver avaliações de laboratórios U.S.A. Pede a um usuário montar um móvel simples ou estacionar!

  34. O FHC deveria calar-se e manter a gota de glória que ainda resta a sua biografia. Leu o marquês que "ganhou"duas vezes na loteria e ajudou a criar Lula, o maior ladrão da história do Brasil. Pensando bem, sua biografia ja foi para o lixo.

    1. E ainda tem para as costas de FHC, a nomeação de GILMAR MENDES, para o STF. Em matéria de desastre político, só alivia FHC, o PLANO REAL, que de verdade é mérito de TARSO JEREISSATI.

  35. O importante é tirar Bolsonaro da disputa e de preferência ferrar com Moro, assim o caminho está livre para as velhas raposas, lembrem de combinar com o povão.

    1. Kkkk. Que cheque mate! É a primeira vez na história, que um PRESIDENTE monta um GRUPO SELETIVO DE GESTORES que o eleitorado quer ver revesando na PRESIDENCIA. Depois de BOLSONARO, que político de carteirinha ou Pinochio, ganhará eleição de TARCISIO DE FREITAS, de SÉRGIO FERNANDO MORO, de OSMAR TERRA, de TEREZA CRISTINA, de PAULO GUEDES, de DAMARIS, do MARCOS PONTES, do GENERAL HELENO, do PEDRO da CAIXA FEDERAL???!!! Já temos Presidentes, para vários mandatos a frente.

  36. FHC morde e assopra! Dança conforme a música e se a música não lhe agrade sobe em cima do muro com a maior desfaçatez! Não dá pra confiar no tucano. PSDB caiu no limbo como o PT. Se querem palanque cheio que expulsem Aécio em primeiro lugar! E se reinventem.

  37. No mínimo FHC ensinou o caminho das pedras ao PT para se manterem no poder com muita corrupção, só não imaginou que o cachaceiro e a disléxica iriam se lambuzar até os fios de cabelo. Foram coniventes com a derrocada do Brasil por esses criminosos, não voto nunca mais no PSDB.

  38. Votei no FHC 2 vezes e no PSDB 6 vezes (contra Lula e contra Dilma). Nunca mais terão meu voto. Se FHC fosse candidato hoje, não faria 5%.

  39. Este é um dos maiores safados que o Brasil já produziu!!! Juntando de novo a quadrilha para se locupletaram em um possível novo governo. Um verdadeiro traste!!!

  40. Além de não ter candidatura de porte, não tem, o que é Mais importante, um projeto econômico e administrativo, claro, como o ministro paulo Guedes. É um movimento fantasmagórico, costurado por um fantasma.

    1. com certeza! Vai botar o pijama, seu velho ridículo! Cúmplice de ladrão!

  41. Na minha avaliação Doria não foi honesto com os seus eleitores paulistanos que o elegeram Prefeito em 2016, e ele renunciou em 2018 para se candidatar ao Governo de São Paulo. Isso demonstra uma falta de caráter e de compromisso com àqueles que o elegeram em 2016. O atual Senador José Serra fez a mesma coisa e caiu em descrédito junto ao eleitorado. Pra mim Doria está no mesmo caminho, ou seja, no caminho do fracasso.

    1. Concordo, sem contar que é um arrogante prepotente!!!

  42. FHC é um traíra ele deixou de apoiar o Serra e o Alckmin nas eleições contra o Lula, 2 vezes, e Dilma em 2010 pq fale queria ver o PT no governo. FHC sempre foi amigo íntimo de LULA e o LULA sempre ajudou o FHC nas eleições para o Senado.

  43. O PSDB do Dória está em baixa. Agora, depois do sucesso da Lava Jato , dá pra entender o porque o PSDB nunca fez oposição ao PT e ao PMDB, simplesmente porque participava da roubalheira comandada pelo LULA. O PSDB foi a semente do Mensalão.

    1. São a mesma quadrilha, um se veste de fraque e o outro de macacão

  44. Huck? Sério? O cara é mais um fantoche que esse PSDB corrupto tenta colocar no planalto. Prefiro votar no Moro ou em alguém do Novo do que votar nesses parasitas do PSDB

  45. Impressionante o medo dos bolsoasnistas de que surja um candidato forte, sem processos nas costas, com chances reais de ir pro segundo turno em condições de brigar com o capitão.

  46. Este guerrilheiro, corrupto, fugitivo, bandido, vendilhão das Teles, comprou a reeleição, indicou jagunceiro ao STF que está livrando toda quadrilha do PSDB da cadeia, seu fim deve ser o paredão, junto com a terrorista , o presidiário e o Drácula.

    1. O que ele FHC indicar no voto de jeito nenhum. E olhe que votei nele duas vezes.

  47. FHC indicou Gilmar. Agora, indica uma celebridade que passou a vida pública toda construindo sua popularidade. Na política, essa popularidade não sobrevive. É aí que sobra um país gigante e com problemas gigantes pra administrar. Brasil não é loja de roupas!

  48. Em tempo, FHC sempre foi na política, um político profissional; "Político profissional jamais tem medo do escuro. Tem medo é da claridade". Millôr. (B do C pg. 444).

  49. Nenhum desses citados nessa reportagem vale um,tostão,são farinha do mesmo saco,e ainda como chefe FHC piorou,são outros tempos,tudo isso indigesto,antiquado,nojento,o povo está em outras ideias e não em Joaquim Nabu co, cafonice total..

  50. Isso cheira enxofre! obsevem bem os nomes dos político envolvidos nesse projeto! Rau Jungman por exemplo e o ex ministros petista que gosta de defender bandido ele queria abrir as portas das cadeias e fez criticas ao Moro! A extrema direita vai ganhar de novo em em 2022, vai ganha porque o PT e corrupto e o centro quer defender os proprios interesses e aprovar leis para perpetuarem no poder, como o Fundão e outras que dificulta o combate a corrupção. Se quiserem ganha 2022 terão mostra serviço.

  51. Traz-me surpresa novamente o escritor desta “reportagem” se utilizar de termos como busílis, rubicão, entre outros. Sérgio, tu escreves para trabalhadores de classe média, não para imortais da academia. Espero teres notado o sarcasmo. E sobre o conteúdo, fico surpreso em ver Arminio Fraga trabalhando com essas cobras, mas foi bem esclarecedor para 2020 e 2022: não nos deixemos levar pelos contos do PSDB nas próximas eleições! São lobos em pele de cordeiro!

    1. SIM, em pele de 'pecora'❗ E com a paternidade geneticamente bem reconhecida da criatura horripilante do encapotada Gilmar Mendes. E o apto de Paris, a viúva se encarregou de prover?

  52. A velha política e as tramoias do FHC. Tudo isso resultará num partido de interesses pessoais pior do que o PT, inúmeras vezes. Essa esquerda de centro não vale nada, não dizem a que vieram só para enganar o eleitor, deter o poder, e viver nababescamente como senhores feudais.

  53. O nós contra eles não tem prejudicado o Brasil em nada, muito pelo contrário. Nós, pessoas que pensamos, trabalhamos, produzimos e pagamos a conta dELES preguiçosos, incompetentes, ladroēs do dinheiro do povo. E vai continuar assim, porque não mais aceitaremos as falcatruas e os picaretas da esquerda e do Centrão. É NÓS contra ELES. Sempre!

  54. Difícil ver tantos nomes de peso numa só matéria (por falar nisso, se esqueceram de mencionar o Aécio Neves?). Difícil também imaginar todos esses políticos do PSDB mencionados aí reunidos publicamente numa mesa com o político mineiro, com o Alexandre Frota e mais a bancada do Democratas que tá na boquinha da parceria. Haja currículo polêmico, pra citar a palavra do momento. Como se daria o diálogo franco, como seria possível a ousadia da moderação? Quem viver terá notícia. Ou não.

  55. com a eleição de Bolsonaro, máscaras caíram após a posse. aqueles do contra, navegaram no tsuname, lobos em pele de cordeiros. usaram o nome Bolsonaro para se elegerem, mas, não poderiam ficar do lado do atual presidente pra sempre. afinal, são oposição. tiveram que tirar a fantasia de bolsonaristas e o povo viu e a resposta vem nas próximas eleições. aguardemos os resultados, o povo não perdoa traidores oportunistas.

  56. Luciano Hulk com aval do FHC comprometido com a globo e com um monte de artistas parasitas sugadores de dinheiro público. Me engana que eu gosto

  57. "Convergência na tarefa de FHC...creio mais na convivência de FHC, essa para mim, mais clara que a luz solar. Vai tentando FH!

  58. FHC foi responsável por vários prejuízos ao país, e que serão difíceis de nos livrarmos. Comprou a re eleição, e que sabidamente é um mal para a política e que ainda não nos livramos, livrou a cara do Lula no caso do Mensalão, fez do PSDB um partido ladrão igual ao PT, nada diferente! e agora quer emplacar um palhaço de circo na Presidência. Pô se manca! vai para casa, já deu o bastante para história te criticar, vai curtir seus últimos anos, e deixe o País tentar concertar o que você armou

  59. Deve ser piada. Candidatura de centro com políticos de esquerda, inclusive da luta armada contra o Brasil durante o regime militar. Não consegui ler até o final...

    1. Concordo com vc Ilza. Essas reportagens muito extensas é decepcionante e o leitor se perde na sua leitura.

  60. Fernando Henrique é na verdade um egocêntrico que mexe no tabuleiro como um soberano, manda no Beiçola para desestabilizar o atual cenário político brasileiro e vai continuar tocando fogo para passar a imagem de que ele foi o melhor presidente do Brasil, fez tudo para Serra perder a eleição pois acreditava que o ladrão Lula eleito o povo iria pedir a sua volta, ele é um Jânio Quadros mais evoluído.

  61. FHC é demais... O melhor de seu governo foi Rute Cardoso. Ele um imbecil "conchavoconciliador". Fez parte de uma oposição pusilânime e covarde que deixou o país em frangalhos.Sempre que pode defende o pinguço ladrão e aquele partido quadrilha.Deveria por a mão na consciência e fumar seu baseado sossegado num cantinho sem cagar regras

  62. Padrinho de Luladrão e criador de Gilmar Mendes no STF... teu passado te condena e o Brasil 🇧🇷 decente te despreza! Fica no pijama!!!

  63. Fui eleitor devoto do FHC. Recebemos de suas ideias dois presentes: Gilmar Mendes e Lula. Gilmar foi o indicado de FHC para o Supremo. LULA recebeu o apoio implícito de FHC para coroar a democracia brasileira. FHC estava errado e produziu um grande mal para o Brasil. Não considero mais o que ele indica. É o passado.

  64. Qualquer alternativa ligada a esse fóssil esquerdopata está fadada ao insucesso. O país já não aguenta outra leva de espertalhões/parasitas. Já passou da hora de trancar esse sujeito num asilo.

  65. Povo brasileiro tem que ficar atento ao partido de Urubus, estamos neste buraco a responsabilidade é de FHC. Socialista Fabiano dissimulado.

    1. Dona Ruth quer distância dele. FHC você é um comuna como faz discurso de centro. Ponha um pijama e socegue.

  66. Esse FHC comunista safado fica bancando uma de pai do Real. Itamar Franco o último presidente que ainda gostava do país. Povo brasileiro nunca votem em PSDB pois São Paulo ainda não parou como no Rio porque aqui ainda é o estado menos pobre da União. Esse FHC é pior que o Lula pois o 9 dedos ainda diz que permite roubar o outro finge que não deixa.

    1. Em entrevista a MARIANA GODOY, Ciro Gomes contou que o PLANO REAL é na verdade mérito de TARSO GEREISSATI, que reuniu economistas para elaborar. Só que TARSO virou desafeto de ITAMAR, e ai numa mesa de bar, o próprio TARSO, MÁRIO COVAS e CIRO, decidiram apoiar FHC, como MINISTRO da FAZENDA e levar a fama, como o Ministro do PLANO REAL.

  67. Tô pagando pra ver a decisão do PSDB um partido nada confiável ! Huck ideológico também não vai ser essa festa toda. FHC está fraco, sequer melhorou a situação do Alkmin com toda aquela campanha pesada em cima do Bolsonaro, aguardemos Dória por enquanto nada forte, vai ser bom assistir !

  68. Huck é aquele do artigo na Folha:Roubaram Meu Rolex. Ridículo; Doria é oportunismo na essência. Eduardo ainda tem que mostrar serviço lá no Rio Grande. Mesmo que ele tenha sucesso o partido dele não tem conserto nem compostura. FHC deve dedicar-se à leitura e ficar quieto.

    1. Até acreditava no cara. Mas tudo indica que as sementes do mensalão foram plantadas em suas gestões. E deu no que deu. E nem se sabe de toda extensão da corrupção. Cada dia tem uma macabra novidade!

  69. Qta mediocridade na política brasileira, Luciano Huck pra presidente é uma piada de muito mal gosto, em 210 milhões de brasileiros não tem alguém mais preparado, íntegro com um passado de ações concretas no campo social??? Pensaram num sujeito que vive de patrocínio e usa isto pra ganhar rios de dinheiro disfarçado de bom samaritano. Tenha santa paciência senhor FHC...

  70. É MENTIRA! foi fiador do RATO LADRÃO e seus comparsas dessa esquerda CLEPTOCRATA . Um senhor CAQUETICO e PATÉTICO. Acabou todos vocês DO PSDB

  71. E não esquecer nunca que o Partido socialista de esquerda que pertence, quando no poder, contrariando parecer dos mestres do direito de São Paulo, por sua vontade e conhecedor de quem era, impôs guela abaixo da Nação brasileira o Gilmar Mendes no STF. Ato de escárnio ao povo brasileiro, para nós lembrarmos..

  72. FHC não precisa inventar um candidato. Já temos alguém com perfil liberal na economia e nos costumes, com ampla admiração popular e livre dos destemperos do atual presidente: Sergio Moro

  73. gente to rezando para que a policia federal chegue ate esse monstro chamado fhc que nos deixou a heranca maldita do lulaladrao

    1. Antes de virar de costas para Serra do mesmo PSDB para entregar a chave para o Lula; FHC achou q pobre comprando frango estava bom demais. Azarou com todo aposentado da iniciativa privada, até quem pagou 32 anos de INSS, com o redutor Fator Previdenciário. O FMI exigiu diminuir o analfabetismo no BRASIL, então estabelece APROVAÇÃO CONTINUADA. Hoje vemos a tiração de sarro dos jornalistas q intrevistam Otávio Rego e não nos lembramos da causa. Saber tabuada, pra que?

  74. Nos surpreende que a vaidade DORIA / FHC / HUCK esteja cega diante da Equipe dos 20 MINISTROS bem sucedidos do GOVERNO BOLSONARO. Para piorar, DORIA não foi brilhante para formar seu SECRETARIADO tanto na PREFEITURA como no GOVERNO DE SP. Está sempre com a vaidade na disputa futura, por isso focou o Secretariado num time de PMDBISTAS, para garantir apoio em 2022 e não um Governo tecnicamente bem sucedido. De novo!

    1. Com seu comentario, não preciso escrever mais nada. Penso exatamente da mesma forma.

    2. Quem concorrerá nos próximos mandatos à Presidencia com JAIR BOLSONARO, depois SERGIO MORO ou TARCÍSIO DE FREITAS ou PAULO GUEDES ou TEREZA CRISTINA ou MARCOS PONTES ou GUSTAVO CANUTTO ou DAMARIS ou OSMAR TERRA ou MANDETTA. Esse grupo vai girar na Cadeira da Presidencia. O brasileiro é adepto da máxima: em time que (finalmente) está ganhando, não se mexe.

  75. We, the people, colocaríamos o Cavalo do Figueiredo na Presidência para não ter essa elite caviar-progressista-patrimonialista de volta. Na falta do cavalo, escolhemos um Bolsonaro e com ele nos manteremos.

  76. estou com saco cheio de pagar impostos para sustentar vagabundo, problema nosso nao e so corrupção e pior que isso e malversação de recursos públicos. BASTA VER QUANTAS OBRAS DESNECESSARIAS ESTAO ABANDONADAS NO PAIS

  77. FHC devagarzinho durante 8 anos, implantou Gramchismo nas Universidades Publicas com seus coleguinhas comunistas, ai veio mais 14 anos de Horda de Vandalos , Godos e Visigodos e destruirão de vez o Pais agora FHC inventa esse Marina Silva dos playboy, Luciano Huck esta todo dislumbrado se divertindo de playboy Patriota. Nao passa de um Bobão e o FHC de espertalhão que esta tentando salvar a mamata de seus amigos, que esta indo pro-brejo, agora vai ter que trabalhar, acabou dinheiro do contribu

    1. OSWALDO, diante da sua análise, me despertou uma curiosidade. Como estaria o BRASIL, sem a Lei da Anistia? No que ela favoreceu, o futuro da Nação, olhando hoje, no retrovisor?

  78. Em política tudo é possível. Ainda mais num país aonde eleitores bem formados e informados são minoria. Mas quero crer ser uma "missão impossível" esta que se propõe esta múmia política conhecida como FHC. Ele me dá a impressão de que dorme num sarcófago e todos os dias, ao acordar, sua primeira tarefa é desfazer-se do pó e das teias de aranha. Doria, Huck e Leite, parecem mais seres "políticos" necrófagos, que acham que se alimentando da múmia ganharão novos "poderes". Moro neles!

  79. O baixo meretrício do Congresso (centrão), mesmo sendo "cafetinado" por fch e outros pulhas, não conseguirá eleger ninguém p/presidente em 2022. Talvez nem em 2034.

  80. FHC e sua turma é a pura decepção; um grupo de desonestos e dissimulados comunistas ilusionistas q nos iludir mas o sol sempre aparece. PSDB se auto destruiu e verá seu fim nas próximas eleições.

  81. O SR.FERNANDO HENRIQUE CARDOSO É UMA DAS MAIORES DECEPÇÕES DA MINHA VIDA, POIS ELE NÃO PASSA DE UM ESQUERDISTA QUE DEFENDE O LULA, ETC. EU VOTEI NELE 2 VEZES MAS INFELIZMENTE...É UMA PESSOA NÃO DIGNA

    1. Concordo. Votei e jamais repetiria. Além disso, todos que foram citados, não terão a menor chance. Ainda bem.

  82. FHC, p mim, o culpado de toda esta bagunça. Enganou-nos dando uma arrumadinha no país com suas privatizações sabe-se lá à que custa, armou direitinho para entregar para Lula. Assim estaria garantido o seu plano ideológico para implantar o Comunismo aqui. Não contava que seu pupilo fosse tão burro e psicopata ao ponto de achara-me nunca descobririam que é um bandido, ladrão, alcoólatra....

    1. Votei e sempre fui admirador de FHC, cheguei a me indispor c familiares por causa dele. Infelizmente sou obrigado a concordar q fui enganado. Todos diziam q ele n fez nada por Serra e entregou o governo ao PT. Agora me parece fazer sentido

    2. FHC tinha sumido, estava na tumba. Agora com a eleição de Bolsonaro, ele ressuscitou ou voltou de Paris.

  83. PSDB já foi. Jamais se posicionou frente aos desvios de conduta de seus pares. Sem chance FHC. Hoje o apoio do povo é por Moro e pela Lava Jato.

  84. o hipócrita do FHC, é o espelhos do que foi o ladrão do Lula. Já mandaram muito, agora são apenas mais dois palhaços. O mesmo se diga dos seus respectivos partidos.

  85. Dois ¨ entertainers ¨ e um neofito sao o bloco que se convencionou chamar de : ¨centro democratico progressista ¨?? CENTRO DEMOCRATICO PROGRESSISTA !!!!??? Melhor o Sr.FHC ler o estudo da Historia de Arnold J.Toynbee e/ou ¨ Disnae ¨ de Niall Ferguson se realmente quer aprender algo realmente interessante e sobretudo valido a respeito da politica especialmente para 2022. que falta faz um velho conhecido dele : o MILLOR , para comentar . A propo`, monsieur FHC : Nous ne sommes pas des cons !

  86. Essa múmia, teve meu voto, por falta de outras alternativas. Mas é um vendilhão da Pátria e ladrão como todos os outros, isto é, do PSDB (de Aécio, Serra, GeraldoPicoléDeChuchu, Gereissati, Dória, Huck (um imbecil ladrão como todos os outros, AloísioNunes, ...) até o maldito PT (Lulladrão, FuDilmaFudeusse e o restolho do restolho) que nunca tiveram meu voto. E os Psol, PcdoB à esquerda da honestidade, da vida e da humanidade! Eu os ODEIO a TODOS; sínicos, safados, hipócritas, cafajestes, ....!

  87. FHC poderia ter entrado para a história como um grande estadista do século XX, mas, a mascara caiu e hj se sabe que ele era velho aliado do PT, com o jogo totalmente combinado, fingindo que eram oposições políticas. Enganou o eleitorado! Agora, está senil, acredita em Huck!

  88. FHC para mim, foi um estadista até acobertar Lula na ocasião que surgiu sua corrupção e seu envolvimento no "Mensalão"pedindo p/ deixa-lo "sangrando até morrer" o que, como sabemos, infelizmente não aconteceu, para desgraça do Brasil. Seria melhor ele não atuar mais na política para não nos decepcionar ainda mais!

  89. Eduardo Leite deveria se promover mais no resto do Brasil. Fez muita coisa que deveria ser imitada, inclusive virando lei. Por exemplo distribuindo as consequencias de falta de recursos nos salarios de toda a maquina estadual, inclusive legislativo e judiciario, ao inves de jogar nos servicos publicos como educação e saudo, como se faz no resto.

  90. A fogueira das vaidades! Um mais míope do que o outro, sem entender a era que vivemos. Candidato Nutella não tira o Brasil do buraco. É preciso arregaçar as mangas e trabalhar!

  91. A múmia senil tenta voltar ao cenário político, recusando-se a aceitar (tal e qual seu comparsa, líder da seita corruPTa), que o Brasil não é o mesmo de uma década atrás. Interne-se numa clínica de idosos com Alzheimer, FHC. E lá permaneça até o dia em que prestará contas dos seus desatinos/falcatruas/conchavos espúrios e desonestidades - pessoais e políticas - com a Providência. ESSA é A LEI, apesar de gente da sua laia ser ateu (circunstância que não muda em nada o VERDADEIRO julgamento)

    1. Esqueci que FHC é cumunista cabra safado. Domou a inflação pra instaurar uma ditadura.

  92. E do Luciano Huck seguimos aguardando o plano de voo e comprovante de pagamento do avião fretado ao corrupto presidiário molusco.

    1. Se vai sair candidato, tem que trabalhar o entorno. Emprestar avião. Tomar cafezinhos na rodoviária. Carregar bebes de fralda suja. Contratar João Santana & Mônica. Debater na TV. Essas eram as regras, a.B, (antes de Bolsonaro).

  93. Finalmente os Liberais , centro moderado, a nata da intelectualidade que salvou o Brasil da falência com o Plano Cruzado , agora liderado pelo PhD Fernando Henrique Cardoso e sua equipe de notáveis , oferecerão uma opção aos Brasileiros que não se identificam com o radicalismo da extrema esquerda Petista e da extrema direita Bolsonarista.: Isto é salutar para a Democracia : Renovação constante !

    1. Quem fez tudo isso,já morreu. ITAMAR FRANCO. Essa cambada de covardes aí só roubou o Brasil até não querer mais e depois entregou de bandeja ao time do molusco mais bandido ainda.

  94. FHC está fazendo o certo. Tentar quebrar a dicotomia medíocre entre os Bozistas e os lulopetralhistas. Nenhum país do mundo conseguiu se desenvolver com a sociedade fragmentara entre dois extremos que cultivam a irracionalidade e a ladroagem explícita. O consenso entre os moderados pode ser uma das possíveis soluções.

    1. Concordo com vc. Os passionais e radicais extremistas que povoam este espaço não entendem esta arte da politica, própria de verdadeiros democratas. Dá desânimo ver a pobreza intelectual que permeia uma parte da população que, a despeito daa oportunidades que teve na vida para evoluir, não contribui em nada para debelarmos o beligerante, nefasto e inocuo ambiente de polarização que temos vivido.

    2. Isso aí. Nos contra eles não funciona, sendo da esquerda ou direita

  95. A verdade é a seguinte, quem é Fernando Henrique para comandar um processo eleitoral? sua hora, vez e opinião já era, para a população ele e alckmim são farinha do mesmo saco. O que aconteceu com o Alckmim? se fu.... Duvido estes canhotas ladrões, desonestos, bandidos, canalhas, Lesas-pátrias, retornam ao poder, pelo menos pelos próximos 16 anos.

  96. Um ocaso político patético desse senhor que perdeu a chance de ouro de se aponsentar com a admiração de alguns. Já cheguei a adora-lo. Mas a verdade é implacável. Um dia se mostra.! FHC é hoje o que restou de si mesmo. Não suporto ouvir sua voz.

  97. O CENTRO DEMOCRATICO PROGRESSISTA É O VELHO CENTRAO FISIOLOGICO DE ESQUERDA . Liberal em economia e esquerdista nos costumes . E duvido que vai ter um candidato único . São todos velhos políticos ambiciosos . 🇧🇷

  98. O chamado "centro" se mostrou incapaz de denunciar as loucuras / corrupção econômicas da era PT. Foi cooptado. Como eles se defenderão no futuro? Como os "sábios da Republica" e articulistas da "grande mídia" vão esconder os fatos circulando nas redes sociais . Não dá para esconder que o centro sempre foi patrimonialista e a esquerda adotou a mesma postura quando alcançou o Poder. A "conspiração dos patrimonialistas" para retomar o poder não terá sucesso. Assim eu espero.

  99. Esse Sr., FHC, não tem mais votos, começaram com ele a caminhada para o abismo, culminando com a desastrosa administração petista.

  100. Já viu socialista ser fiador de alguma coisa?! Eu NUNCA conheci um esquerdista Probo, Honestou ou Ético. Simples assim.

    1. “Todos” e “nenhum” só existem no vocabulário de extremistas. Use o mesmo sarrafo para julgar os da extrema direita. Família JB? Uso indevido de auxílio residência, rachid (desvio de dinheiro público), enriquecimento imobiliário pouco explicado, ligações perigosas com miliciano foragido e sua família...

  101. Mistura devastadora em gestação: Um promotor de eventos e bajulador de poderosos oportunista; um animador de auditório de poucas letras e muitos vícios; um erudito de estatura duvidosa, arrogante e incompetente. É assim que desejam construir o futuro do Brasil? O quê fizeram os brasileiros para merecer tão cruel destino? Não pode dar certo.

    1. HAHAHAHHA!!! Porque será que tanto os bolsominions como os petistas detestam a Globo? Pelo menos de seletividade ela não pode ser acusada. Jogou pedra nos 2 lados

  102. Meus amigos vamos aos fatos, sem meias verdades ou divagações: Apenas Bolsonaro derrotaria a Corja Petista em 2018. E só ele, do jeito que as coisas estão, derrotará os mesmos em 2022. Não é o melhor, mas o que temos pra hoje e pra daqui a 3 anos. Simples assim. Quem viver verá!!!!!

  103. O que este abutre FHC ainda quer do Brasil? Não foi suficiente o que esse verme fez nos 8 anos de desgoverno? quem não se lembra a famosa compra de votos no parlamento para que reeleição? Pensa que o brasileiro é burro e não tem memória? E a amante que este abutre mandou ir morar em Paris com quem teve um filho e eram sustentados com nossos impostos.Vai procurar sua turma ô vagabundo,não foi com este adjetivo que você chamou os brasileiros que se aposentavam aos 50 anos? vai morar em Paris!

    1. Vc esqueceu de um detalhe, Estela: o filho não era dele😂

    2. Estela, acho q vc gostava de gastar seu salário na fila do supermercado no dia do pagamento...Ou então é muito jovem e não viveu os muitos anos seguidos de inflação acima de 100% ao ano. Espero q seja a segunda opção

    3. Pois é. Mas este abutre, detentor de 3 aposentadorias cumulativas, mas que denominou os aposentados brasileiros como vagabundos, ainda se “acha” como o “5 dedos”, uma reserva moral do país. Brasileiro é assim mesmo, péssimo de memória. Esqueceu que essa “verruga” traiu quem mais confiou nele, o probo Itamar Franco. Álvaro Costa (@brasilia_urgente)

  104. Os partidos brasileiros são tão de esquerda que até o Centro, formado por socialistas, comunistas e globalistas declarados não são taxado de extrema-esquerda, mas o Bolsonaro, que defende a família, é contra aborto e drogas, contra casamento gay, e Cristão é chamado de extremista! Isso aqui é um hospício!

    1. Parece q você não se inteira do que já nos outros países do mundo desenvolvido. Da uma olhada e vê o perfil de quem é extremista. Extremista por definição é aquele que não aceita opiniões diferentes da deles: nos contra eles. O PT também chama de fascista qualquer um que esteja da centro-esquerda pra o centro. Ou seja aqui há dois grupos extremistas que se odeiam e querem se destruir...

    2. Isto mesmo!! Mas muito desta confusão, em minha opinião, é alimentada pela própria emprensa...

  105. FHC perdeu sua oportunidade; enfiou a esquerda pela goela do povo brasileiro; ignorou o povo como Nação, tentando nos tutelar. Nomeou o Ministro Gilmar Mendes do STF, e pavimentou o caminho para que o Brasil fosse destruído de sua identidade. Sem chances; pode ser cacique dos “seus”, não meu.

  106. Luciano Hulk, fique quietinho no seu canto... mate logo essa mosca azul que começa a lhe picar... Acostumado a um tipo de sucesso, vai querer morrer na praia em outro??? Permita que a sua inteligência fale por você. Não se deixe influenciar pelas velhas raposas da política. Vai por mim!.

  107. Hoje se vê que o PFL nem era direita, vide Inhonho e o arquivamento da CPI da UNE. A articulação é uma tentativa dos antigos donos do poder de não caírem do cavalo, que galopa e pula como nunca antes, associando-se à uma nova esquerda, do bumbum cheiroso. Torço muito para que todos se fodam!

  108. PSDB É ESQUERDA. Sempre foi. Socialistas fabianos, dissimulados. Marxismo cultural para as massas e trambiques de empresários compadres com o governo. É óbvio que o candidato será Dória, que tomará uma surra de Bolso+Moro.

    1. Se até o DEMOCRATAS foi chamado de nova esquerda pelos seus correligionários, então isso quer dizer que quem não adere incondicionalmente ao bolsonarista é esquerda. Apoio incondicional e acrítico é muito perigoso. Olha os exemplos da história do século XX.

  109. Nós sabemos e não vamos esquecer o que os petista de terno fizeram no verão passado. Chega de enrolação. Vocês sofrem o síndrome do desmame do poder.

  110. Depois de 35 anos de escuridão, o esquerdopata FHC q já apostou todas as suas fichas em gente como Alckmin, Serra e Aécio, além de prioritariamente Lula, demonstra que vem escutando Reinaldo Azevedo, lendo o "Estadão " e recebendo em casa o Verdevaldo, além é claro, de namorar muito. Sua surpresa será grande, já no resultado das eleições municipais. E se ele, Dilma, Lula, temer, Collor, qq um dos ex presidentes virar cabo eleitoral, será um banho em banheira de cristal!!!

  111. Em algum momento eleitoral o BR irá sair da polarização radical entre esquerda e direita. Quando ocorrer, é preciso que tenha entre seus representantes “caras novas”, com projetos mais animadores do que os de conchavos envolvendo tucanos e celebridades da rede globo. Estes convidam o BR a permanecer onde sempre esteve: na mão de oligarcas e privilegiados amigos do rei.

    1. A nossa sorte é que a maioria do povo hj acordou, e sabemos avaliar o que é bom hj, e dos que forão e continua sendo podre até hj.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO